Language
home » têxtil » mercado » empresas e personalidades

Empresas e Personalidades

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

A digitalização têxtil é um processo irreversível

A ITMA continua sendo o principal palco de inovações tecnológicas direcionadas ao setor têxtil e de confecção mundial. Sua 18ª edição, ocorrida em junho, em Barcelona (Espanha), reuniu 1.717 expositores de 45 países e recebeu mais de 105 mil visitantes. Realizada a cada quatro anos, desde 1951, em um país integrante do Comitê Europeu de Fabricantes de Máquinas Têxteis (Cematex), organizador do evento, a ITMA apresentou tecnologias inovadoras, consolidou a sustentabilidade no processo têxtil, mostrou que a digitalização da produção é irreversível e apontou a economia circular como principal desafio da cadeia de valor, que vai da fibra ao varejo. 

Ao término da maior e mais importante feira do setor, da qual participaram 364 empresas italianas, Alessandro Zucchi, presidente da Associação dos Fabricantes Italianos de Máquinas Têxteis (Acimit), disse que a quantidade de visitantes e expositores deu “um claro sinal de otimismo para a indústria italiana de máquinas têxteis”. A Acimit representa um setor industrial que produz máquinas no valor total de cerca de 2,5 bilhões de euros, das quais 84% são exportadas. As empresas italianas que expuseram em Barcelona estavam distribuídas entre os setores de fiação e bobinagem (22%), tece- lagem (10%), malharia e meias em tricô (9%), beneficiamento e impressão digital (35%) e outros negócios para área têxtil (24%).

Considerada um divisor de águas em relação às edições passadas, por exibir tecnologias de fabricação 4.0, onde integração digital do design, processamento e logística tornam possível a produção têxtil sustentável sob demanda, a ITMA 2019 não ficou imune a outra realidade: as incertezas do mercado global, que afetam o ambiente de negócios. Apesar de otimista com a visitação da feira, Zucchi admite que a situação econômica do setor de máquinas têxteis não é positiva. “Embora a maioria dos expositores italianos tenha se declarado satisfeita com seus contatos durante a ITMA Barcelona, um efeito positivo nas vendas ainda não foi observado. A causa está na profunda incerteza que caracteriza a economia mundial. As previsões para 2019 são, portanto, negativas, enquanto para 2020 esperamos uma recuperação das exportações e da demanda do mercado interno”, diz. China e Índia continuam liderando as exportações de máquinas têxteis italianas e europeias em geral, mas novos mercados no sudeste asiático, Turquia e nas Américas também despontam como promissores nos próximos anos.

Segundo o presidente da Acimit, a presença italiana na ITMA 2019 foi ressaltada pelo comprometimento dos fabricantes em apresentar máquinas e processos que garantem economia de água, energia e matérias-primas. A sustentabilidade também foi destaque na conferência de imprensa da entidade, quando dois fabricantes associados à Acimit, Loptex e Tonello, receberam o prêmio Italian Green Label Award, da Agência Italiana de Comércio, pelo compromisso de reduzir a pegada de carbono de suas máquinas. Zucchi assumiu a presidência da Acimit em 27 de junho de 2017. Nas- cido na cidade de Bérgamo em 1958, é casado e pai de dois filhos. Com experiência de vários anos no setor de máquinas têxteis, atualmente é diretor administrativo e sócio da Ferraro S.p.A., fabricante especializado em máquinas de acabamento, e diretor administrativo da Interfinish S.r.l., empresa de comissionamento no campo do processamento mecânico de precisão. Desde 2015, Zucchi faz parte da delegação da Acimit no Cematex, e, em 2019, foi nomeado membro do Conselho da Federação Nacional da Associação de Fabricantes de Bens de Capital da Itália. Nesta entrevista, ele conta como foi a participação na ITMA e os desafios da digitalização na produção. Confira: 

Textília: A ITMA Barcelona teve 364 expositores italianos. Essa foi a maior presença italiana em todas as edições da feira? Na sua opi- nião, esta edição pode ser considerada um “divisor de águas” para a indústria de máquinas têxteis?

Alessandro Zucchi: Na ITMA 2015, em Milão, houve mais de 450 expositores italianos. Não sei se esta edição será lembrada como uma das mais importantes da história da ITMA, porém é certo que sustentabilidade, digitalização e indústria 4.0 são tópicos que muitas empresas expositoras desenvolveram e ofertaram na feira de Barcelona.

