Language
home » moda & varejo »

Ponto de Vista

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Inovação na indústria da moda no cenário pós Covid-19

As mudanças de comportamento que a pandemia do novo coronavírus e o isolamento social trouxeram à realidade é pauta em todos os setores. E com essa nova realidade, a indústria da moda, por sua natureza mais vulnerável, é uma das mais afetadas. Segundo dados do Infomoney, referente ao final do mês de março deste ano, a indústria têxtil teve uma queda de 91%. Isso se deve ao fechamento do comércio de serviços não essenciais e à crise econômica causada pelo desemprego e pela paralisação da atividade de produção.

No mercado da moda há 15 anos, o especialista em marketing e branding, D.J. Castro já colaborou com marcas conhecidas como Beagle, Von der Volke, Dudalina e entre outras. Ele analisa que, ao mesmo tempo em que a indústria da moda é uma das primeiras a serem afetadas, é também uma das que mais tem chances de se reinventar e responder rápido ao "novo normal". "Por mais que não sabemos a duração da pandemia, saber lidar com esse momento e enxergar as inúmeras possibilidades com a crise imposta por ela, é essencial. Oportunidades virão, e agarrá-las para inovar no setor é imprescindível", apronta Castro.

Etapas da crise

Segundo a Fundação Instituto de Administração (FIA), em nível macroeconômico, a crise econômica provocada pela Covid-19 se divide em quatro etapas: recolhimento, replanejamento, retomada e sustentação de empresas. Mas o que chama atenção de muitas pessoas, empreendedores, gestores e stakeholders é o crescimento significativo de alguns segmentos, e a criação de novas empresas, principalmente, no cenário da moda.

Os conceitos de inovação, destruição criativa e geração de valor foram usados por empresas de forma inteligente para criar novos espaços, conquistar mercados e novos negócios em plena crise. "Os consumidores são a chave de toda mudança. A forma como consumimos é o que vai definir o novo formato da moda, a população é que mudará a cultura do consumo", conta Castro. O especialista cita alguns exemplos de marcas catarinenses que inovaram em meio à crise econômica da Covid-19.

Free Force

Uma empresa genuinamente brasileira que tem sede em Pomerode, Santa Catarina. É uma loja de roupas e acessórios de alta tecnologia para ciclistas, com matéria prima de ponta e design exclusivo, que resultam em produtos de qualidade superior para todos que andam de bicicleta. D.J Castro explica que atuou diretamente no marketing digital da empresa buscando enxergar a demanda do público alvo. "Andar de bicicleta virou um prática de lazer na pandemia pois é uma esporte que permite diversão e que não causa aglomero social", aponta o especialista.

"Pensando nisso, foi feita a reestruturação de estratégias da empresa, buscando ter uma equipe de vendas mais especializada e próxima do cliente, resultado em um aumento efetivo de demanda para produtos de ciclismo ofertados pela merca. Para gerar mais resultados, também foram feitos conteúdos específicos para as redes sociais, com promoções para se conectar com o consumidor final. O resultado foi o crescimento do engajamento do público, especialmente no início da crise. A marca evoluiu no relacionamento com os clientes, lançando novos produtos, intensificando o engajamento nas redes sociais com uma equipe de atendimento e comercial mais presente e disponível para lojistas, gerando, assim, um crescimento de mais de 50% nas vendas diretas", explica Castro.

Bandana Brasil

Produto simples, de alto apelo e giro rápido, a Bandana Brasil, empresa de Pomerode (SC), foi criada no meio da pandemia para vender bandanas e acessórios criativos. A empresa desenvolveu uma bandana multiuso que pode ser utilizada, inclusive, como máscara e atende atletas que precisam respirar melhor durante a prática de esportes, e que não se adaptaram com o uso de máscaras de tecido coladas ao rosto. A empresa começou as operações em maio de 2020 e já está vendendo nas regiões sul e sudeste, em dezenas de lojas.

O especialista conta que ao auxiliar no desenvolvimento e estratégias da marca foi possível desenvolver identidade e conceito da marca, bem como a abordagem de venda. "A Bandana Brasil foi um negócio criado do zero em plena pandemia do novo Coronavírus. Ela veio da necessidade do público, algo multifuncional que serve como máscara e bandana", conta D.J. Castro.

