Language
home » têxtil »

Mercado

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Exportações industriais avançam sob liderança da média-alta tecnologia

A Carta IEDI divulgada semana passada analisa o comércio exterior brasileiro em 2017, cujo superávit atingiu patamares históricos, com ênfase no desempenho da indústria de transformação. Para isso, o IEDI recorreu à metodologia desenvolvida pela OCDE que classifica o setor em quatro faixas por intensidade tecnológica (alta, média-alta, média-baixa e baixa). O saldo positivo de US$ 67,0 bilhões da balança comercial do país no ano passado foi o mais elevado desde 1989, devido a uma conjunção excepcional de fatores tais como a aceleração do comércio internacional, uma recomposição dos preços de commodities, a super safra agrícola, bem como a própria maturação da crise, que empurrou muitas empresas para o mercado exterior.

O avanço das exportações totais entre 2016 e 2017 foi substancial e à frente daquele das importações. As vendas externas do País aumentaram de US$ 185,2 bilhões para US$ 217,7 bilhões, uma forte recuperação frente à queda de 2016, mas ainda abaixo dos patamares de 2011-2014. As importações cresceram de US$ 137,5 bilhões para US$ 150,7 bilhões no mesmo período. O saldo comercial da indústria de transformação, a seu turno, encerrou 2017 deficitário, porém em patamares muito baixos, ainda que o crescimento de suas importações, devido à reação da produção industrial, tenha implicado um saldo negativo um pouco mais elevado do que em 2016. Foram US$ 3,2 bilhões de déficit em 2017 contra US$ 2,4 bilhões no ano anterior.

Déficits muito pequenos na indústria tem sido um dos determinantes da melhora do comércio exterior brasileiro ao longo da crise recente, especialmente no último biênio. O retorno ao positivo das importações de manufaturados em 2017, depois de três anos em retração, sugere que em 2018 a engrenagem externa da indústria pode vir a girar no sentido oposto, levando a uma deterioração do superávit total. Este sinal é forçado por um ritmo de aumento das importações de manufaturados no último trimestre de 2017 muito a frente as exportações.

As compras externas de produtos manufaturados em 2017, que totalizaram US$ 136,2 bilhões, apesar de terem ficado abaixo daquelas do período 2010-2015, trouxeram um aumento de 9,7% frente a 2016. Mais do que isso, tampouco não deram sinal de perda de dinamismo no final do ano. Em cada um dos quatro trimestres de 2017, seu ritmo de expansão foi de +13,2%, +2,4%, +9,0% e +14,5%, na comparação interanual. As exportações da indústria de transformações, por sua vez, atingiram US$ 133,0 bilhões no ano passado, isto é, 9,2% superior às de 2016. Ao longo de todo o ano seu ritmo de crescimento foi considerável, mas o último trimestre do ano veio sinalizando uma certa desaceleração. A alta das exportações de manufaturados nos quatro trimestres de 2017, frente ao mesmo período do ano passado, foi de: +12,4%, +9,0%, +9,4% e +6,6%.

Quando analisado em função da intensidade tecnológica, o comércio exterior da indústria de transformação em 2017 foi marcado, em linhas gerais, por alta das exportações em todas as faixas, implicando melhora no saldo em quase todos os casos, exceto para a indústria de média-baixa tecnologia, negativamente impactada pela ampliação do déficit em derivados de petróleo. As importações também cresceram de modo generalizado, sendo a única exceção a alta tecnologia cujas compras externas ficaram virtualmente estagnadas.

Abaixo, o quadro em cada faixa é apresentado com mais detalhes.

• A indústria de alta intensidade tecnológica experimentou o menor déficit (US$ 17,9 bilhões) anual desde 2007. Suas exportações cresceram 1,4%, completando três anos seguidos de alta. Houve aumento nas vendas externas de todos os seus setores, à exceção da indústria aeronáutica (-0,6%). As importações desta faixa fecharam 2017 no negativo (-0,3%), puxada por produtos do setor aeronáutico (-54,5%) e farmacêutico (-1,0%).

