Language
home » têxtil »

Mercado

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Bayer lança fungicida para combater doenças no algodoeiro

Mauro Alberton, diretor de Portfólio da Bayer.

Diante da retomada do consumo do algodão no mercado têxtil e do expressivo aumento da colheita deste ano, de quase 2 milhões de toneladas de plumas, a Bayer lança no mercado o fungicida Fox®Xpro, com formulação inovadora de alta performance, para combater os fungos causadores da ramulária, principal doença que afeta os algodoeiros do país. "A agricultura tropical tem imposto grandes desafios aos cotonicultores devido ao poder de resistência das pragas e fungos que se renova a cada ciclo, por isso a ciência está sempre aperfeiçoando seus produtos para atender a demanda dos produtores", destacou Mauro Alberton durante workshop de lançamento do produto em São Paulo.

O novo fungicida destinado à cotonicultura, que integra o portfólio da empresa, traz como principal diferencial três sítios de ação e três princípios ativos eficazes, preservando a sustentabilidade do manejo fitossanitário. "Esta tecnologia substitui dois a três fungicidas convencionais, o que reduz o número de aplicações no campo, e não apresenta fitotoxidade à plantação", assegura Marcos Dallagnese, gerente de Fungicidas da Bayer.

Novo produto da Bayer combina diferentes ingredientes ativos.

Segundo ele, o Fox®Xpro faz parte do plano de investimentos da Bayer na agricultura brasileira de oferecer uma ferramenta capaz de proteger a lavoura e ao mesmo tempo, ajudar o agricultor a aumentar sua produtividade de maneira sustentável. O fungicida é um composto químico formado por um SDHI (inibidores de succinato-desidrogenase), uma nova geração de DMIs (inibidores de desmetilação C-14) e por uma estrobirulina, pertencente ao grupo dos inibidores Quinona Oxidase. Toda esta combinação de diferentes ingredientes ativos faz parte de uma estratégia de gerenciamento de resistência desenvolvida pela Bayer, visando também a qualidade da fibra de algodão. "Esta fórmula permite maior aderência do fungicida à camada de cera da planta do algodoeiro, com capacidade de absorção maior e resistência à umidade e água da chuva, o que potencializa sua eficácia, dando mais segurança ao cotonicultor", acrescenta Dallagnese. Além de ajudar no controle da ramulária no algodão, Fox®Xpro é indicado para controle de doenças fúngicas nas culturas de cevada, girassol, milho, soja e trigo, conforme recomendações da bula fornecida pela Bayer.

Retomada do algodão

A produção brasileira de algodão, que nas décadas de 1970 e 1980, chegou a ocupar 4 milhões de hectares, com produção em torno de 560 mil toneladas de pluma e grande concentração nos estados do Nordeste e no Paraná, sofreu um debacle entre 1993 e 1996, com redução drástica da área plantada, tornando o Brasil, até então autossuficiente em algodão, em um dos 10 maiores importadores do mundo desta matéria –prima. Este declínio coincidiu com a intensificação das importações de produtos têxteis, principalmente vestuário, o que prejudicou também a indústria têxtil/confecção nacional.

O secretário executivo da Abrapa, Marcio Portocarrero, durante workshop da Bayer.

A partir de 1999, os cotonicultores começaram a repensar a produção no Brasil e, além de investirem em tecnologia tanto de manejo quanto no beneficiamento do algodão, migraram para a Região Centro Oeste e Sul da Bahia, que hoje formam o principal "campo branco" da agricultura, com grandes produtores, em uma área plantada duas vezes menor, porém, com alta produtividade, que levou o Brasil ao posto de quarto maior produtor mundial de algodão, com 1.964.700 de toneladas. A Índia, líder do ranking, produz 6.150 milhões de toneladas de algodão.

Segundo Marcio Portocarrero, secretário executivo da Abrapa - Associação Brasileira dos Produtores de Algodão, que participou do workshop, o Brasil, que já é o terceiro maior exportador mundial de fibra de algodão, poderá alcançar o segundo lugar, embarcando 1,12 milhão de toneladas de plumas na safra 2018/19, cuja área plantada deve crescer 11,12%, alcançando o recorde de 1,40 milhão de hectares, ante 1,18 milhão de hectares em 2017/18.

