Language
home » moda & varejo »

Ponto de Vista

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

A transformação digital e os times híbridos

A digitalização de tudo e as mudanças do comportamento de consumo vem mudando não só a forma de pensar as estratégias de uma empresa, mas a maneira como estruturam, operam e constroem suas equipes. No marketing, por exemplo, grandes anunciantes optaram, por vezes, construir suas houses. Era a eterna discussão do trabalho com agências de propaganda versus in houses. A potencial redução de custos colocava em risco a capacidade criativa e de inovação da marca. Mas essa lógica de terceirizar ou ter tudo em casa, não faz mais sentido.

Se antigamente departamentos de marketing, trade, comercial e etc., funcionavam isolados e com foco em vender os produtos da empresa — hoje, numa realidade em que o digital mudou todas as regras do jogo e se tornou o fio condutor da estratégia da companhia, esse cenário exige a profundidade e a proximidade de times internos, com a altíssima especialização de times externos, formando um só grande time híbrido.

O digital renovou a forma de pensar e agir; trouxe tecnologias antes inexistentes, que obrigam dados a serem centralizados e processos interligados pela automação. A digitalização passa por todas as áreas de uma empresa, direcionando a estratégia central da marca para o consumidor, que está no centro de tudo. Ou seja, exige muito mais de todas as áreas de uma companhia.

É necessário encarar os fatos: essa reconstrução estratégica e operacional demanda não só mais “cabeças pensantes” mas também novas "cabeças operantes" em um mundo invadido por novas disciplinas oriundas das transformações que vivemos.

Como as marcas irão absorver conhecimentos de disciplinas como e-commerce, consumer journey, marketplace, data modelling e programática, para estarem presentes em suas novas estratégias de negócios? E como serão líderes, nos seus segmentos, nas estratégias e operações de SEO, CRM, digital analytics, mídia e mesa de performance, trade marketing digital e tantas outras?

Não bastasse a complexidade do momento, todas essas áreas - e muitas outras - são extremamente carentes de profissionais capacitados no mercado.

Nestes mais de 25 anos que a Internet chegou ao Brasil, criou-se uma grande disparidade de maturidade digital entre as empresas de todos os segmentos. Em paralelo ao avanço da tecnologia, o consumidor também passou a exigir muito mais das marcas nos âmbitos sociais e ambientais.

Avançar na maturidade digital de uma empresa não é simplesmente abrir dezenas ou centenas de vagas de profissionais da era digital. Pelo contrário, a mudança começa por dentro: treinar e desenvolver a força de trabalho que a empresa já possui. Nesse processo, todos precisamos reaprender a aprender. O mercado de trabalho cada vez mais vai exigir desenvolvimento e aprendizado contínuo.

Com a experiência de quem vive isso há mais de 20 anos, a evolução da maturidade digital das empresas só acontece com a renovação do conhecimento do time atual, e com o crescimento orgânico de times com conhecimentos em muitas dessas novas disciplinas digitais. Esse equilíbrio é fundamental e depende do momento de cada empresa.

Porém, um erro neste caminho da digitalização é a marca deixar de focar no seu propósito para pensar que está numa corrida sem fim pelo inexistente título de "a mais tech" do momento. Tudo que tira o foco do consumidor no centro das estratégias, vai contra esse objetivo.

Por exemplo, marcas de moda devem preocupar-se mais com a sustentabilidade social da sua cadeia produtiva e o poder do impacto de uma crise de imagem perante seus clientes, do que colocar energia em desenvolver uma plataforma de e-commerce ou operar internamente boa parte das disciplinas digitais complexas e densas. Isso não é digitalizar a empresa, é perder o foco e perder performance.

Entretanto, as empresas precisam não apenas entender, mas participar da concepção das estratégias e da execução de projetos e processos de uma nova realidade digitalizada. A transformação digital acontece de dentro para fora.

