Language
home » têxtil »

Negócios

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

ABIMAQ desempenho do setor em julho de 2015

INDÚSTRIA BRASILEIRA DE BENS DE CAPITAL MECÂNICO - INDICADORES CONJUNTURAIS

O consumo aparente,  mesmo sob influência da depreciação da moeda nacional que infla o valor em Reais dos importados no momento da sua conversão, sinaliza queda crescente ao longo de 2015. 

Desconsiderando o efeito cambial, ou seja, com câmbio fixo igual ao mesmo período de 2014, o resultado apurado para o consumo aparente é ainda mais preocupante e mostra uma queda no primeiro semestre de 2015 de 16,6% em comparação com o m esmo período de 2014.

Apesar do efeito cambial que eleva o valor das exportações o mercado interno retraído (-9,9%), leva a receita líquida do setor a uma queda de 7,0% no ano. 

A tendência observada nos últimos meses no mercado interno combinada com exportações muito aquém do estimado, indicam para 2015 a terceira queda consecutiva da receita líquida de vendas da Indústria de Bens Capital Mecânicos (-5% em 2013 e -12% em 2014).

A incerteza política combinada com a política econômica recessiva tem inviabilizado qualquer decisão de investimento no país.  

Os dados do mês de julho ratificam este cenário de contração dos investimentos e apontam para mais um ano de forte queda, provavelmente em taxas superiores às observadas em 2014.

A volatilidade do câmbio, com variações em torno de  10% em prazos não superiores a 30 dias, é um fator recessivo adicional pois aumenta os riscos de descasamento entre os preços  dos insumos de produção e os preços de venda de máquinas e equipamentos. 

Assim, apesar da depreciação do Real frente ao US$, esta volatilidade inibe, na prática, qualquer esforço de aumento das exportações, bem como do Market Share do produto nacional no mercado interno.

A depreciação do Real, nestes últimos meses, é causada por instabilidades políticas e fatores externos e não há garantia de que se transforme em vantagem competitiva. 

O Banco Central teve uma recaída na utilização do câmbio como âncora inflacionária suspendendo a rolagem dos swaps cambiais e levando a SELIC a um nível que garante às aplicações financeiras ganhos superiores ao retorno do investimento.

A exportação de US$ 4,608 bilhões no ano, é reflexo de forte queda de 18,7% em relação à 2014.  

A queda, visível no gráfico, iniciada em meados de 2014 deu sinal de inversão na ponta mas ainda de forma muito tímida e sem indicativo de tendências. 

A paralisia nos financiamentos à exportação, combinada com volatilidade cambial, são fatores que estão dificultado a inversão do cenário.

No ano, praticamente todos os setores registraram exportações abaixo das de 2014. A exceção é do setor de infra estrutura e indústria de base que no período acumulou crescimento de 0,5%, mas vem reduzindo o resultado em sua variação mês a mês. 

Na ponta dois dos sete setores registraram crescimento mas sua pequena participação nas exportações não é suficiente para que a exportação da indústria de máquinas tivesse crescimento em julho/15.

Os principais destinos das exportações brasileiras de máquinas e equipamentos (M&E) são,  pela ordem, América Latina, Estados Unidos e Europa. 

As exportações para a América Latina, incluindo o Mercosul, em 2015 ganharam participação relativa quando comparadas com o ano de 2014 mais em função da queda da Europa do que pelo seu crescimento. 

Para os EUA, segundo maior destino das exportações de M&E, a participação mantem uma trajetória crescente justificada principalmente pela retomada da atividade industrial.

As importações que chegaram a US$ 12,000 bilhões no ano, estão 18,7% inferiores a 2014. Esta queda é coerente com o ambiente recessivo na indústria brasileira de transformação, e deve se manter ao longo de 2015, com redução da ordem de 20%. 

Infelizmente esta queda não é compensada pelo aumento das vendas no mercado interno pelos fabricantes nacionais e portanto antecipa uma forte redução da taxa de investimento sobre o PIB pelo terceiro ano consecutivo, reduzindo a probabilidade de crescimento econômico após o “ajuste fiscal”.

