Language
home » moda & varejo » moda vestuário » moda - restrito

Moda - Restrito

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Uma volta ao redor do mundo da moda

 

 

PASSARELAS EM MOVIMENTO
Dúvidas, discussões e mudanças circulam pelo principal backstage da moda brasileira

COLCCI

Será que a São Paulo Fashion Week, SPFW para os íntimos, deixará de homenagear a cidade onde nasceu para ganhar o nome-aval de um grande sponsor? Assim como aconteceu com a semana de moda de Nova York que, em troca de um patrocínio, foi rebatizada como Mercedez-Bens Fashion Week. Só saberemos na próxima temporada, quando a In-brands, empresa de investimentos em moda e consumo, constituída em 2007 a partir dos recursos do Fundo PCP administrado pelo UBS Pactual, finalmente vai impor o seu estilo. Além da SPFW, todos os outros negócios do Grupo Luminosidade estão agora em seu portfólio, ao lado de Ellus, 2nd Floor e Isabela Capeto. “Ganharemos estrutura e recursos adicionais para concluir os planos iniciais de um projeto que foi pensado para se desenvolver em 30 anos”, afirma Paulo Borges, que continua na direção criativa do evento.

Pouco depois do final da semana de desfiles, foi a vez de Alexandre Herchcovitch anunciar a negociação de suas marcas HERCHCOVITCH; ALEXANDRE, prêt-à-porter masculino e feminino; e HERCHCOVITCH; Jeans, jeanswear masculino e feminino, com a In-brands. Agora juntas, as quatro marcas do grupo faturarão cerca de R$ 220 milhões até o final de 2008.

ROSA CHÁ PARA ELES

Glamour não abafa crise
Nem todas as notícias são otimistas. Depois de comemorar negociações que prometiam ser catapultas para marcas e nomes, o mercado se surpreendeu com desfechos nada glamurosos. Zoomp, por exemplo, grife com mais de 30 anos de existência e que desde a primeira edição desfila na SPFW, não apresentou sua coleção para o próximo Verão. “Não ficou pronta”, diziam os rumores. Revelava-se a crise por trás da I’M – Identidade Moda, holding HLDC, alardeado como o primeiro grupo de marcas brasileiro.

Não demorou muito para fazer outras fashion victims, com uma licença poética. Fause Haten, minutos depois do desfile de sua nova marca, FH, recebeu a imprensa em seu backstage para um desabafo. “Eu criei a coleção de Verão, mas o desenvolvimento parou no desenho, as estampas não saíram do desenho. Um mês e meio antes do evento, eu percebi que não valia mais a pena continuar no grupo”, justificou Haten. Alexandre Herchcovitch, ao renunciar ao cargo de diretor criativo do grupo que havia inclusive adquirido suas marcas, declarou: “fui enganado”.

Outras mudanças, não tão dramáticas, também ganharam repercussão. Blue Man deixou evento similar carioca e apresentou seu Verão em São Paulo. Ainda na praia, Rosa Chá criou especialmente para o público masculino, apresentado num desfile-performático que pode ser considerado, no mínimo, marcante.

E ainda quem não lembra que em março deste ano, o grupo AMC Têxtil adquiriu as marcas Tufi Duek, Forum Tufi Duek, Forum e Triton? Que entraram para o portfólio do grupo ao lado de Colcci, Sommer, Carmelitas, do licenciamento da linha Coca-Cola Clothing e Malhas Menegotti, que juntas, faturaram em 2007, R$ 500 milhões. Um case sério de sucesso.

Cada edição da SPFW...
...gera cerca de R$350 milhões de mídia espontânea nacional
+ de 300 horas de cobertura em TV aberta e paga
+ de 5 mil páginas de jornais e revistas, nacionais e internacionais

 
POR UM LUGAR AO SOL
Duas referências empresariais idealizam seus eventos de lançamento de Alto Verão

MARIA BONITA EXTRA MARIA BONITA EXTRA LENNY

De um lado a expertise de Eloysa Simão (veja entrevista na página 14), lapidada por anos à frente do Fashion Rio; de outro, o olhar aguçado de Nizan Guanaes, referência em publicidade estratégica. Dois conceitos num mesmo propósito. Heloisa apostou, em setembro, para reunir 37 grifes num formato showroom de apresentações para lançar o Alto Verão Carioca, um evento organizado pelo Sistema Firjan, por meio do Senai Moda, com o apoio do Sebrae-RJ, da Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit) e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex). “O Alto Verão atende à demanda de grifes e lojistas que aproveitam o período, que hoje representa 30% das vendas, para alavancar seus negócios”, explicou a gerente do Senai Moda, Cristiane Alves, já anunciando a próxima edição: de 15 a 18 de setembro de 2009.

