Language
home » têxtil » processo e tecnologia » acabamento, tingimento, estamparia e lavanderias

Acabamento, Tingimento, Estamparia e Lavanderias

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Qualidade comprovada

A União Química Paulista - Tanatex S.A. - atuante na área de produtos químicos auxiliares e corantes - foi certificada segundo a norma NBR ISO 9002 em 28 de setembro de 2000. A indicação foi feita pela TÜV Bayern-Brasil. ?O escopo refere-se à importação, fabricação e comercialização de produtos químicos para a indústria têxtil, papel e couro. No segmento de corantes, este é para importação, manipulação e comercialização?, reforça Ferdinand v. Steinhart, diretor da UQP.

A certificação da ISO selou a melhora organizacional e produtiva sempre presente na empresa. ?Os nossos funcionários se empenharam ao máximo para manter a qualidade como meta da produção?, complementa o diretor. A cruzada da UQP em direção às normas de atuação da série ISO, no entanto, não termina com a obtenção do certificado 9002. Preocupada em aliar-se às crescentes exigências relacionadas às questões ambientais, a empresa almeja - ainda que a médio e longo prazos - trabalhar dentro dos padrões exigidos pela ISO 14001.

?Aumentou o número de empresas que buscam parceiros - fornecedores e clientes - certificados segundo a norma ISO 9002?, reconhece Ferdinand. Na opinião do diretor, quem não se enquadrar nesse perfil não irá atuar junto aos parceiros melhor estruturados, principalmente como fornecedores a empresas multinacionais.

Os primeiros passos da UQP em direção ao ?ecologicamente correto? vieram com o lançamento da linha Unieco. É o caso do Unieco Level LF, um igualizante biodegradável, com baixa formação de espuma, indicado para tingimento de poliéster e misturas de qualquer fibra em HT ou equipamentos abertos.

?Dentro do possível, procuramos não usar em nossas formulações produtos agressivos ao meio ambiente, o que facilita o tratamento de efluentes da empresa?, enumera Max Richard v. Steinhart, engenheiro Químico e engenheiro Químico Têxtil responsável pelo desenvolvimento de produtos da UQP.

Décadas de pesquisas

A história da UQP teve início em 1955. Surgiu como União Química Icqua Ltda e atuava no ramo de importação de corantes e produtos químicos. De lá pra cá, a razão social da empresa sofreu alterações; e seu mix de produtos aumentou substancialmente. Primeiro, trabalhou como representante exclusiva de corantes da E.I DuPont, dos EUA, no Brasil. Em 1965, com a criação da joint venture com a Tanatex, fundou sua sede e fábrica em Diadema, São Paulo.

Em 1978 lançou no mercado produtos desenvolvidos com tecnologia própria. Quase duas décadas depois, em 1996, impulsionada por mudanças acionárias, surgia a União Química Paulista - Tanatex S.A., empresa com 100% de capital nacional e privado.

Negócios em alta

Com uma capacidade instalada de aproximadamente 600 toneladas/mês, a produção atual da UQP gira em torno de 250 a 300 toneladas/mês. Todos os produtos químicos auxiliares são fabricados em Diadema, enquanto, os corantes são importados da Europa e América do Norte. Só no ano passado foi registrado um incremento de 30% nas vendas. A meta é fechar 2000 com um aumento de 35% em relação a 1999. E para 2001 está previsto um acréscimo na ordem de 20%.

Focada apenas no mercado interno, a empresa comercializa linhas completas de carriers, igualizantes, lubrificantes, fixadores e detergentes especiais, entre outros produtos, além da linha completa de corantes. Estima-se que ela responda por 80% do mercado brasileiro na comercialização de auxiliares para tingimento de acrílico. No restante dos produtos sua participação gira em torno de 15% a 25%. ?Nossa filosofia é aliar qualidade e tecnologia.

Optamos por trabalhar com um volume menor de produção para atingirmos excelência na qualidade dos produtos que chegam ao mercado?, conclui Ferdinand v. Steinhart.

 

 
 
 
 
Veja mais

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por: da Redação

Data de publicação: 01/10/2000

Galeria de fotos desta matéria

Conteúdo relacionado


Jeanologia introduz sustentabilidade da produção têxtil ao vestuário
O novo conceito começa na fase de desenho porque, na visão da Jeanologia, para alcançar uma produção sustentável no produto final é imprescindível considerar o impacto ambiental ao longo do desenvolvimento do produto. Essa transformação envolve toda a cadeia de abastecimento e tem como objetivo conseguir que o acabamento 5.Zero seja padrão na indústria de denim, melhorando o look e a qualidade do produto com um custo neutro.  2019-05-24 - Tags: jeanologia acabamento lavanderia sustentabilidade demo center lavanderia 5 ponto zero sustentabilizacao

Impressão digital com pigmentos: uma iniciativa notável
A partir de pesquisas de campo, trazemos um panorama de como anda a impressão digital têxtil com tintas pigmentadas no mercado brasileiro.  2019-02-05 - Tags: impressao colorida estamparia textil evoluçao historica impressao digital.

