Language
home » têxtil »

Negócios

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

De Época: Meias: um produto atraente

 

O mercado de meias femininas vem crescendo no país e a tendência é a produção de meias mais transparentes, o que implica na utilização de fios cada vez mais finos.

Milton Briguet Bastos é sócio diretor da UNIFIBERS Ltda., engenheiro químico pela Escola Politécnica da USP com mestrado em Polímeros Lehigh USA e Administração de Empresas pela FGV

Mário Sérgio Gaspar é engenheiro têxtil pela FEI, e especialista técnico de meias para a América Latina da Du Pont do Brasil.

História do aparecimento da meia

Desde o início dos tempos, muitos olhares se desviaram ao ver pernas bem torneadas. Mas foi só por volta do século XI que o homem (ou mais provavelmente a mulher) aprendeu a tecer a seda numa meia-calça, gerando charme e beleza às pernas... às pernas deles. E durante os séculos seguintes, eles usaram as meias-calças, enquanto que a mulher, forçada pelos padrões da sociedade, era obrigada a esconder seus dotes debaixo de longas saias.

Apesar da introdução da seda artificial (rayon), em 1910, ter sido um desafio, a seda permaneceu como única opção de moda para meias durante os anos 20 e 30. Em 1938, as coisas começaram a mudar quando a semente de uma revolução no mundo da moda se espalhou nos arredores neutros de um laboratório químico. No laboratório da empresa E.I. Dupont de Nemours foi desenvolvido pelo químico Wallace Carothers, a primeira fibra sintética, o Nylon.

Revolução

Em 1940, apareceram as primeiras meias-calças com Nylon, e em quatro dias foram postos no mercado e vendidos quatro milhões de pares. Esta euforia durou apenas um ano. Devido à necessidade de utilizar o Nylon na fabricação de pára-quedas na Segunda Guerra Mundial, as mulheres tiveram que esperar por mais alguns anos até poderem comprar as meias de Nylon novamente. Os estilistas levaram as coisas a sério e as bainhas subiram como nunca, chegando ao ápice com a minissaia nos anos 60, para chocar e deliciar o mundo da moda.

Com quase a mesma quantidade de pernas visíveis tanto acima do joelho como abaixo, o caminho estava aberto para uma segunda revolução... a meia-calça com Nylon. De repente, a confiabilidade e boa aparência estavam juntas num só artigo. Parecia que a revolução das pernas estava completa. Mas algo mais estava para acontecer. Uma novidade sensual, bela e confortável que deu um grande impulso ao mercado de meias. A Lycra®, que por sua característica de elasticidade pode aumentar o seu comprimento em 6 vezes sem perder a forma, permitindo que as meias fiquem mais confortáveis, duráveis com ajuste perfeito.

Desenvolvimento do mercado brasileiro

Desde a década de 50, o consumo da meia-calça feminina no Brasil foi restrito inicialmente a uma pequena parcela de população. Fatores como o custo, pouco hábito de uso, clima, pequena disponibilidade de no mercado e uma parcela mínima de mulheres no mercado de trabalho urbano mantiveram o consumo baixo até a década de 70.

A introdução da Lycra® para a fabricação de meia-calça em meados da década de 80 fez com que o Brasil acompanhasse a tendência mundial para fazer meias de alta qualidade. O mercado tornou-se mais exigente, as matérias-primas mais seletivas, com máquinas eficientes e velozes.

No período de 1988-1993, a produção nacional aparente de meias-calças femininas aumentou de 6,5 para 15 milhões de dúzias ao ano. Justificados pelos investimentos dos produtores existentes e o aparecimento de novos produtores no mercado, em conseqüência disso o consumo dobrou para 140 milhões de pares anuais. Considerando o mercado consumidor ativo de mulheres entre 15 e 60 anos da população urbana com renda superior a 2 salários mínimos, tem sé que cada consumidora compra em média 8,6 pares por ano.

