Language
home » têxtil » mercado » empresas e personalidades

Empresas e Personalidades

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Ampla de portas abertas

Ampla é hoje uma das empresas líderes na América Latina em seu segmento, unindo experiência empresarial com a filosofia de oferecer soluções completas e que agreguem valor aos negócios de seus clientes. Em 2016, a companhia inaugurou uma nova visão mercadológica ao criar o evento “Ampla de Portas Abertas”, no qual recebe imprensa e representantes de diversos setores em sua casa, para apresentar novidades, lançamentos e processos inovadores.

Há mais de 35 anos na indústria gráfica, a empresa atua desde 2004 focada no mercado de máquinas e insumos para impressão digital. “Iniciamos nossas atividades importando impressoras da China – o modelo Vista da marca JHF –, para suprir uma demanda do mercado por equipamentos com custo mais acessível, pois, na época, apenas os médios e grandes bureaus tinham condições de adquirir uma impressora jato de tinta de grandes formatos, enquanto os pequenos tinham que terceirizar a impressão de seus materiais”, conta Ricardo Augusto Lie, sócio-diretor e sócio-fundador da Ampla, filho do fundador da empresa, Lie Tji Thjun, hoje no Conselho Administrativo. Ricardo está assumindo o comando executivo da empresa ao lado do diretor técnico e terceiro sócio-fundador, Adriano Coelho, e do diretor de operações, Sidnei Marques.

A novidade vem seguida de uma exposição de sucesso na ITMA, em Milão, onde a companhia registrou visitas de todo o mundo, especial- mente do Brasil. “O resultado está intimamente ligado ao que o empresário brasileiro está vendo no mundo. Ele quer ser mais eficiente no mercado globalizado, mesmo produzindo no Brasil. Para a competitividade, é preciso eficiência, e isso é permitido pelos nossos equipamentos. Crise não existe, o que ocorre é falta de confiança no governo. Tenha certeza que produtividade está na pauta”, disse o novo CEO da companhia.

AMPLA EM NÚMEROS 

Faturamento: R$ 52 milhões

Exportações: R$ 14 milhões (USD 4 milhões)

Participação têxtil: 5%

Presença: 16 países

Capacidade de produção: 240 máquinas/ano em 1 turno Máquinas comercializadas: 180-200 máquinas/ano Funcionários:  180

Filiais: 4 (SP, RJ, BA e MG)

Distribuidores nacionais: 7 em operação + 4 em negociação

Investimentos: Aproximadamente R$ 7 milhões nos últimos cinco anos em infraestrutura e equipamentos, e R$ 5 milhões em P&D

 

Inovação

A inovação teve seu preço, relata Ricardo: “Como não havia nenhum fabricante desse tipo de equipamento no País, tivemos muita dificul- dade para desenvolver mão de obra, tanto de engenharia de produto, como de pessoas para a produção das máquinas. Outro desafio foi o desenvolvimento de fornecedores, pois a produção de uma máquina envolve dezenas de empresas parceiras. Tudo era novidade também para nossos fornecedores”.

No começo de 2009, a Ampla constatou que aqueles clientes pequenos estavam crescendo de forma acelerada, e isso demandava ampliação de sua capacidade de produção e maior qualidade de impressão. “Decidimos, então, dar outro importante passo e desenvolver uma nova plataforma de produtos que atendesse a essa nova demanda. Investimos pesado na ampliação de nossa capacidade fabril, na aquisição de máquinas CNC de última geração e no desenvolvimento de novos processos de produção. Em julho de 2010, apresentamos ao mercado a Samba XT, um marco para o setor e que mostrou, até para os mais céticos, que a Ampla tinha capacidade de fabricar equipamentos para além do entry level, com produtividade superior e altíssima qualidade de impressão.”

Nos anos seguintes, a empresa remodelou suas linhas de impressoras de entrada e intermediária, esta batizada de Targa XT, que ganhou, em 2015, sua terceira geração, incorporando o conceito industrial com seu famoso chassis monobloco, que confere extrema robustez ao equipamento, permitindo suportar altíssimas velocidades de impressão em regime estável de produção. “O mercado evoluiu, e a Ampla tem em seu DNA o compromisso de evoluir junto para que nossos clientes possam dar asas aos seus planos e executá-los com eficiência e lucratividade”, conclui Ricardo Lie. 

Hoje, os pilares de atuação da Ampla se focam nos seguintes mercados: impressão digital para comunicação visual (publicidade, marketing e eventos de grande impacto nacional, como Olimpíadas e eleições), estamparia digital para a indústria têxtil (favorecida pela evolução dos tecidos em poliéster, aumenta o valor agregado pela personalização das peças) e impressão digital industrial (mercados coureiro, calçadista, moveleiro, de decoração e embalagens).

