Language
home » têxtil »

Conjuntura

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Reunião do CTG da ABINT

A ABINT, fundada em 1991, é uma entidade que tem entre seus objetivos principais os de organizar, promover e incentivar o ensino, a formação e a especialização de profissionais dos mais variados setores do desenvolvimento e aplicação de Nãotecidos e Tecidos Técnicos.

Cumprindo esta filosofia os seus Comitês Técnicos trabalham ativamente a elaboração de Normas, a participação em Congressos, Seminários, e na organização de Encontros Técnicos, e outras ações.

O CTG nasceu em 22 de setembro de 1999, como Comitê Técnico Geotêxtil da ABINT, com o objetivo específico de ampliar o desenvolvimento tecnológico dos Geotêxteis, e seu potencial de uso.

Na época, as associadas pioneiras deste trabalho foram as empresas Amoco, Bidim, Ober, e Santa Fé.

Fruto deste trabalho, em janeiro de 2001 foi lançado o inédito CBG – Curso Básico de Geotêxteis, de autoria do Eng. José Carlos Vertematti, com 90 páginas técnicas, porém de cunho e linguajar simples, que esgotaram o assunto, tratando desde fabricação, propriedades e funções, até projetos, dimensionamento e especificação.

Na época foi amplamente divulgado, e sugerida a sua utilização como texto básico nos cursos de graduação de engenharia, arquitetura, e cursos técnicos, e também em cursos de especialização.

Em cima desta realização dos Geotêxteis, o impacto positivo destas ações no mercado refletiu-se na ampliação do CTG, que, de Geotêxteis, passou em 30 de outubro de 2000 a chamar-se Comitê Técnico de Geossintéticos, açambarcando assim toda a gama destes materiais, e não atendo-se apenas aos Geotêxteis.

Nesta nova configuração, na época juntaram-se à Amoco, Bidim, Ober, e Santa Fé, as associadas Cipatex, Engepol, Huesker, Maccaferri, OPP (hoje Braskem), e Sansuy.

Nas discussões da necessidade da formação do CTG - Comitê Técnico de Geossintéticos, alguns dos objetivos implícitos eram o de unir as forças das empresas e a energia dispendida, especialmente das indústrias, em prol do desenvolvimento mercadológico e potencial deste importante segmento, os Geossintéticos. 

A consciência de todos sempre foi a de que, para os Geossintéticos, não haveria crescimento mercadológico sem um forte embasamento técnico-científico, e esta sempre foi a tônica do grupo de empresas que formaram e participam ativamente do nosso CTG.

 

Nos primórdios das discussões do CTG, vários temas e projetos foram discutidos, mas sempre se destacou a necessidade de se estender o conhecimento sobre os Geossintéticos ao público especificador e usuário, da forma mais massiva e correta possível; daí nasceu a idéia de se escrever e editar o MBG - Manual Brasileiro de Geossintéticos, uma tarefa árdua e por si só não muito fácil, mesmo contando em nossa comunidade de Geossintéticos com uma vasta gama de bem preparados especialistas.

Foi um grande desafio, enfrentado e conduzido pelo CTG de forma exemplar, jamais vista talvez em um grupo formado por empresas muitas vezes concorrentes entre si, mas no seu íntimo com um espírito de equipe e ética muito fortes.

 A visão do CTG sempre foi a de focar o mercado e seus usuários. 

Esse primeiro MBG tornou-se realidade em 2004 e hoje, passados quase 12 anos de seu pioneirismo, vimos a necessidade de mercado de atualizá-lo e ampliá-lo, o que foi feito com o mesmo denodo e dedicação, e concretizado ao final de 2015.

Essa atualização e ampliação refletiu-se numa obra que passou de 27 para 34 autores, e de 413 para 570 páginas.

Neste momento, torna-se difícil citar tantos colaboradores para as justas homenagens e agradecimentos, como aos Autores, à diretoria e funcionários da ABINT, e muitos outros, mas com a licença de todos cabe uma especial citação a quatro profissionais que foram de uma importância impar na condução dos trabalhos, o Eng. José Carlos Vertematti, Coordenador do MBG, o Eng. Lavoisier Machado, Coordenador do CTG na 1ª edição do MBG, e os Engs. Vinicius Benjamim e Fabricio Zambotto, Coordenadores do CTG na 2ª edição do MBG.

Na história do CTG, enfatizamos a importância dos trabalhos conduzidos pelo Eng. Victor Pimentel, também como Coordenador do Comitê, no caso entre as 1ª e 2ª edições do MBG.

Em nome da ABINT - Associação Brasileira das Indústrias de Nãotecidos e Tecidos Técnicos), gostaria de aqui deixar registrados os nossos especiais agradecimentos às empresas associadas coeditoras do livro e componentes do CTG: Bidim, Braskem, Cipatex, Huesker, Maccaferri,  Ober, Sansuy e Santa Fé. pelo apoio incondicional emprestado à realização deste projeto, sem o qual jamais teríamos alcançado o objetivo final de colocar à disposição do mercado o MBG – Manual Brasileiro de Geossintéticos, 2ª edição atualizada e ampliada, que pela excelência da obra, com certeza será referência tanto no meio acadêmico quanto no prático de mercado. 

