Language
home » têxtil »

Mercado

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Abit e IEMI apresentam balanço da cadeia têxtil e vestuário

Legenda: O presidente da Abit, Fernando Pimentel.

"Tínhamos expectativas otimistas para 2018 que, infelizmente, não se confirmaram. Em vez de fecharmos o ano com crescimento de 2,8% devemos ficar em 1,4%", disse Fernando Pimentel, presidente da Abit – Associação Brasileira da Indústrias Têxtil e de Confecção, durante apresentação do balanço setorial, realizado na sede da entidade, em São Paulo, no último dia 28 de setembro. Ao lado do economista Marcelo Prado, diretor do instituto IEMI Inteligência de Mercado, especializado em números da cadeia têxtil/vestuário/varejo, Pimentel disse que apesar do recuo da produção - acentuado a partir do segundo semestre deste ano, após a greve de 11 dias dos caminhoneiros - o setor têxtil/confecção "ainda sim resistiu, o que é alentador num ano de economia difícil no país".

Para 2019, o presidente da Abit espera que a economia brasileira reaja. "Nossa projeção é um crescimento de 2,9% na produção têxteis. E isso não dependerá só da flutuação do câmbio (que favorece as importações de vestuário quando o real se desvaloriza), mas também da retomada do consumo interno. "Se houver aquecimento da economia e geração de empregos nos primeiros meses do próximo ano, os volumes de importação deverão permanecer estáveis. Por outro lado, a demanda interna aquecida movimentará também a produção nacional, estabilizando o mercado", avalia.

Raio X da cadeia têxtil

O economista do IEMI, Marcelo Prado, apresentou um balanço do setor nos últimos cinco anos, compreendendo o período de 2013 a 2017, para mostrar a evolução da cadeia têxtil brasileira. De acordo com o estudo Brasil Têxtil 2018, o mais completo relatório macroeconômico da indústria têxtil e confeccionista do país, editado pelo IEMI desde 2001, neste período houve queda no número de indústrias operando no Brasil, reflexo da crise econômica que se acentuou a partir de 2014. No têxtil, a redução foi de 17.0% enquanto que a queda no número de confecções foi de 17,8%. A produção do setor caiu 7,7%, de 2013 a 2016. Em 2017 houve uma recuperação de 3,2%, muito além da expectativa.

LEGENDA: O economista do IEMI, Marcelo Prado, explica os números do setor.

De acordo com relatório (dados de 2017), no Brasil existem 27 mil indústrias formais atuando na cadeia têxtil/confecção, sendo 21 mil no segmento vestuário. Com um faturamento da ordem de US$ 52 bilhões, e 1,5 milhão de empregos gerados, a indústria têxtil e de confecção está presente em todo o território nacional, embora, a maioria das fábricas esteja concentrada na Região Sudeste, que abriga 46,1% das unidades produtivas, seguida pelo Sul com 31,5% e Nordeste com 17,6%. A produção têxtil brasileira é de 2 milhões de toneladas ano, e da confecção, que inclui vestuário, meias, acessórios e roupas de cama, mesa e banho, é de aproximadamente 6 bilhões de peças/ano. Ainda de acordo com o IEMI, no ano passado, foram investidos na cadeia têxtil US$ 398 milhões em tecnologia e estrutura de produção.

Varejo em números

O varejo de vestuário registrou evolução significativa em 2017, com 8,1% de crescimento em número de peças comercializadas. Para 2018, espera-se um crescimento de 1,8% no acumulado do ano. "Embora seja um número positivo, está aquém do esperado, assim como a perspectiva geral do setor. Isto é reflexo da instabilidade do cenário nacional e da redução de confiança do consumidor", atesta Marcelo Prado.

No segmento Jeanswear, um dos mais fortes no mercado brasileiro de vestuário, Marcelo Prado, entretanto, espera bom desempenho. Segundo ele, em 2019 deverá crescer 2% em volume de produção – cerca de 4 a 5 milhões de peças a mais - e 5% em valores nominais. "Trata-se de um produto de massa, usado em todas as ocasiões, por todas as classes sociais, e que possui também apelo de moda", diz. Estima-se que o Brasil produza hoje 270 milhões de pares de jeans por ano, sendo 18% desta produção localizada no estado de Pernambuco.