Aplicação por spray traz novo paradigma ao tingimento
A tecnologia de tingimento por pulverização propõe uma abordagem sustentável para a indústria têxtil, especialmente para o segmento índigo denim.  2019-02-05 - Tags: tingimento textil spray tecnologia inovaçao rotaspray dystar group.

Aplicação da norma NR-12 em máquinas do processo têxtil
Pesquisa de campo identifica que um dos principais desafios à implementação da norma regulamentadora é o impacto custo x produtividade.  2018-11-05

Novo modelo de cálculo do fator de cobertura para malhas (parte 2)
Com este experimento, busca-se validar o modelo IPC proposto para aplicação nas mais variadas estruturas de malhas.  2018-11-05 - Tags: calculo textil fio malharia ipc desenvolvimento malhas grosberg

O vasto universo de oportunidades da impressão digital
A ponta mais visível do iceberg da indústria da moda é a impressão digital, que está a caminho dos 10% do volume da estamparia convencional.  2018-11-05 - Tags: impressao digital oportunidades digital textil industria da moda estamparia convencional estamparia

ITMA 2015: colorimetria e estamparia digital
A ITMA 2015 foi palco da eletrônica em todo e qualquer canto. As tecnologias tradicionais não mudaram, mas tudo está se tornando automatizado, da modesta cabine de luz à mais sofisticada impressora digital. Apesar do desenvolvimento inegável, não apareceram grandes ou surpreendentes novidades. Em comparação com a ITMA 2011, onde foram anunciadas a primeira cabine de luz computadorizada e a primeira impressora “single pass”, nada tão revolucionário foi revelado. Todas as tecnologias convencionais, incluindo também a estamparia digital, deram um grande passo para tornar a indústria têxtil ainda mais moderna.  2016-08-09 - Tags: estamparia digital colorimetria itma 2015 senai cetiqt quimica têxtil

Características de durabilidade, conforto e custo de tingimentos realizados com o sistema fast finishing
Uma comparação de desempenho do processo color fast finishing com processo tradicional de pad batch do ponto de vista de custo, sustentabilidade, durabilidade e conforto.  2015-08-08 - Tags: textilia 97 analise acabamento tingimento sistema fast finishing pad batch sustentabilidade

Substâncias nocivas em artigos têxteis
A crescente preocupação com as substâncias químicas tóxicas presentes em artigos têxteis e as ações em andamento sobre o assunto.  2014-09-03 - Tags: textilia 93 substancia quimica artigos texteis toxina

As outras questões envolvidas na qualidade da estampa digital
A importância do cuidado com as operações relativas às matérias e suas características e os respectivos processo de preparação visando a uma estampa digital de qualidade.  2014-06-18 - Tags: beneficiamento textilia 92 estampa digital

Tingimento ecológico do poliéster e misturas
Autor sugere métodos para tingir fibras mistas com corantes dispersos, sem agredir o ambiente. Uma opção é o tratamento oxidativo.  2013-01-15 - Tags: poliester

Tendências para impressoras digitais
Na ITMA 2011, observou-se um aumento acentuado da velocidade das máquinas, associada à melhor relação custo-benefício.  2012-09-25 - Tags: espanha itma

Inovações para o enobrecimento têxtil
Artigo mostra os principais aspectos tecnológicos e os desenvolvimentos em corantes e auxiliares observados na ITMA 2011.  2012-09-24 - Tags: itma itma 2011

Defeitos da estamparia têxtil: causas e soluções
Os desenhos dão cor, estilo e originalidade aos tecidos, porém, sua qualidade depende de tecnologia e cuidados na hora de estampar.  2012-07-06 - Tags: estamparia

Otimização em processos de rama
Um panorama das configurações, acessórios, produtividade e economia energética neste importante equipamento têxtil  2012-07-02 - Tags: ramosa economia

Otimização em processos de rama
Um panorama das configurações, acessórios, produtividade e economia energética neste importante equipamento têxtil  2012-07-02 - Tags: .

Plasma e quitosana: tratamento de PA 6.6
Propriedades de superfícies, como hidrofilidade, podem favorecer processos de acabamento têxtil.  2011-09-14 - Tags: quitosana

Fio vaporizado para malharia
Testes mostram que a qualidade da malha de algodão aumenta.  2011-09-13 - Tags: qingdao

Estamparia digital com pigmentos
O uso correto de amaciantes e fixadores agrega valor ao tecido e evita adição de matérias-primas nocivas.  2011-09-06 - Tags: bttg

Otimização no processo de alvejamento
Estudo elaborado com base em experimento feito no setor de beneficiamento de tecido plano em indústria brasileira.  2011-09-01 - Tags: processo de alvejamento