Flanela Outfog

A Outfog, empresa de Blumenau (SC), desenvolveu uma flanela com características específicas para resolver um problema que surgiu com a obrigatoriedade de uso das máscaras. A flanela Outfog possui compostos orgânicos que favorecem a formação de um filme sobre a lente que altera a tensão superficial da água, quebrando assim as microgotículas que causam o embaçamento.

Recomendada para óculos de grau, óculos de sol, óculos de natação, visor de capacete, vidro de carro e óculos de snowboard, a flanela antiembaçante possui boa aderência na lente por até 36 horas, e pode ser utilizada por até 500 vezes. O produto foi lançado em junho de 2020 e já está sendo vendido em centenas de lojas em todo território brasileiro. O produto se transformou em um chamariz de clientes para as óticas que tinham movimento reduzido após a quarentena e conseguiram atrair mais clientes para conhecer a novidade.

"Essa marca também nasceu da necessidade do público, tanto das óticas como das pessoas que utilizam óculos. A estratégia inicial foi focada nas óticas, sendo uma marca de produtos inovadores. Nesse processo, com a orientação estratégica, suporte e consultoria, desde que a flanela foi lançada, já são mais de 200 mil unidades vendidas e cerca de quatro mil pontos de venda distribuídos em todo o Brasil. Atendendo uma necessidade imediata, a flanela já está no top 10 da Loja Integrada, plataforma de e-commerce para criação de lojas virtuais voltada para pequenas e médias empresas", conta Castro.

Inovação é a chave para combater a crise

D.J Castro conta que as marcas que tem tido mais sucesso nesses tempos complexos são as que tem por trás uma cultura de inovação. "Muito mais do que ter um setor de inovação, a cultura é fundamental para construir um ambiente favorável ao desenvolvimento de ideias e a criação de novas propostas de valor para o mercado. As empresas que tem a cultura inovadora sempre conseguem sair na frente e reagir com mais rapidez às mudanças de mercado".

Hoje é preciso entender que as empresas que desejam passar por esse momento precisam seguir novos parâmetros, e que um "novo normal" virá. "Para muitas empresas esse novo normal significará o desaparecimento. Quando um setor tem um choque de demanda e os consumidores não podem mais consumi-lo, infelizmente é preciso se reinventar e buscar novas formas de existir, e isso se chama inovação", explica.

Para Castro, as empresas que inovarem, entrarem para o online e planejarem, irão sair na frente. "São essas empresas que conseguem unir as pessoas para repensar as estratégias, reconfigurar os recursos, se reconectar com o público para gerar novos negócios, mesmo na crise. Para atender as mudanças de comportamento dos consumidores e suas novas necessidades, é necessário inovar em produtos e serviços, criar novos processos, desenvolver novos mercados e repensar os modelos de negócios", conclui Castro.

Sobre D.J. Castro

Especialista há 15 anos no setor da moda, Castro é graduado em Propaganda e Marketing pela ESPM de São Paulo. Pós-Graduação em Design pela Escola de Belas Artes de São Paulo. MBA em Negócios da Moda pelo IBMODA-SC e tem especialidade em Gestão de Negócios e Marketing pela Fundação Dom Cabral. D.J. Castro é sócio-proprietário da Nexia Branding - empresa de consultoria estratégica focada na criação, construção e transformação de marcas – na qual atua como consultor de gestão de marcas e marketing estratégico. A Nexia Branding foi fundada em 2012 com a proposta de unir gestão estratégica de marcas e marketing para gerar inovação e transformar negócios. A empresa já desenvolveu projetos para marcas como Decanter, Cerveja Blumenau, HBSIS, Grupo Unite, Beagle, Von der Volke, entre outros. Desenvolveu projetos de marketing e campanhas de comunicação para marcas de atuação nacional como Natura, Estadão, Americanas.com, Unibanco, Bradesco Seguros, Telemig Celular, Amazônia Celular, Audi, entre outras.

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por: D.J. Castro

Data de publicação: 27/08/2020

Conteúdo relacionado


Covid-19 e o planejamento a curtíssimo prazo na produção industrial
Um dos maiores desafios da gestão da produção industrial com o advento da pandemia de covid-19 reside na dificuldade de planejar ações. De uma semana para outra, de cidade para cidade, empresas dos mais variados segmentos são autorizadas ou desautorizadas a funcionar de acordo com decisões administrativas focadas na saúde e/ou economia.  2021-04-07 - Tags: ricardo rossin montana quimica covid19 pandemia producao industrial

