Language
home » têxtil » mercado » mercado e marketing

Mercado e Marketing

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Passaporte verde para a exportação

Secretário-geral da Oeko-Tex disse que o Brasil e países sulamericanos precisam investir mais na certificação ambiental

Em sua terceira visita ao país, Raimar Freitag disse que enquanto o Brasil possui apenas 31 empresas certificadas (todas exportadoras), a China já soma 1.318 detentores da etiqueta “Confiança em Têxteis”, que avalia o produto, segundo a Norma Oeko-Tex 100, como isento de substâncias prejudiciais à saúde e ao meio ambiente. Este selo pode ser aplicado tanto nos tecidos quanto nas confecções e acessórios têxteis.

De acordo com Freitag, participam ativamente do sistema Oeko-Tex em torno de oito mil empresas em 85 países. Dos certificados emitidos, 49,3% foram concedidos para firmas localizadas na Europa; 47,6% para Ásia; 1,5% para África; 1,3% para as Américas e 0,3% para Austrália.

“O Brasil ocupa a 6ª posição como produtor têxtil mundial, entretanto, o número de cerificação Oeko- Tex é muito pequeno. As empresas precisam se conscientizar que a sustentabilidade ambiental é uma exigência global no comércio de têxteis”, enfatizou durante palestra apresentada em abril, na Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT). Freitag garantiu que a exigência da certificação não está mais limitada aos países europeus, mas já se torna obrigatória, também, nos Estados Unidos, um dos maiores importadores mundial de têxteis, e para onde se destinam muitos produtos brasileiros.

“A etiqueta Confiança nos Têxteis está em expansão nos mercados consumidores norteamericanos. Em 1º de janeiro de 2008 osparâmetros Oeko-Tex foram harmonizados com a Lista de Substâncias Restritas da American Apparel and Footwear Association (AAFA), tornando atrativa a certificação Oeko-Tex para empresas têxteis e confeccionistas locais como também para fornecedores do mercado norteamericano”, disse o executivo.

Entre os países que se destacaram, conforme dados de dezembro de 2007 da Oek-Tex, estão: Alemanha em primeiro lugar, com 16,1% das certificações emitidas, seguida da China com 13,1%; Turquia 8,5%; Itália 7,8%; Hong Kong 5,5%; Índia 4,3%; Portugal 4,1%; Espanha 3,9%; Bangladesh 3,6% e França com 3,2%.

O conceito Oeko-Tex
Raimar Freitag explicou que o termo “Ecologia” no contexto têxtil é muito amplo e complexo, por isso, o conceito da Oeko-Tex está baseado na preocupação com substâncias nocivas que possam estar presentes em todo e qualquer artigo têxtil ou de vestuário.

A Norma Oeko-Tex 100 avalia índices de pH e eventual presença de formaldeído, pesticidas e herbicidas; metais pesados extraíveis, carriers organoclorados, fenóis clorados, ortofenilfenol, 24 aminas cíclicas degradáveis, corantes alergênicos, plastificantes de PVC e compostos orgânicos de estanho. Ainda de acordo com a Norma, os acabamentos antichama ou com biocidas só são aceitos se forem avaliados previamente pelo grupo de trabalho Produtos Químicos Ativos. Os valores limite, a solidez exigida e os produtos químicos ativos aprovados estão relacionados no site da Oeko-Tex (www.oeko-tex.com).

O que é “Ecologia Têxtil”
A expressão leva em conta três aspectos: Ecologia de produção refere-se ao processo de produção e manufatura de fibras, tecidos e vestuário que deverá atender a condições razoáveis quanto à preservação do meio ambiente - pureza do are da água, tratamento de efluentes e poluição sonora; Ecologia de descarte diz respeito à eliminação ou reciclagem de produtos têxteis que deve evitar a liberação de substâncias nocivas ou poluidoras no meio ambiente. Finalmente, a Ecologia humana ou “Ecologia de Uso” que considera o efeito da roupa sobre o usuário, ou seja, deve evitar concentrações de substânciasque possam ser danosas ao ser humano (por exemplo, roupas com produtos que provocam alergia, manchas ou irritação na pele). “Têxteis tratados com produtos químicos que contenham metais pesados, dioxinas, etc., estão vetados para importação nos EUA e na Europa”, reitera Raimar Freitag.

O Secretário Geral da Oeko-Tex informou que o custo para se obter a certificação varia entre 700 a 12 mil euros. Válida por um ano, a certificação pode ser obtida para um produto ou grupo inteiro de artigos, dependendo da variedade de matérias-primas, corantes e produtos químicos aplicados. A Associação Internacional Oeko-Texatua em parceria com laboratórios de ensaio independentes e com institutos qualificados na área têxtil como o Hohenstein (Alemanha) e OTI (Áustria).