Por último, como ativo participante do CTG e da ABINT, desde a fundação de ambos, noto que já evoluímos bastante no que tange aos aspectos tecnológicos do uso e especificação dos Geossintéticos, mas tendo em mente a busca da melhoria contínua, sempre, creio que é o momento de nos dedicarmos mais aos aspectos da garantia da qualidade, por parte de nós fabricantes, e mais também aos aspectos de regulação das especificações e usos de tais produtos !

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Laerte Guião Maroni
Diretor de Relações Externas da ABINT

Data de publicação: 23/03/2016

Galeria de fotos desta matéria

Conteúdo relacionado


Sinditec participa do lançamento da Frente Parlamentar da indústria têxtil e de confecção
O presidente do Sinditec – sindicato que representa o setor têxtil de Americana e Região, Dilézio Ciamarro, participou no dia 9 de maio do lançamento da Frente Parlamentar Mista José Alencar para o Desenvolvimento da Indústria Têxtil e de Confecção, liderada pelo Deputado Federal Marcos Pereira (PRB/SP) e pelo Senador Esperidião Amin (PP/SC).  2019-05-10 - Tags: sinditec dilezio ciamarro frente parlamentar mista jose alencar abit

Setor têxtil frustra expectativas no primeiro trimestre
A indústria têxtil abriu o ano com produção em queda de – 5,5% em relação a janeiro de 2018. No setor de confecção o desempenho também foi ruim, -2,3%. O único dado destoante foi o crescimento do emprego no setor, com a criação de 15.324, entre janeiro e fevereiro de 2019.  2019-04-05 - Tags: confeccao industria textil politicas industriais e economicas da abit renato jardim governo bolsonaro

Coalizão Indústria se encontra com Presidente Bolsonaro e equipe econômica
A Coalizão Indústria, grupo formado por 11 entidades setoriais, incluindo a Abit- Associação Brasileira da Indústria Têxtil e Confecção, se reuniu, no dia 25 de março, com o Presidente da República, Jair Bolsonaro, e com os ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, para uma avaliação do andamento da Agenda Brasil, defendida pela indústria nacional.  2019-03-29 - Tags: coalizao industria abit paulo guedes jair bolsonaro onyx lorenzoni reforma da previdencia abicalcados

Setor de máquinas encerra 2018 com crescimento de 7,1%
Após cinco anos consecutivos de queda na receita dos fabricantes de máquinas e equipamentos, que levou o setor a encolher 47% no período, o ano de 2018 encerrou com crescimento de 7% em relação a 2017. Os dados foram divulgados ontem (29/01) pala Abimaq, entidade que representa a indústria brasileira de bens de capital.  2019-02-01 - Tags: abimaq maquinas texteis balanco 2018 resultado 2018 maquinario no brasil fabricantes de maquinas e equipamentos

Chile conclui negociações para acordo de livre comércio com o Brasil
Após quatro rodadas de negociações, iniciadas em junho deste ano, foram concluídas, na última semana em Santiago, as negociações para a obtenção de um Acordo de Livre Comércio (ALC) entre o Chile e o Brasil. Trata-se de um documento de nova geração que inclui disciplinas modernas que regulam e facilitam o comércio internacional.  2018-10-30 - Tags: acordo de livre comercio chile brasil sebastián pinera rodrigo yanez importacoes exportacoes comercio exterior

Produção mundial de fios e tecidos diminuiu em 2018
Relatório da ITMF (International Textile Manufacturers Federation), divulgado em agosto deste ano, informa que a produção mundial de fios diminuiu (-9%) entre quarto trimestre de 2017 e o primeiro trimestre de 2018.  2018-10-23 - Tags: international textile manufacturers federation itmf producao global de tecidos fios tecidos

Resolução define novo cronograma de implantação do eSocial
Empresas com faturamento inferior a R$ 78 milhões em 2016, não optantes pelo Simples, devem estar atentas ao início da segunda fase do eSocial. A partir desta quarta-feira (10), os empreendimentos que integram esse grupo devem informar os dados dos trabalhadores, bem como os seus vínculos empregatícios ao sistema.  2018-10-11 - Tags: esocial projeto esocial ministerio do trabalho comite diretivo do esocial

Desemprego no setor têxtil e de confecção se acentua em agosto
A indústria têxtil e de confecção registrou fechamento de 2.738 vagas no mês de agosto, conforme apontou o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho, divulgado na última sexta-feira (21). No acumulado do ano, o resultado também é negativo, indicando 1.914 demissões, contrariando a expectativa de criação de novos postos de trabalho.  2018-09-28 - Tags: caged abit ministerio do trabalho ibge industria têxtil desemprego confeccao

Empresas brasileiras projetam crescimento modesto para 2018
Mesmo com o cenário desafiador, em decorrência da incerteza associada com o momento político-econômico, as empresas brasileiras de médio porte continuam mostrando otimismo e apostam na melhoria de seu desempenho para este ano. Isso é o que mostra o Growth Barometer, estudo realizado pela consultoria EY (Ernst & Young) com executivos de mais de uma centena de empresas brasileiras.  2018-08-17 - Tags: ernst & young growth barometer conjuntura industria textil brasil leonardo donato