O estudo do IEMI registra que em 2017, o varejo físico movimentou R$ 220,4 bilhões em vendas. O Brasil contou com 152,4 mil pontos de venda de vestuário, incluindo lojas especializadas e não especializadas (exemplo: lojas de departamento e hipermercados). Cerca de 52 mil deles (35%), englobam os 571 shoppings em operação no País. Todavia, a crise também afetou drasticamente este segmento, causando o fechamento de 11 mil pontos de venda de moda. "O canal que mais sofreu com a crise foi o pequeno varejo independente (multimarca; não organizado em redes). Entretanto, as lojas independentes ainda são o principal canal de varejo do vestuário em volumes, com 36,5% do total", explica Prado. O economista também apresentou projeções para 2022, conforme mostram as tabelas.

Marcelo Prado destacou ainda que as lojas de departamento (C&A, Renner, Riachuelo, Marisa, entre outras) permanecem como as principais âncoras dos shoppings. Porém, ele aponta que o perfil do varejo de vestuário no Brasil está mudando, seguindo a tendência internacional. "Antes era o varejo de preço baixo, hoje já existe um apelo de moda maior, de customização conforme a demanda e de produtos com preços acessíveis".

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por: Marcia Mariano

Data de publicação: 05/10/2018

Conteúdo relacionado


Dornbirn-GFC 2018 celebra o conhecimento em inovação têxtil
Mais de 700 participantes de 35 nações assistiram as palestras apresentadas na 5ª Dornbirn-GFC 2018, maior conferência mundial dedicada ao setor de fibras químicas, realizada de 12 a 14 de setembro na Áustria.  2018-10-09 - Tags: 58 congresso de dornbirn gfc messe frankfurt edana hkrita rwth aachen premio paul schlack

Empresa catarinense participa de rodada de negócios na Colômbia
Com a finalidade de promover produtos brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para o país, a Agência Brasileira de Exportações e Investimentos (Apex) realiza ações dentro e fora do Brasil. Entre elas a rodada de negócios que reúne empresários de diferentes segmentos para fortalecer a indústria nacional e seu potencial de exportação, além de contatos que vão além do comercial.  2018-10-09 - Tags: apex censi maquinas america latina colombia sheila censi braun solano censi

Abit e IEMI apresentam balanço da cadeia têxtil e vestuário
“Tínhamos expectativas otimistas para 2018 que, infelizmente, não se confirmaram. Em vez de fecharmos o ano com crescimento de 2,8% devemos ficar em 1,4%”, disse Fernando Pimentel, presidente da Abit – Associação Brasileira da Indústrias Têxtil e de Confecção, durante apresentação do balanço setorial, realizado na sede da entidade, em São Paulo, no último dia 28 de setembro.  2018-10-05 - Tags: fernando pimentel abit iemi inteligencia de mercado marcelo prado cadeia textil brasileira 2019 textil

A VDMA Textile Machinery premia cinco jovens engenheiros
Cinco novos talentos foram premiados por meio do Concurso Promoção de Jovens Engenheiros, realizado pela Fundação Alter Reiners com a chancela da VDMA – Federação dos Fabricantes de Máquinas Têxteis da Alemanha. A premiação, num total de 17.500 euros, foi oferecida pelo diretor executivo da entidade, Peter D. Dornier, que também preside a fundação W. Reiners.  2018-10-05 - Tags: vdma fundacao alter reiners benjamin weise rwth aachen university universidade reutlingen jan merlin abram aachen

Stoll colabora para reativar a produção de malhas nos EUA
Criado por um grupo de fabricantes de vestuário, liderados pelos executivos de moda Jon Lewis e John Elmuccio, o Projeto I é uma ação ousada que visa trazer de volta para os Estados Unidos a fabricação de malhas, revitalizando o mercado local de moda. A iniciativa, que conta com a parceria da Stoll, empresa alemã líder na produção de máquinas retilíneas (tricô) e fully fashion (vestuário sem costura), foi anunciada durante o primeiro Stoll Symposium, realizado no dia 27 de setembro, em Nova York, quando a companhia celebrou 145 anos de fundação.  2018-10-03 - Tags: h stoll ag & co kg paramalhas jon lewis stoll 3d malharia stoll

