Language
home » têxtil »

Processo e tecnologia

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Cientistas revolucionam algodão com propriedades fluorescente e magnética

Cientistas têm realizado experimentos com bioengenharia para revolucionar o algodão, a fibra têxtil mais consumida do mundo. Um estudo liderado pelo Dr. Filipe Natalio, da Universidade Martin Luther de Halle, na Alemanha, publicado em julho, revela que a inoculação de moléculas especiais na planta produz fibras com "propriedades não naturais, como fluorescência ou magnetismo". Para isso, os cientistas colocaram minúsculas sementes germinadas junto a moléculas com as propriedades desejadas. Após 20 dias, se produziram fibras de algodão com características incomuns. A razão pela qual a planta incorporou essas moléculas é porque elas estavam ligadas à glicose, elemento-chave existente na celulose (fibra vegetal). Após serem integradas quimicamente nas fibras, uma dessas moléculas especializadas transformou o algodão em amarelo, sob a luz normal, e verde fluorescente, sob a luz ultravioleta. A outra molécula contento disprósio – elemento terra rara altamente paramagnético e que apresenta brilho metálico prateado – fez com que o algodão também exibisse propriedades magnéticas. “Um dia, todos estarão usando roupas inteligentes, que sejam capazes não apenas de dar conforto, mas também de interagir com o meio ambiente, enviando, por exemplo, sinais vitais do corpo ao médico, através de uma peça ou acessório vestível sem fios, ou seja, tecnologia wearable. Para chegar lá, precisamos de tecidos funcionais, e nada melhor do que o toque e a maciez do algodão para isso”, destaca um trecho do estudo.

Engenharia genética

Segundo os cientistas, as fibras naturais de algodão, que são feitas de celulose, devem ser quimicamente modificadas para se transformarem em tecidos inteligentes. Isso pode ser feito através de acabamentos químicos sobre a roupa pronta, mas a desvantagem é que esse tipo de modificação se desgasta com as lavagens.  A melhor maneira, segundo a pesquisa, é alterar o algodão através da sintetização na planta, de modo que as novas propriedades sejam incorporadas fisicamente nas fibras. Sabe-se que qualquer molécula com uma propriedade desejável pode ser isolada da natureza ou criada no laboratório. Com milhões de moléculas orgânicas e inorgânicas existentes no mundo, as aplicações potenciais desta descoberta vão além da imaginação. Bastou os cientistas anexarem uma molécula a uma glicose para criarem uma planta modificada. E não há motivo para limitar a pesquisa no algodão; os autores observam que o bambu, o linho e a seda provavelmente seriam favoráveis a tais modificações químicas. Ou seja, para os cientistas da Universidade Martin Luther de Halle, com o crescente avanço no campo da modificação genética, certamente, a próxima revolução na engenharia será no nível molecular.

Experiência em Israel

Outro grupo de cientistas do Weizmann Institute of Science em Israel também anunciou inovação científica que pode ajudar pesquisadores e empresários a encontrar novos usos para o algodão.  Assim como os pesquisadores na Alemanha, eles introduziram na planta um par de misturas moleculares feitas em laboratório, que resultou em brilho extraordinário no algodão além de propriedades magnéticas.

Já testado como artigo experimental, o tecido como fluorescência pode ser usado em roupas noturnas (esportistas) e/ou vestimentas profissionais de segurança. Além disso, por ser magnético, pode ser incorporado em dispositivos eletrônicos. Animados com os resultados, os pesquisadores israelenses dizem que seu método literalmente incorpora novas funcionalidades nos fios de algodão. "As abordagens atuais, que dependem de revestimentos das fibras, sofrem a perda de função durante o desgaste", escreveram em um estudo publicado recentemente na revista Forbes. "Apresentamos uma abordagem que permite a incorporação biológica de moléculas exógenas em fibras de algodão para adaptar a funcionalidade do material".

Eles conseguiram fazer isso literalmente “enganando” as plantas a absorverem uma mistura com açúcar.  O experimento seguiu processo semelhante ao dos cientistas na Alemanha. Primeiro, marcaram moléculas de corante fluorescente para glicose, depois banharam na glicose as flores de algodão (elas são hermafroditas), na parte da planta que contém a célula germinal feminina. As moléculas de glicose etiquetadas foram absorvidas pelas células da planta e, à medida que as fibras vegetais cresciam, elas adquiriram qualidades fluorescentes: quando submetido a tipo certo de luz, o algodão brilhava verde. Ainda curiosos, os cientistas substituíram as moléculas fluorescentes pelo disprósio e o resultado foi uma fibra que exibia também qualidades magnéticas.

