Language
home » têxtil »

Mercado

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Conferência IAF Brasil 2017 debate a nova era industrial

Braço robótico chega à confecção, última fronteira da mão de obra na cadeia têxtil.

Foram três dias de imersão tecnológica e debates sobre ética e cultura socioambiental que prenderam a atenção dos 350 participantes da 33ª edição da World Fashion Convention (Conferencia Mundial de Moda), realizada pela primeira vez no Brasil, entre os dias 16 e 18, no Grand Hyatt hotel, na Barra da Tijuca (RJ). Organizada pela IAF – International Apparel Federation em parceria com a Abit – Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecções, a conferência instigou empresários, estilistas, executivos, varejistas e profissionais que atuam na cadeia têxtil/vestuário/varejo a repensarem seus modelos de negócios. Afinal, o "futuro", com robôs atuando nas fábricas e roupas que interagem com o corpo humano, já chegou e segundo os especialistas, veio para ficar.

Com velocidade impressionante, a disrupção está se tornando realidade a cada dia em alguns países da Europa, Ásia e nos Estados Unidos. Por meio de inovações tecnológicas que rompem a forma tradicional de produção, cria novos produtos e novos mercados consumidores, a disrupção tem desestabilizado empresas e negócios, tornando-se um grande desafio para a cadeia de valor em todo o mundo. Segundo uma pesquisa recente da Economist Intelligence Unit, seis em cada dez executivos a consideram uma ameaça, mas os consultores alertam: "só existe uma chance para as empresas que desejam crescer: abraça-la".

Até a indústria da confecção, que entre os elos da cadeia têxtil parecia até agora imune aos avanços da robotização, assombrou-se com a invenção da Sewbo, startup norte-americana baseada em Seattle, que criou um processo onde um braço robótico é capaz de montar e costurar uma T-shirt do início ao fim, sem qualquer interferência humana. Seu inventor, o jovem engenheiro Jonathan Zornow, 30 anos, foi uma das estrelas da conferência IAF Brasil 2017. Em sua palestra no Painel – Os Desafios da Indústria na Transição para o Modelo de Manufatura Avançada –, um dois mais concorridos do evento, Zornow explicou que seu objetivo é alcançar a automação completa para a produção de vestuário.

Como um robô industrial, até agora, não conseguiu reproduzir com perfeição as habilidades da mão humana, imprescindíveis para segurar o tecido nas etapas de costura, Zornow idealizou o processo em que a camiseta de algodão é imersa em um polímero solúvel em água que a torna rígida como uma espécie de papelão, sendo assim manuseada pelo braço robótico. Depois de confeccionada, a peça precisa ser lavada para voltar ao estado normal. O próximo desafio, que ele mesmo admitiu em sua palestra, é aperfeiçoar o método que torne esse processo sustentável, uma vez que a lavagem gera resíduos.

 

Camiseta feita por robô em startup nos Estados Unidos.

Paradoxos

Mas como implantar a tão sonhada indústria 4.0 – em que máquinas se comunicam com máquinas, sem desempregar milhões de pessoas? Esta questão continua dividindo opiniões e não foi diferente durante a conferência. Peter Poschen, diretor no Brasil da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que participou do Painel sobre Atuação de Governos e Instituições nas Demandas Internacionais de Compliance – defendeu que é preciso discutir a evolução tecnológica e seus impactos na atividade laboral e ambiental, visando encontrar um equilíbrio. Ele apontou que muitas indústrias, pressionadas por marcas globais que querem vestuário de moda com baixo custo e entrega rápida, buscam países subdesenvolvidos para conseguir maior produtividade e competitividade.

Ele citou que a Etiópia, uma das nações mais pobres da África, está se tornando a nova base de confecção do mundo. "É preciso definir as responsabilidades das empresas e criar uma cultura de respeito aos direitos humanos e à legislação dos países onde se instalam. Reduzir as horas extras maçantes, combater o trabalho escravo, aumentar a renda e melhorar as condições dos funcionários também deve ser prioridade das organizações do novo milênio, junto com a tecnologia", argumenta Poschen.

 

Em muitos países, como a Etiópia, na África, a indústria de confecção emprega milhares de trabalhadores.