É papel da empresa se adequar às evoluções do perfil do consumidor atual
A existência de uma empresa está diretamente ligada às estratégias de vendas. Qualidade na entrega de um produto ou serviço, eficiência da equipe de gestão e logística soma muito, mas é a venda que sustenta todo o restante do organograma. Disponível no mercado, há hoje uma série de cursos, workshops, palestras e livros que, às vezes, a preços elevados, procuram vender soluções mágicas que sejam capazes de trazer mais clientes.  2021-04-07 - Tags: giordania tavares rayflex publicidade consumo consumidor estrategia ponto de vista abril 2021

Gerenciamento de riscos: o segredo da gestão
A economia global sempre esteve à mercê de vários fatores, alguns deles jamais imaginados. A pandemia expôs a fragilidade de economias que imaginávamos serem à prova de tudo. Quem imaginou ver o PIB da maior economia o mundo retrair 3,5% em 2020? Esse foi o pior índice dos Estados Unidos desde 1946, ano em que começava a se recuperar dos efeitos da Segunda Guerra.  2021-04-07 - Tags: ivan goncalves ponto de vista abril 2021 gerenciamento risco gestao

Cooperação é uma exigência em um mundo competitivo
Um tema que tem ganhado importância tanto em estudos sobre comportamento humano como também em discussões é a cooperação. Aplicada em conjunto com a colaboração é possível dinamizar o ambiente de trabalho e transformar uma empresa, tornando-a mais competitiva.  2021-04-07 - Tags: ponto de vista abril 2021 joao roncati cooperacao

ISO 9001:2015 tem potencial de aplicação do futuro em instituições públicas
Com o advento da internet e das redes sociais, uma miríade de informações é projetada sobre o gestor que, sem a capacidade de analisar todos os dados, pode tomar decisões que trarão dissabores para a própria organização. Embora o acesso à informação tenha crescido exponencialmente, o conhecimento aplicado ainda carece de ferramentas de gestão que minimizem os riscos associados à má gestão.  2021-03-10 - Tags: ivan goncalves iso 9001 2015 norma tecnica abnt nbr iso 90012015 ponto de vista

6 dicas para turbinar as vendas via marketplaces
Vender por meio de marketplace é hoje uma estratégia importante para lojistas online de todos os portes. Esses "shoppings virtuais" são gerenciados por uma empresa que arca com todo o trabalho de desenvolvimento da interface, criação do modelo de negócio, divulgação do site e crescimento da base de consumidores.  2021-03-10 - Tags: marcelo dantas ponto de vista marketplace vendas

Sustentabilidade na moda e Indústria 4.0: um olhar além do óbvio
Já tem algum tempo que o mercado e os consumidores vêm exigindo das marcas uma postura mais consciente. E para atuar dentro desta nova mentalidade, a tecnologia tem sido uma forte aliada. Agora que a chamada “moda verde” não é mais vista como uma tendência passageira, ela tende a se tornar um diferencial competitivo importante.  2021-03-10 - Tags: sustentabilidade industria 40 tecnologia ponto de vista fábio kreutzfeld

'Recomércio': um conceito que deve impactar negócios no varejo
O conceito de brechós de luxo ganhou um novo significado, inspirando uma tendência que ao longo de 2021 pode impactar negócios de diferentes vertentes, sobretudo, o varejo. O “Recomércio” – do inglês, recommerce – pode ser visto, pontuando novas em plataformas de revenda e estratégias de fidelização.  2021-03-10 - Tags: recomercio varejo tendencias sustentabilidade stella kochen susskind ponto de vista

Como a moda e os hábitos de consumo podem influenciar na sustentabilidade do planeta?
A pandemia trouxe à tona grandes reflexões sobre a vida em sociedade, principalmente em relação aos hábitos de consumo. Estando em casa por tanto tempo, a maioria das pessoas percebeu que o consumo exagerado era extremamente desnecessário, fazendo com que a compra de roupas, carros, entre outros produtos e serviços fossem revistos por muita gente.  2021-02-04 - Tags: pandemia sustentabilidade consumo ponto de vista gustavo loiola

Por que o frete se tornou o vilão das vendas online no Brasil?
É fato que, com a chegada da pandemia da COVID-19 e do isolamento social, as vendas online se tornaram muito mais frequentes. Um estudo da Ebit/Nielsen e Elo mostrou que o faturamento das vendas online registrou um aumento de 47% no 1º semestre de 2020.  2021-02-04 - Tags: isolamento social vendas online frete e commerce ponto de vista