Claro Rio Summer é o nome oficial do evento de lifestyle e moda praia/verão que acontece entre 5 e 8 de novembro no Forte de Copacabana, Rio de Janeiro. Esta primeira edição vai reunir 17 marcas nacionais, e conta com o patrocínio de Claro, Citroën, Coteminas, JHSF, L´Oréal e Philips.

 

IDENTIDADE URBANA DE OUTROS CENTROS
Fora do eixo Rio-São Paulo, o jeanswear se estabelece em outros pólos

CALLVER FURB GESONI PAWLICK

Criada e pensada em torno do universo jeanswear, a 7ª edição do Canatiba SC Mostra Moda Jeans apresentou coleções para o Verão 2009. Desfilaram as marcas Alvo da Moda, Base, Beagle, Callver, Cavalera, Coca-Cola Clothing, Colcci, Dutmy, Fruto da Imaginação, Lucia Figueredo, Oilulu, Osmoze, Sommer, Tharog, V.Rom e Zezzo, além do estilista convidado, Gesoni Pawlick.
O denim, matéria-prima tema do evento, se desdobra em peças que vão do prêt-à-porter à alta costura. “Nosso objetivo é mostrar o quê o confeccionista pode fazer com nossos produtos, além de levar informação de moda e tecnologia ao mercado”, justifica Darci Covolan, diretor da Canatiba, empresa promotora do evento, que contou com o patrocínio de Basf, Lycra® e DyStar. “O Estado hoje representa o terceiro lugar em consumo do denim Canatiba”, comemora Felício El Hajjar, representante da Canatiba em Santa Catarina.

Ações plurais
Desfiles, palestras, entre outros momentos enfatizaram a pluralidade da mostra. Revelando seus talentos, a Universidade Regional de Blumenau (Furb) realizou um desfile com 30 looks, em base denim, da coleção Megaflex® com fio Lycra®, da Canatiba. Outra surpresa em conceito foi apresentada pela Império Lavanderia: Jeans Colado, peças que dispensam costura e são montadas com cola. “Pretendemos oferecer esta solução exclusiva ao mercado”, explica Helson Andrade, diretor de criação da empresa.

ZEZZO IMPÉRIO
 

ESTILO REAL E CULTURAL
Marcas colombianas são obrigadas a investir em diferenciação para se manter no mercado

PEPA POMBO MARIA LUISA ORTIZ

Mais ajustados à realidade da Colômbia, despontam novas empresas. Antes dedicados ao Private Label, empresários locais se viram obrigados a criar marcas próprias sob a pressão de multinacionais que entraram no país nos últimos anos.

Pepa Pombo com Mónica Holguín, María Luisa Ortiz e a Marca Divino, por exemplo, tiveram a oportunidade de criar looks sob suas próprias óticas de vintage, em parceria com a Nike. Mais voltado ao coletivo, o experimento Identidad Colómbia, na sua primeira fase vai incentivar o talento dos artesãos colombianos em criações diferenciadas, feitas à mão. Na segunda, apoiado no reconhecimento internacional de estilistas como Beatriz Camacho e Adriana Santacruz, pretende promover a comercialização em outros mercados.

Passos rumo ao futuro
Como fizeram anteriormente Isabel Henao e Camilo Álvarez, 16 novos talentos desfilaram um preview de suas criações nas passarelas dos Jóvenes Creadores Chocolyne, todos inspirados na Colômbia e em suas raízes.

Em contrapartida, a última edição da LAF recebeu designers colombianos, como Olga Piedrahíta, que novamente apresentou peças bem estruturadas e com toques artesanais, sua marca registrada. Carlos Valenzuela trouxe looks com modelagens impecáveis e desenhos conceituais. Lina Cantillo e Camilo Álvarez (em sua primeira apresentação individual) mostraram que a moda colombiana está sendo moldada.

CARLOS VALENZUELA DIVINO OLGA PIEDRAHITA
 

BRASIL, CONVIDADO ESPECIAL
Além de ser o homenageado pela Espanha, o país firma acordo de colaboração com portugueses

DESFILE DO BRASIL

A combinação “verde e amarelo”, tão brasileira, invadiu os espaços da 60ª edição do Salão Internacional da Moda de Madri (SIMM), realizada em julho passado. Desfiles diários de marcas nacionais apresentavam as propostas para a Primavera-Verão 2009 embaladas pelo ritmo da Bossa Nova. No time mais ajustado, a feira antecipa agora seus lançamentos.

O uniforme do staff da feira também foi inspirado no do time de futebol cinco vezes campeão do mundo. Um divertido carro foi colocado no estacionamento do evento e distribuía brindes genuinamente brasileiros – tais como eco-bags e CDs musicais – aos visitantes.