Marissa Pagnani McGowan, vice-presidente de Responsabilidade Corporativa da PVH Corp – um dos maiores grupos de vestuário do mundo, com faturamento de US$ 8,2 bilhões em 2016 e detentora de marcas como Calvin Klein, Tommy Hilfiger, Arrow, Speedo, entre outras, por sua vez, afirmou: " Somos uma grande empresa e também sofremos pressão internacional de ativistas, governos e investidores. A PVH realiza treinamentos constantes com as cadeias de suprimentos e temos um programa socioambiental avaliado globalmente. Mas muitas vezes esbarramos nas próprias dificuldades internas e culturais dos países que têm seus interesses econômicos. Quando contratamos serviços de produção esperamos que estejam em conformidade com normas legais. Eu defendo que é preciso estabelecer uma base de complience global que seja adaptada regionalmente afim de eliminar distorções", argumenta a executiva que integrou o Painel - Visão da Indústria e do Varejo sobre Compliance Socioambiental.

Realidade aumentada, supervisão à distância e internet das coisas já são realidade em algumas fábricas pelo mundo.

Para John Chen, CEO e vice-presidente da Esquel, líder na produção de T-shirts e camisas de algodão premium, com fábricas na China, Malásia, Vietnam e Sri Lanka, tanto pessoas quanto máquinas são importantes na cadeia de valor e a relação humana não pode ser negligenciada. "Há quem sempre alegue que investir em inovação e salários melhores geram custos que inviabilizam a empresa a competir globalmente. Eu acho que quanto mais dinheiro se ganhar e este dinheiro circular na economia será bom para a sociedade. Emprego de boa remuneração e alta produtividade é melhor que trabalho barato e desqualificado. Nós temos fiação automatizada. Cada 10 mil fusos requerem apenas cinco técnicos de bom nível e o gerenciamento da fábrica não depende de supervisores, pois pode ser controlada via telefone celular pelo gestor. Eu creio que a tecnologia é irreversível e a indústria têxtil vai atrair cada vez mais trabalhadores qualificados como engenheiros e especialistas em TI, ou seja, empregos de qualidade que gera produtos de valor agregado".

Na avaliação do executivo da Esquel, a tecnologia não acabará com os empregos, apenas relocará a mão de obra não qualificada para outras áreas da economia, como a prestação de serviços, uma vez que para a indústria, a internet das coisas, o armazenamento em nuvem, a impressão 3D e a robótica tornaram-se um caminho sem volta, que exigirá cada vez mais profissionais especializados.

 

Mais de 300 participantes assistiram as palestras e painéis da conferencia IAF no Rio de Janeiro.

A 33ª edição da IAF Convention tem patrocínio da ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial), BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Senai Cetiqt, MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) e apoio institucional do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa), TexBrasil e Apex Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos). A próxima Conferência IAF 2018 será em Maastricht, na Holanda. A Revista ITT Press trará, em sua próxima edição, mais detalhes do evento.

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por: Marcia Mariano
Fotos: Marcia Mariano

Data de publicação: 20/10/2017

Conteúdo relacionado


Comportamento de consumo dos Millennials inova setor de artigos têxteis e de vestuário
Dizem que “as oportunidades raramente batem duas vezes à nossa porta”. Parece um conselho para o setor global de artigos têxteis e de vestuário quando se trata da geração dos millennials, cuja mentalidade, comportamento de consumo e poder de compra estão remodelando a economia global e criando oportunidades inéditas para os fabricantes e marcas do setor.  2017-11-17 - Tags: millennials dow microbial control setor textil vestuario consumo mercado silvadur intellifresh

Edana divulga vencedores do concurso de nãotecidos na Alemanha
A Edana, principal associação global da indústria de nãotecidos e tecidos técnicos, com sede em Bruxelas, Bélgica, anunciou os três vencedores do concurso Poster Contest Awards, durante cerimônia na Academia de Inovação Nãotecidos (NIA), em Chemnitz, na Alemanha.  2017-11-01 - Tags: edana naotecidos tecidos tecnicos poster contest awards academia de inovacao naotecidos marines lagemaat institut fur textiltechnik der rwth aachen university

SPGPrints inaugura Centro de Distribuição em Gaspar/SC
A SPGPrints continua investindo no Brasil por acreditar que o setor está se recuperando, mesmo com as incertezas políticas e econômicas pelas quais passa o País. O principal desses investimentos é a inauguração do Centro de Distribuição (CD), em Gaspar/SC, que aconteceu esse mês.  2017-10-31 - Tags: spgprints gaspar jose maria alves junior spgprints america latina ultra hd

