Language
home » moda & varejo »

Ponto de Vista

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Varejo digital: reavaliando propósitos e estratégias de negócios

Em 2020, o varejo e todo seu ecossistema receberam o impulso que necessitavam para rever prioridades, estabelecer novos objetivos e acelerar mudanças que estavam previstas para acontecer em algum momento, mas que ainda eram adiadas. Está sendo como fazer em alguns meses ou semanas o que estava previsto para dois ou três anos.

A Covid-19 nos impôs um novo momento, com uma crise global sem precedentes em termos de abrangência e velocidade. Ao impactar todos os seres humanos, a pandemia faz com que nosso modo de vida, nossas atitudes, comportamentos, princípios e valores sejam reavaliados, repensados ou adequados.

As autoridades de todos os países revisitaram suas prioridades e ajustaram seus planos de contingência, visando a preservação da vida, proteção e cuidados com a saúde de seus cidadãos. Da mesma forma somam agora esforços para manter a estabilidade da economia, dentro das possibilidades e dos limites da razoabilidade.

Saúde, educação, consumo, lazer, segurança, moda, relacionamentos, entretenimento e tudo mais que rege o estilo de vida das pessoas, passam agora por uma revisão compulsória, que simultaneamente estabelecem a necessidade de mudança de mentalidade e promovem a evolução em temas que, em condições normais, demorariam muito mais para se concretizar.

Acelerar e acelerar

A aceleração da digitalização é o mais acentuado resultado desse momento. Projetos vislumbrados para o futuro foram implementados em poucos meses ou semanas. A transformação digital tem a oportunidade de se concretizar em definitivo, anulando de vez qualquer dúvida em relação à sua importância para manter a sobrevivência.

Grande parte das mudanças impostas por essa realidade não são temporárias e se consolidarão de maneira rápida como componentes de um ‘novo normal’ que, por um lado, alterará profundamente a forma de funcionamento de grande parte do que conhecemos hoje, e por outro, nos levará a uma era de maior empatia e atenção com as pessoas a nosso redor.

People centric

Não vivemos mais somente uma cultura de customer centric, onde o cliente está no centro das atenções. Entre os vários aprendizados que a pandemia vem nos proporcionando, embora com custo muito alto quando se pensa na perda de vidas humanas, é que, de fato, o mais importante são as pessoas, sejam elas clientes, colaboradores, parceiros, fornecedores e a sociedade de forma geral. As empresas não podem mais pautar suas ações em estratégias focadas apenas em customer centric, mas sim devem revisitar seus propósitos sob uma visão people centric. Caso contrário, o próprio mercado e a sociedade de forma geral cobrarão o preço desse não aprendizado.

As empresas estão tendo que se reinventar e repensar como se relacionam com seus clientes e com o mercado de uma forma ampla. Ainda que o cenário pós Covid-19 apresente um alto nível de incerteza, o varejo continuará trabalhando para ampliar as vendas, empregando pessoas e cumprindo o importante papel para uma economia forte, em que responde por dois terços do PIB do País, empregando um em cada cinco brasileiros.

A situação que vivemos hoje traz insumos preciosos associados a mudanças profundas na sociedade, e particularmente, nos hábitos de vida e consumo, que deverão ser levadas em consideração nessa estratégia de adequação e transformação. Mesmo antes do coronavírus, as empresas já tinham a percepção de que se permanecessem estagnadas, enraizadas em modelos de negócio que foram vencedores no passado, estariam caminhando rumo à extinção.

Caminho sem volta

Empresas ligadas ao ecossistema do varejo – e que resistiam em aceitar e adotar ações ligadas a transformação digital - já vinham perdendo terreno antes da pandemia, não somente no que se refere a clientes que, pouco a pouco, deixavam de ser fiéis, mas também a parceiros, fornecedores e à sociedade de forma geral, cada vez mais se adequando aos movimentos de evolução sem volta promovidos pela transformação digital. Nunca foi tão importante entender a amplitude do significado dessa transformação nas empresas.

No entanto, essa mudança não é simples. É necessário que os varejistas e outras empresas que atuam na cadeia mudem sua perspectiva, vendo as ações de transformação não estritamente como projetos de tecnologia, mas, sim, como uma maneira de todos trabalharem em conjunto para promover o engajamento digital das pessoas em todos os pontos do processo, de forma a atravessar este momento difícil e se manter no jogo no período que se seguirá.