A queda nas importações ocorre simultaneamente em todos os setores de BK, o que confirma as observações anteriores. 

O fato da importação de componentes evoluir abaixo de 2014, indica continuidade da redução de  produção nacional, ao longo dos próximos meses.

A série histórica, a partir de 2012, mostra o fim de um agressivo crescimento dos produtos chineses no mercado nacional e uma certa estabilidade no market share dos principais fornecedores de máquinas e equipamentos para o Brasil. 

Em 2015, pela primeira vez em 10 anos, a China perde participação relativa no mercado brasileiro.

A redução do déficit na balança comercial de máquinas e equipamentos, de um patamar da ordem de US$ 1,5 bilhões mensais para perto de US$ 1,0 bilhão resulta, como pode ser observado no gráfico, muito mais da redução das importações do que uma melhora nas exportações.

Em julho/15 a indústria brasileira de máquinas e equipamentos mecânicos utilizou 66,6% de sua capacidade instalada. 

Comparado com o mês anterior (junho/15 66,0%) o aumento foi de 0,9%, e na comparação com o mesmo mês de 2014 (julho/14 76,0%) a queda chegou a  12,3%.  

A carteira de pedidos, apesar do leve crescimento na ponta, registrou queda de 15,9% na comparação com junho/14. 

A utilização da capacidade instalada está em nível bastante preocupante, tanto na indústria de bens seriados como na de bens sob encomenda.  

A carteira de pedidos da indústria fabricantes de bens sob encomenda registrou ligeiro crescimento nos meses de junho e julho, assim como no setor de bens seriados, mas ainda é a pior  da série histórica.

O comportamento do emprego está acompanhando o desempenho da receita líquida.  

Desde meados de 2013 o número de pessoas ocupadas na indústria de bens de capital mecânico vem diminuindo, com maior intensidade a partir de 2015. 

O setor encerrou o mês de julho de 2015 com 334 mil pessoas empregadas contra mais de 367 mil em julho de 2014, que significa o fechamento de mais de 33 mil postos de trabalho nos últimos 12 meses.

Fonte: DCEE – Departamento de  Competitividade,  Economia e Estatística

 

 

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Edição: Karina Rodrigues
Fonte: DCEE – Departamento de Competitividade, Economia e Estatística
Imagens: ABIMAQ
Por: ABIMAQ

Data de publicação: 28/08/2015

Galeria de fotos desta matéria

Conteúdo relacionado


Encontro da indústria europeia discute digitalização e sinergia
O encontro da indústria TFL VDMA, associação que reúne os fabricantes de tecidos, calçados e cuidados pessoais, ocorreu entre 14 e 15 de novembro, em Berlim, Alemanha, e serviu para consolidar a união das empresas do setor.  2019-11-30 - Tags: tfl vdma eua tecidos berlim paiel sebastian heilmann industria

Fibras de cânhamo voltam a despertar interessa da indústria têxtil
A Naturalus Pluostas (Natural Fibras) é empresa da Lituânia, situada na região báltica da Europa, que cultiva, processa e fornece fibras de cânhamo para diversas aplicações, inclusive têxtil. Em setembro, a empresa estreou na feira internacional Yarn Expo Autumn, organizada pela Messe Frankfurt em Xangai.  2019-11-27 - Tags: entrevista fibras yarn expo canhamo sustentavel

Sensient® apresenta portfólio de tintas sustentáveis ao mercado chinês
A Sensient Imaging Technologies, empresa suíça especializada em tecnologia de jato de tinta digital, apresentará seu portfólio de tintas digitais, com soluções mais seguras e sustentáveis para a indústria têxtil, durante o ShanghaiTex 2019, que acontece de 25 a 27 de novembro, em Xangai.  2019-11-21 - Tags: sensient technologies corporation shanghaitex 2019 xangai china elvajet

Karl Mayer realiza evento com parceiros e clientes no Vietnã
A Karl Mayer, líder mundial em tecnologia têxtil para malharia de urdume, em parceria com a ILLIES, empresa alemã pioneira no comércio exterior com a Ásia e Sudeste Asiático, convidaram investidores internacionais e empresários da indústria têxtil vietnamita a participar de um evento exclusivo, realizado na cidade de Ho Chi Minh, no dia 11 de outubro.  2019-11-04 - Tags: karl mayer illies vietna arno garnter eua itma barcelona