Mahlo America Inc. celebra 50 anos e reposiciona seu mercado
Por mais de 70 anos, o nome Mahlo representou tecnologia de controle e medição de alta qualidade "made in Germany" [feito na Alemanha]. Agora, a subsidiária americana Mahlo America Inc. está comemorando seu aniversário de 50 anos com um futuro promissor.  2018-09-28 - Tags: mahlo america inc mahlo gmbh qualiscan qms mahlo america maquina textil

Fibertex Nonwovens investe em expansão para o mercado sul americano
Em fevereiro de 2018, a Fibertex Nonwovens, que pertence ao conglomerado industrial dinamarquês Schouw & Co., adquiriu a fabricante brasileira de não-tecidos Duci (Joint Venture entre DuPont Cipatex). Seis meses após a aquisição, a Fibertex Nonwovens anuncia a expansão de sua capacidade de produção. “O processo de integração da operação no Brasil superou em muito nossas expectativas.  2018-09-24 - Tags: fibertex nonwovens duci jørgen bech madsen carlos benatto fibertex naotecidos geotexteis schouw

Bayer lança fungicida para combater doenças no algodoeiro
Diante da retomada do consumo do algodão no mercado têxtil e do expressivo aumento da colheita deste ano, de quase 2 milhões de toneladas de plumas, a Bayer lança no mercado o fungicida Fox®Xpro, com formulação inovadora de alta performance, para combater os fungos causadores da ramulária, principal doença que afeta os algodoeiros do país.  2018-09-05 - Tags: bayer mauro alberton fungicida cotonicultura marcos dallagnese quinona oxidase sou algodao marcio portocarrero abrapa

Empresa têxtil do Vale do Itajaí ganha destaque no mercado externo
Potenciar os negócios além das fronteiras brasileiras é o objetivo da vertical de internacionalização do Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias (Procompi). Em Santa Catarina o projeto é aplicado pela Fiesc, pelo Sebrae, operacionalizado pela Strategizers - Gestão Estratégica em importação, exportação e internacionalização de empresas, e no Vale do Itajaí conta com o apoio do Sindicato Patronal das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico (Simmmeb).  2018-08-29 - Tags: procompi sebrae vale do itajai censi douglas candido fiesc strategizers

Indianos conquistam mercado brasileiro de acabamento têxtil
Dois grandes fabricantes indianos de máquinas têxteis, Jupiter Comtext e Harish Textile Engineers, participaram da Febratex 2018, que aconteceu de 21 a 24 de agosto, em Blumenau, apresentando seus produtos em um estande informativo.  2018-08-28 - Tags: harish textile engineers febratex 2018 jupiter comtext robert schofield shri j m mistry india

ABINT alerta sobre a importância das normas técnicas para a eficácia dos projetos
A Geotecnia é um importante setor em que os nãotecidos e tecidos técnicos estão inseridos. Em forma de geomantas, geogrelhas, georedes, geomembranas, geotubos, entre outros, são usados para proteção, filtração, drenagem, reforço, separação e barreira de impermeabilização de solo.  2018-08-24 - Tags: geotecnia naotecidos tecidos tecnicos geomantas geogrelhas georedes geomembranas geotubos geossinteticos geotexteis

Oferta aumenta e preço do algodão cai no mercado brasileiro
Depois de atingir o nível mais alto de 2018 no final de junho, o preço do algodão caiu no mercado interno brasileiro durante a primeira quinzena de julho. A queda está relacionada aos avanços na colheita, o que elevou a disponibilidade de algodão no mercado spot brasileiro, informou o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (CEPEA) em seu último relatório quinzenal.  2018-08-03 - Tags: centro de estudos avancados em economia aplicada cepea esalq algodao conab industria manufatureira