Dizem por aí que a união faz a força, mas é necessário ir além: a união traz possibilidades. Vivemos num período de transformações constantes, em que as áreas corporativas estão cada vez mais híbridas. E a pandemia consolidou uma nova realidade: times de trabalho não serão apenas cada vez mais híbridos, mas também parcialmente remotos.

Lembre-se: o digital se tornou core. Invista em desenvolvimento contínuo dos times atuais; traga novos talentos nativos digitais e trabalhe com os melhores parceiros experts de transformação digital.

Por: Thiago Bacchin é CEO da Cadastra

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por: Thiago Bacchin

Data de publicação: 02/09/2021

Galeria de fotos desta matéria

Conteúdo relacionado


ODS e ESG andando sempre juntos
Estes dois acrônimos são o que todos os investidores, empresários, empreendedores e executivos deveriam pensar o tempo todo. Sabemos que a visão financeira e a busca pelo lucro e crescimento eterno é o que domina o pensamento linear e cartesiano tradicional. Mas, em um mundo da indústria 4.0, impressão de casas em 3D, inteligência artificial, exoesqueletos, carros voadores, drones entregadores, enfim, também temos que inovar e ampliar a forma simplista de pensar.  2021-09-17 - Tags: ponto de vista esg setembro 2021 marcus nakagawa ods

As expectativas advindas do Marco Legal das Startups
É verdade que a sensação da comunidade empresarial, quando da eminência da publicação de um novo diploma legal a fim de regular determinada atividade, volta-se naturalmente aos entraves burocráticos capazes de frear e obstar a chancela de negócios. A sina é agravada quando o objeto da regulamentação concerne um ecossistema tão disruptivo, ágil e volátil como o das startups.  2021-09-17 - Tags: ponto de vista setembro 2021 matheus borges ecommerce

Entenda por que o Data Center é vital para a sustentação do e-commerce
O varejo é uma das atividades mais importantes da economia global. Com a pandemia de Covid-19 e o isolamento social, a maneira de como fazer compras mudou e o consumo on-line se tornou um hábito que deve permanecer no dia a dia da população. De acordo com dados do SpedingPulse, índice macroeconômico publicado anualmente pela Mastercard, o e-commerce representou 11% das vendas do varejo no Brasil em 2020 – 75% acima dos 6% registrados antes da pandemia.  2021-09-17 - Tags: ponto de vista varejo setembro 2021 eliel andrade

Perdas no varejo on-line podem ser maiores que no físico
No Brasil, os primeiros estudos sobre prevenção de perdas começaram em 1998, por meio do PROVAR – Programa de Administração do Varejo, entidade vinculada à FIA – Fundação Instituto de Administração, com a contribuição dos varejistas para a manutenção do projeto.  2021-09-17 - Tags: ponto de vista flavia nunes setembro 2021 varejo

Pequenos e médios varejistas se unem e devem sair da crise fortalecidos
O último ano foi cheio de desafios para o varejista, seja ele pequeno, médio ou grande. Foi preciso procurar formas de fidelizar seus clientes e buscar novos com ainda mais intensidade. A diversificação dos canais de vendas, a digitalização das lojas, a melhora no atendimento, políticas de entrega, tudo isso faz parte do guarda-chuva de soluções que o varejo PME precisou buscar desde o início da pandemia.  2021-09-02 - Tags: aldan neto canal bw varejistas varejo digital vendas canal

Empresas podem aumentar receitas com novas práticas comerciais
O mundo dos negócios está sempre evoluindo. Se há alguns anos fazer mais por conta própria e sem delegar era tido como fórmula de sucesso, o mesmo não pode ser dito atualmente. Agora, estamos na era do “fazer menos por mais” ou, como alguns gostam de chamá-la: a era do “trabalho inteligente”. Nesse cenário, entra a procura por potenciais clientes.  2021-09-02 - Tags: tecnologia inteligencia comercial empresas informacao ponto de vista setembro 2021

