Language
home » têxtil »

Negócios

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

De Época: ETE - Estação de tratamento de efluentes na indústria têxtil

 

Nos dias atuais, a conscientização de que a despoluição de nossos rios é muito mais cara e difícil que o tratamento dos efluentes originados em nossas indústrias, é imperativa e imediata.


 

Helio Shimomoto é engenheiro têxtil formado pela FEI/ SP, bel. em Administração de Empresas pelo Mackenzie/SP, perito judicial e prof. da disciplina "Tratamentos de águas e efluentes" na FEI.

Atualmente presta consultoria aos clientes da Huayro, nos áreas de tinturaria e lavanderia. Dando ênfase ao caso da indústria têxtil, a maior parte destes efluentes são provenientes do setor de beneficiamento ou seja, das tinturarias e das estamparias.





 

Nem sempre as águas fortemente coloridas, provenientes de uma tinturaria são prejudiciais, haja visto que, raramente, os corantes apresentam um aspecto tóxico maior que os microorganismos que vivem nas águas e até mesmo no corpo humano. Contudo, o impacto psicológico causado por uma quantidade mínima de corante, que confere uma coloração intensa à água, é muito grande.

A variação da cor das águas pode ser causada por:
a) materiais vegetais em decomposição;
b) algas microscópicas;
c) produtos de oxidação, tais como o ferro e o manganês;
d) resíduos de tinturaria.

Classes dos corantes

Os corantes utilizados em uma indústria têxtil podem ser divididos em:

    * solúveis na água:

    * reativos

    * ácidos básicos

    * diretos

    * metalíferos

    * insolúveis na água:

    * a cuba

    * ao enxôfre

    * azóicos

    * dispersos

    * pigmentos

    * oxidantes

Além disso, estes corantes podem ser classificados em orgânicos ou organometálicos, inorgânicos e biodegradáveis ou não. Apesar da grande maioria dos corantes não ser muito tóxica, suspeita-se que alguns produtos intermediários, e até mesmo a matéria-prima utilizada na fabricação dos corantes têxteis, sejam responsáveis pela incidência do câncer em alguns colaboradores de certas indústrias químicas.

Tipos de tratamento

A natureza dos tipos de tratamento utilizados no descoloração das águas residuais dependerá do grau de qualidade exigido (consumo humano ou industrial):
a) da natureza das substâncias corantes presentes no efluente;
b) da natureza de outras substâncias (tensoativos, matérias Tóxicas)
c) área disponível para instalação da ETE;
d) vazão do efluente.

Podemos utilizar os tipos de tratamento a seguir descritos.

- Oxidação biológica (ou processo de degradação biológica)
Atua sobre as matérias orgânicos coloidais e dissolvidas, na presença ou não de oxigênio. Permite uma eliminação parcial das matérias corantes solúveis e insolúveis.


- Oxidação química
A função principal dos oxidantes químicos para o tratamento das águas é sua esterilização, ou seja, a destruição dos germes patogênicos.


O principal agente destes produtos químicos são o cloro e seus derivados. Entretanto , o ozônio também é utilizado, já que permite ações complementarias na destruição de um grande número de micropoluentes, na melhoria dos gastos e dos cheiros e na destruição da cor.

O ozônio (03) é um gás natural, tóxico, estável na alta atmosfera e filtro solar dos raios U.V., e só não oxida o ouro e a platina. Inicialmente sua utilização era restrita ao ataque anti-vírus e anti-bacteriológico. A ozonização, quando usada como técnica de afinagem, é o processo ideal para a destruição dos corantes.

Os tratamentos ao cloro e ozônio, terão como objetivo atacar a estrutura dos materiais, favorecendo a criação de um estado menos estável, facilitando a precipitação, absorção e degradação do corante.

- Oxidação fotoquímica
A ação da energia radiante sobre um material envolve transições, tanto em nível eletrônico como em nível molecular, em função do tipo de irradiação luminosa e da constituição química do material. Ocorre uma fotodegradação do material através dos raios U.V., que é facilitada na presença de oxigênio.