Houve alguns constrangimentos durante a pesquisa.  A inserção dessas moléculas extras nas fibras de algodão mudou a composição molecular da planta, o que tornou os fios mais fracos do que o algodão normal. Mas os pesquisadores disseram à revista que acreditam que a desvantagem poderá ser superada no futuro. É esperar para ver quais surpresas ainda sairão dos laboratórios. O fato é que mesmo tendo inventado as fibras sintéticas na segunda metade do século passado, com a promessa de que elas substituiriam o algodão, os cientistas ainda não desistiram de modificar o algodoeiro que há mais de 3 mil anos vem sendo utilizado no vestuário. O que se busca é manter seu aspecto e toque “natural”, mas com propriedades modificadas pela mão do homem, afim de que obtenha novas funcionalidades, além do conforto e maciez inerentes.

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Edição: Marcia Mariano
Fonte: Quartz Media/Fiber2Fashion

Data de publicação: 03/10/2017

Conteúdo relacionado


Lenzing lança marca EcoVero para viscose sustentável
A consciência ambiental da sociedade tem crescido de forma estável na última década, especialmente nas indústrias de moda e têxtil. Por isso a Lenzing™, maior produtor mundial de fibras de viscose, com sede na Áustria, acaba de lançar o novo padrão EcoVero™, com tecnologia de identificação, para apoiar os varejistas e marcas de moda a tornarem seus produtos mais transparentes, e atender os consumidores que se preocupam com a sustentabilidade.  2017-10-09 - Tags: lenzing ecovero viscose sustentavel fibras fibers ecolabel viscose gina tricot

AMPLA apresenta novidades durante a Signs Nordeste 2017
Entre os dias 03 e 06 de outubro, a AMPLA Impressoras Digitais - única fabricante 100% brasileira no mercado de equipamentos de impressão digital – participa da Signs Nordeste 2017, que acontece no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza. O evento marca o retorno da AMPLA ao mercado de Sublimação com o lançamento da impressora CROMAX TX e o pré-lançamento da AMPLA TX-MAX.  2017-10-04 - Tags: maquintex signs nordeste 2017 ampla impressoras sublimaticas feira do nordeste ceara cromax tx

Cientistas revolucionam algodão com propriedades fluorescente e magnética
Cientistas têm realizado experimentos com bioengenharia para revolucionar o algodão, a fibra têxtil mais consumida do mundo. Um estudo liderado pelo Dr. Filipe Natalio, da Universidade Martin Luther de Halle, na Alemanha, publicado em julho, revela que a inoculação de moléculas especiais na planta produz fibras com "propriedades não naturais, como fluorescência ou magnetismo".  2017-10-03 - Tags: algodao bioengenharia fibra textil celulose moleculas tecnologia fibras

Shima Seiki mostra novidades para malharia retilínea
A Shima Seiki, fabricante japonesa ® especializada em tricô que inclui teares retilíneos, máquinas de meias e luvas; sistema de CAD para design gráfico de vestuário, máquinas de corte de tecido computadorizada (CAM) e impressão têxtil estará participando de evento na Turquia, onde apresentará seus últimos lançamentos para a indústria da moda.  2017-09-29 - Tags: shima seiki malharia retilinea cad cam wholegarment sip digital

Tecnologias para impressão digital na Maquintex 2017
De 3 a 6 de outubro, Fortaleza (CE) recebe uma das principais feiras ligadas ao segmento têxtil. A Maquintex 2017, realizada pelo grupo FCEM, promete trazer o que há de mais recente em maquinário, serviços e insumos para o setor.  2017-09-26 - Tags: maquintex global quimica & moda xennia agate kyocera epson felipe sanchez

Na fiação a rotor moderna passadores podem ser dispensáveis
Não existe uma maneira mais fácil de ganhar dinheiro do que através da redução de processos, suprimindo etapas não necessárias que geram custo operacional. Pensando nisso, a Trützschler (Alemanha) desenvolveu um sistema que otimiza a fita (de fibras) após a saída da carda e antes da entrada na fiação.  2017-09-19 - Tags: trutzschler integrated draw frame system fibras sistema idf fiacao a rotor

Archroma adquire M.Dohmen especialista em corantes têxteis
Líder mundial em produtos químicos e soluções para indústria têxtil, a Archroma, sediada na Suíça, anunciou no dia 7 de setembro a compra das ações da M. Dohmen, empresa especializada na produção de corantes e produtos químicos para o setor automotivo, de carpetes e vestuário.  2017-09-12 - Tags: alexander wessels dohmen archroma manfred dohmen especialidades quimicas textil corantes acabamentos

Com tecnologia sofisticada malharia conquista jeanswear
Desde que a Santoni, fabricante italiano de máquinas circulares, em cooperação com a Lenzing, Unitin e Tonello, mostrou na Bluezone 2016 (Feira International do Denim), em Munique, que um jeans poderia ser feito em malha numa peça sem costura, o conceito athleisure – peças formais com visual e atributos de roupa esportiva -, vem avançando sobre o jeanswear.  2017-09-05 - Tags: santoni denim em lenzing lenzing bluezone jeanswear tencel lyocell bodymapping

