Language
home » têxtil »

Negócios

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

De Época: Meias: um produto atraente

 

O mercado de meias femininas vem crescendo no país e a tendência é a produção de meias mais transparentes, o que implica na utilização de fios cada vez mais finos.

Milton Briguet Bastos é sócio diretor da UNIFIBERS Ltda., engenheiro químico pela Escola Politécnica da USP com mestrado em Polímeros Lehigh USA e Administração de Empresas pela FGV

Mário Sérgio Gaspar é engenheiro têxtil pela FEI, e especialista técnico de meias para a América Latina da Du Pont do Brasil.

História do aparecimento da meia

Desde o início dos tempos, muitos olhares se desviaram ao ver pernas bem torneadas. Mas foi só por volta do século XI que o homem (ou mais provavelmente a mulher) aprendeu a tecer a seda numa meia-calça, gerando charme e beleza às pernas... às pernas deles. E durante os séculos seguintes, eles usaram as meias-calças, enquanto que a mulher, forçada pelos padrões da sociedade, era obrigada a esconder seus dotes debaixo de longas saias.

Apesar da introdução da seda artificial (rayon), em 1910, ter sido um desafio, a seda permaneceu como única opção de moda para meias durante os anos 20 e 30. Em 1938, as coisas começaram a mudar quando a semente de uma revolução no mundo da moda se espalhou nos arredores neutros de um laboratório químico. No laboratório da empresa E.I. Dupont de Nemours foi desenvolvido pelo químico Wallace Carothers, a primeira fibra sintética, o Nylon.

Revolução

Em 1940, apareceram as primeiras meias-calças com Nylon, e em quatro dias foram postos no mercado e vendidos quatro milhões de pares. Esta euforia durou apenas um ano. Devido à necessidade de utilizar o Nylon na fabricação de pára-quedas na Segunda Guerra Mundial, as mulheres tiveram que esperar por mais alguns anos até poderem comprar as meias de Nylon novamente. Os estilistas levaram as coisas a sério e as bainhas subiram como nunca, chegando ao ápice com a minissaia nos anos 60, para chocar e deliciar o mundo da moda.

Com quase a mesma quantidade de pernas visíveis tanto acima do joelho como abaixo, o caminho estava aberto para uma segunda revolução... a meia-calça com Nylon. De repente, a confiabilidade e boa aparência estavam juntas num só artigo. Parecia que a revolução das pernas estava completa. Mas algo mais estava para acontecer. Uma novidade sensual, bela e confortável que deu um grande impulso ao mercado de meias. A Lycra®, que por sua característica de elasticidade pode aumentar o seu comprimento em 6 vezes sem perder a forma, permitindo que as meias fiquem mais confortáveis, duráveis com ajuste perfeito.

Desenvolvimento do mercado brasileiro

Desde a década de 50, o consumo da meia-calça feminina no Brasil foi restrito inicialmente a uma pequena parcela de população. Fatores como o custo, pouco hábito de uso, clima, pequena disponibilidade de no mercado e uma parcela mínima de mulheres no mercado de trabalho urbano mantiveram o consumo baixo até a década de 70.

A introdução da Lycra® para a fabricação de meia-calça em meados da década de 80 fez com que o Brasil acompanhasse a tendência mundial para fazer meias de alta qualidade. O mercado tornou-se mais exigente, as matérias-primas mais seletivas, com máquinas eficientes e velozes.

No período de 1988-1993, a produção nacional aparente de meias-calças femininas aumentou de 6,5 para 15 milhões de dúzias ao ano. Justificados pelos investimentos dos produtores existentes e o aparecimento de novos produtores no mercado, em conseqüência disso o consumo dobrou para 140 milhões de pares anuais. Considerando o mercado consumidor ativo de mulheres entre 15 e 60 anos da população urbana com renda superior a 2 salários mínimos, tem sé que cada consumidora compra em média 8,6 pares por ano.

