Language
home » têxtil »

Negócios

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

ABIMAQ desempenho do setor em julho de 2015

INDÚSTRIA BRASILEIRA DE BENS DE CAPITAL MECÂNICO - INDICADORES CONJUNTURAIS

O consumo aparente,  mesmo sob influência da depreciação da moeda nacional que infla o valor em Reais dos importados no momento da sua conversão, sinaliza queda crescente ao longo de 2015. 

Desconsiderando o efeito cambial, ou seja, com câmbio fixo igual ao mesmo período de 2014, o resultado apurado para o consumo aparente é ainda mais preocupante e mostra uma queda no primeiro semestre de 2015 de 16,6% em comparação com o m esmo período de 2014.

Apesar do efeito cambial que eleva o valor das exportações o mercado interno retraído (-9,9%), leva a receita líquida do setor a uma queda de 7,0% no ano. 

A tendência observada nos últimos meses no mercado interno combinada com exportações muito aquém do estimado, indicam para 2015 a terceira queda consecutiva da receita líquida de vendas da Indústria de Bens Capital Mecânicos (-5% em 2013 e -12% em 2014).

A incerteza política combinada com a política econômica recessiva tem inviabilizado qualquer decisão de investimento no país.  

Os dados do mês de julho ratificam este cenário de contração dos investimentos e apontam para mais um ano de forte queda, provavelmente em taxas superiores às observadas em 2014.

A volatilidade do câmbio, com variações em torno de  10% em prazos não superiores a 30 dias, é um fator recessivo adicional pois aumenta os riscos de descasamento entre os preços  dos insumos de produção e os preços de venda de máquinas e equipamentos. 

Assim, apesar da depreciação do Real frente ao US$, esta volatilidade inibe, na prática, qualquer esforço de aumento das exportações, bem como do Market Share do produto nacional no mercado interno.

A depreciação do Real, nestes últimos meses, é causada por instabilidades políticas e fatores externos e não há garantia de que se transforme em vantagem competitiva. 

O Banco Central teve uma recaída na utilização do câmbio como âncora inflacionária suspendendo a rolagem dos swaps cambiais e levando a SELIC a um nível que garante às aplicações financeiras ganhos superiores ao retorno do investimento.

A exportação de US$ 4,608 bilhões no ano, é reflexo de forte queda de 18,7% em relação à 2014.  

A queda, visível no gráfico, iniciada em meados de 2014 deu sinal de inversão na ponta mas ainda de forma muito tímida e sem indicativo de tendências. 

A paralisia nos financiamentos à exportação, combinada com volatilidade cambial, são fatores que estão dificultado a inversão do cenário.

No ano, praticamente todos os setores registraram exportações abaixo das de 2014. A exceção é do setor de infra estrutura e indústria de base que no período acumulou crescimento de 0,5%, mas vem reduzindo o resultado em sua variação mês a mês. 

Na ponta dois dos sete setores registraram crescimento mas sua pequena participação nas exportações não é suficiente para que a exportação da indústria de máquinas tivesse crescimento em julho/15.

Os principais destinos das exportações brasileiras de máquinas e equipamentos (M&E) são,  pela ordem, América Latina, Estados Unidos e Europa. 

As exportações para a América Latina, incluindo o Mercosul, em 2015 ganharam participação relativa quando comparadas com o ano de 2014 mais em função da queda da Europa do que pelo seu crescimento. 

Para os EUA, segundo maior destino das exportações de M&E, a participação mantem uma trajetória crescente justificada principalmente pela retomada da atividade industrial.

As importações que chegaram a US$ 12,000 bilhões no ano, estão 18,7% inferiores a 2014. Esta queda é coerente com o ambiente recessivo na indústria brasileira de transformação, e deve se manter ao longo de 2015, com redução da ordem de 20%. 

Infelizmente esta queda não é compensada pelo aumento das vendas no mercado interno pelos fabricantes nacionais e portanto antecipa uma forte redução da taxa de investimento sobre o PIB pelo terceiro ano consecutivo, reduzindo a probabilidade de crescimento econômico após o “ajuste fiscal”.

A queda nas importações ocorre simultaneamente em todos os setores de BK, o que confirma as observações anteriores. 

O fato da importação de componentes evoluir abaixo de 2014, indica continuidade da redução de  produção nacional, ao longo dos próximos meses.

A série histórica, a partir de 2012, mostra o fim de um agressivo crescimento dos produtos chineses no mercado nacional e uma certa estabilidade no market share dos principais fornecedores de máquinas e equipamentos para o Brasil. 