Tecnologia

Com posicionamento forte, a empresa aposta no Elite para entrar numa categoria na qual não era competitiva, pois exige investimento inicial menor que uma New Target, mas ainda mantém benefícios e características iniciais. “Aprendemos muito com o lançamento da New Target e colocamos numa categoria mais econômica e compacta”, diz. Segundo ele, o caminho daqui para frente será de identificar os nichos no têxtil, entender suas demandas e investir em ajustes e distribuidores. “Nomeamos alguns distribuidores específicos para sublimação e fechamos mercado para eles. Sabemos que é o começo, mas iremos treinar os representantes para atingir capilaridade”, diz.

Entrevista exclusiva: Adriano Coelho, diretor técnico e sócio-fundador da Ampla

Adriano Coelho, conhecido como professor Pardal pela capacidade inventiva, iniciou sua carreira com 16 anos em 1987, revolucionando a maneira de imprimir jornal ao apresentar a tecnologia a laser empregada nas primeiras impressoras importadas. A partir daí, não saiu mais do mercado e fundou a Ampla, em 2004. Desde então, é diretor técnico e responsável pelo desenvolvimento dos produtos.

Textília: Quais foram os principais desenvolvimentos feitos por você dentro da companhia?

Adriano Coelho: Fui responsável por todos os desenvolvimentos feitos na Ampla até hoje, sendo os principais as impressoras de grandes formatos: Targa Plus, Targa XL, Targa SW, Targa Elite, Targa XT, Samba XT, Rio, New Targa e Elite (lançamento Sign 2016).

Textília: A Ampla está se posicionando no mercado por meio de suas inovações. O que destacaria nessa estratégia? 

Adriano: A Ampla buscou se posicionar pela diferenciação dos seus produtos no mercado, pesquisando e desenvolvendo para atender com uma categoria de impressoras entre o “entry level” e o industrial importado de altíssima produtividade. Hoje, essa estratégia coloca a Ampla como uma das empresas líderes na América Latina em fabricação de equipamentos para impressão digital, unindo experiência empresarial com a filosofia de oferecer soluções completas e que agreguem valor aos negócios dos nossos clientes.

Textília: Como você vê o mercado têxtil brasileiro e como a empresa pode auxiliar o desenvolvimento de novas peças?

Adriano: Favorecido pela evolução dos tecidos de poliéster, o mercado têxtil, certamente, é um dos mais impactados pela evolução das tecnologias de estamparia digital. Um dos grandes atrativos da estamparia digital é a possibilidade de produzir em substrato vários tamanhos de imagens, padrões e desenhos variados, em peças únicas ou múltiplas, utilizando cabeçotes de impressão de jato de tinta comandados por computadores, sem a necessidade de confecção de matrizes de impressão. A tecnologia possibilita também excelente reprodução de tons contínuos, tamanhos de repetição ilimitados, entre outras vantagens. Muito procurada por grifes de moda, a estamparia têxtil digital atende bem às necessidades desse mercado, que por vezes não requer e não deseja grandes metragens de uma mesma padronagem. Destaca-se também a personalização de ambientes como novidade do segmento. É fácil customizar peças pela estamparia por sublimação, como, por exemplo, a criação de enxovais, cama, mesa e banho, cortinas, tapetes, almofadas, estofados, entre outros. Uma inúmera variedade de produtos pode ser estampada com perfeição. Atualmente, Brasil, China, Índia, Itália e Turquia são os cinco maiores produtores mundiais no segmento de impressão digital têxtil. De acordo com a pesquisa Transforming Textile Printing, concluída em dezembro de 2012, todo o mercado de impressão digital - incluindo máquinas e insumos - movimentou mais de U$ 10,3 bilhões no ano de referência. O valor ainda representa menos de 1,5% de toda a indústria têxtil mundial, avaliada em cerca de US$ 1 trilhão. A pesquisa também aponta que o mercado de estamparia digital promete um crescimento anual médio (Compound annual growth rate – CAGR) de 30,7%, impulsionado, dentre outros fatores, pela alta tecnologia, pela disponibilidade de soluções e preços acessíveis à entrada de novos empresários e pelo sistema aberto de cabeças de impressão (permitindo preços baixos de tinta). Na Itália, já existe o uso de impressoras digitais em aplicações com tintas ácidas para imprimir em seda. Também já existe no mercado impressoras digitais capazes de imprimir bobinas têxteis a mais de 2000 metros/hora com tintas reativas. São os primeiros indícios de que a tecnologia digital está substituindo a serigrafia rotativa em segmentos de alta produção. Por esse cenário, a Ampla iniciou suas apostas na tecnologia de sublimação a partir de 2013 com as impressoras Rio Aquatex. Em 2015, desenvolveu e produziu um equipamento referência de mercado para sublimação. A New Targa XT Aquatex é um modelo de altíssima produtividade (até 229m²/h), construído numa plataforma industrial, que oferece um dos melhores custos de produção do mercado quando utilizada a tinta à base de água Aquatex, também desen- volvida exclusivamente. Atualmente, a venda de impressoras digitais para a indústria têxtil representa cerca de 5% da receita da empresa. A Ampla reserva o ano de 2016 para consolidar a percepção pelo mercado dos diferenciais de seus equipamentos de impressão digital têxtil para buscar aumentar o percentual de participação das receitas neste mercado.