Textília: Por onde a indústria têxtil deve iniciar seus investimentos para tornar-se uma produção avançada e sustentável? Digitalizar seus dados ou comprar máquinas eficazes para reduzir o consumo e os custos de produção?

Zucchi: Para uma empresa, sustentabilidade significa otimizar o consumo e reduzir os custos de produção, e a digitalização certamente é capaz de atingir esses objetivos. Portanto, a sustentabilidade e a digitalização devem andar de mãos dadas para que a empresa têxtil possa permanecer competitiva no cenário internacional.

Textília: Na ITMA 2019, quais setores da cadeia de produção têxtil apresentaram tecnologia disruptiva? Pode nos dar algum exemplo?

Zucchi: Pudemos constatar progressos de muitos fabricantes na digi- talização de seus produtos. Vimos o compromisso de muitas empresas em tentar facilitar a interação entre operador e máquina através do uso de aplicativos, sensores, dispositivos e várias soluções de software. Também é necessário enfatizar o nível tecnológico alcançado no setor de impressão digital, onde houve inovações tanto nas tintas utilizadas quanto nas soluções de pré e pós-impressão.

Textília: Especialistas dizem que a indústria 4.0 ainda é uma realidade distante para a maioria das fábricas têxteis da América Latina. Na sua opinião, qual é o maior desafio para os fabricantes de máquinas conquistarem esse mercado? Falta de mão de obra qualificada nas indústrias, baixo nível tecnológico, dificuldade de financiamento ou instabilidade econômica nesses países?

Zucchi: Todos os motivos mencionados contribuem para dificultar os investimentos na área. No entanto, a América Latina continua sendo um mercado de grande interesse para os fabricantes de máquinas têxteis. Existem muitas oportunidades que ainda precisam ser aproveitadas por nossas empresas. A Acimit está particularmente atenta aos desenvolvi- mentos nos vários países da região e, recentemente, em conjunto com a Agência Italiana de Comércio, organizou um grupo de empresas italianas na Expotextil Peru (feira realizada de 24 a 27 de outubro, em Santiago de Surco), provendo diversas missões de delegações de empresários têxteis sul-americanos aqui na Itália.

Textília: No atual contexto, é possível uma fiação com máquinas avançadas trabalhar com uma tecelagem com máquinas obsoletas?

Zucchi: A integração entre as diferentes etapas é uma condição indispen- sável para evitar desperdícios e custos desnecessários. Mas essa é uma consideração válida antes mesmo da revolução 4.0.

Textília: As máquinas italianas apresentadas na ITMA ofereciam plataforma de gerenciamento inteligente, sensores incorporados na máquina, manutenção preditiva etc. Para uma fábrica com instalações de 15 ou 20 anos, é possível atualizar os sistemas existentes sob o conceito 4.0 ou é necessário comprar novas máquinas?

Zucchi: É um discurso complexo que não pode ser generalizado. É necessário avaliar o caso individualmente. É claro que novas tecnologias também podem ser instaladas em máquinas mais antigas, porém resta verificar a real eficácia dessas intervenções.

Textília: A produção em larga escala não é mais atraente porque os consumidores estão mudando hábitos, preferindo compartilhar e reutilizar em vez de comprar novos produtos. Como a indústria de máquinas está reagindo a essa tendência?

Zucchi: Estamos na era do conhecimento, do compartilhamento. É uma revolução no modo de escolha da compra, que não se refere apenas ao setor de vestuário. A economia circular também trará mudanças para o setor de máquinas têxteis. São necessárias soluções adequadas para facilitar a reutilização de materiais, tanto em nosso processo de produção quanto no de nossos clientes.

Textília: A mistura de fibras de diversas matérias-primas, o aumento do uso de elastano nas peças e a incorporação de novos elementos, como o grafeno nos tecidos, são desafios para os processos conven- cionais de fiação, tecelagem e acabamento. Como os fabricantes estão desenvolvendo tecnologia híbrida para atender a essas necessidades?

Zucchi: A história das máquinas têxteis, em particular a italiana, está cheia de informações que permitem às nossas empresas fornecer a seus clientes soluções personalizadas para suas demandas específicas. O setor têxtil está evoluindo para o uso de novos materiais e novos processos, e a indústria italiana de máquinas têxteis está pronta para colaborar com seus clientes e oferecer suporte total, mesmo nesse cenário de produção em mutação. 