Em 2015, pela primeira vez em 10 anos, a China perde participação relativa no mercado brasileiro.

A redução do déficit na balança comercial de máquinas e equipamentos, de um patamar da ordem de US$ 1,5 bilhões mensais para perto de US$ 1,0 bilhão resulta, como pode ser observado no gráfico, muito mais da redução das importações do que uma melhora nas exportações.

Em julho/15 a indústria brasileira de máquinas e equipamentos mecânicos utilizou 66,6% de sua capacidade instalada. 

Comparado com o mês anterior (junho/15 66,0%) o aumento foi de 0,9%, e na comparação com o mesmo mês de 2014 (julho/14 76,0%) a queda chegou a  12,3%.  

A carteira de pedidos, apesar do leve crescimento na ponta, registrou queda de 15,9% na comparação com junho/14. 

A utilização da capacidade instalada está em nível bastante preocupante, tanto na indústria de bens seriados como na de bens sob encomenda.  

A carteira de pedidos da indústria fabricantes de bens sob encomenda registrou ligeiro crescimento nos meses de junho e julho, assim como no setor de bens seriados, mas ainda é a pior  da série histórica.

O comportamento do emprego está acompanhando o desempenho da receita líquida.  

Desde meados de 2013 o número de pessoas ocupadas na indústria de bens de capital mecânico vem diminuindo, com maior intensidade a partir de 2015. 

O setor encerrou o mês de julho de 2015 com 334 mil pessoas empregadas contra mais de 367 mil em julho de 2014, que significa o fechamento de mais de 33 mil postos de trabalho nos últimos 12 meses.

Fonte: DCEE – Departamento de  Competitividade,  Economia e Estatística

 

 

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Edição: Karina Rodrigues
Fonte: DCEE – Departamento de Competitividade, Economia e Estatística
Imagens: ABIMAQ
Por: ABIMAQ

Data de publicação: 28/08/2015

Galeria de fotos desta matéria

Conteúdo relacionado


Hohenstein e Scivera colaboram para formulações químicas mais verdes e verificadas
O instituto Hohenstein e a plataforma Scivera simplificaram o processo para os fornecedores de produtos químicos avaliarem e validarem produtos preferenciais e melhorar as formulações para o nível de conformidade 3 do ZDHC MRSL - lista de substâncias químicas que devem ser proibidas pela indústria na produção de têxteis para o lar, vestuário e calçados  2020-06-29 - Tags: instituto hohenstein plataforma scivera zdhc mrsl john frazier scivera joe rinkevich

Europeus devem aumentar em 20 vezes a produção de máscaras faciais nãotecidas
A produção da União Europeia de máscaras faciais, essencial para enfrentar a crise do coronavírus, deve aumentar em 20 vezes até novembro deste ano em comparação com tempos anteriores à crise. Isso significa poderão fazer o equivalente a 1,5 bilhão de máscaras de três camadas por mês, segundo dados divulgados pela Edana, a principal associação global que representa os fabricantes de não-tecidos e indústrias relacionadas.  2020-06-25 - Tags: edana mascaras faciais naotecidos comissao europeia uniao europeia covid 19 pandemia

Braskem firma parcerias para produzir calçados e máscaras para profissionais de saúde
Os profissionais de saúde, fundamentais para o momento atual do país, recebem um novo reforço para a atuação na linha de frente do combate ao novo coronavírus. A Braskem se uniu a Alpargatas, indústria de bens de consumo, para confecção de equipamentos de proteção individual (EPIs), como calçados e máscaras de uso hospitalar.  2020-06-16 - Tags: braskem covid 19 equipamentos de protecao individual alpargatas epis profissionais da saude roberto funari

Oerlikon inaugura novo centro de logística para sistemas de fusão na Alemanha
Para otimizar ainda a provisão de material para as unidades de negócios Oerlikon Neumag e Oerlikon Nonwoven e fortalecer os processos internos na unidade alemã, o segmento de Fibras Sintéticas do grupo suíço Oerlikon decidiu investir, no ano passado, em um centro de logística de ponta.  2020-06-08 - Tags: oerlikon nonwoven oerlikon neumag spunbonded meltblow fibras sinteticas alemanha fusao centro de logistica

'Impressão Digitalks by GQM' abordou as mudanças no mercado de impressão digital
"Claro que temos que considerar que é uma questão de saúde pública. Mas olhando pelo lado do negócio, a pandemia é um ótimo cenário para o crescimento". Essa foi uma das primeiras afirmações de Fábio Neves, presidente da Epson do Brasil, na primeira edição do Impressão Digitalks by GQM, com Felipe Sanchez, CEO da Global Química & Moda.  2020-06-02 - Tags: impressao digitalks fabio neves gqm global quimica felipe sanchez impressao digital