Todos os elos da corrente importam

Além da inegável importância social e econômica do segmento de varejo em qualquer parte do mundo, neste momento em que receber mantimentos, remédio e itens diversos de consumo pode representar a garantia de saúde, bem-estar e até mesmo da própria vida, é fundamental que toda a engrenagem funcione como se espera.

A resistência de uma corrente é exatamente igual à resistência de seu elo mais fraco. Para que tudo funcione como necessário, particularmente agora, é vital que elos como produção, beneficiamento, importação, recebimento, armazenamento, separação, expedição, pontos de venda físicos e virtuais, logística de distribuição e suporte aos clientes finais, assim como suporte às transações financeiras que permeiam todo o processo, funcionem adequadamente. A adoção de soluções de tecnologia em uma visão digital é o caminho correto para manutenção de todos os elos da cadeia funcionando adequadamente e atendendo às expectativas de todos os stakeholders.

Quais as melhores soluções

Em um passado não tão remoto, o mercado oferecia soluções em tecnologia para os negócios em uma quantidade relativamente pequena. Por um lado, essa situação era boa porque mantinha-se o foco na solução de problemas clássicos de cada segmento. Por outro lado, era uma situação desfavorável porque, com opções reduzidas, as empresas ficavam com poucas alternativas de negociação com os pouquíssimos players detentores dos direitos daquelas tecnologias.

Hoje, a gama de soluções de tecnologia à disposição é incrivelmente maior. Se por um lado as empresas têm mais opções, por outro, uma decisão equivocada pode limitar ações necessárias, pouquíssimo tempo após uma primeira contratação.

Recomenda-se, portanto, que neste momento em que estamos revisitando vários temas dentro de nosso negócio e que temos à disposição uma grande quantidade de soluções disponíveis no mercado, usemos nossa inteligência natural para ancorar mais inteligência ao negócio, com soluções e processos de alta qualidade, que permitam a composição de criatividade com o que está sendo chamado de “combinatividade”. A capacidade de soluções se integrarem - de forma fácil e consistente - a sistemas legados e outras soluções é um ativo valioso para qualquer solução de tecnologia.

Por exemplo, a adoção de uma solução de e-commerce, que no passado se limitava a suportar uma loja virtual tradicional, deve ser pensada de forma a atender aos anseios das pessoas e da companhia, contemplar a possibilidade de combinação com desdobramentos do próprio modelo de negócio, que passe, eventualmente, a atender com canais online, não somente ao modelo B2C – Business to Consumer original, mas também suportar a adição e adoção de modelos B2E – Business to Employee, B2B – Business to Business, B2B2C – Business to Business to Consumer ou mesmo C2C – Consumer to Consumer.

Juntos somos mais fortes e inteligentes

Não é novo o conceito de que o trabalho colaborativo gera resultados muito melhores do que quaisquer iniciativas individuais. A atuação de squads multidisciplinares, que trabalhem rapidamente junto com as pessoas da companhia, redesenhando jornadas e usando métodos ágeis adequados, é, sem dúvida, um caminho que tem proporcionado resultados surpreendentes, principalmente neste momento de reavaliação de propósitos e estratégias. Essa perspicácia, baseada em lições aprendidas durante a pandemia, combina muito bem com uma frase atribuída a Jean Piaget, que diz “inteligência é algo que você usa quando não sabe o que fazer”.

Por: Nelson Soares, head de Retail & Logistic do Grupo Stefanini

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por: Nelson Soares

Data de publicação: 13/10/2020

Conteúdo relacionado


Covid-19 e o planejamento a curtíssimo prazo na produção industrial
Um dos maiores desafios da gestão da produção industrial com o advento da pandemia de covid-19 reside na dificuldade de planejar ações. De uma semana para outra, de cidade para cidade, empresas dos mais variados segmentos são autorizadas ou desautorizadas a funcionar de acordo com decisões administrativas focadas na saúde e/ou economia.  2021-04-07 - Tags: ricardo rossin montana quimica covid19 pandemia producao industrial

É papel da empresa se adequar às evoluções do perfil do consumidor atual
A existência de uma empresa está diretamente ligada às estratégias de vendas. Qualidade na entrega de um produto ou serviço, eficiência da equipe de gestão e logística soma muito, mas é a venda que sustenta todo o restante do organograma. Disponível no mercado, há hoje uma série de cursos, workshops, palestras e livros que, às vezes, a preços elevados, procuram vender soluções mágicas que sejam capazes de trazer mais clientes.  2021-04-07 - Tags: giordania tavares rayflex publicidade consumo consumidor estrategia ponto de vista abril 2021