Este consumo unitário é ainda baixo comparado com outros países da América Latina como Colômbia e Argentina. A Argentina, por exemplo, com 1/5 da população brasileira, tem o consumo de 70 milhões de pares por ano. Para termos uma idéia do potencial do mercado brasileiro, basta citar que o mercado europeu de meias femininas, o mais desenvolvido, consome 3,2 bilhões de pares por ano e o americano 1,8 bilhões de pares. (Vide tabela comparativa entre os diversos países - Quadro 1).

Características do mercado brasileiro de meias

No nosso mercado ainda predomina a meia 100% Nylon texturizado principalmente devido ao baixo poder aquisitivo da população. A penetração de meias com Lycra® é ainda bem inferior a dos outros países. Uma tendência forte dentro do nosso mercado é de que as meias sejam as mais transparentes possíveis, o que incentiva o uso de fios mais finos (Vide Quadro 2).

Desenvolvimento do produto

Hoje em dia, as meias são feitas com fio de Lycra® recoberto com Nylon em uma das carreiras e com Nylon liso ou texturizado na faixa de 15 a 20 denier na carreira alternada. Algumas tendências têm se observado no mercado de meias: - Uso de Lycra® recoberta nos 4 alimentadores e uso de títulos mais finos de lycra® com 15 e 10 denier. - Uso de Lycra® nua vanizada ou inserida na fabricação da perna, substituindo o fio recoberto. - Novas tecnologias de recobrimento da lycra® com jato de ar para reduzir o custo das meias. - Meias de "suportes" que permitem maior conforto com compressão adequada na perna e na cintura, sendo estas bastante populares no mercado norte-americano.

Possibilidade de uso da Lycra®

- Dupla cobertura

Dependendo do título dos fios de Nylon utilizados, pode-se obter uma transparente, macia e bastante durável. Geralmente, as meias tecidas com este fio são confeccionadas com costura chata (Flat Semming) são totalmente enformadas e embaladas em envelopes, justificando a qualidade e valorizando ainda mais o produto.

- Simples cobertura

É um dos produtos mais usados no mercado hoje em dia. O fio de Lycra® recebe uma única cobertura de Nylon, variando de 10 a 20 devier, para a perna da meia-calça, que pode ser texturizado ou liso, dependendo da característica do produto que se quer obter.

- Cobertura por ar

O Nylon texturizado, multifilamento, é entrelaçado com o fio de Lycra® por meio de um jato de ar. Este processo chega a ser 15 a 25 vezes mais rápido que o processo convencional (simples e/ ou duplo coberto), possibilitando portanto, a oferta de um produto mais acessível para o mercado.

- Lycra® nua

Tecnologia exclusiva da Du Pont, f 10 anos lançada na Europa, que oferece ao produtor e ao consumidor mais opções em termos de produto final. O fio de lycra® nua pode ser conbinado com qualquer fio de Nylon, independente do número de filamentos, texturizado ou liso, na forma vanizada E também pode ser inserido combinando-se com fios de Nylon, neste caso apenas texturizados.

- Processo de tecimento

As máquinas de meias, hoje em dia, caracterizam-se pela velocidade de tecimento (800 a 1500 rpm) e pela versatilidade, através do computador, de se mudar os artigos. Basicamente, as máquinas são compostas por um cilindro de 4 polegadas de diâmetro, com 400 agulhas, sistemas alimentadores, um cérebro eletrônico e um sistema de sucção e lubrificação. Veja a configuração básica dos sistemas de alimentação (Quadro 3).

Uma vez definido o artigo, seleciona-se a matéria-prima, que passa a ser tecida conforme esquema (Quadro 4).

As máquinas mais famosas no mundo, no caso de meias finas, são as italianas Lonatti e Savio Matec, esta última recentemente adquirida pela Lonatti.

- Novas tendências Fio de lycra® recoberto nos quatro alimentadores de perna. Lycra® - 10 denier com Nylon 10 ou mais fino.

Características:

- excelente ajuste

- durabilidade

- uniformidade

- conforto

O desenvolvimento do mercado, dos produtores e fabricantes buscam melhor adequação do produto às necessidades de uso.

Fluxo de Produção (Básico)

1. Preparação dos fios - esta operação visa adequar a matéria-prima ao produto desejado, sendo basicamente a texturização do Nylon e o recobrimento do fio Lycra®.