Textília: Qual a participação do Brasil e da América Latina na compra de máquinas italianas hoje? As vendas para este mercado foram mais virtuosas ou estão estagnadas?

Zucchi: A América Latina absorve cerca de 6% das exportações italianas, representando cerca de 111 milhões de euros (dados de 2018). O Brasil é o principal mercado da região para empresas italianas. Em 2018, exportamos 37 milhões de euros em máquinas têxteis. Os dados mais atualizados, referentes ao período de janeiro a julho de 2019, indicam uma queda nas exportações italianas para a região de 7%.

Textília: Em 2020, a Febratex, maior feira latino-americana de máquinas têxteis, será realizada no Brasil. Qual será a participação italiana neste evento? A Acimit está planejando alguma ação para o mercado brasileiro?

Zucchi: Como sempre, esta importante feira brasileira atrai o interesse de muitas empresas italianas, que participam do evento por meio de seus agentes ou com estande próprio. A Acimit não estará presente, mas for- necerá suporte às empresas associadas. Na região, apoiaremos a Agência Italiana de Comércio a criar um “Punto Italia” na Colombiatex em 2020. Em relação ao Brasil, destaco que, em 2018, recebemos na Itália uma delegação muito qualificada de empresas têxteis brasileiras. Pg09a12

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Publicado em Revista Textília - Edição 114
Por: Marcia Mariano

Data de publicação: 05/12/2019

Galeria de fotos desta matéria

Conteúdo relacionado


Grupo Kyly inaugura projeto que abre as portas da fábrica ao público
O Grupo Kyly acaba de inaugurar a Estação Kyly. Por meio da tecnologia de realidade virtual proporcionará aos visitantes uma verdadeira imersão em seu processo produtivo, acompanhando um floco de algodão desde a saída da plantação até a fabricação de uma peça de roupa. A atração estará disponível a partir do dia 11 de março.  2021-02-26 - Tags: grupo kyly realidade aumentada claudinei martins estacao kyly realidade virtual

Novozymes doa 100 computadores para crianças e adolescentes
Incentivar o estudo, a cultura e a pesquisa é uma das propostas das atividades sociais da Novozymes, multinacional dinamarquesa que atua no segmento da biotecnologia (enzimas e microrganismo), Marista Escola Social Ecológica que atende gratuitamente mais de 300 crianças e adolescentes. Neste ano, a empresa está doando cerca de 100 laptops para os alunos da escola.  2021-02-25 - Tags: novozymes marista escola social ecologica biotecnologia novozymes latin america

Sinditec completa 32 anos de atividades para promoção do setor têxtil paulista
O Sinditec (Sindicato das Indústrias de Tecelagem, Fiação, Linhas, Tinturaria, Estamparia e Beneficiamento de Fios e Tecidos de Americana, Nova Odessa, Santa Bárbara d´Oeste e Sumaré) completou 32 anos de atividades dia 10 de fevereiro. O segmento têxtil continua sendo muito relevante nas cidades representadas pela entidade, região que concentra um dos maiores polos da indústria têxtil no Brasil e no Estado de São Paulo.  2021-02-24 - Tags: sinditec segmento textil producao tecidos 32 anos leonardo sant ana

Elastano 100% reciclado da Hyosung, creora® regen chama a atenção da Indústria de Denim
Sustentabilidade, rastreabilidade e transparência são assuntos que estão no topo da agenda da indústria de denim, as indústrias e marcas estão buscando fibras com soluções ecologicamente sustentáveis para ajudá-los a criar produtos que possam ser reconhecidos como ecologicamente corretos e produzidos de maneira mais responsável.  2021-02-23 - Tags: hyosung elastano creora tejidos royo jose r royo hyosung textiles

EFI Reggiani mostra oportunidades para impressão têxtil no mercado brasileiro
A Conferencia Global EFI Engage, realizada de 25 de janeiro a 5 de fevereiro, promoveu em sua plataforma on-line uma imersão no mundo da impressão digital; com uma maratona de lançamentos e difusão de conhecimento tecnológico. Para falar sobre o evento e seus resultados, o Portal Textília conversou com Adele Genoni – vice-presidente e gerente geral da EFI Reggiani, cuja sede fica na Itália.  2021-02-22 - Tags: conferencia global efi engage efi reggiani adele genoni entrevista exclusiva