"O Brasil tem potencial para crescer sua produção em 2,3 milhões toneladas de algodão em pluma. O consumo médio da indústria têxtil nacional é de 900 mil a 1 milhão de toneladas por ano. Porém, temos um acordo com importadores da China, por meio de trades internacionais, que nos solicitaram aumento na oferta para atender mercados da Ásia, onde os chineses mantêm produção têxtil, como Indonésia, Vietnã, Bangladesh e a própria China que, por decisão do governo local, resolveu reduzir sua produção de algodão, dando lugar às áreas para cultivo de grãos. Com este compromisso de exportação, o Brasil deverá chegar a 2 milhões de hectares até 2022", explica Portocarrero.

Campanha interna

O executivo também enfatizou que a Abrapa está empenhada na campanha "Sou de Algodão" que visa incentivar o aumento do consumo da fibra pela indústria brasileira. O movimento, iniciado no final de 2016, já conta com 37 empresas entre fabricantes de fios, tecidos, malhas, confecções, marcas de vestuário e varejistas de moda de todo o país. Iniciativa da Abrapa e do IBA (Instituto Brasileiro do Algodão), o movimento conta com apoio da Abit – Associação Brasileira da Indústria Têxtil e Confecção, Abest – Associação Brasileira de Estilistas, Abvetex – Associação Brasileira do Varejo Têxtil, entre outras entidades, além de indústrias químicas como a Bayer. "Percebemos que pelo preço, e também pelo consumo de moda das mulheres, as fibras sintéticas têm crescido muito sua participação no vestuário brasileiro. Isto já é uma realidade no mercado têxtil internacional, onde as fibras sintéticas representam mais de 70% dos produtos têxteis. E no Brasil, que tinha uma tradição no algodão, principalmente na malharia, este avanço também acontece. A ideia da campanha é estimular o consumo do algodão, inclusive com display nas lojas, mostrando que é uma fibra democrática, inclusiva e sustentável da moda brasileira". Embora a campanha tenha começado há dois anos, ainda não há resultado quantitativo dos seus efeitos, mas Marcio Portocarrero está otimista. "Estamos fazendo trabalho inclusive nas universidades de moda. Há estilistas renomados que não conhecem sequer uma plantação de algodão. A ideia é mostrar que a fibra é versátil e que sendo pura, ou misturada com as sintéticas, resulta em um produto de moda confortável e de valor agregado".

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por: Marcia Mariano

Data de publicação: 05/09/2018

Conteúdo relacionado


ABNT promove curso da nova norma para Auditorias Internas da Qualidade
Nos dias 13 a 15 de março será realizado em São Paulo, um curso sobre a nova norma ABNT NBR ISO 19011:2018 - Diretrizes para auditoria de sistemas de gestão, que traz em seu conteúdo programático: a abordagem de processos; abordagem sistêmica da gestão da qualidade; abordagem de riscos para auditorias da qualidade; planejamento estratégico para a qualidade; estrutura comum das normas de sistemas de gestão da ISO.  2019-01-23 - Tags: comite brasileiro da qualidade comite tecnico da iso abnt nbr iso sistemas de gestao da qualidade

Setor têxtil e confecção encerra o ano com queda, mas espera crescer em 2019
“Os números de 2018 não foram bons, mas temos boas perspectivas para 2019, quando a produção deverá crescer 3%”, disse Fernando Pimentel, presidente da Abit - Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção, ao fazer um balanço do setor no dia 13 de dezembro.  2018-12-20 - Tags: abit fernando pimentel 2019 balanca comercial reformas inadiaveis reforma fiscal

Indústria dos nãotecidos estimula o uso de PET reciclado
O PET reciclado é usado em várias aplicações de nãotecidos, em produtos do setor automotivo e geotêxteis, que são grandes consumidores de fibras e resinas de PET reciclado (R-PET). O R-PET também pode ser encontrado em alguns produtos para higiene, como fraldas descartáveis.  2018-12-20 - Tags: pet reciclado naotecidos edana associacao internacional da industria de naotecidos agenda 2030 r pet

Venda de máquinas italianas permanece estável
O índice de pedidos compilado pela Associação de Fabricantes Italianos de Máquinas Têxteis (Acimit), para o período entre julho e setembro de 2018, permaneceu estável com relação ao mesmo período de 2017. Em valores absolutos, registrou aumento de 30% no mercado interno e queda de 2% no mercado internacional.  2018-12-12 - Tags: acimit produtores texteis alessandro zucci associacao de fabricantes italianos de maquinas texteis mercado maquinas texteis