Gerenciamento de riscos: o segredo da gestão
A economia global sempre esteve à mercê de vários fatores, alguns deles jamais imaginados. A pandemia expôs a fragilidade de economias que imaginávamos serem à prova de tudo. Quem imaginou ver o PIB da maior economia o mundo retrair 3,5% em 2020? Esse foi o pior índice dos Estados Unidos desde 1946, ano em que começava a se recuperar dos efeitos da Segunda Guerra.  2021-04-07 - Tags: ivan goncalves ponto de vista abril 2021 gerenciamento risco gestao

Cooperação é uma exigência em um mundo competitivo
Um tema que tem ganhado importância tanto em estudos sobre comportamento humano como também em discussões é a cooperação. Aplicada em conjunto com a colaboração é possível dinamizar o ambiente de trabalho e transformar uma empresa, tornando-a mais competitiva.  2021-04-07 - Tags: ponto de vista abril 2021 joao roncati cooperacao

ISO 9001:2015 tem potencial de aplicação do futuro em instituições públicas
Com o advento da internet e das redes sociais, uma miríade de informações é projetada sobre o gestor que, sem a capacidade de analisar todos os dados, pode tomar decisões que trarão dissabores para a própria organização. Embora o acesso à informação tenha crescido exponencialmente, o conhecimento aplicado ainda carece de ferramentas de gestão que minimizem os riscos associados à má gestão.  2021-03-10 - Tags: ivan goncalves iso 9001 2015 norma tecnica abnt nbr iso 90012015 ponto de vista

6 dicas para turbinar as vendas via marketplaces
Vender por meio de marketplace é hoje uma estratégia importante para lojistas online de todos os portes. Esses "shoppings virtuais" são gerenciados por uma empresa que arca com todo o trabalho de desenvolvimento da interface, criação do modelo de negócio, divulgação do site e crescimento da base de consumidores.  2021-03-10 - Tags: marcelo dantas ponto de vista marketplace vendas

Sustentabilidade na moda e Indústria 4.0: um olhar além do óbvio
Já tem algum tempo que o mercado e os consumidores vêm exigindo das marcas uma postura mais consciente. E para atuar dentro desta nova mentalidade, a tecnologia tem sido uma forte aliada. Agora que a chamada “moda verde” não é mais vista como uma tendência passageira, ela tende a se tornar um diferencial competitivo importante.  2021-03-10 - Tags: sustentabilidade industria 40 tecnologia ponto de vista fábio kreutzfeld

'Recomércio': um conceito que deve impactar negócios no varejo
O conceito de brechós de luxo ganhou um novo significado, inspirando uma tendência que ao longo de 2021 pode impactar negócios de diferentes vertentes, sobretudo, o varejo. O “Recomércio” – do inglês, recommerce – pode ser visto, pontuando novas em plataformas de revenda e estratégias de fidelização.  2021-03-10 - Tags: recomercio varejo tendencias sustentabilidade stella kochen susskind ponto de vista

Como a moda e os hábitos de consumo podem influenciar na sustentabilidade do planeta?
A pandemia trouxe à tona grandes reflexões sobre a vida em sociedade, principalmente em relação aos hábitos de consumo. Estando em casa por tanto tempo, a maioria das pessoas percebeu que o consumo exagerado era extremamente desnecessário, fazendo com que a compra de roupas, carros, entre outros produtos e serviços fossem revistos por muita gente.  2021-02-04 - Tags: pandemia sustentabilidade consumo ponto de vista gustavo loiola

Por que o frete se tornou o vilão das vendas online no Brasil?
É fato que, com a chegada da pandemia da COVID-19 e do isolamento social, as vendas online se tornaram muito mais frequentes. Um estudo da Ebit/Nielsen e Elo mostrou que o faturamento das vendas online registrou um aumento de 47% no 1º semestre de 2020.  2021-02-04 - Tags: isolamento social vendas online frete e commerce ponto de vista