Este consumo unitário é ainda baixo comparado com outros países da América Latina como Colômbia e Argentina. A Argentina, por exemplo, com 1/5 da população brasileira, tem o consumo de 70 milhões de pares por ano. Para termos uma idéia do potencial do mercado brasileiro, basta citar que o mercado europeu de meias femininas, o mais desenvolvido, consome 3,2 bilhões de pares por ano e o americano 1,8 bilhões de pares. (Vide tabela comparativa entre os diversos países - Quadro 1).

Características do mercado brasileiro de meias

No nosso mercado ainda predomina a meia 100% Nylon texturizado principalmente devido ao baixo poder aquisitivo da população. A penetração de meias com Lycra® é ainda bem inferior a dos outros países. Uma tendência forte dentro do nosso mercado é de que as meias sejam as mais transparentes possíveis, o que incentiva o uso de fios mais finos (Vide Quadro 2).

Desenvolvimento do produto

Hoje em dia, as meias são feitas com fio de Lycra® recoberto com Nylon em uma das carreiras e com Nylon liso ou texturizado na faixa de 15 a 20 denier na carreira alternada. Algumas tendências têm se observado no mercado de meias: - Uso de Lycra® recoberta nos 4 alimentadores e uso de títulos mais finos de lycra® com 15 e 10 denier. - Uso de Lycra® nua vanizada ou inserida na fabricação da perna, substituindo o fio recoberto. - Novas tecnologias de recobrimento da lycra® com jato de ar para reduzir o custo das meias. - Meias de "suportes" que permitem maior conforto com compressão adequada na perna e na cintura, sendo estas bastante populares no mercado norte-americano.

Possibilidade de uso da Lycra®

- Dupla cobertura

Dependendo do título dos fios de Nylon utilizados, pode-se obter uma transparente, macia e bastante durável. Geralmente, as meias tecidas com este fio são confeccionadas com costura chata (Flat Semming) são totalmente enformadas e embaladas em envelopes, justificando a qualidade e valorizando ainda mais o produto.

- Simples cobertura

É um dos produtos mais usados no mercado hoje em dia. O fio de Lycra® recebe uma única cobertura de Nylon, variando de 10 a 20 devier, para a perna da meia-calça, que pode ser texturizado ou liso, dependendo da característica do produto que se quer obter.

- Cobertura por ar

O Nylon texturizado, multifilamento, é entrelaçado com o fio de Lycra® por meio de um jato de ar. Este processo chega a ser 15 a 25 vezes mais rápido que o processo convencional (simples e/ ou duplo coberto), possibilitando portanto, a oferta de um produto mais acessível para o mercado.

- Lycra® nua

Tecnologia exclusiva da Du Pont, f 10 anos lançada na Europa, que oferece ao produtor e ao consumidor mais opções em termos de produto final. O fio de lycra® nua pode ser conbinado com qualquer fio de Nylon, independente do número de filamentos, texturizado ou liso, na forma vanizada E também pode ser inserido combinando-se com fios de Nylon, neste caso apenas texturizados.

- Processo de tecimento

As máquinas de meias, hoje em dia, caracterizam-se pela velocidade de tecimento (800 a 1500 rpm) e pela versatilidade, através do computador, de se mudar os artigos. Basicamente, as máquinas são compostas por um cilindro de 4 polegadas de diâmetro, com 400 agulhas, sistemas alimentadores, um cérebro eletrônico e um sistema de sucção e lubrificação. Veja a configuração básica dos sistemas de alimentação (Quadro 3).

Uma vez definido o artigo, seleciona-se a matéria-prima, que passa a ser tecida conforme esquema (Quadro 4).

As máquinas mais famosas no mundo, no caso de meias finas, são as italianas Lonatti e Savio Matec, esta última recentemente adquirida pela Lonatti.

- Novas tendências Fio de lycra® recoberto nos quatro alimentadores de perna. Lycra® - 10 denier com Nylon 10 ou mais fino.

Características:

- excelente ajuste

- durabilidade

- uniformidade

- conforto

O desenvolvimento do mercado, dos produtores e fabricantes buscam melhor adequação do produto às necessidades de uso.