O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por: Gabriel Rajão
Fotos: Divulgação

Data de publicação: 01/06/2016

Galeria de fotos desta matéria

Conteúdo relacionado


Loepfer mostra alta tecnologia em sensores na ITME Africa
A Loepfer estará presente no Pavilhão Suíço da ITME África, que acontecerá pela primeira vez na Etiópia, de 14 a 16 de fevereiro, na capital Adis-Abeba. A África tem apresentado crescimento nos últimos anos e a indústria têxtil tem sido um dos motores deste desenvolvimento, especialmente a Etiópia, não só pelo cultivo do algodão, mas também pelo investimento em toda a cadeia de valor têxtil.  2020-01-27 - Tags: loepfe brothers itme africa etiopia adis abeba yarn cleaner falcon-i

Mahlo colabora com universidades em Bangladesh da área têxtil
Trazendo especialistas em têxteis do futuro, a empresa alemã de engenharia mecânica Mahlo GmbH + Co. KG, realizou palestras na Universidade de Bangladesh de Têxteis (BUTEX) e na Universidade do Norte de Bangladesh, apresentando aos alunos os requisitos e soluções da moderna produção têxtil.  2020-01-24 - Tags: butex industria 4 0 msmart mahlo maquinas texteis

Fiação chinesa eleva produtividade com sistema de dados Uster®
Oferecer alta qualidade e produtividade aos seus clientes, por meio da análise e transparência de dados de classe mundial, é o resultado obtido pela empresa chinesa Esquel ao implantar o sistema Uster® Quality Expert na sua produção de fios.  2020-01-23 - Tags: uster quality expert li guanghai esquel produçao fios

Novos talentos para uma indústria tecnologicamente forte
Peter D. Dornier, presidente da Fundação Walter Reiners-Stiftung da VDMA (Associação dos Fabricantes de Máquinas Têxteis da Alemanha), entregou prêmios a seis jovens engenheiros em Dresden, durante cerimônia de premiação na Conferência Têxtil Internacional de Aachen-Dresden-Denkendorf.  2019-12-18 - Tags: itm peter d dornier vdma maquinas texteis ita aachen

Basf oferece formulação de produtos para lavagem de roupas
Detergente líquido ou em pó, amaciantes e outros produtos voltados à lavagem de roupas demandam equilíbrio entre o bom desempenho do produto e o cuidado em não causar riscos à saúde do consumidor.  2019-12-17 - Tags: basf lavergy fibras tecidos sokalan

Sinditec homenageia Santista Têxtil pelos seus 90 anos de fundação
O Sinditec, que representa as indústrias têxteis de Americana e Região, prestou homenagem à Santista Têxtil pelos seus 90 anos de fundação. O presidente da entidade, Dilézio Ciamarro, entregou a “Lançadeira de Prata” ao presidente da empresa, Gilberto Stocche, em reunião da diretoria, realizada no final do mês de novembro.  2019-12-17 - Tags: sinditec americana industrias texteis santista textil dilezio ciamarro gilberto stocche

Industriais catarinenses participam de evento com presidente da República
No dia 11 de dezembro, empresários catarinenses participaram da cerimônia de entrega do Grande Colar da Ordem do Mérito Industrial ao presidente Jair Bolsonaro, promovida em Brasília pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).  2019-12-16 - Tags: sintex fiesc cni fiaçao industria conservacao homenagem

Karsten é eleita a 11° melhor empresa para trabalhar em Santa Catarina
A Karsten, empresa têxtil de Blumenau que completou 137 anos de história, foi eleita a 11ª melhor empresa para trabalhar em Santa Catarina. O prêmio foi entregue na última quarta-feira (4), em Florianópolis, pelo Instituto Great Place to Work (GPTW), que desde a década de 1980 seleciona as empresas com melhores ambientes de trabalho nas categorias grande, médio e pequeno porte.  2019-12-10 - Tags: karsten gptw empresa santa catarina trabalhar