Capacitação no modo on
À medida que for sendo superada a crise do novo coronavírus, com a retomada plena das atividades, uma das grandes prioridades, no Brasil e no mundo, será a recuperação dos mercados de trabalho, conforme evidencia o "Documento Político Covid-19", das Nações Unidas, recém-divulgado, no qual consta a perda de 500 milhões de empregos devido à enfermidade.  2021-02-04 - Tags: fernando valente pimentel abit capacitacao ponto de vista

Mundo corporativo deve se preparar para o 5G
Balanço divulgado pelo Ministério das Comunicações prevê que ainda no primeiro semestre deste ano será concluído no país o leilão do 5G . Segundo o presidente da Anatel, Leonardo Euler de Morais, esse deverá ser o maior leilão de direito de uso de radiofrequência da história do Brasil.  2021-02-04 - Tags: adriano filadoro 5g big data ponto de vista

A moda como um símbolo: o que existe por trás da roupa?
Para Hanayrá Negreiros, pesquisadora de moda e colunista da Elle Brasil, as roupas são como dispositivo de memória, história e cultura. As vestimentas carregam narrativas, sejam elas religiosas, políticas, culturais. A roupa conta uma história, seja de quem a faz, seja de quem a usa. Os consumidores procuram uma identidade e compram valores simbólicos.  2021-02-04 - Tags: renata domingues balbino munhoz ponto de vista fashion law

O que esperar para o setor de eventos pós covid-19
Um dos setores mais afetados pela crise econômica e social provocada pela pandemia, a paralisação dos eventos e feiras de negócios tem gerado consequências negativas para uma enorme cadeia de serviços. Certamente temos que considerar as mais de 1 milhão de vidas perdidas em todo o mundo e o sofrimento dos seus entes queridos.  2021-01-14 - Tags: giordana madeira febratex group ponto de vista

O futuro do varejo
Tudo que acontece na economia, na política, na sociedade e no meio ambiente afeta a performance do varejo. E a pandemia, por englobar todas essas esferas, está provocando grandes mudanças nos canais de venda e exigindo reflexões profundas dos gestores e lojistas.  2021-01-05 - Tags: wanda matos janeiro 2021 ponto de vista

Marketing digital industrial e o Instagram
Quando falamos de marketing digital no Instagram em qualquer mercado, é necessário saber que não se trata do número de seus seguidores, mas sim, do seu nível de envolvimento com o público.  2021-01-05 - Tags: ponto de vista instagram janeiro 2021 ricardo martins triwi

Que as indústrias mudem a forma como se relacionam com o meio ambiente
Tudo o que se produz causa algum impacto. Alimentos, roupas, eletrodomésticos, tudo, do essencial ao supérfluo, demanda exploração de recursos naturais como água, energia e solo. Caso não adotem soluções ambientais sustentáveis, algumas indústrias podem se tornar enormes poluidoras.  2021-01-05 - Tags: ponto de vista janeiro 2021 leo cesa melo

O valor da água: conheça a tecnologia por trás de sua reutilização na indústria
Nunca a sociedade valorizou tanto a água quanto nesta estiagem prolongada. Mas muitos desconhecem as técnicas envolvidas em seu tratamento no contexto industrial, de forma a aproveitar cada gota e devolver esse recurso tão precioso de volta à cadeia produtiva.  2020-11-30 - Tags: mateus souza ponto de vista agua reutilizacao sustentabilidade

Inovação e impressão digital: as mudanças enfrentadas pelo mercado têxtil brasileiro
A aceleração digital e a chegada de um novo perfil de consumidor, cada vez mais preocupado com o impacto ambiental e social daquilo que compra, tem impulsionado na moda novas práticas de produção. Se antes a produção em massa, com um alto nível de desperdício na ponta da cadeia têxtil, era tido como algo normal e passível de aceitação, um custo a ser pago para o desenvolvimento do fast fashion, hoje a prática é cada vez mais questionável.  2020-11-30 - Tags: impacto ambiental aceleracao digital global quimica e moda gqm felipe simeoni ponto de vista

Gestor de e-commerce e outras profissões que surgem na transformação digital
Os aplicativos para compras virtuais e os sites de comércio eletrônico, também conhecidos como Sistemas de E-commerce, estão rompendo com as barreiras físicas do comércio e atraindo cada vez mais empresas e consumidores, impactando diretamente os comerciantes tradicionais já instalados.  2020-11-30 - Tags: ponto de vista elton ivan schneider comunicacao ecommerce gestor de e commerce