Guerra comercial EUAxChina aumentará pressão no governo brasileiro
A tensão comercial global e o cenário de guerra entre os Estados Unidos trazem uma pressão extra para o novo governo brasileiro eleito em outubro. A Câmara Americana de Comércio (Amcham) entrevistou 130 executivos de empresas com operação no Brasil e identificou que 66% deles já trabalham com cenário de risco e impacto econômico e comercial nos negócios do País.  2018-08-03 - Tags: amcham deborah vieitas camara americana mercosul eua china

Em carta CNI defende acordo entre Mercosul e Aliança do Pacífico
A Confederação Nacional da Indústria (CNI), entidade que representa a indústria brasileira, enviou uma carta ao embaixador Paulo Estivallet de Mesquita, Subsecretário-geral da América Latina e do Caribe do Ministério das Relações Exteriores, em que defende o aprofundamento da agenda de acordos comerciais entre o Mercosul e a Aliança do Pacífico.  2018-07-25 - Tags: confederacao nacional da industria ministerio das relacaes exteriores alianca do pacifico paulo estivallet de mesquita cni

Aplicativo do MTE aproxima empregador e trabalhador
O Sine Fácil Empregador, lançado na quarta-feira (23/05) pelo ministro do Trabalho, Helton Yomura, é um dos destaques das ações de governo para estimular o emprego no país, cujo pacote inclui novas estratégias de expansão do Programa de Microcrédito e intensificação de cursos online para qualificação do trabalhador.  2018-05-25 - Tags: pnmo ministerio do trabalho helton yomura programa de microcredito sine facil empregador

Brasil concede mais de 25 mil autorizações de trabalho para estrangeiro em 2017
O Ministério do Trabalho concedeu 25.937 autorizações de trabalho para estrangeiros em 2017, sendo 24.294 autorizações temporárias e 1.006, permanentes. Os Estados Unidos ocupam o topo do ranking entres os países emissores de mão de obra estrangeira para o Brasil, com 5.098 autorizações de trabalho.  2018-03-16 - Tags: ministerio do trabalho conjuntura brasil mercosul america latina obmigra cnig hugo gallo

Cresce investimentos em São Paulo e indústria lidera tomada de crédito
A economia do Estado de São Paulo está se recuperando mais rápido do que se previa. É o que mostra o balanço anual da Agência de Desenvolvimento Paulista (Desenvolve SP). A instituição financiou 25% mais em 2017 do que em 2016, registrando R$ 352,7 milhões em desembolsos no período.  2018-02-27 - Tags: sustentabilidade inovacao desenvolve sp milton luiz de melo santos industria conjuntura mercado

Produção do setor têxtil e de confecção aponta recuperação
A produção física do segmento têxtil cresceu 4,2% e da confecção, 5,5%, nos quatro primeiros meses do ano comparado com o mesmo período de 2016. Os dados, que são elaborados pela Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), reafirmam a tendência de recuperação que se verifica no setor.  2017-08-23 - Tags: producao textil confeccao recuperacao abit segmento

Últimos bens da Suape Têxtil serão leiloados por R$ 7,1 milhões
Os últimos bens da extinta Suape Têxtil - fábrica que funcionou durante 20 anos no Cabo de Santo Agostinho - vão a leilão nos dias 31 de agosto e 11 de setembro.  2017-08-22 - Tags: suape textil leilao milhoes bens falencia inova leilao

Senac Moda Informação promove laboratório sobre design de superfície têxtil no SMI
A novidade compõe a programação do evento e será comandada por Joy Pires, integrante do Fashion Futures Brasil  2017-08-15 - Tags: senac moda informacao laboratorio superficie textil smi evento programacao joy pires

Haco apoia WGSN Futures em São Paulo
O WGSN Futures é um evento mundial, com edições já realizadas nas cidades de Hong Kong, Londres e São Paulo, e ainda ocorrerá também em Tóquio e Nova Iorque.  2017-08-10 - Tags: haco wgsn patrocinio apoio hong kong londres sao paulo toquio nova iorque

João Braga toma posse na academia brasileira de moda
Professor da FAAP assumiu a cadeira 39, cujo patrono é Caio de Alcântara Machado  2017-08-07 - Tags: joao braga academia brasileira de moda patrono caio de alcantara machado

Stäubli completa 125 anos de paixão pela inovação
Depois de iniciar uma pequena oficina em 1892, a Stäubli tornou-se um parceiro industrial líder em soluções e tecnologias mecatrônicas de alta qualidade. Com três atividades dedicadas - Conectores, Robótica e Têxtil - A Stäubli é valorizada por clientes industriais em todo o mundo por seus produtos de alta qualidade e tecnologias de ponta.  2017-08-02 - Tags: staubli aniversario 125 anos paixao inovacao clientes tecnologia textil conectores robotica qualidade ponta