Hohenstein e Scivera colaboram para formulações químicas mais verdes e verificadas
O instituto Hohenstein e a plataforma Scivera simplificaram o processo para os fornecedores de produtos químicos avaliarem e validarem produtos preferenciais e melhorar as formulações para o nível de conformidade 3 do ZDHC MRSL - lista de substâncias químicas que devem ser proibidas pela indústria na produção de têxteis para o lar, vestuário e calçados  2020-05-22 - Tags: instituto hohenstein plataforma scivera zdhc mrsl john frazier scivera joe rinkevich

DuPont lança modelo de negócio para acelerar a oferta de EPIs
A DuPont anuncia o lançamento de #TyvekTogether ,um novo modelo de negócio desenvolvido em tempo recorde para aumentar a capacidade da entrega de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Com a iniciativa, será possível desenvolver 6 milhões de vestimentas de proteção adicionais por mês, em todo o mundo. Este número é 27% maior em relação à produção atual de tecidos de Tyvek® globalmente.  2020-05-22 - Tags: tyvektogether dupont equipamentos de protecao individual epis pandemia tyvek uniformes de protecao covid 19 tychem

Máquinas têxteis italianas apresentam forte declínio no primeiro trimestre
No primeiro trimestre de 2020, a entrada de pedidos de máquinas têxteis italianas registrou uma queda acentuada. A pandemia de Covid-19 afetou fortemente o setor, e as consequências serão mais negativas no segundo trimestre. O índice elaborado pela Acimit - Associação dos Fabricantes Italianos de Máquinas Têxteis, para o período de janeiro a março de 2020, caiu 31% em relação ao mesmo período de 2019.  2020-05-14 - Tags: maquinas texteis italianas pandemia acimit primeiro trimestre setor textil maquinas italia desaceleracao

Plataforma online facilita contato com fabricantes para oferecer equipamentos de proteção
Desenvolvida por meio de parceria entre a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), a Microsoft e a Radix, está sendo montada uma plataforma que une quem procura e quem oferta EPIs (Equipamentos de Proteção Individual). Por meio do EPIMatch, um hospital, por exemplo, poderá encontrar mais rapidamente os fornecedores que precisa para obter máscaras, luvas e outros itens essenciais para quem está na linha de frente dos serviços de saúde.  2020-05-13 - Tags: agencia brasileira de desenvolvimento industrial abdi epimatch plataforma pandemia epis microsoft azure igor calvet

Conselho de Administração da Loepfe anuncia novo CEO
A empresa suíça Loepfe, fabricante mundial e parceiro de soluções para sistemas de garantia de qualidade on-line para o setor têxtil, anunciou a nomeação do Dr. Ralph Mennicke como CEO da Loepfe Brothers Ltd., com vigência a partir de 14 de abril de 2020. Mennicke substitui Maurizio Wermelinger, que, após ingressar na empresa em 2007, está se aposentando.  2020-05-07 - Tags: alexander zschokke loepfe loepfe ceo novo ceo empresa suica

Monforts oferece testes em escala industrial para novos acabamentos de EPI
A Monforts anunciou que seu Centro de Tecnologia Avançada (ATC), na Alemanha, está capacitado para realizar testes para novos acabamentos aplicados em equipamentos de proteção individual (EPI) como máscaras faciais, aventais médicos e cortinas hospitalares.  2020-05-05 - Tags: heinrichs epis hospitalar monforts atc montex centro de tecnologia avancada equipamentos de protecao individual

Rieter aprova relatório anual mas não faz previsões sobre resultados de 2020
Na Assembléia Geral Anual da Rieter Holding Ltd., ocorrida no dia 16 de abril, cuja votação dos temas foi feita via eletrônica, os acionistas adotaram todas as moções propostas pelo Conselho de Administração da companhia, a saber, a aprovação do relatório anual, as demonstrações financeiras e as demonstrações financeiras consolidadas de 2019.  2020-04-30 - Tags: rieter holding ltd grupo rieter covid19 pandemia bernhard jucker rieter relatorio anual