Pelican Têxtil mantém a arte de transformar fios em pelúcias
Indústria 100% brasileira, que há mais de 55 anos se dedica exclusivamente à fabricação de pelúcias e pelos sintéticos para os mais diversos segmentos, a Pelican Têxtil, localizada em Santa Isabel, interior de São Paulo, destaca-se no mercado brasileiro como a maior malharia especializada neste setor.  2017-10-27 - Tags: pelican textil michael kunath heinz arthur kunath sinteticos malharia

Marca LYCRA® promove encontro sobre mercado têxtil no Brasil
A marca LYCRA® reuniu na manhã de terça-feira (24) um time de especialistas de moda, marketing e indústria têxtil para debater sobre o cenário do mercado da moda atual. Intitulado de Trend Session, o evento, além de apresentar tendências e estratégias de marketing, teve como objetivo inspirar, encorajar e criar oportunidades de negócios à toda cadeia têxtil.  2017-10-26 - Tags: invista denise sakuma lycra industria textil trend session

Autefa Solutions apresentas linhas para nãotecidos na SINCE 2017
Durante a SINCE Expo 2017 – Shangai International Nonwowens and Exhibition, a Autefa Solutions apresentou aos visitantes produtos de sua linha completa para produção de nãotecidos cardados, agulhados, spunlance e thermobonding. Como os produtores de nãotecidos estão enfrentando mais concorrência, eles estão buscando máquinas confiáveis e econômicas, de alta qualidade e o melhor custo.  2017-10-23 - Tags: naotecidos autefa since expo 2017 nonwowens autefa solutions

Conferência IAF Brasil 2017 debate a nova era industrial
Foram três dias de imersão tecnológica e debates sobre ética e cultura socioambiental que prenderam a atenção dos 350 participantes da 33ª edição da World Fashion Convention (Conferencia Mundial de Moda), realizada pela primeira vez no Brasil, entre os dias 16 e 18, no Grand Hyatt hotel, na Barra da Tijuca (RJ).  2017-10-20 - Tags: iaf brasil 2017 world fashion convention international apparel federation abit nova era industrial

Automatização industrial e tecidos tecnológicos, o futuro do setor têxtil no Brasil
Em noite de sessões especiais que precederam a abertura oficial, a 33ª edição da IAF (International Apparel Federation) Convention, realizada pela primeira vez no Brasil, reuniu nomes de peso para debater o futuro da indústria têxtil e de confecção através de reflexões sobre temáticas que abordaram a tecnologia, insumos naturais e a própria construção de individualidade dos consumidores modernos.  2017-10-19 - Tags: international apparel federation convention wgsn ariel horovitz algodao paraiba senai cetiqt têxteis tecnicos

Cadeia têxtil volta a elevar os seus investimentos, revela relatório do IEMI
O IEMI Inteligência de Mercado lança este mês a 17ª edição do Brasil Têxtil - Relatório Setorial da Indústria Têxtil Brasileira, com o apoio institucional da Abit – Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (que celebra seu 60º aniversário este ano) e do Senai CETIQT – Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil.  2017-10-18 - Tags: iemi relatorio setorial da industria textil brasileira abit senai cetiqt panorama textil mundial

Setor têxtil e de confecção requer investimentos
Promotora do diálogo entre os diversos elos da cadeia de valor da moda, a Associação Brasileira do Varejo Têxtil (ABVTEX), entidade que congrega as mais representativas redes varejistas de moda no Brasil, destaca a importância da retomada de investimentos na cadeia de fornecimento nacional.  2017-10-17 - Tags: abvtex programa abvtex edmundo lima varejistas industria

Global Química & Moda faz parceria com grupo italiano Lamberti
A Global Química & Moda (GQM), empresa brasileira do segmento de tintas para estamparia digital, acaba de anunciar um incremento em seu portfólio na área de impressão, que já conta com a tecnologia Epson. Agora também é distribuidora oficial dos produtos da Lambert no Brasil, na área de preparação para impressão digital e nas linhas de corante reativo, ácido, disperso e pigmento.  2017-10-09 - Tags: gqm global quimica felipe sanchez lambert estamparia digital market share

Brasil não precisa de novas máquinas para fabricar tecidos inteligentes
Os tecidos inteligentes já são uma realidade. A cada estudo, os cientistas, aliados aos designers têxteis, conseguem criar novas categoria de tecidos. Segundo o colombiano Juan Hinestroza, o principal obstáculo para os designers é ter acesso aos materiais que podem expressar sua criatividade.  2017-10-09 - Tags: iaf convention tecidos inteligentes international apparel federation juan hinestroza gadgets