Rhodia lidera upcycling no mercado brasileiro em parceria com a indústria têxtil
“Este é um fio que representa a química do futuro”, resumiu o engenheiro Renato Boaventura, vice-presidente Global de Poliamidas e Fibras do Grupo Solvay, ao anunciar o lançamento do Amni® Soul Cycle, primeira poliamida reciclada e biodegradável do mercado.  2019-10-29 - Tags: renato boaventura grupo solvay amni soul cycle rhodia minas trend future material award sustainable textiles

Braskem produz microfibra de PP a partir de copos descartáveis para indústria têxtil
A Braskem, maior petroquímica das Américas e líder mundial na produção de biopolímeros, desenvolveu uma microfibra de polipropileno (PP), feito a partir de copos descartáveis, para impulsionar a economia circular na indústria têxtil.  2019-10-25 - Tags: braskem petroquimica biopolimeros polipropileno beachwear spfw

Palestra reúne grandes players têxteis no Senai, em Blumenau
Em mais uma etapa do Embarque Imediato, programa de excelência de aprendizagem corporativa promovido pelo Santa Catarina Moda e Cultura (SCMC) com a consultoria do FIESC/SESI, o consultor e ex-diretor Corporativo de RH da Natura, Rogério Chér, propôs um novo olhar sobre as organizações para que elas prosperem frente às transformações do século 21.  2019-10-22 - Tags: rh natura rogerio cher fiesc sesi scmc senai blumenau

ABNT publica normas sobre Sistemas de Automação de Processos Industriais
Foi publicada em setembro, a norma ABNT NBR IEC 62381 - Sistemas de Automação de Processos Industriais - Testes de aceitação em fábrica (TAF), Testes de aceitação em campo (TAC) e Testes de integração em campo (TIC). Esta norma define os procedimentos e especificações para os testes, que devem ser realizados para demonstrar que o sistema de automação está em conformidade com as especificações técnicas.  2019-10-16 - Tags: abnt automacao processos industriais tac taf tic teste norma

Monforts integra a delegação alemã que visitará o Paquistão
Lideradas pela VDMA Textile Machinery Association – associação dos fabricantes de máquinas têxteis da Alemanha, 14 empresas que atuam em toda a cadeia têxtil participarão da visita técnica e seminários, que acontecerão de 11 a 14 de novembro, nas cidades de Karachi e Lahore no Paquistão.  2019-10-09 - Tags: vdma textile machinery association manfred havenlith karachi lahore monforts cyd

Congresso reúne profissionais têxteis e elege nova diretoria da ABTT
A Fatec de Americana sediou, entre os dias 9 e 12 de setembro, o 28º Congresso Nacional de Tecnologia Têxtil, Confecção e Moda (CNTT), tradicional evento da categoria, que reuniu cerca de 2.000 pessoas entre empresários, técnicos, engenheiros e estudantes que atuam nas diversas áreas da cadeia produtiva têxtil e varejo.  2019-09-24 - Tags: fatec americana abtt congresso nacional de tecnologia textil confecçao moda textil senai paulo salvi bruno orosco gilberto dodinho

Cipatex investe em Hub de Inovação para se tornar referência no setor
A Cipatex, empresa brasileira líder na fabricação de produtos sintéticos e que atua no mercado há 55 anos, decidiu criar um departamento para pensar full time em como a inovação pode contribuir para crescimento e competitividade da empresa.  2019-09-19 - Tags: cipatex produtos sinteticos inovaçao hub 2020 rafaela tamer paladini marcelo nicolau funil da inovaçao

Com novo diretor Unifi segue estratégia de diferenciação em fios têxteis
Uma das líderes mundiais em fios sintéticos e reciclados, com sede nos Estados Unidos, a Unifi Inc. anunciou a nomeação de Craig A. Creaturo como vice-presidente executivo e diretor financeiro, a partir de 9 de setembro. Christopher A. Smosna, que vinha atuando no cargo como interino desde dezembro de 2018, continuará em seu papel de vice-presidente e tesoureiro da empresa.  2019-09-11 - Tags: unifi fios texteis craig creaturo tom caudle fios sinteticos