SPGPrints obtem classificação nível 3 em sustentabilidade na auditoria ZDHC
A sociedade tornou-se cada vez mais consciente de que certos produtos químicos são extremamente prejudiciais à saúde humana e ao meio ambiente. A SPGPrints, que vem trabalhando para atender a todos os padrões de sustentabilidade com seus produtos de impressão digital voltados para têxteis, optou por cumprir o Roteiro da Fundação ZDHC (Descarga zero de produtos químicos perigosos) para o Programa Zero.  2020-04-15 - Tags: spgprints plataforma zdhc fundacao zdhc sustentabilidade produtos quimicos programa zero fred schmitz

Gerber ajuda fabricantes na produção de equipamentos de proteção
Com base em sua planta na China, a norte-americana Gerber Technology anunciou a criação da Gerber PPE Task Force (força-tarefa) para apoiar seus clientes e parceiros globais a aumentarem rapidamente a produção de equipamentos de proteção individual (EPI), para proteger todas as pessoas, mas especialmente os profissionais de saúde.  2020-04-06 - Tags: gerber ppe task force equipamentos de seguranca gerber technology protecao individual equipamentos

ABNT possui norma sobre gestão da continuidade dos negócios
A pandemia do Coronavírus tem sido desafiadora para muitas pessoas, mudando suas rotinas de maneira inédita. O impacto da doença se refletiu também na atividade econômica, que vem sofrendo perdas significativas. Tocar os negócios como de costume não é uma opção para as empresas. Muitas delas, principalmente os pequenos negócios, estão enfrentando uma fase muito difícil.  2020-03-26 - Tags: abnt pandemia abnt business negocios gestao pequenos negocios

Rieter apresenta balanço de 2019 e projeta 2020
No exercício 2019, a Rieter registrou recebimento de pedidos de CHF 926,1 milhões (francos suíços), que foi 7% maior do que o mesmo período do ano passado. Todavia, no balanço do ano, as vendas do Grupo Rieter acumularam CHF 760,0 milhões (cerca de € 712 milhões), contra CHF 1 bilhão e 75,2 milhões registrados em 2018, o que corresponde a uma queda de 29% em comparação com o ano anterior.  2020-03-20 - Tags: grupo rieter ano fiscal balanco business group machines negocios

Monforts desenvolve soluções para aquicultura em seu ATC
O cultivo de peixes de água doce e de água salgada, sob condições controladas, é uma indústria global avaliada em cerca de US $ 200 bilhões anualmente, que é possível graças ao uso de enormes redes de aquicultura. Recentemente, a Monforts esteve envolvida em vários testes de pesquisa e desenvolvimento em seu Centro de Tecnologia Avançada (ATC), localizado na Alemanha, com objetivo de melhorar o desempenho das redes de pesca, empregadas nas operações de piscicultura.  2020-03-13 - Tags: monforts monforts atc aquicultura piscicultura jurgen hanel fios cyd monchengladbach

Oerlikon organiza simpósio anual de tecnologia na Índia
O segmento de Fibras Sintéticas do grupo suíço Oerlikon, detentor das marcas Oerlikon Barmag, Oerlikon Neumag e Oerlikon Nonwoven, organizou em fevereiro um simpósio de três dias na Índia, para apresentar seus mais recentes desenvolvimentos em sistemas de fiação de filamentos, máquinas de texturização e fios de carpete BCF, fiação de fibras descontínuas e soluções de nãotecidos.  2020-03-05 - Tags: oerlikon oerlikon barmag oerlikon neumag oerlikon nonwoven itma 2019 debabrata ghosh jurgen vogel indian institute of management simposio de tecnologia

Karl Mayer compra Stoll e amplia seu portfólio de máquinas para malharia
Como parte de sua estratégia de crescimento, o Grupo Karl Mayer concluiu acordo de aquisição do Grupo Stoll, líder na produção de máquinas de malharia retilínea (tricô). O contrato foi assinado em 26 de fevereiro último e o Grupo Stoll será integrado ao Grupo Karl Mayer a partir de 1 de julho de 2020.  2020-03-03 - Tags: grupo stoll grupo karl mayer karl mayer stoll arno gartner andreas schellhammer itma 2019

Exportações aumentam mas geopolítica preocupa empresas espanholas
O Ministério da Economia e Competitividade espanhol publicou relatório de comércio exterior (janeiro a dezembro de 2019), que indica que as exportações espanholas cresceram 1,8% em relação ao ano anterior, atingindo 290 milhões de euros. São números que "lançam luz e sombra ao mesmo tempo", diz Joan Tristany, CEO da Amec - Associação das empresas industriais internacionalizadas da Espanha.  2020-02-28 - Tags: geopolitica comercio internacional ministerio da economia e competitividade brexit amec