- Tratamento de clarificação
Constitui-se basicamente de uma floculação e decantação dos corantes insolúveis, que se apresentam sob a forma de colóides e dos corantes solúveis. Cerca de 80 a 90% da cor dos efluentes podem ser removidos com o uso de coagulantes como o sulfato férrico Fe (S04 )3, o sulfato de alumínio A12(S04)3 e o sulfato de cálcio CoS04 .

Contudo, quando o efluente coagulador mostrar pouca eficiência à decantação, devido à natureza dos flocos leves demais, é possível usar o tratamento de coagulação-flutuação. Neste caso, num líquido contendo bactérias em suspensão, é provocado um fluxo ascendente de bolas gasosas, capazes de captar à passagem, as partículas sólidas e arrastá-los para a superfície livre do líquido, onde serão extraídas mecanicamente.

O Tratamento por carvão ativo

A epuração pelo carvão ativo é fundada sobre a adsorção, que é um fenômeno no qual os átomos ou as moléculas de um corpo se fixam na superfície de uma outra substância. Trata-se de uma complementação dos processos anteriores, a fim de reter os poluentes não eliminados. Para a fabricação do carvão ativo podem ser utilizadas cascas de frutas (coco), madeira, hulha, turfa (combustível natural rico em restos vegetais, formado em águas paradas, com ausência de processos oxidativos), resíduos vegetais, carvão betuminoso e lignita (estágio intermediário entre a turfa e carvão betuminoso), sendo obtido em duas etapas:

a) carbonização: que afasta do composto as matérias voláteis por decomposição térmica a temperaturas em torno de 700°C, desenvolvendo superfícies porosas de 5 a 6 m2/g;
b) ativação: para aumentar ainda mais a área de absorção, oxida-se o composto a temperatura elevada ou seja, cerca de 1000°C, na presença de vapor de água ou em uma mistura de C02 ou oxigênio, obtendo-se então uma multiplicação e um aumento de volume e diâmetros dos poros para 2000 m2/g.

A regeneração é quase obrigatória, devido ao alto custo deste produto, já que sua utilização tende a fazer diminuir sua capacidade de adsorção até a saturação dos poros.

Podemos utilizar três tipos de regeneração:

a) térmica: o carvão é elevado a altas temperaturas, para volatilizar os poluentes adsorvidos; contudo, a porosidade é modificada;
b) química: trata-se da extração de sólidos por meio de uma lavagem a água ou com solventes orgânicos ou por reações de ácidos básicos (óxi-redução);
c) biológica: utilizada apenas para compostos saturados por moléculas biodegradáveis e antes da regeneração térmica, com intuito de prolongar sua vida útil.

O carvão ativo é eficiente para a descolorir águas contendo corantes reativos, básicos, ácidos, azóicos e metálicos, que não absorvem os sólidos em suspensão nem corantes insolúveis.

Ultrafiltração e osmose inversa

A ultrafiltração e a osmose inversa são dois tratamentos de refinamento de filtração, que constitui-se da separação, em fase líquida, pela passagem da solução por uma membrana semi-permeável e seletiva, sob a ação da pressão, onde separa-se o soluto do solvente.

A principal vantagem da osmose inversa, é a possibilidade de separar o soluto do solvente e reutilizá-lo. No caso da ultrafiltração, é a possibilidade de remover a cor dos efluentes e recuperar os óleos utilizados em uma tinturaria de malhas, que provocam problemas no tratamento biológico.

Conclusão

A descoloração de um efluente de uma tinturaria é muito complexa e depende dos inúmeros fatores já citados. Contudo, para uma melhor eficiência no tratamento de eliminação de corantes, devemos combinar os tratamentos físico-químicos e biológicos.


 

 

Review: Você esta tendo a oportunidade de conferir um pouco do conteúdo armazenado em área restrita. Torne-se assinante do Portal Textília.net e confira todo o conteúdo armazenado nos ultimos 20 anos.