Trisoft é reconhecida como Empresa Sustentável em 2018
A Trisoft, especializada na produção de derivados de fibras de garrafas PET e produtos voltados para acústica arquitetônica, foi homenageada durante lançamento do Anuário Casa e Mercado 2019, juntamente com a premiação do Top of Mind Casa e Mercado 2018, que indica as marcas e lojas mais lembradas do mercado.  2018-12-11 - Tags: revest frame baffles nuvens trisoft anuario casa e mercado 2019 top of mind casa fibras de garrafas pet

Mercado de impressão digital têxtil deve dobrar em cinco anos
O mercado mundial de impressão digital têxtil, que movimentou US$ 1,88 bilhão em 2018, deverá alcançar US$ 3,75 bilhões em 2023, impulsionado pelo consumo que não para de crescer. Estudo recente da consultoria internacional Smithers Pira, denominado “O Futuro da Impressão Digital Têxtil para 2023”, aponta que de 2013 a 2018, o volume de tecidos impressos passou de 548 milhões de m² para 1,16 bilhão de m² e em 2023, deverá superar 2,7 bilhões de m².  2018-12-07 - Tags: impressao digital textil febratex estamparia digital forum febratex de informacoes herculano ferreira impressao sublimatica

Freudenberg Performance Materials lança novo site
Para atender de forma mais ágil a um mercado cada vez mais exigente por soluções customizadas e dar maior visibilidade à ampla capacidade de produção para diversos setores da indústria, a Freudenberg Performance Materials (FPM), empresa do Grupo Freudenberg líder mundial na fabricação de não tecidos, inaugurou o seu novo site, destinado a atender os principais mercados da América do Sul – Brasil, Argentina e Chile. Em breve, haverá uma versão em espanhol para os dois últimos.  2018-12-07 - Tags: freudenberg performance materials grupo freudenberg naotecidos sonia mancilha acquisition and distribution layer

Prêmio DuPont de Segurança e Saúde do Trabalhador homenageia indústria
Setores como automotivo, farmacêutico e automação foram ganhadores nesta oitava edição da premiação que é vitrine para profissionais de segurança do trabalho. O prêmio é um reconhecimento às companhias que pesquisaram, investiram e incentivaram as melhores práticas dentro de seus ambientes de trabalho.  2018-12-03 - Tags: premio dupont de seguranca e saude do trabalhador cipa tyvek tychem nomex protera kevlar bruno bezerra ariana bottura santanense

Auditoria garante a qualidade das fiações certificadas pela Uster®
Desde o seu lançamento em 1967, a marca USTERIZED® é uma palavra de ordem para garantir a máxima qualidade na produção têxtil. A Uster tem como politica organizacional enviar seus especialistas para executar auditorias periódicas nos filatórios certificados da marca.  2018-11-30 - Tags: muraliganesh k usterized sudeste asiatico india uster industrias texteis

SESI revoluciona modelo de treinamento corporativo das indústrias de Santa Catarina
Como, efetivamente, impactar os resultados do negócio por meio do desenvolvimento de pessoas? Esta foi a pergunta que norteou o processo de reposicionamento da área de Educação do Serviço Social da Indústria (SESI) de Santa Catarina a partir de um projeto que teve início em 2016.  2018-11-28 - Tags: sesi sc sistema fiesc daniela zannata sesi estado de santa catarina perestroika trahentem

Sinditec vai elaborar banco de dados com CBOs do setor têxtil
O Departamento de RH do SINDITEC identificou a necessidade de compartilhar as opções de CBO (Classificação Brasileira de Ocupações) para os cargos do setor têxtil. A CBO foi instituída pela Portaria Ministerial 397/2002 com o objetivo de identificar as ocupações no mercado de trabalho para fins classificatórios junto aos registros administrativos e domiciliares.  2018-11-26 - Tags: sinditec departamento de rh cbo classificacao brasileira de ocupacoes