Fluxo de Produção (Básico)

1. Preparação dos fios - esta operação visa adequar a matéria-prima ao produto desejado, sendo basicamente a texturização do Nylon e o recobrimento do fio Lycra®.

2. Tecimento - em função das características desejadas do produto, tais como toque, transparência e brilho, é feita a seleção das matérias-primas, que devem ser acondicionadas pelo menos 24 horas, de preferência na sala de tecelagem, antes de consumidas.

Inspeção por Amostragem

3. Vaporização- trata-se de uma etapa muito importante do processo, pois visa pré-encolher as fibras, para reduzir principalmente o índice de defeitos durante o processo de costura. Preparação para Costura

4. Costura - a maioria dos fabricantes já se encontram equipados com máquinas totalmente automáticas que fazem a costura da ponteira (bico) e da calça (cavalo). Existem máquinas que inclusive colocam o fundo de algodão (gusset), durante a operação de fechamento do cavalo.

Inspeção
Preparação para Tingimento

5. Tingimento - esta é a fase onde, no Brasil principalmente, estão sendo concentrados atualmente os investimentos. Quanto mais fina e sofisticada é a meia, mais delicado é o processo de tingimento. Hoje, a nova geração de máquinas permite o tingimento estático ou semi-estático, mantendo assim as características desejadas do produto.

6. Centrifugação e/ ou secagem - a centrifugação é usada para remover de maneira rápida, 90% da água. A partir daí, a meia pode passar diretamente para a operação seguinte ou, se não for enformada, ir direto para secagem, geralmente em estufas ou equipamentos de radiofreqüência.

7. Enformagem (passamento)- existe nesta operação duas possibilidades. A meia pode ser semi-enformada ou totalmente enformada. O produto semi-enformado passa por um tratamento térmico mais rápido, em formas sem calcanhar, geralmente acoplado com o processo de embalagem automático para recepção em "caixinhas".

Os produtos mais sofisticados são totalmente enformados, ou seja, a meia sai da forma, como se fosse passada a ferro, portanto, com uma excelente apresentação, geralmente destinadas para embalagem em envelopes, valorizando ainda mais o produto.

Inspeção

Emabalagem



Review: Você esta tendo a oportunidade de conferir um pouco do conteúdo armazenado em área restrita. Torne-se assinante do Portal Textília.net e confira todo o conteúdo armazenado nos ultimos 20 anos.

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por: Milton Briguei Bastos e Mário Sérqio Gaspar

Data de publicação: 01/10/1993

Conteúdo relacionado


Hyosung mostra fios de performance para denim na Alemanha
A Hyosung TNC, fabricante coreana de filamentos têxteis, participa mais uma vez da Bluezone, setor dedicado ao jeanswear dentro da feira Munich Fabric Start, que acontece na Alemanha, nos dias 3 e 4 de setembro.  2019-08-19 - Tags: hyosung tnc filamento textil bluezone jeanswear munich fabric start nylon mipan askin fibras

Macias Têxtil investe em marketing digital e aumenta suas vendas
Há mais de 60 anos no mercado, a Macias Têxtil, uma das maiores e mais tradicionais empresas brasileiras do ramo, encarou um grande desafio: entrar de vez na era digital. Mesmo diante de um cenário econômico desfavorável, devido ao fechamento de muitos negócios que não conseguiam se adaptar às novas tecnologias, a empresa apostou na consultoria da Macfor.  2019-08-09 - Tags: macfor industria textil macias textil era digital cenario economico

Exportações somam 65 milhões de pares de calçados no semestre
O mês de julho registrou o embarque de 7,9 milhões de pares que geraram US$ 84,35 milhões, com incremento de 65,2% em volume e de 44,4% em dólares no comparativo com o mesmo mês do ano passado. Com isso, a soma dos sete meses de 2019 chegou a 65 milhões de pares e US$ 565 milhões de exportação, com alta 8,2% em volume e de 3,6% em receita se comparado a 2018.  2019-08-09 - Tags: embarque exportaçao calçados julho estados unidos exterior abicalçados