Abit entrega Medalha do Mérito 2019 em confraternização anual do setor
Como faz todos os anos, a Abit – Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção realizou a solenidade de entrega da Medalha do Mérito, que antecedeu o coquetel de confraternização de fim de ano da entidade, reunindo empresários, executivos, profissionais de moda e imprensa em sua sede na capital paulista.  2019-12-06 - Tags: abit 2019 confraternizacao premio sinditextil grupo lunelli grupo malwee camisas polo salvador steinbruch vicunha

Santista tem novo gerente comercial para jeanswear
Produção de denim e de jeans, segmento têxtil que mais cresceu no Brasil nos últimos anos, continua sendo alavancada pela indústria nacional.  2019-12-05 - Tags: denim jeans brasil oto rafael arantes junior santista minas gerais sao paulo

Tatiana Burgos: a piloto da Black Jeans
Com loja de atacado no bairro do Brás, em São Paulo, marca renova mix de produtos a cada temporada para atender mercado de moda.  2019-12-05 - Tags: entrevista tatiana burgos denim black jeans bras

Novo Instituto de Inovação em Biossintéticos
Desde o dia 8 de novembro, o Instituto de Inovação em Biossintéticos e Fibras (ISI) do Senai-Cetiqt está funcionando no Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na Ilha do Fundão.  2019-12-05 - Tags: biossinteticos fibras senai cetiqt parque tecnologico ufrj engenharia

Roadshow tecnológico mostra novidades da ITMA
Evento exclusivo para clientes, realizado em Minas Gerais, foi promovido pelas empresas Stäubli, Rieter, Graf e Picanol e suas representantes locais.  2019-12-05 - Tags: itma barcelona milão staubli luciana neves evento rieter graf picanol

A digitalização têxtil é um processo irreversível
Redução de resíduos, reuso e reciclagem de materiais também trazem mudanças para o setor de máquinas têxteis.  2019-12-05 - Tags: alessandro zucchi itma 2020 barcelona entrevista

Scavone encomenda Linha Dilo 4.0 para fábrica de nãotecidos
A Fabril Scavone, uma das líderes na América do Sul na produção de nãotecidos, adquiriu uma unidade de agulhagem completa do grupo alemão Dilo para sua nova planta industrial em Itatiba, São Paulo.  2019-12-04 - Tags: fabril scavone naotecidos agulhagem dilo pes pp bico fibras

Trajetória da Rhodia no Brasil é marcada pela inovação e sustentabilidade
No ano em que comemorou 100 anos de Brasil, a Rhodia, empresa do Grupo Solvay, apresentou ao mercado têxtil novos fios sustentáveis, como Amni® Soul Cycle e Amni® Dynamic, reforçando seu compromisso com o País na produção de tecnologias e produtos que valorizam os recursos disponíveis e as fontes renováveis.  2019-12-03 - Tags: rhodia grupo solvay amni soul cycle amni dynamic daniela manique mercado textil industria sustentavel 100 anos

Sinditec elege nova diretoria e conselho consultivo para 2020/22
O empresário Leonardo José de Sant´Ana, da Guainumby Têxtil, especializada em fios tintos de poliéster texturizado e fios fiados para linhas de costura, foi eleito novo presidente do Sinditec - Sindicato das Indústrias de Tecelagens de Americana, Nova Odessa, Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré.  2019-12-03 - Tags: guainumby textil fios tinturaria poliester texturizado fios fiados linhas sinditec jose de santana

Brother oferece soluções competitivas para a indústria da moda
Com uma longa trajetória de 42 anos no Brasil, a Brother está cada vez mais presente nos negócios da indústria de transformação e moda. A empresa apresenta tecnologia de ponta e ótimo custo-benefício, em diversos segmentos de atuação como impressão P/B ou colorida em diferentes formatos e estilos; comunicação visual; identificação e rotulação de produtos; máquinas de corte, costura e bordado.  2019-11-12 - Tags: impressoras brother wireless eva tecnologia scanncut

Saurer mostra Autoairo pela primeira vez ao mercado asiático
A Saurer, com sede na Suíça desde 1863, e hoje líder global em tecnologia e componentes para processamento de fios contínuos, exibiu pela primeira vez ao mercado asiático, o Autoairo, máquina de fiação a ar, lançada este ano na ITMA de Barcelona.  2019-11-05 - Tags: saurer suica autoairo synchropiecing fiacao flexibilidade

Picanol apresenta novidades para tecidos técnicos na Techtextil India
A Picanol, um dos maiores fabricantes mundiais de máquinas de tecer, com matriz na Bélgica, estará presente com estande informativo no Setor Tecelagem - Hall B25, da 7º Techtextil India, que acontece 20 a 22 de novembro, no Bombay Exhibition Center, Mumbai.  2019-11-01 - Tags: picanol bombay exhibition center mumbai agrotech sporttech techtextil itma