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por: Hélio Shimomoto

Data de publicação: 01/09/1992

Conteúdo relacionado


DiloGroup comemora participação bem sucedida na Techtextil 2017
O DiloGroup, líder na produção de linhas completas agulhadas e fibras cortadas para os mercados têxtil e nãotecidos, aproveitou mais uma oportunidade na Techtextil, realizada de 9 a 12 de maio, em Frankfurt, para informar aos visitantes sobre seu portfólio de equipamentos.  2017-06-12 - Tags: dilo group naotecidos hypertex techtextil 2017 dilosystems

Tecelagem continua lançamentos em tecidos a partir de PET
Cedro Têxtil utiliza fios de poliéster produzidos a partir de garrafas pet recicladas em sua linha de uniformização, EcoCedro.  2017-06-02 - Tags: cedro textil ecocedro fios pet reciclados uniformizacao

Empresa aposta em quatro elementos para construir coleção de aviamentos
A Tecnoblu se mostra pronta para estar ao lado de seus clientes na concepção da próxima estação no calendário da moda.  2017-05-31 - Tags: tecnoblu aviamentos etiquetas moda colecao quatro elementos

Tendências de moda e varejo
A marca LYCRA®, empresa do Grupo INVISTA, junto com Google e NellyRodi explicam quais as grandes apostas para o mercado da moda para o inverno de 2018.  2017-05-31 - Tags: nellyrodi lyxra evilario miranda textil invista

Clariant e Huntsman anunciam fusão de suas operações
A Clariant e a Huntsman Corporation, duas gigantes globais do setor químico, anunciaram no dia 22 de maio, na Suíça, que seus conselhos de administração aprovaram por unanimidade um acordo definitivo para uma fusão das duas companhias.  2017-05-26 - Tags: hustsman clariant huntsman textiles effects huntsman corporation huntsmanclariant hariolf kottmann peter huntsman

Trützschler e Voith introduzem novo padrão para produção de nãotecidos
Na forma da norma VN 3260 / TN 0790, a Voith Paper e a Trützschler Nonwovens desenvolveram um novo processo de fabricação para nãotecido “wet-laid” (via úmida) e “hydroentangled” (hidroentrelaçamento).  2017-05-22 - Tags: nonwoven voith paper trutzschler nonwovens wetlaid naotecidos

Invista amplia investimentos na sua planta industrial no Brasil
A INVISTA, empresa detentora da marca LYCRA®, e uma das maiores produtoras integradas de polímeros e fibras do mundo, anuncia novos investimentos em sua unidade fabril, localizada em Paulínia, interior de São Paulo. Totalizando mais de 500 mil dólares, o atual aporte trará aprimoramento em inovação e qualidade global do fio LYCRA®.  2017-04-27 - Tags: paulinia invista lycra novas tecnologias mercado negocios

Edital de Inovação para Indústrias de todos os portes
A edição 2017, tem orçamento de R$ 53,6 milhões para o desenvolvimento de projetos inovadores no Senai  2017-04-17 - Tags: senai sebrae industrias inovacoes edital desenvolvimento inovadores projetos

Solução inovadora para a indústria da confecção
A Audaces, empresa brasileira, líder na América Latina na automação de confecções, irá mostrar na Tecnotêxtil Brasil o Audaces 360, solução que atua desde a inspiração da etapa criativa até o sucesso de comercialização da coleção  2017-04-05 - Tags: tecnotextil brasil audaces confeccoes audaces 360 inspiracao

Mesa Redonda e lançamento de Selo de Qualidade
O SINDITEC promoveu na última quinta-feira, dia 30, em parceria com a Destra Consultoria, uma Mesa Redonda com o tema “Como Melhorar a Gestão de Empresas Têxteis”.  2017-04-03 - Tags: sinditec mesa redonda selo qualidade encontro destra consultoria gestao