• A faixa de média-alta intensidade encerrou 2017 com déficit de US$ 26,3 bilhões, porém menor do que em 2016. Suas exportações cresceram 20,8%, com destaque positivo para os produtos do setor automotivo (+30,6%). O único ramo pertencente a esta faixa a ter queda nas exportações foi o de equipamentos para ferrovia e material de transporte. Quanto às importações, que aumentaram 6,2% frente a 2016, as maiores influências couberam a produtos químicos, exceto farmacêuticos (+11,7%) e veículos (+12,1%).

• Já a indústria de média-baixa intensidade tecnológica foi a única faixa a ter piora de saldo: de US$ 6,0 bilhões em 2016 para US$ 858 milhões em 2017. Concorreu para isso a ampliação do déficit de produtos derivados do petróleo refinado, álcool e outros combustíveis, sob forte influência da elevação de seus preços internacionais. As exportações dessa faixa aumentaram 4,0%, devido principalmente ao desempenho de produtos metálicos (+17,2%), e suas importações ficaram 28,4% maiores, puxadas por carvão e derivados de petróleo (+59,1%).

• Quanto à indústria de baixa intensidade tecnológica, seu superávit atingiu US$ 40,1 bilhões em 2017, puxado por uma elevação de 6,6% de suas exportações. Este desempenho de suas vendas externas decorreu do aumento de 12,4% dos produtos exportados por madeira, papel e celulose (+12,4%) e por alimentos, bebidas e tabaco (+6,1%). As importações da baixa tecnologia subiram bem mais intensamente que suas exportações: +15,9%, sob influência tanto do ramo alimentício (+15,4%) como de têxteis, couros e calçados (+19,8%).

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Fonte: Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (IEDI)
Fotos: Divulgação

Data de publicação: 16/02/2018

Conteúdo relacionado


Global Química & Moda projeta crescimento de 20% em 2019
Líder no fornecimento de produtos e insumos para impressão digital têxtil no mercado nacional, a Global Química & Moda, com sede em São Paulo e filial em Santa Catarina, pretende expandir sua atuação por meio de centrais de vendas nas regiões Nordeste e Centro Oeste. A primeira central de vendas que será inaugurada é a de Santa Cruz do Capibaribe (PE), ainda em março.  2019-03-14 - Tags: global quimica & moda felipe simeoni impressao digital textil gqm agreste tex epson

Archroma comemora vendas de corante índigo ecológico no mercado
A Archroma, líder global em cores e produtos químicos especializados voltados para soluções sustentáveis, anunciou que a produção de seu novo Denisol® Pure Indigo foi acelerada graças à alta demanda do mercado de denim. O produto líquido livre de anilina, que foi lançado em maio de 2018 no Planet Textile Conference realizado no Canadá, permite uma forma mais limpa para a produção da cor azul índigo tradicional para tingimento de brim e jeans.  2019-03-13 - Tags: archroma produtos quimicos planet textile conference azul indigo tradicional denisol pure indigo 30 alexander wessels

Grupo Solvay divulga resultados de 2018
O Grupo Solvay alcançou um faturamento de 10,3 bilhões de euros em 2018, registrando 5,7% de crescimento em relação a 2017, quando comparado com o mesmo escopo de atividades e sem efeito cambial, segundo anúncio feito no dia 28/2 pela companhia.  2019-03-08 - Tags: grupo solvay ebitda jean pierre clamadieu ilham kadri america latina

SSM AG fortalece equipe global com dois novos diretores
Para atender o aumento na demanda por serviços relativos à área comercial, a empresa suíça SSM Schärer Schweiter Mettler AG, um dos maiores fabricantes mundiais de máquinas para enrolamento e texturização de fios têxteis, bem como enroladores de acabamento de linha de costura, anunciou a nomeação de Roman Haefeli como diretor de vendas e membro do conselho de gestão da SSM Horgen. O executivo assumiu o cargo no dia 1º de janeiro de 2019.  2019-03-01 - Tags: ssm sistemas de guia de fios eletronicos suica ssm scharer schweiter mettler ag roman haefeli marco mori