2. Tecimento - em função das características desejadas do produto, tais como toque, transparência e brilho, é feita a seleção das matérias-primas, que devem ser acondicionadas pelo menos 24 horas, de preferência na sala de tecelagem, antes de consumidas.

Inspeção por Amostragem

3. Vaporização- trata-se de uma etapa muito importante do processo, pois visa pré-encolher as fibras, para reduzir principalmente o índice de defeitos durante o processo de costura. Preparação para Costura

4. Costura - a maioria dos fabricantes já se encontram equipados com máquinas totalmente automáticas que fazem a costura da ponteira (bico) e da calça (cavalo). Existem máquinas que inclusive colocam o fundo de algodão (gusset), durante a operação de fechamento do cavalo.

Inspeção
Preparação para Tingimento

5. Tingimento - esta é a fase onde, no Brasil principalmente, estão sendo concentrados atualmente os investimentos. Quanto mais fina e sofisticada é a meia, mais delicado é o processo de tingimento. Hoje, a nova geração de máquinas permite o tingimento estático ou semi-estático, mantendo assim as características desejadas do produto.

6. Centrifugação e/ ou secagem - a centrifugação é usada para remover de maneira rápida, 90% da água. A partir daí, a meia pode passar diretamente para a operação seguinte ou, se não for enformada, ir direto para secagem, geralmente em estufas ou equipamentos de radiofreqüência.

7. Enformagem (passamento)- existe nesta operação duas possibilidades. A meia pode ser semi-enformada ou totalmente enformada. O produto semi-enformado passa por um tratamento térmico mais rápido, em formas sem calcanhar, geralmente acoplado com o processo de embalagem automático para recepção em "caixinhas".

Os produtos mais sofisticados são totalmente enformados, ou seja, a meia sai da forma, como se fosse passada a ferro, portanto, com uma excelente apresentação, geralmente destinadas para embalagem em envelopes, valorizando ainda mais o produto.

Inspeção

Emabalagem



Review: Você esta tendo a oportunidade de conferir um pouco do conteúdo armazenado em área restrita. Torne-se assinante do Portal Textília.net e confira todo o conteúdo armazenado nos ultimos 20 anos.

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por: Milton Briguei Bastos e Mário Sérqio Gaspar

Data de publicação: 01/10/1993

Conteúdo relacionado


Encontro da indústria europeia discute digitalização e sinergia
O encontro da indústria TFL VDMA, associação que reúne os fabricantes de tecidos, calçados e cuidados pessoais, ocorreu entre 14 e 15 de novembro, em Berlim, Alemanha, e serviu para consolidar a união das empresas do setor.  2019-11-30 - Tags: tfl vdma eua tecidos berlim paiel sebastian heilmann industria

Fibras de cânhamo voltam a despertar interessa da indústria têxtil
A Naturalus Pluostas (Natural Fibras) é empresa da Lituânia, situada na região báltica da Europa, que cultiva, processa e fornece fibras de cânhamo para diversas aplicações, inclusive têxtil. Em setembro, a empresa estreou na feira internacional Yarn Expo Autumn, organizada pela Messe Frankfurt em Xangai.  2019-11-27 - Tags: entrevista fibras yarn expo canhamo sustentavel

Sensient® apresenta portfólio de tintas sustentáveis ao mercado chinês
A Sensient Imaging Technologies, empresa suíça especializada em tecnologia de jato de tinta digital, apresentará seu portfólio de tintas digitais, com soluções mais seguras e sustentáveis para a indústria têxtil, durante o ShanghaiTex 2019, que acontece de 25 a 27 de novembro, em Xangai.  2019-11-21 - Tags: sensient technologies corporation shanghaitex 2019 xangai china elvajet

Karl Mayer realiza evento com parceiros e clientes no Vietnã
A Karl Mayer, líder mundial em tecnologia têxtil para malharia de urdume, em parceria com a ILLIES, empresa alemã pioneira no comércio exterior com a Ásia e Sudeste Asiático, convidaram investidores internacionais e empresários da indústria têxtil vietnamita a participar de um evento exclusivo, realizado na cidade de Ho Chi Minh, no dia 11 de outubro.  2019-11-04 - Tags: karl mayer illies vietna arno garnter eua itma barcelona