 

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Redação - Márcia Mariano

Data de publicação: 30/06/2008

Conteúdo relacionado


Oerlikon marca presença na feira primeira feira virtual de tecnologia têxtil
A WTiN - World Textile Information Network, editora de conteúdo sobre a indústria de manufatura têxtil global, com sede no Reino Unido, está organizando a Innovate Textile & Apparel, uma feira virtual que ocorrerá de 15 a 30 de outubro de 2020, reunindo fabricantes e fornecedores para a cadeia têxtil.  2020-10-09 - Tags: salao de inovacao tecnologica sala de inovacao de materiais world textile information network oerlikon manmade fibers

Sistema de vapor dinâmico para tingimento de fitas poliamida em processo contínuo
O processo de tingimento em contínuo de fitas poliamida exige condições especiais para a fixação do corante sobre a fibra do fio que compõe a fita, como umidade e temperatura. No sistema fechado (tipo autoclave), é bem mais simples de se conseguir esses parâmetros.  2016-08-09 - Tags: mathis armario vaporizador textilia 101 empresa tecnologia processo de tingimento

Ceará: estratégias para alavancar negócios
A ITT inaugura a seção Note e Anote - Regional, com notícias dos principais polos brasileiros da indústria têxtil e de confecção. Neste primeiro número, a colunista Carol Kossling apresenta notas sobre a região Nordeste.  2016-03-05 - Tags: carol kossling industria textil confeccao regiao nordeste ana flores

Karl Mayer: 7 inovações para a ITMA
Anúncio foi realizado após participação da empresa na Shangaitex, onde foi o destaque do pavilhão 1 com prévias das novidades.  2015-07-24 - Tags: karl mayer malharia urdume itma shangaitex

Primeira classe para levar a moda
O Celote (Centro Logístico Têxtil) uniu-se ao Grupo Sequóia criando uma das mais importantes empresas de logística para o varejo de moda do Brasil. Seu diretor-executivo e criador, Ricardo Conte, conta à ITT Press a história de sucesso deste serviço inovador para o mercado nacional.  2015-03-25 - Tags: itt 97 história de sucesso textil

Indústria que recicla deve ter incentivos
Os retalhos de tecidos descartados podem ser bem reaproveitados para a produção de novos artigos têxteis.  2014-01-13 - Tags: chico sardelli entrevista textilia 90

Eventos motivam cadeia têxtil a investir
Duas feiras realizadas em São Paulo deram impulso para que empresas planejem investimentos  2013-06-27 - Tags: textilia88

Febratex incentiva indústria com tecnologia
Apesar do cenário econômico desfavorável, feira mostrou novidades para incrementar a produção têxtil brasileira.  2013-01-08 - Tags: cotex

Alemães se mostram otimistas com Brasil
Missão de empresários do setor têxtil e confecção visita São Paulo e Santa Catarina para sondagem de mercado.  2013-01-08 - Tags: ahk ricardo castanho

Tratamento de amostras tecidas
Dispor em um espaço amostras têxteis tratadas e organizadas é o objetivo de uma teciteca, como veremos neste artigo.  2012-09-26 - Tags: teciteca suzana zulpo pereira

Panorama da indústria de fibras químicas européia
Este estudo foi apresentado durante o 51º Congresso Dornbirn-MFC, realizado na Áustria em setembro de 2011.  2012-09-24 - Tags: cirfs aquafil

O desenvolvimento da indústria têxtil da China
A situação passada, a atual e uma projeção da indústria têxtil chinesa, após a crise financeira de 2008, é objeto deste estudo.  2012-09-05 - Tags: china mercado externo

Beneficiamento têxtil sustentável
Poupar recursos e energia vai além do apelo de marketing, hoje é questão de sobrevivência do mercado. A crise que hoje afeta as economias no mundo globalizado, não tem provocado apenas sobressaltos nas bolsas de valores, mas também, reflexões sobre a nossa relação com o consumo.  2012-08-30 - Tags: eco applicator monforts

Novos materiais e mais versatilidade
A integração de processos, com máquinas tipo "dois em um", foi destaque na tecelagem e na malharia.  2012-05-30 - Tags: .

Tecnologia têxtil sob medida
“Surpreendente” foi o adjetivo mais utilizado para descrever a 16ª edição da ITMA, realizada pela primeira vez na Espanha.  2012-05-29 - Tags: itma

A revitalização do Vale
Além de Brusque, outros municípios de Santa Catarina também passaram por mudanças nos últimos anos.  2011-11-01 - Tags: haco

A cidade das malhas
A produção têxtil é uma das principais geradoras de riquezas do muncipio de Brusque.  2011-10-31 - Tags: quimisa

Um novo olhar do polo têxtil catarinense
Pesquisa de campo e relatório econômico mostram que produção cresceu, diversificou-se,mas ainda enfrenta problemas conjunturais.  2011-10-31 - Tags: vale do itajai textilfio

Reduzir e reciclar, esta é a receita
A Febratex 2010 mostrou que a busca por processos têxteis mais limpos e eficientes é um caminho sem volta.  2011-09-30 - Tags: febratex

Dragão avança na tecnologia
Ciência e inovação estão mudando o perfil da China desde a reforma política e da abertura em 1978.  2011-09-16 - Tags: fibra china