Sinditêxtil-CE lança Portal Têxtil Ceará
O Sindicato da Indústria de Fiação e Tecelagem em geral no Estado do Ceará (Sinditêxtil-CE) colocou no ar esta semana uma nova plataforma, o Portal Têxtil Ceará (www.portaltextilceara.com.br), para divulgar a indústria têxtil do Estado que está sob atuação e chancela da entidade.  2017-10-05 - Tags: sinditextil kelly whitehurst portal têxtil ceara rafael cabral

Lectra e Armani incentivam jovens talentos
A Lectra, líder mundial em soluções de tecnologia integrada voltadas para as indústrias que utilizam tecidos, couro, têxteis técnicos e materiais compostos, criou uma competição para os alunos de modelagem do Instituto Secoli, em parceria com a marca Armani.  2017-10-02 - Tags: lectra armani giorgio armani secoli fabio canali software solucoes tecnologicas

Barra Velha adquire marca Inpal
A empresa Barra Velha Industrial, fundada em 1975, com sede na cidade de Rondon, no Paraná, adquiriu o controle das atividades da Inpal Química Ltda., incluindo marca e patente, cuja fábrica está instalada em Indaial, Santa Catarina. Dirigida por Josélio Abílio da Silva e Julia Sanches, a Barra Velha, detentora das marcas Barra Velha, Sônia e Catarinão, produz farinha de mandioca, fécula (amido extraído de batata ou mandioca), polvilho e misturas para a indústria alimentícia.  2017-10-02 - Tags: barra velha inpal inpal quimica dilermano pacheco rondon

Fiesp, Ciesp, Senai-SP e ABDI lançam programa
O desenvolvimento da Indústria 4.0 é elemento central das estratégias de empresas e da política industrial das principais potências do mundo e o Brasil não poderia ficar fora desse movimento. Para difundir o conhecimento sobre o conceito de Indústria 4.0 e sua importância para a competitividade, Fiesp, Ciesp, Senai-SP e ABDI irão lançar o programa Rumo à Indústria 4.0, no dia 29 de setembro, às 9h, na sede da Fiesp e do Ciesp, com um seminário apresentando as práticas da Indústria 4.0 e como construir uma vantagem competitiva para as empresa.  2017-09-29 - Tags: fiesp ciesp senai-sp abdi industria 40 manufatura avançada textil mercado

Grupo Santex Rimar investe em polo da seda no Irã
O grupo italiano Santex Rimar – fabricante de máquinas têxteis - assinou um acordo de cooperação com a Yazd University, do Irã, para fornecer uma máquina de tecelagem SMIT-rapier (tear de pinça) ao laboratório da instituição, a fim de capacitar os estudantes sobre as mais recentes tecnologias têxteis, bem como incentivar a ação conjunta nas áreas de pesquisa, inovação e intercâmbio cultural.  2017-09-27 - Tags: santex rimar yazd university future textile road reza soltani seda mercado federico businaro

Novo presidente assume a ITME Society na Índia
O executivo Hari Shankar foi eleito presidente da Índia International Textile Machinery Exhibitions Society para o período 2017-2021. Criada em 1980, a India ITME Society é uma organização sem fins lucrativos que, a cada quatro anos, promove e realiza uma feira de negócios para divulgação de tecnologias na área têxtil.  2017-09-27 - Tags: tmma india itme society india international textile machinery exhibitions society hari shankar

Fabricantes de máquinas europeus fazem giro pela Colômbia
Quinze empresas europeias, fabricantes de máquinas têxteis e acessórios, participarão do Roadshow Colombia 2017, que será realizado nas cidades de Bogotá e Medellín, entre os dias 18 e 10 de outubro. Durante o evento, produtores de máquinas têxteis da Bélgica, França, Espanha e Suécia apresentarão à indústria têxtil colombiana seus últimos desenvolvimentos em tecnologia nas áreas de fiação, tecelagem, malharia, beneficiamento e tecidos técnicos, por meio de palestras e apresentações multimídia.  2017-09-25 - Tags: roadshow colombia bogota medellin vandewiele amec amtex symatex ucmtf

Lectra recebe selo “Showcase para a Indústria do Futuro” em Paris
A Alliance Industrie du Futur (AIF) da França concedeu à Lectra o selo “Showcase para a Indústria do Futuro” por demonstrar os critérios de inovação e compromisso com o mercado em que atua. Foram levados em consideração quesitos como competitividade em relação aos custos, design, qualidade e prazos de entrega de seus produtos.  2017-09-22 - Tags: lectra aif alliance industrie du futur pesquisa e desenvolvimento mercado