Rhodia lidera upcycling no mercado brasileiro em parceria com a indústria têxtil
“Este é um fio que representa a química do futuro”, resumiu o engenheiro Renato Boaventura, vice-presidente Global de Poliamidas e Fibras do Grupo Solvay, ao anunciar o lançamento do Amni® Soul Cycle, primeira poliamida reciclada e biodegradável do mercado.  2019-10-29 - Tags: renato boaventura grupo solvay amni soul cycle rhodia minas trend future material award sustainable textiles

Braskem produz microfibra de PP a partir de copos descartáveis para indústria têxtil
A Braskem, maior petroquímica das Américas e líder mundial na produção de biopolímeros, desenvolveu uma microfibra de polipropileno (PP), feito a partir de copos descartáveis, para impulsionar a economia circular na indústria têxtil.  2019-10-25 - Tags: braskem petroquimica biopolimeros polipropileno beachwear spfw

Palestra reúne grandes players têxteis no Senai, em Blumenau
Em mais uma etapa do Embarque Imediato, programa de excelência de aprendizagem corporativa promovido pelo Santa Catarina Moda e Cultura (SCMC) com a consultoria do FIESC/SESI, o consultor e ex-diretor Corporativo de RH da Natura, Rogério Chér, propôs um novo olhar sobre as organizações para que elas prosperem frente às transformações do século 21.  2019-10-22 - Tags: rh natura rogerio cher fiesc sesi scmc senai blumenau

ABNT publica normas sobre Sistemas de Automação de Processos Industriais
Foi publicada em setembro, a norma ABNT NBR IEC 62381 - Sistemas de Automação de Processos Industriais - Testes de aceitação em fábrica (TAF), Testes de aceitação em campo (TAC) e Testes de integração em campo (TIC). Esta norma define os procedimentos e especificações para os testes, que devem ser realizados para demonstrar que o sistema de automação está em conformidade com as especificações técnicas.  2019-10-16 - Tags: abnt automacao processos industriais tac taf tic teste norma

Monforts integra a delegação alemã que visitará o Paquistão
Lideradas pela VDMA Textile Machinery Association – associação dos fabricantes de máquinas têxteis da Alemanha, 14 empresas que atuam em toda a cadeia têxtil participarão da visita técnica e seminários, que acontecerão de 11 a 14 de novembro, nas cidades de Karachi e Lahore no Paquistão.  2019-10-09 - Tags: vdma textile machinery association manfred havenlith karachi lahore monforts cyd

Congresso reúne profissionais têxteis e elege nova diretoria da ABTT
A Fatec de Americana sediou, entre os dias 9 e 12 de setembro, o 28º Congresso Nacional de Tecnologia Têxtil, Confecção e Moda (CNTT), tradicional evento da categoria, que reuniu cerca de 2.000 pessoas entre empresários, técnicos, engenheiros e estudantes que atuam nas diversas áreas da cadeia produtiva têxtil e varejo.  2019-09-24 - Tags: fatec americana abtt congresso nacional de tecnologia textil confecçao moda textil senai paulo salvi bruno orosco gilberto dodinho

Cipatex investe em Hub de Inovação para se tornar referência no setor
A Cipatex, empresa brasileira líder na fabricação de produtos sintéticos e que atua no mercado há 55 anos, decidiu criar um departamento para pensar full time em como a inovação pode contribuir para crescimento e competitividade da empresa.  2019-09-19 - Tags: cipatex produtos sinteticos inovaçao hub 2020 rafaela tamer paladini marcelo nicolau funil da inovaçao

Com novo diretor Unifi segue estratégia de diferenciação em fios têxteis
Uma das líderes mundiais em fios sintéticos e reciclados, com sede nos Estados Unidos, a Unifi Inc. anunciou a nomeação de Craig A. Creaturo como vice-presidente executivo e diretor financeiro, a partir de 9 de setembro. Christopher A. Smosna, que vinha atuando no cargo como interino desde dezembro de 2018, continuará em seu papel de vice-presidente e tesoureiro da empresa.  2019-09-11 - Tags: unifi fios texteis craig creaturo tom caudle fios sinteticos