A transformação digital e os times híbridos
A digitalização de tudo e as mudanças do comportamento de consumo vem mudando não só a forma de pensar as estratégias de uma empresa, mas a maneira como estruturam, operam e constroem suas equipes. No marketing, por exemplo, grandes anunciantes optaram, por vezes, construir suas houses. Era a eterna discussão do trabalho com agências de propaganda versus in houses.  2021-09-02 - Tags: digitalizacao comportamente consumo marketing empresa agencias digital

Loja Física: Esqueceram de Mim?
Estamos consistentemente sendo contratados pelo varejo para projetos que têm como objetivo a realização de um Deep Dive, ou seja, um grande mergulho nos processos existentes e nos resultados apurados. A partir daí, identificamos e implementamos as principais vias de melhoria e, consequentemente, crescimento nas vendas e lucratividade de nossos clientes.  2021-09-02 - Tags: varejo pdv deep dive lojas fisicas ponto de vista setembro 2021 jessica costa

Consumidores sociopolíticos e éticos: as tendências de consumo na China
O estudo Varejo transcendente: lições do marketing comercial de tendência da China para o resto do mundo, conduzido pela Wunderman Thompson em parceria com Jing Daily, traz insights muito relevantes que podem auxiliar os gestores de marcas no Brasil a antever alguns comportamentos de consumo. O mapeamento é bastante extenso e completo, mas vou me ater a dois perfis de consumidores que considero mais relevantes e com as quais podemos aprender: sociopolítico e ético.  2021-08-16 - Tags: stella kochen susskind consumo tendencias china nova geracao ponto vista agosto 2021

Como será o amanhã do Blockchain?
Quando se fala em Blockchain, muitos pessoas associam a ferramenta ao setor financeiro, mas ela pode ser utilizada em várias áreas de negócio para garantir mais segurança aos processos. O Blockchain é um sistema de registro de informações que torna praticamente impossível alterar, hackear ou trapacear o sistema. Trata-se de uma cadeia de blocos digitais com código criptografado, que armazena algum tipo de dado. Assim que esse bloco for construído e validado pela rede, ele se junta à cadeia.  2021-08-16 - Tags: blockchain ferramenta financeiro sistema informacoes codigo criptografado tecnologia alexandre pimenta

Como superar os novos desafios do e-commerce
O futuro chegou mais rápido do que o esperado para o e-commerce e encontrou a maioria das empresas sem infraestrutura adequada para enfrentar a nova realidade. Na logística, foco deste artigo, há uma grande falta de planejamento. Existem grandes players, por exemplo, recorrendo à Uber para fazer entregas, uma solução claramente insustentável. A falta de massa crítica será um obstáculo severo para aproveitar a onda, consolidar a expansão do mercado e fidelizar os novos clientes.  2021-08-16 - Tags: ecommerce infraestrutura players planejamento comercio eletronico tendencias

Excesso de reuniões virtuais compromete bem-estar e produtividade no trabalho
Na nova realidade forçada pela pandemia da Covid-19, grande parte das pessoas foi obrigada a adaptar a vida à rotina virtual. Os happy hours e conversas com amigos e familiares tiveram migrar para o formato online, assim como as reuniões de trabalho e as aulas para alunos de todas as idades. Tudo isso na tentativa de manter, dentro do possível, uma conexão social ativa, um ritmo de trabalho eficiente e o aprendizado regular durante todos esses meses em que adotar o isolamento e evitar aglomerações se fizeram – e ainda se fazem – necessários.  2021-08-02 - Tags: covid reuniao virtual produtividade barbara nogueira fadiga zoom

Vendas de Dia dos Pais devem crescer 5%
Uma das principais datas do varejo no segundo semestre, o Dia dos Pais deve aquecer as vendas do setor. De acordo com uma pesquisa realizada pela FCDLESP (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo), com a participação das principais CDLs do Estado, neste ano, o crescimento deve ser de 5%.  2021-08-02 - Tags: dia dos pais varejo vendas seotir pesquisa flexibilizacao mauricio stainoff