Governo quer mais competitividade e inovação nas empresas brasileiras
Representantes do setor produtivo e governo se reuniram para avaliar o resultado do Global Innovation Index 2019, que aponta o Brasil na 66ª posição do ranking de países inovadores. A meta estabelecida pelo governo brasileiro é avançar 10 posições no ranking global de competitividade até 2022.  2019-08-06 - Tags: global innovation index 2019 ranking lideres da mobilizaçao empresarial mei inovaçao produtividade

Eastman adquire fábrica de fios de celulose na Espanha
A Eastman Chemical Company, indústria de especialidades químicas norte-americana, anunciou em junho a compra da INACSA (Industrias del Acetato de Celulosa S.A), produtora espanhola de fios de celulose com fábrica em La Batllòria, Espanha.  2019-08-02 - Tags: eastman chemical company materiais avancados inacsa industrias del acetato de celulosa forest stewardship council brad lich

De onde vem o algodão?
O algodão é, talvez, a fibra mais famosa do mundo do vestuário, sendo usada quer na sua forma mais pura, quer misturada com outras matérias-primas. Mas afinal onde é produzido o algodão e quais são os países que mais importam e exportam esta matéria-prima?  2019-07-30 - Tags: algodao fibra vestuario usda india bangladesh benin

Grupo Radici apresenta resultado positivo em 2018
A RadiciGroup, fabricante de produtos químicos, polímeros de engenharia e fibras sintéticas, sediada na Itália, registrou faturamento da ordem de 1, 2 bilhão de euros e um lucro líquido de 97 milhões de euros no ano fiscal de 2018, um aumento de 19% em relação ao ano anterior.  2019-07-26 - Tags: radicigroup. poimeros fibras sinteticas produtos quimicos cfo alessandro manzoni china eua angelo radici tecnologia

Oki Data cresce com a evolução do mercado de impressoras
Oki é um grupo japonês fundado em 1888 e de muita tradição no Japão, que atua em várias áreas de negócio, dentre elas o segmento de impressão transfer, através da subsidiaria Oki Data, que está presente no Brasil desde 1997. “A gente foi um dos pioneiros no Brasil a considerar um país bastante interessante para os negócios”, diz o diretor geral Luiz Carli.  2019-07-26 - Tags: oki japao negocios oki data impressao grafica textil luiz carli midia promocional marketing

Tech Fashion mostra versatilidade da malharia retilínea
O Tech Fashion é um evento anual realizado no Rio Grande do Sul pela Brastema Tecnologia Têxtil, representante brasileiro da Shima Seiki, fabricante japonês de máquinas para malharia retilínea. Em sua 17ª edição, o evento acontece em três cidades diferentes no mês de julho, desfilando peças que unem a última tecnologia em tricô, com as tendências da próxima estação.  2019-07-12 - Tags: fashion tech rio grande do sul brastema tecnologia textil shima seiki trico

Tecelagem espanhola desenvolve tecido 'mais forte do mundo'
Armalith® 2.0 é um novo tecido para brim de alto desempenho, considerado o mais resistente do mundo. Produzido pela empresa Royotec, divisão técnica da tecelagem espanhola Tejidos Royo, é composto por fibras de algodão e um núcleo UHMWPE (sigla em inglês para Polietileno de Ultra Alto Peso Molecular).  2019-07-03 - Tags: armalith tejidos royo uhmwpe royotec pierre henry servajean rokker vanucci held

Produção de nãotecidos atingiu 2,7 milhões de toneladas na Europa em 2018
A Edana, associação global dos fabricantes de nãotecidos com sede na Bélgica, divulgou hoje as estatísticas anuais europeias, referentes ao ano de 2018. De acordo com dados recolhidos e compilados, a produção global de nãotecidos na Europa cresceu 1,3%, atingindo um total de 2.760.000 toneladas. Na última década, a taxa de crescimento média anual foi de quase 4%.  2019-05-31 - Tags: edana naotecidos nonwoven jacques prigneaux spunmelt edana statistics