Rovitex recebe selo verde por prática eficiente e sustentável
A Rovitex, indústria têxtil com sede em Luiz Alves (SC), acaba de receber o selo “Aqui tem Energia Verde – Programa de Certificação da Bioeletricidade”, da Unica (União da Agroindústria Canavieira do Estado de São Paulo), maior organização representativa do setor de açúcar, etanol e bioeletricidade do Brasil.  2019-09-02 - Tags: rovitex luiz alves bioeletricidade agroindustria malhas energia verde

Saurer apresenta queda nas vendas no primeiro semestre
No balanco preliminar, apresentado pelo grupo Saurer, um dos maiores fabricantes mundiais de máquinas para fiação com operações na Europa e na Ásia, a receita de vendas diuminuiu 17,5% no primeiro semestre de 2019, em compração com 2018, e o lucro caiu 32,6% no mesmo periodo. Apesar do resultado negativo, a empresa segue com bom desempenho nos mercados do México e Uzbequistão.  2019-08-29 - Tags: saurer technologies declinio clement woon itma 2019 grupo saurer fio

Avança a aquisição do negócio de poliamida da Solvay pela Basf
A Comissão Europeia aprovou em janeiro de 2019, a aquisição pela Basf do negócio de poliamida da belga Solvey, iniciada em 2017, e que estava sujeita a algumas condições, incluindo a alienação das instalações de produção PA6.6 da Solvay na Europa.  2019-08-23 - Tags: basf solvey plasticos engenharia domo chemical solvey

Hyosung mostra fios de performance para denim na Alemanha
A Hyosung TNC, fabricante coreana de filamentos têxteis, participa mais uma vez da Bluezone, setor dedicado ao jeanswear dentro da feira Munich Fabric Start, que acontece na Alemanha, nos dias 3 e 4 de setembro.  2019-08-19 - Tags: hyosung tnc filamento textil bluezone jeanswear munich fabric start nylon mipan askin fibras

Macias Têxtil investe em marketing digital e aumenta suas vendas
Há mais de 60 anos no mercado, a Macias Têxtil, uma das maiores e mais tradicionais empresas brasileiras do ramo, encarou um grande desafio: entrar de vez na era digital. Mesmo diante de um cenário econômico desfavorável, devido ao fechamento de muitos negócios que não conseguiam se adaptar às novas tecnologias, a empresa apostou na consultoria da Macfor.  2019-08-09 - Tags: macfor industria textil macias textil era digital cenario economico

Exportações somam 65 milhões de pares de calçados no semestre
O mês de julho registrou o embarque de 7,9 milhões de pares que geraram US$ 84,35 milhões, com incremento de 65,2% em volume e de 44,4% em dólares no comparativo com o mesmo mês do ano passado. Com isso, a soma dos sete meses de 2019 chegou a 65 milhões de pares e US$ 565 milhões de exportação, com alta 8,2% em volume e de 3,6% em receita se comparado a 2018.  2019-08-09 - Tags: embarque exportaçao calçados julho estados unidos exterior abicalçados

Governo quer mais competitividade e inovação nas empresas brasileiras
Representantes do setor produtivo e governo se reuniram para avaliar o resultado do Global Innovation Index 2019, que aponta o Brasil na 66ª posição do ranking de países inovadores. A meta estabelecida pelo governo brasileiro é avançar 10 posições no ranking global de competitividade até 2022.  2019-08-06 - Tags: global innovation index 2019 ranking lideres da mobilizaçao empresarial mei inovaçao produtividade

Eastman adquire fábrica de fios de celulose na Espanha
A Eastman Chemical Company, indústria de especialidades químicas norte-americana, anunciou em junho a compra da INACSA (Industrias del Acetato de Celulosa S.A), produtora espanhola de fios de celulose com fábrica em La Batllòria, Espanha.  2019-08-02 - Tags: eastman chemical company materiais avancados inacsa industrias del acetato de celulosa forest stewardship council brad lich