Hyosung nomeia novo presidente para a planta de elastano creora® no Brasil
A Hyosung, detentora da marca creora®, líder em produção de elastano no mundo desde janeiro de 2019, nomeou Hae Sung Son como novo presidente para liderar o negócio na planta Brasil, dando continuidade ao excelente trabalho realizado pelo ex-presidente, Do Jun Cho, que estava na posição desde 2009.  2019-03-01 - Tags: hyosung hae sung son do jun cho hyeong joon kim araquari elastano elastano creora

SINDITEC participou da reunião de Conselho da ABIT
O presidente do Sinditec, Dilézio Ciamarro, participou na quinta-feira, dia 21, da reunião mensal de Conselho da ABIT (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção). Após a abertura realizada pelo presidente da associação, Fernando Pimentel, uma proposta de atestado de não similaridade foi apresentada pela entidade para o setor.  2019-02-27 - Tags: sinditec dilezio ciamarro fernando pimentel abit renato jardim paulo rabello de castro robson wanka

Amec alerta para desaceleração do comércio mundial
A associação das empresas industriais internacionalizadas da Espanha (Amec) alerta que só as empresas mais experientes e competitivas conseguirão manter posições nos mercados internacionais. O Ministério da Economia e Competitividade divulgou relatório de comércio exterior, refrente a janeiro a dezembro de 2018, indicando que as exportações cresceram 2,9% em relação ao mesmo período do ano anterior, alcançando 285 milhões de euros.  2019-02-22 - Tags: amec desaceleracao do comercio mundial ministerio da economia e competitividade espanha

Unifi Asia Pacific assina acordo com Kipas para oferecer fibra Repreve® na Turquia
A UAP - Unifi Asia Pacific (Hong Kong) anunciou acordo comercial estratégico com a Kipas Mensucat Islemeleri (Kipas) para o fornecimento de fibras Repreve® para a Turquia.  2019-02-21 - Tags: unifi asia pacific kipas mensucat islemeleri fibras repreve kipas fibra reciclada mercado

Lycra Company passa a atuar como subsidiária independente pelo Grupo Ruyi
A Shandong Ruyi Investment Holding, uma das principais empresas têxteis e de vestuário da China, anunciou que concluiu a aquisição do negócio de vestuário e têxteis avançados da INVISTA. A transação inclui todas os ativos e contratos associados. A nova empresa passará a operar como The LYCRA Company, uma subsidiária independente, e continuará a fabricar soluções avançadas de fibra e tecnologia para as indústrias de vestuário e higiene.  2019-02-01 - Tags: shandong ruyi investment holding invista the lycra company lycra lycra hyfit lycra t400 l by lycra coolmax thermolite elaspan supplex tactel terathane

Setor têxtil e de confecção projeta recuperação de empregos em 2019
O emprego na indústria têxtil e de confecção encerrou o ano de 2018 com saldo negativo, de acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho. No entanto, apesar do expressivo fechamento de vagas no período, a Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção) sinaliza a recuperação nos postos de trabalho do setor em 2019.  2019-01-29 - Tags: ministerio do trabalho caged focus banco central emprego industria textil e de confeccao abit

ABNT promove curso da nova norma para Auditorias Internas da Qualidade
Nos dias 13 a 15 de março será realizado em São Paulo, um curso sobre a nova norma ABNT NBR ISO 19011:2018 - Diretrizes para auditoria de sistemas de gestão, que traz em seu conteúdo programático: a abordagem de processos; abordagem sistêmica da gestão da qualidade; abordagem de riscos para auditorias da qualidade; planejamento estratégico para a qualidade; estrutura comum das normas de sistemas de gestão da ISO.  2019-01-23 - Tags: comite brasileiro da qualidade comite tecnico da iso abnt nbr iso sistemas de gestao da qualidade

Setor têxtil e confecção encerra o ano com queda, mas espera crescer em 2019
“Os números de 2018 não foram bons, mas temos boas perspectivas para 2019, quando a produção deverá crescer 3%”, disse Fernando Pimentel, presidente da Abit - Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção, ao fazer um balanço do setor no dia 13 de dezembro.  2018-12-20 - Tags: abit fernando pimentel 2019 balanca comercial reformas inadiaveis reforma fiscal