Escritórios híbridos: tendência no novo normal
O modelo presencial e online tem se tornado uma realidade no trabalho. Se no início do isolamento social, grande parte das empresas adotou o home office, mais precisamente 46% delas segundo a Pesquisa Gestão de Pessoas na Crise Covid-19, feita pela Fundação Instituto de Administração (FIA), hoje, os especialistas reforçam a tendência da incorporação dos dois modelos. Mas o que muda em termos de ambiente, na visão dos arquitetos?  2021-08-02 - Tags: trabalho home office escritorios arquitetura hibridos ambiente paulo junior

Neuroestratégia: a nova tendência no posicionamento das marcas junto aos clientes
Quando pensamos em comprar algo, é natural irmos atrás do melhor custo-benefício na aquisição. Mas esse processo é consciente? De acordo com a Neurociência, não na grande maioria dos casos. Esta disciplina, inclusive, afirma que mais de 95% das decisões humanas são eminentemente subconscientes. Na busca por um celular, por exemplo, a subconsciência comprou uma experiência de usuário, um design, uma exclusividade e isso faz com que tenhamos a falsa sensação de que a decisão foi consciente.  2021-08-02 - Tags: dany vieira ponto de vista minsait agosto 2021 neuroestrategia posicionamento marca

Tecnologia é essencial para ajudar empreendedores nas vendas on-line
Para auxiliar empreendedores na criação e posicionamento do seu negócio no ambiente digital, é preciso disponibilizar ferramentas. Pensando nisso, criamos duas novas empresas para integrar o grupo da G Digital - startup de desenvolvimento de softwares para marketing e vendas.  2021-07-15 - Tags: marketing tecnologia vendas online empreender ponto de vista julho 2021 rafael wisch

A importância do mapeamento de processos na indústria têxtil
A indústria têxtil, especialmente de confecção e vestuário, foi amplamente impactada pela pandemia do Coronavírus em 2020. Segundo dados do IEMI - Inteligência e Mercado, a queda estimada de receita na produção de vestuário no último ano foi de R$ 34,5 bilhões. No setor de cama, mesa e banho, a queda foi de R$ 600 milhões.  2021-07-15 - Tags: cledson boger huvispan textil lean office industria textil ponto de vista julho 2021

Liquidações de inverno devem aumentar vendas em 10%
A queda nas temperaturas deve aquecer o volume de vendas do varejo. De acordo com pesquisa realizada pela FCDLESP (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo), com a participação das principais CDLs do Estado, as liquidações de inverno vão aumentar em 10% o volume de vendas no Estado de São Paulo.  2021-07-15 - Tags: mauricio stainoff fcdlesp ponto de vista julho 2021 vestuario calcados

Digital é caminho sem volta para o varejo
A quarentena imposta pelos governos para conter a propagação do coronavírus obrigou muitos estabelecimentos comerciais a fazerem entregas somente em domicílio, o chamado delivery, ou retirada em balcão mediante adoção de todos os protocolos sanitários.  2021-07-15 - Tags: juam rosa complement consultoria pos pandemia digital protocolos sanitarios comercio digital

Brasil como signatário da Convenção de Cingapura pode ampliar portas comerciais
Em agosto de 2019 foi realizada em Cingapura a Convenção de Mediação, tendo por objetivo incluir nos acordos comerciais a cláusula de mediação de modo que, em caso de descumprimento contratual, os contraentes se comprometem a submeterem seus conflitos ao procedimento de mediação. Assim, por força da convenção, os contratos comerciais, internacionais e nacionais, no âmbito dos países signatários, passam a conter o Termo de Acordo, no qual a resolução do eventual conflito será a mediação em uma primeira alternativa.  2021-07-01 - Tags: cingapura convencao mediacao ponto de vista julho 2021 ana cristina freire