Capacitação no modo on
À medida que for sendo superada a crise do novo coronavírus, com a retomada plena das atividades, uma das grandes prioridades, no Brasil e no mundo, será a recuperação dos mercados de trabalho, conforme evidencia o "Documento Político Covid-19", das Nações Unidas, recém-divulgado, no qual consta a perda de 500 milhões de empregos devido à enfermidade.  2021-02-04 - Tags: fernando valente pimentel abit capacitacao ponto de vista

Mundo corporativo deve se preparar para o 5G
Balanço divulgado pelo Ministério das Comunicações prevê que ainda no primeiro semestre deste ano será concluído no país o leilão do 5G . Segundo o presidente da Anatel, Leonardo Euler de Morais, esse deverá ser o maior leilão de direito de uso de radiofrequência da história do Brasil.  2021-02-04 - Tags: adriano filadoro 5g big data ponto de vista

A moda como um símbolo: o que existe por trás da roupa?
Para Hanayrá Negreiros, pesquisadora de moda e colunista da Elle Brasil, as roupas são como dispositivo de memória, história e cultura. As vestimentas carregam narrativas, sejam elas religiosas, políticas, culturais. A roupa conta uma história, seja de quem a faz, seja de quem a usa. Os consumidores procuram uma identidade e compram valores simbólicos.  2021-02-04 - Tags: renata domingues balbino munhoz ponto de vista fashion law

O que esperar para o setor de eventos pós covid-19
Um dos setores mais afetados pela crise econômica e social provocada pela pandemia, a paralisação dos eventos e feiras de negócios tem gerado consequências negativas para uma enorme cadeia de serviços. Certamente temos que considerar as mais de 1 milhão de vidas perdidas em todo o mundo e o sofrimento dos seus entes queridos.  2021-01-14 - Tags: giordana madeira febratex group ponto de vista

O futuro do varejo
Tudo que acontece na economia, na política, na sociedade e no meio ambiente afeta a performance do varejo. E a pandemia, por englobar todas essas esferas, está provocando grandes mudanças nos canais de venda e exigindo reflexões profundas dos gestores e lojistas.  2021-01-05 - Tags: wanda matos janeiro 2021 ponto de vista

Marketing digital industrial e o Instagram
Quando falamos de marketing digital no Instagram em qualquer mercado, é necessário saber que não se trata do número de seus seguidores, mas sim, do seu nível de envolvimento com o público.  2021-01-05 - Tags: ponto de vista instagram janeiro 2021 ricardo martins triwi

Que as indústrias mudem a forma como se relacionam com o meio ambiente
Tudo o que se produz causa algum impacto. Alimentos, roupas, eletrodomésticos, tudo, do essencial ao supérfluo, demanda exploração de recursos naturais como água, energia e solo. Caso não adotem soluções ambientais sustentáveis, algumas indústrias podem se tornar enormes poluidoras.  2021-01-05 - Tags: ponto de vista janeiro 2021 leo cesa melo

O valor da água: conheça a tecnologia por trás de sua reutilização na indústria
Nunca a sociedade valorizou tanto a água quanto nesta estiagem prolongada. Mas muitos desconhecem as técnicas envolvidas em seu tratamento no contexto industrial, de forma a aproveitar cada gota e devolver esse recurso tão precioso de volta à cadeia produtiva.  2020-11-30 - Tags: mateus souza ponto de vista agua reutilizacao sustentabilidade

Inovação e impressão digital: as mudanças enfrentadas pelo mercado têxtil brasileiro
A aceleração digital e a chegada de um novo perfil de consumidor, cada vez mais preocupado com o impacto ambiental e social daquilo que compra, tem impulsionado na moda novas práticas de produção. Se antes a produção em massa, com um alto nível de desperdício na ponta da cadeia têxtil, era tido como algo normal e passível de aceitação, um custo a ser pago para o desenvolvimento do fast fashion, hoje a prática é cada vez mais questionável.  2020-11-30 - Tags: impacto ambiental aceleracao digital global quimica e moda gqm felipe simeoni ponto de vista

Gestor de e-commerce e outras profissões que surgem na transformação digital
Os aplicativos para compras virtuais e os sites de comércio eletrônico, também conhecidos como Sistemas de E-commerce, estão rompendo com as barreiras físicas do comércio e atraindo cada vez mais empresas e consumidores, impactando diretamente os comerciantes tradicionais já instalados.  2020-11-30 - Tags: ponto de vista elton ivan schneider comunicacao ecommerce gestor de e commerce