Setor de geossintéticos é um dos que mais recicla plásticos no Brasil
O Brasil recicla uma média de 25% do plástico pós-consumo, na maior parte embalagens. Essa marca coloca o país entre os 10 países que mais reciclam no mundo. O plástico reciclado oferece uma redução de 78% no consumo de energia comparado a um polímero virgem.  2018-11-23 - Tags: abint braskem bidim cipatex fabritech huesker maccaferri nortene ober roma sansuy santa fe geossintiticos pet reciclado comite tecnico de geossinteticos

Fabril Scavone investe em nova fábrica de nãotecidos
Com tecnologia de última geração, o objetivo é atender o mercado automotivo, filtração, laminados sintéticos e calçados, geotêxtil, acústica, moveleiro e outras aplicações industriais, além de aumentar sua participação no mercado externo.  2018-11-21 - Tags: fabril scavone naotecidos laerte guiao maron geotextil itatiba

Oportunidades no setor têxtil para Brasil e China
Um seminário com Rodada de Negócios, realizado no dia 12 de junho, reuniu empresários chineses e brasileiros para discutirem sobre negócios na área têxtil/confecção, considerada pelos dois países como importante para a economia, devido ao grande emprego de mão de obra. O evento foi organizado pelo LIDE China em parceria com a CCPIT (Conselho Chinês de Promoção do Comércio Internacional), Eastern Silk Market China e Braga Nascimento e Zilio Advogados Associados.  2018-11-13 - Tags: lide china zilio advogados associados fan jianlong farid murad abimaq

BNDES aprova R$ 29,8 milhões à tecelagem Santaconstancia
O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou concessão de crédito no valor de R$ 29,8 milhões na modalidade BNDES Giro para a Santaconstancia, empresa de tecelagem com sede em São Paulo. O prazo da operação é de 60 meses.  2018-11-12 - Tags: bndes giro santaconstancia taxa de longo prazo bndes banco nacional de desenvolvimento economico e social

NILIT sob novo comando na América Latina
O grupo NILIT recebe Paulo De Biagi como CEO da Nilit Brasil, responsável pela região da América Latina. Com esta nomeação, a Nilit ratifica a importância do Brasil e de toda a região da América Latina para a empresa e o firme compromisso de atender o mercado com o melhor serviço e produtos de alta qualidade.  2018-11-09 - Tags: grupo nilit paulo de biagi nilit brasil america latina cht brasil

Archroma conclui aquisição da M. Dohmen
A Archroma, produtor global de corantes e produtos químicos para soluções sustentáveis, adquiriu, recentemente, todas as ações restantes da M. Dohmen S.A., grupo internacional especializado na produção de corantes têxteis e produtos químicos para o setor automotivo, carpete e vestuário.  2018-11-08 - Tags: archroma clariant basf m dohmen marcos furrer fibras sinteticas

A tradição inventora da suíça se destaca na área têxtil
Ao longo dos séculos, o espírito inovador dos suíços tem se demonstrado através de invenções que abrangem vários campos da experiência humana, entre os quais a indústria têxtil mundial, cujo avanço tecnológico tem sido notável. As empresas suíças de máquinas têxteis estão no centro dessa tradição de inventividade, que vem evoluindo com o passar do tempo.  2018-11-07 - Tags: itma 2019 daniel borel swiss textlile machinery dna tecnologico itma asia citme 2018

Senai Cetiqt divulga os primeiros projetos de Confecção 4.0
Já imaginou um body que é capaz de medir a febre do bebê e ainda enviar informações sobre a curva térmica da criança via bluetooth para um aplicativo no celular dos pais, que por ventura possam estar longe de seu filho? Ou ainda um robô que com base nas suas curtidas nas redes sociais envia informações para que designers desenvolvam novas roupas inspirados em tudo aquilo que você mais gosta?  2018-11-05 - Tags: senai cetiqt abit fernando pimentel bndes renato boaventura coteminas mbi no nordeste nordeste 2019

Empresas do setor têxtil dão o pontapé inicial na 4ª Revolução Industrial
Já imaginou um body que é capaz de medir a febre do bebê e ainda enviar informações sobre a curva térmica da criança via bluetooth para um aplicativo no celular dos pais, que por ventura possam estar longe de seu filho? Ou ainda um robô que com base nas suas curtidas nas redes sociais envia informações para que designers desenvolvam novas roupas inspirados em tudo aquilo que você mais gosta?  2018-10-29 - Tags: senai cetiqt mbi em industria avancada fernando pimentel confeccao 4 0 curso