Inovação tecnológica das indústrias brasileiras é a maior em um ano
A proporção de indústrias brasileiras que realizaram algum tipo de inovação em processos ou produtos no 1º trimestre de 2018 foi de 45,9% e alcançou o melhor resultado em um ano. É o que aponta a Sondagem de Inovação da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) encomendada à Fundação Getúlio Vargas (FGV) e divulgada na quarta-feira (25).  2018-07-30 - Tags: sondagem de inovacao da agencia brasileira de desenvolvimento industrial guto ferreira abdi sondagem pesquisa e desenvolvimento

Senai lança programa indústria paulista mais competitiva
Para que as indústrias de São Paulo iniciem a transição para as práticas da quarta revolução industrial, alcançando o máximo de seu potencial e elevando a sua competitividade, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-SP) criou o programa Indústria Paulista Mais Competitiva.  2018-07-27 - Tags: fiesp senai sp servico nacional de aprendizagem industrial lean manufacturing jose ricardo roriz coelho manufatura enxuta

Copa do Mundo e greve dos caminhoneiros tiveram impacto negativo no setor têxtil e de confecção
O impacto da greve dos caminhoneiros no setor e a influência da Copa do Mundo nas vendas do varejo foram temas abordados na segunda edição do Radar Abit, veiculado no canal de Ensino a Distância da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ead Abit).  2018-07-24 - Tags: radar abit renato jardim ead abit copa do mundo greve dos caminhoneiro

A estrutura da normalização como ferramenta no comércio
A família ISO – International Organization for Standardization é constituída por mais de 160 países membros, grandes e pequenos, desenvolvidos e em desenvolvimento, ricos e pobres, distribuídos ao redor do mundo. Sou um esportista e sei que nos esportes se ganha e se perde, entretanto com relação à normalização, o jogo é de vencer- vencer para todos os participantes.  2018-07-20 - Tags: international organization for standardization iso iec organizacoes regionais de normalizacao

Instituto de Inovação do Senai Cetiqt tem novo endereço no Rio
Com o objetivo de fomentar a interação entre universidade e empresas, o Senai Cetiqt vai transferir, em breve, o Instituto de Inovação em Biossintéticos de sua Unidade no Riachuelo, para o Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro, na Ilha do Fundão, reconhecido polo de pesquisa e desenvolvimento nacional.  2018-07-06 - Tags: parque tecnologico da ufrj senai cetiqt instituto de inovacao em biossinteticos rafael lucchesi robson braga de andrade

Senai SP lança programa de competitividade para indústria
O Senai São Paulo lança no dia 26 de junho o Programa Indústria Paulista Mais Competitiva, que tem como objetivo promover o aumento da competitividade por meio de intervenções nas áreas produtivas das empresas, fornecendo assessoria tecnológica em três pontos estratégicos: Manufatura Enxuta (Lean Manufacturing), Eficiência Energética e Preparação para Indústria 4.0.  2018-06-25 - Tags: senai sao paulo programa industria paulista mais competitiva manufatura enxuta lean manufacturing

Baixa oferta faz preço do algodão aumentar no mercado brasileiro
Com a queda na oferta em 2016-17 e o ritmo lento da safra 2017-18, o preço do algodão aumentou no mercado brasileiro em maio. Entre 30 de abril e 30 de maio, o Índice de Algodão do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada CEPEA / ESALQ subiu 12,3%, fechando em R$3.741,00 em 30 de maio.  2018-06-21 - Tags: cepea algodao sinditec mercado bbm dados alta textil

ITMF mostra perfil de vendas de máquinas têxteis no mundo
A ITMF – Federação Internacional dos Fabricantes de Máquinas Têxteis informa que as vendas de filatórios para fibras curtas, fibras longas e máquinas open-end melhoraram muito entre 2016 e 2017, registrando crescimento de 21%, 46% e 24%, respectivamente. Os embarques de máquinas texturizadoras e teares também aumentaram 23% e 13%.  2018-06-08 - Tags: federacao internacional dos fabricantes de maquinas texteis itmf mercado relatorio itmss fiacao texturizacao tecelagem malharia circular malharia plana beneficiamento acabamento