WACKER e STC Silicones chegam a acordo sobre marca compartilhada de compostos de silicone
O grupo de produtos químicos WACKER, com sede em Munique, e o fabricante brasileiro de compostos de silicone STC Silicones firmaram um acordo para a promoção de uma marca compartilhada de compostos de borracha de silicone prontos para uso. O formulador com sede em Ribeirão Pires (estado de São Paulo) pode identificar compostos de silicone fabricados a partir de matéria-prima da WACKER somente com o selo de qualidade “Formulado com ELASTOSIL®”.  2017-04-13 - Tags: wacker silicones quimicas elastosil engineering silicones stc silicones

ERP com foco têxtil comprova a evolução de GeneXus
Os responsáveis pelo Colore Têxtil - ERP brasileiro desenvolvido para a indústria têxtil - podem afirmar que conhecem muito sobre plataformas de desenvolvimento. Quando começaram sua solução, em 1997, iniciaram seu desenvolvimento em GeneXus. Depois em 2010 testaram três plataformas diferentes e, três anos depois, acabaram voltando para GeneXus por perceber sua qualidade e o modo como a ferramenta evoluiu ao longo dos anos.  2016-12-05 - Tags: genexus internacional colore textil software segmento textil

Projeto usa couro de tilápia na confecção de roupas e acessórios
O uso do couro de pescados no segmento têxtil ainda é pouco explorado no Brasil, mas algumas indústrias já estão preocupadas com a utilização desse produto. O que antes era descartado, agora é precioso nas mãos de especialistas do Instituto SENAI de Tecnologia Têxtil, Vestuário e Moda.  2015-11-23 - Tags: tilapia couro senai senai blumenau acessorios calcados

Têxteis inteligentes sob os holofotes
A Techtextil e a Texprocess foram realizadas juntas em Frankfurt, na Alemanha. Os eventos mostraram uma prévia da alta capacidade tecnológica dos têxteis técnicos e não tecidos. O recorde de público comprovou que a cadeia produtiva está pronta para absorver os modernos desenvolvimentos imaginados pelos grandes pesquisadores do setor.  2015-08-08 - Tags: textilia 97 techtextil texprocess frankfurt texteis tecnicos naotecidos instituto hohenstein

Novidade amplia opções de Corte e gravação à laser
A AKAD amplia sua linha de equipamentos ao trazer mais uma opção de pequeno porte para demandas de corte e gravação a laser: a Novacut Laser L5030. A máquina possui área útil de corte de 500mm x 300mm, abre perspectivas para mercados como de sinalização, comunicação visual, serigráfico, indústria têxtil, e de brindes promocionais.  2015-07-08 - Tags: akad gravacao a laser novacut laser l5030 novajet

A alternativa definitiva à pluma
Há anos Thermore dedica recursos significativos no desenvolvimento de novas tecnologias para isolar roupas contra o frio. Todos os anos Thermore apresenta inovações cada vez mais avançada, e por isso é agora o grupo internacional com a gama mais ampla, com desempenho e qualidade em comparação aos isolamentos térmicos para vestuário.  2015-02-23 - Tags: thermore evodown thermore tecnologia

Tendência: Tecidos Respiráveis à Prova D’água
O mercado global de tecidos à prova d’água respiráveis deve atingir 1,73 bilhões de dólares até 2020, diz pesquisa do Grand View Research, Inc., empresa californiana especialista em análise de tendências.  2015-02-19 - Tags: grand view research pet reciclada prova dagua

Nova microfibra Lenzing promete cores mais vibrantes
A Lenzing apresentou esta semana outra inovação para sua fibra TENCEL®: uma nova micro versão da A100TM, que chega para complementar a gama de fibras oferecidas para as aplicações em malharias.  2015-02-12 - Tags: lenzing tencel tencel a100 activewear

Norma brasileira deve controlar uso de químicos danosos
Sinditêxtil de São Paulo participa do Grupo de Estudo de Produtos Danosos, coordenado pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), para que seja criada norma que restringe quantidade de substâncias químicas danosas ao homem e ao meio ambiente.  2015-01-21 - Tags: sinditextil grupo de estudo de produtos danosos abnt

Tecnologia brasileira permite gravar e texturizar denim
Capaz de gravar e texturizar o jeans dependendo apenas de imagens feitas no computador, a Mira 3E é aposta da Automatisa. Para a empresa catarinense, a vantagem entre máquinas similares importadas se dá, não só por atender às normas nacionais, como também pela compra facilitada por linhas de crédito subsidiadas.  2015-01-19 - Tags: automatisa denim texturizador jeans

Transporte de umidade em camisetas esportivas após lavagens
Análise do comportamento de transporte de umidade de camisetas esportivas comparando sua performance antes e após lavagens domésticas.  2014-12-18 - Tags: analise camisetas esportivas lavagem textilia 94

Lectra anuncia última versão do Optiplan
Projetado pensando nos desafios específicos da moda e da fabricação de roupas, o Lectra Optiplan transforma a sala de corte em uma vantagem competitiva, reduzindo tempo e custos.  2014-11-27 - Tags: lectra optiplan lectra optiplan