Presidente da Abit é o convidado do primeiro episódio do Têxtil Show
Um setor considerado um dos pilares da economia brasileira, que gera mais de 16% dos empregos no país e agora enfrenta os impactos da crise sanitária e econômica. É esta a realidade do mercado brasileiro de moda, da indústria ao vestuário, e que agora conta com um talk show exclusivo para debater boas práticas, tendências e negócios do segmento.  2021-02-19 - Tags: fernando pimental abit busca textil talk show pimentel textil show

Grupo Elian reduz custos com ações focadas em sustentabilidade e consumo consciente
Desde 2014, o Grupo Elian, indústria têxtil de Jaraguá do Sul (SC) - com mais de 30 anos de atuação e cerca de 750 colaboradores, coloca em prática uma iniciativa que, em 2019, foi reformulada e ganhou o nome de Grupo de Melhorias. Neste programa, os colaboradores se reúnem em equipes de até sete participantes, acompanhados de uma liderança, e apresentam projetos dentro dos pilares propostos, que podem ser de sustentabilidade, otimização de tempo, economia financeira, entre outros.  2021-02-17 - Tags: grupo elian caique menezes dos santos sustentabilidade acoes

Metalock oferece serviços de manutenção de equipamentos para a indústria
Empresa com 63 anos de história, a Metalock Brasil oferece soluções diferenciadas em manutenção de equipamentos em diversos setores Industriais, incluindo o têxtil, naval e offshore. A empresa executa serviços de manutenção preditiva, preventiva e corretiva, além de inspeções obrigatórias e comissionamentos.  2021-02-12 - Tags: metalock brasil reparo a frio metalock metalock international association

Hyosung finaliza participação na Colombiatex com sua marca de elastano creora®
Encerrou na última semana a versão digital da feira Colombiatex de las Américas, a principal feira de moda da América Latina voltada a tecidos e matéria prima.vUm dos destaques foi a Hyosung Brasil, empresa líder mundial em elastano que apresentou toda sua tecnologia do elastano creora®, linha de fios que já respondem pela comercialização em 65% das empresas têxteis e de confecção no mercado brasileiro bem como em mais de 50% do mercado Colombiano, além de  2021-02-12 - Tags: colombiatex de las americas hyosung brasil jesse moura araquari

Coteminas e COB lançam projeto inédito sobre a influência do sono na performance de atletas
A Coteminas, que através da sua marca Persono propõe um olhar científico para a saúde e a qualidade do sono dos brasileiros, acaba de anunciar parceria inédita com o Comitê Olímpico do Brasil (COB) e, assim, levar seu projeto inovador de conscientização, monitoramento e detecção dos distúrbios do sono ao mundo dos esportes.  2021-01-29 - Tags: coteminas persono ateltas desempenho sono cob josue gomes

Novo livro sobre Classificação Fiscal de Mercadorias Têxteis
Fábio Fatalla, bacharel em Engenharia Mecânica Têxtil pela FEI e diretor da Interface Engenharia Aduaneira, e o professor Fernando Barros de Vasconcelos, graduado em Engenharia Têxtil pela FEI, com mais de 40 anos de experiência no setor, lançaram o livro Classificação Fiscal de Mercadorias Têxteis na Nomenclatura Comum do Mercosul.  2021-01-26 - Tags: classificacao fabio fatalla fernando barros engenharia textil textil mercosul

Instituto Hohenstein comemora 75 anos de serviços para o setor têxtil
Parceiro de testes e pesquisa têxtil, o Instituto Hohenstein, Alemanha, celebra este ano o seu 75º aniversário. Conduzido pela terceira geração dos fundadores, a empresa planeja expandir sua base para o futuro. O proprietário, Prof. Dr. Stefan Mecheels, está orgulhoso: "Nosso lema, ‘We live textiles’, expressa exatamente o que nos tornou especiais por muitas décadas - nosso entusiasmo pelos têxteis e a oportunidade de fornecer soluções que fazem a diferença no mundo."  2021-01-18 - Tags: instituto hohenstein alemanha stefan mecheels hohenstein oeko tex 75 anos