FILTREX™ Europe vê futuro promissor para filtros de nãotecidos
A EDANA encerrou FILTREX ™ 2019, realizada entre os dias 14 e 15 de maio, em Berlim, com satisfação. A conferência atraiu 48 grandes empresas do setor de nãotecidos industriais, com foco em design e inovação em meios filtrantes, tecnologia de conversão e métodos de modelagem e teste de produtos.  2019-05-24 - Tags: edana filtrex europe naotecidos freudenberg filtration innovation award 2019

GQM anuncia parceria com companhia global Aeoon
Marca passa a integrar portfólio da empresa brasileira, com ofertas exclusivas no Brasil voltadas a empresários que buscam mais produtividade nos processos de impressão direta em camisetas.  2019-04-12 - Tags: gqm global quimica e moda impressao digital textil camisetas aeoon presonalizacao

Abramaco comemora redução de impostos para máquinas de costura
A Abramaco conquista a redução de impostos para máquinas de costura reta e galoneiras, que impactará positivamente no setor de confecção. No dia 28 de fevereiro foram publicados no Diário Oficial da União, na portaria 220 da SECINT (Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais), dois ex-tarifários que haviam sido protocolados em agosto e setembro do ano passado, que beneficiam o setor de confecção.  2019-03-18 - Tags: secint abramaco paulo kang ggtech sistemas galoneiras

Sinterama destaca fios ecológicos em feira na Ásia
A Sinterama, líder europeu na produção de fios coloridos de poliéster, fundada em Biella, na Itália, completou 50 anos de história em 2018. A empresa estará expondo na Yarn Expo Autumm Asia, feira internacional de fios têxteis da Messe Frankfurt, que acontece de 12 a 14 de março em Xangai.  2019-03-08 - Tags: sinterama yarn expo autumm asia ashish puri sinterama asia newlife yarn expo

Mazzaferro Monofilamentos passa a ter branding estratégico e comemora 35 anos
Onde um produto da Mazzaferro Monofilamentos chegar a partir de agora - seja no Brasil ou num dos mais de 60 países de todo o mundo para os quais a empresa exporta - ele chegará com nova marca: Mazzaferro4 – Innovation For You. A oxigenação da marca é o resultado do crescimento consolidado dessa divisão do Grupo Mazzaferro nos últimos anos.  2019-02-27 - Tags: mzf4 innovation for you mazzaferro4 mazzaferro monofilamentos claudio mazzaferro color charts monofilamentos fabricio saad

Basf lança tecnologia para fortalecer algodão brasileiro
Nova variedade de semente, lançada em novembro de 2018, é altamente tolerante a herbicidas e três vezes mais resistente a lagartas.  2019-02-05 - Tags: basf algodao meio ambiente agricultura variedade de semente gltp marcelo ismael

Com a palavra, Mr. Giuseppe Gherzi
O executivo Giuseppe Gherzi, sócio-gerente da Gherzi Textil Organisation AG, esteve no Brasil em 2016 participando do 1o Congresso Internacional Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção).  2019-02-05 - Tags: giuseppe gherzi gherzi textil organisation ag abit congresso internacional abit textilplus

Parceria tecnológica garante eficiência na fiação Vargas Têxtil
A empresa catarinense vem se destacando no mercado brasileiro como um dos principais fornecedores de fios de algodão da Região Sul.  2018-11-05 - Tags: parceria tecnologia vargas textil textil inovaçao produçao fios de algodao

Brandili amplia expedição automatizada
Com estrutura de estocagem e atendimento automatizado, a Brandili é pioneira no setor têxtil com a primeira expedição robotizada da América Latina. Com isso, o processo de estocagem, separação e expedição ganhou mais segurança, agilidade e capacidade de estoque vertical, ocupando menos espaço físico e dando maior capacidade de tráfego para as caixas de armazenamento.  2018-10-30 - Tags: brandili expedicao robotizada estocagem rodrigo raphaeli jonas rahn