Ingersoll Rand quer conquistar confecção com ar limpo
Fundamental para o desempenho dos teares a jato de ar na indústria têxtil, os compressores de ar comprimido também são utilizados como fonte de energia para máquinas de costura, prensas e sistemas de passadoria. Especializada nesta tecnologia, a Ingersoll Rand busca ampliar sua participação no Brasil, após conquistar o mercado mexicano na área têxtil/vestuário.  2017-03-24 - Tags: ingersoll rand compressores fabio narahara textil negocios

Denim em destaque no SPFW
O denim Canatiba marcou presença nos desfiles de Fabiana Milazzo e Green Co  2017-03-22 - Tags: canatiba denim spfw sao paulo fashion week green co fabiana milazzo

SPESA Elege Novo Membro da Diretoria
Daniella Ambrogi da Lectra North America Eleita para a Diretoria da SPESA  2017-03-20 - Tags: daniella ambrogi spesa lectra spesa executiva

Lançamento eletrônico Brother S-70000DD
Andrade Máquinas destaca reta eletrônica Brother S-7000DD. Máquina conta com lubrificação automática e economia de linha de até 50%.  2017-03-16 - Tags: andrade maquinas lubrificacao automatica economia costura maquina de costura

SPGPrints mostra impressão têxtil digital em evento
SPGPrints está há mais de 69 anos no mercado de sistemas de impressão para o setor têxtil. Criou o processo de impressão rotativa têxtil em 1963, e agora, com as impressoras PIKE® e JAVELIN® se torna referência na impressão digital. Esse é um compromisso da empresa com os seus mercados e por isso, continua inovando com lançamentos e investimentos, sempre um passo a frente nas novas tecnologias. Essa história do envolvimento com o segmento têxtil, tem como resultado a liderança do mercado há tantos anos.  2017-03-15 - Tags: javelin spgprints fespa tecnologia impressao digital

Grupo Solvay divulga resultados de 2016
Faturamento alcançou 10,9 bilhões de euros; lucro líquido somou 846 milhões de euros  2017-03-02 - Tags: solvay resultados 2016 grupo faturamento rhodia

Oerlikon firma parceria para fabricação aditiva
A Oerlikon assinou duas parcerias em pesquisa avançada, uma com a Universidade Técnica de Munique - TU Munich (Alemanha), e a outra com o Instituto Skolkovo de Ciência e Tecnologia (Rússia) para conquistar liderança no segmento da fabricação aditiva, processo que cria objetos sólidos tridimensionais a partir de modelos digitais.  2017-02-23 - Tags: oerlikon tu munich instituto skolkovo dr roland fischer michael suss

Modaris® 3D galvaniza o desenvolvimento de coleções para Cache Cache
A Lectra equipa a marca feminina Cache Cache (do grupo Beaumanoir) com o Modaris® 3D, para reforçar o desenvolvimento e facilitar as trocas entre sub-contratantes.Consumidor da Lectra por mais de 15 anos, o grupo familiar francês Beumanoir, estabelecido em 1981, é especialista em distribuição fashion.  2017-02-15 - Tags: lectra cache cache beaumanoir feminina 3d modaris

Edital para seleção de startups
A Supera Incubadora de Empresas de Base Tecnológica, de Ribeirão Preto, lançou um edital para a seleção de novas startups que receberão apoio para o desenvolvimento de seu negócio. As inscrições vão até dia 3 de março e devem ser feitas, exclusivamente, pelo site www.superaparque.com.br/empreende.  2017-02-14 - Tags: supera edital selecao incubadora base tecnologica ribeirao preto desenvolvimento negocios

Marca espanhola integra app de vendas com tecnologia brasileira
APP móvel em tablets e smartphones dá acesso a mais de dois mil itens do catálogo da empresa, permitindo pedidos e concretização de vendas em tempo real. A subsidiária nacional da espanhola Anany Design inicia atuação pela tecnologia.  2017-02-14 - Tags: espanhola marca app tecnologia brasileira mobile celulares tablets