Indústria dos nãotecidos estimula o uso de PET reciclado
O PET reciclado é usado em várias aplicações de nãotecidos, em produtos do setor automotivo e geotêxteis, que são grandes consumidores de fibras e resinas de PET reciclado (R-PET). O R-PET também pode ser encontrado em alguns produtos para higiene, como fraldas descartáveis.  2018-12-20 - Tags: pet reciclado naotecidos edana associacao internacional da industria de naotecidos agenda 2030 r pet

Venda de máquinas italianas permanece estável
O índice de pedidos compilado pela Associação de Fabricantes Italianos de Máquinas Têxteis (Acimit), para o período entre julho e setembro de 2018, permaneceu estável com relação ao mesmo período de 2017. Em valores absolutos, registrou aumento de 30% no mercado interno e queda de 2% no mercado internacional.  2018-12-12 - Tags: acimit produtores texteis alessandro zucci associacao de fabricantes italianos de maquinas texteis mercado maquinas texteis

Trisoft é reconhecida como Empresa Sustentável em 2018
A Trisoft, especializada na produção de derivados de fibras de garrafas PET e produtos voltados para acústica arquitetônica, foi homenageada durante lançamento do Anuário Casa e Mercado 2019, juntamente com a premiação do Top of Mind Casa e Mercado 2018, que indica as marcas e lojas mais lembradas do mercado.  2018-12-11 - Tags: revest frame baffles nuvens trisoft anuario casa e mercado 2019 top of mind casa fibras de garrafas pet

Mercado de impressão digital têxtil deve dobrar em cinco anos
O mercado mundial de impressão digital têxtil, que movimentou US$ 1,88 bilhão em 2018, deverá alcançar US$ 3,75 bilhões em 2023, impulsionado pelo consumo que não para de crescer. Estudo recente da consultoria internacional Smithers Pira, denominado “O Futuro da Impressão Digital Têxtil para 2023”, aponta que de 2013 a 2018, o volume de tecidos impressos passou de 548 milhões de m² para 1,16 bilhão de m² e em 2023, deverá superar 2,7 bilhões de m².  2018-12-07 - Tags: impressao digital textil febratex estamparia digital forum febratex de informacoes herculano ferreira impressao sublimatica

Freudenberg Performance Materials lança novo site
Para atender de forma mais ágil a um mercado cada vez mais exigente por soluções customizadas e dar maior visibilidade à ampla capacidade de produção para diversos setores da indústria, a Freudenberg Performance Materials (FPM), empresa do Grupo Freudenberg líder mundial na fabricação de não tecidos, inaugurou o seu novo site, destinado a atender os principais mercados da América do Sul – Brasil, Argentina e Chile. Em breve, haverá uma versão em espanhol para os dois últimos.  2018-12-07 - Tags: freudenberg performance materials grupo freudenberg naotecidos sonia mancilha acquisition and distribution layer

Prêmio DuPont de Segurança e Saúde do Trabalhador homenageia indústria
Setores como automotivo, farmacêutico e automação foram ganhadores nesta oitava edição da premiação que é vitrine para profissionais de segurança do trabalho. O prêmio é um reconhecimento às companhias que pesquisaram, investiram e incentivaram as melhores práticas dentro de seus ambientes de trabalho.  2018-12-03 - Tags: premio dupont de seguranca e saude do trabalhador cipa tyvek tychem nomex protera kevlar bruno bezerra ariana bottura santanense

Auditoria garante a qualidade das fiações certificadas pela Uster®
Desde o seu lançamento em 1967, a marca USTERIZED® é uma palavra de ordem para garantir a máxima qualidade na produção têxtil. A Uster tem como politica organizacional enviar seus especialistas para executar auditorias periódicas nos filatórios certificados da marca.  2018-11-30 - Tags: muraliganesh k usterized sudeste asiatico india uster industrias texteis

SESI revoluciona modelo de treinamento corporativo das indústrias de Santa Catarina
Como, efetivamente, impactar os resultados do negócio por meio do desenvolvimento de pessoas? Esta foi a pergunta que norteou o processo de reposicionamento da área de Educação do Serviço Social da Indústria (SESI) de Santa Catarina a partir de um projeto que teve início em 2016.  2018-11-28 - Tags: sesi sc sistema fiesc daniela zannata sesi estado de santa catarina perestroika trahentem