Rovitex recebe selo verde por prática eficiente e sustentável
A Rovitex, indústria têxtil com sede em Luiz Alves (SC), acaba de receber o selo “Aqui tem Energia Verde – Programa de Certificação da Bioeletricidade”, da Unica (União da Agroindústria Canavieira do Estado de São Paulo), maior organização representativa do setor de açúcar, etanol e bioeletricidade do Brasil.  2019-09-02 - Tags: rovitex luiz alves bioeletricidade agroindustria malhas energia verde

Saurer apresenta queda nas vendas no primeiro semestre
No balanco preliminar, apresentado pelo grupo Saurer, um dos maiores fabricantes mundiais de máquinas para fiação com operações na Europa e na Ásia, a receita de vendas diuminuiu 17,5% no primeiro semestre de 2019, em compração com 2018, e o lucro caiu 32,6% no mesmo periodo. Apesar do resultado negativo, a empresa segue com bom desempenho nos mercados do México e Uzbequistão.  2019-08-29 - Tags: saurer technologies declinio clement woon itma 2019 grupo saurer fio

Avança a aquisição do negócio de poliamida da Solvay pela Basf
A Comissão Europeia aprovou em janeiro de 2019, a aquisição pela Basf do negócio de poliamida da belga Solvey, iniciada em 2017, e que estava sujeita a algumas condições, incluindo a alienação das instalações de produção PA6.6 da Solvay na Europa.  2019-08-23 - Tags: basf solvey plasticos engenharia domo chemical solvey

Hyosung mostra fios de performance para denim na Alemanha
A Hyosung TNC, fabricante coreana de filamentos têxteis, participa mais uma vez da Bluezone, setor dedicado ao jeanswear dentro da feira Munich Fabric Start, que acontece na Alemanha, nos dias 3 e 4 de setembro.  2019-08-19 - Tags: hyosung tnc filamento textil bluezone jeanswear munich fabric start nylon mipan askin fibras

Macias Têxtil investe em marketing digital e aumenta suas vendas
Há mais de 60 anos no mercado, a Macias Têxtil, uma das maiores e mais tradicionais empresas brasileiras do ramo, encarou um grande desafio: entrar de vez na era digital. Mesmo diante de um cenário econômico desfavorável, devido ao fechamento de muitos negócios que não conseguiam se adaptar às novas tecnologias, a empresa apostou na consultoria da Macfor.  2019-08-09 - Tags: macfor industria textil macias textil era digital cenario economico

Exportações somam 65 milhões de pares de calçados no semestre
O mês de julho registrou o embarque de 7,9 milhões de pares que geraram US$ 84,35 milhões, com incremento de 65,2% em volume e de 44,4% em dólares no comparativo com o mesmo mês do ano passado. Com isso, a soma dos sete meses de 2019 chegou a 65 milhões de pares e US$ 565 milhões de exportação, com alta 8,2% em volume e de 3,6% em receita se comparado a 2018.  2019-08-09 - Tags: embarque exportaçao calçados julho estados unidos exterior abicalçados

Governo quer mais competitividade e inovação nas empresas brasileiras
Representantes do setor produtivo e governo se reuniram para avaliar o resultado do Global Innovation Index 2019, que aponta o Brasil na 66ª posição do ranking de países inovadores. A meta estabelecida pelo governo brasileiro é avançar 10 posições no ranking global de competitividade até 2022.  2019-08-06 - Tags: global innovation index 2019 ranking lideres da mobilizaçao empresarial mei inovaçao produtividade

Eastman adquire fábrica de fios de celulose na Espanha
A Eastman Chemical Company, indústria de especialidades químicas norte-americana, anunciou em junho a compra da INACSA (Industrias del Acetato de Celulosa S.A), produtora espanhola de fios de celulose com fábrica em La Batllòria, Espanha.  2019-08-02 - Tags: eastman chemical company materiais avancados inacsa industrias del acetato de celulosa forest stewardship council brad lich