Delta Máquinas Têxteis projeta 50% de crescimento para 2021
Em 2020, apesar da crise, a Delta Máquinas, com sede em Pomerode (SC), especializada em máquinas, acessórios e softwares para produção têxtil aumentou faturamento em 7,5% e expandiu atuação no mercado. Presente em nove países da América Latina, a marca expôs seu portfólio em grandes feiras mundiais, como a ITMA (Itália e Espanha), Emitex (Argentina), Expotextil (Peru,) Colombiatex (Colômbia), Exintex (México) e a Febratex(Blumenau), o que garantiu crescimento anual de 30% no faturamento anual entre 2017 e 2019.  2021-01-13 - Tags: delta maquinas pomerode fabio kreutzfeld

Roland DG fecha 2020 com saldo positivo
Que 2020 foi ano difícil para economia mundial todos sabemos, por isto as empresas que conseguiram fechar o ano no positivo se destacam no mercado. É o caso da Roland DG com mais 30 anos no mercado brasileiro, se destacou por sua solidez e maturidade na condução dos negócios.  2021-01-11 - Tags: roland dg balanco 2021 clayton tecnologia

Lenzing é campeã em sustentabilidade na Lista CDP 2020
O Grupo Lenzing, com sede na Áustria, foi reconhecido pelo CDP ambiental, organização global sem fins lucrativos, garantindo lugar na prestigiosa ‘A List CDP 2020’, que visa estimular as empresas a reduzir emissões de gases de efeito estufa, bem como agir para proteger as florestas.  2021-01-08 - Tags: paul simpson sustentabilidade grupo lenzing tencel celulose

Evelin Wanke é a nova diretora de vendas da Epson
No mês de dezembro, a Epson do Brasil anunciou que Evelin Wanke, ex-gerente de negócios da empresa, foi promovida à diretora de vendas. Na Epson há quase 10 anos, ela foi responsável pelo desenvolvimento de novos mercados com grande foco nos segmentos de Comunicação Visual e Têxtil.  2021-01-06 - Tags: evelin wanke diretora de vendas epson do brasil

Karl Mayer faz primeira exposição de produtos Stoll na China
A Karl Mayer apresentou a tecnologia de máquinas retilíneas em uma feira interna, realizada de 17 a 19 de dezembro, na fábrica de Changzhou, na China. Esta foi a primeira mostra para o mercado chinês, após a empresa líder em malharia de urdume ter adquirido, em fevereiro de 2020, a fabricante Stoll de teares planos para tricô.  2021-01-05 - Tags: karl mayer china malha malha de urdidura

ABINT conta com nova diretoria
A Associação Brasileira das Indústrias de NãoTecidos e Tecidos Técnicos (ABINT) anuncia a posse da nova diretoria para o biênio 2020-2022. Carlos Eduardo Benatto, executivo da Fibertex, se mantém na presidência da entidade por mais um biênio. Segundo ele, contribuir para o fortalecimento do setor brasileiro de nãotecidos é um dos principais pilares de sua gestão. "Seguimos na difusão dos trabalhos da ABINT, voltados ao desenvolvimento do potencial mercado ainda não desenvolvido e à proteção dos interesses do setor para seu desenvolvimento competitivo", destaca Benatto.  2020-12-17 - Tags: associacao brasileira das industrias de naotecidos e tecidos tecnicos abint naotecidos tecidos tecnicos carlos eduardo benatto

Christian Straubhaar é o novo gerente de vendas da Rieter
Christian Straubhaar assumirá a posição como vice-presidente Sênior da Rieter Machines & Systems, em Winterthur (Suíça) no dia 1 de janeiro de 2021, sucedendo Reto Thom que se irá se aposentar. Straubhaar tem mestrado em Engenharia Industrial e Administração pelo Instituto Federal Suíço de Tecnologia, em Zurique (ETH) e é executivo de vendas com 20 anos de experiência na indústria têxtil.  2020-12-16 - Tags: christian straubhaar rieter machines & systems grupo itema

Automação avançada da Monforts é implantada em fábrica na Turquia
A Hamle, empresa têxtil turca, instalou uma nova linha de tingimento Monforts Thermex como parte de sua estratégia contínua de investimento. A fábrica, localizada na cidade de Çorlu, já abriga uma rama Montex de dez campos e duas linhas de sanforização Monforts nas quais a empresa realiza uma extensa gama de processos de acabamento.  2020-12-14 - Tags: hamle monforts thermex tingimento rama montex