Alessandro Teixeira, presidente da Apex, afirmou: “O tributo do SIMM ao Brasil é resultado de uma junção de esforços nos últimos cinco anos, oito edições com a presença nacional freqüente, apoiadas pelo programa TexBrasil. Afinal, hoje o Brasil ocupa a sexta colocação no ranking de produção têxtil mundial, e foi representado no evento por 24 marcas nacionais .

DESFILE DO BRASIL

Plataforma de negócios
Dois países distantes geograficamente, porém muito próximos em referências culturais, Brasil e Portugal afinam suas relações comerciais. Ambos escolheram a feira SIMM para anunciar um Acordo de Cooperação assinado pela Abit e pela Associação Nacional da Indústria de Vestuário de Portugal (ANIVEC/APIV). Este acordo estabelece uma série de importantes pautas de colaboração e de apoio mútuo em negócios até agora inexistentes entre os dois países.

Assinatura do acordo
Princesa Letizia, da família Real Espanhola, em visita ao estande brasileiro
 

A PLURALIDADE DE PARIS

Recentemente, Jacques Brunel, diretor geral da Première Vision, esteve pela primeira vez no Brasil. Veio para conhecer o mercado local e, em especial, visitou algumas fiações, tecelagens e malharias, principalmente no Sul do país. Em uma entrevista exclusiva, ele comentou sobre o atual momento do evento. “Estamos incrementando nossa oferta global sob o nome guarda-chuva Première Vision Pluriel. São seis grandes shows agora”, explica Brunel. Da matéria-prima à peça acabada, nenhum setor de fora. Os representantes de fibras e fios se reúnem na Expofil; o Design têxtil fica na Indigo; complementos de moda, na Mod’Amont; couro na Le Cuir a Paris; Denim by Première Vision, concentra expositores ligados ao universo jeanswear; além dos têxteis em exposição na Première Vision. “Com mais de 700 expositores no total, nenhum outro show tem esse mix de oferta”, comemora Brunel, que ainda destaca: “simultaneamente à Decosit de Bruxelas, acontece também as edições de decoração de interiores, Indigo Home e Expofil Decor.”

Direction NY
O grupo acaba de anunciar a aquisição da mostra Direction. Lançada em 2002, esta feira de têxteis com três edições anuais – janeiro, abril e agosto – acontece no coração de Nova York, nos Estados Unidos. A próxima edição esta marcada para acontecer entre 13 e 15 de janeiro de 2009.

Têxteis e moda se unem
Outra grande mostra que aposta num mix diferenciado de produtos. Além dos artigos têxteis que apresentava em primeira mão a cada estação, a Texworld recebeu, pela segunda vez, um espaço dedicado a confeccionados para moda jovem. Cerca de 70 confecções se reuniram no “CTAF Pavilion – O melhor da moda chinesa”, demonstrando não só o poder asiático da oferta, como sua presença ao redor do mundo. Além disso, os produtos Eco-friendly, tecidos feitos a partir de fibras recicladas, renováveis e orgânicas, já ocupam um lugar de destaque, e por quê não dizer definitivo, na mostra. A próxima edição da feira acontece entre 9 e 12 de fevereiro de 2009.

 

ESTILO CHINÊS
Colorido, divertido e com referências de personagens e mangás

Paralelamente à feira Hong Kong Fashion Week, Primavera-Verão 2009, que reuniu o impressionante número de 1.153 expositores de vestuário e complementos de moda, sete desfiles apresentaram as coleções de criadores um tanto quanto vanguardistas. O Hong Kong New Fashion Collection Award incentiva empresas de Hong Kong a trabalhar com designers locais e, dessa vez, nove criadores disputaram a premiação nas categorias Casual e Jeanswear, Roupa de Festa e Passeio e vencedor geral.

Sob o tema “Diversidade de Ações”, um grupo de jovens designers de Hong Kong e artistas de várias áreas celebraram Olimpíadas na China. Uma coleção colorida, irreverente, seja com roupas com referências esportivas ou com peças de arte gráfica. Em moda, três temas direcionavam as coleções: Super Sport, Cidade Dinâmica e O Esporte Imita a Arte. Já a exposição artística privilegiou áreas como propaganda, design gráfico, ilustração, design de produtos, publicações e escultura. A próxima edição do evento acontece entre 12 e 15 de janeiro de 2009.

MICHAEL LAU CHEN DAO HARRISON WONG
 

REFERÊNCIAS MILENARES
Detalhes tradicionais da Indonésia se destacam e conquistam o mundo da moda

 

O Festival Mode Indonesia – Jakarta Fashion Week 2008 reuniu 47 marcas locais e internacionais que participaram da edição realizada em agosto último. Com as referências étnicas enfatizadas pelas tendências, apelos e detalhes culturais, como os encontrados em roupas orientais, conquistam consumidores mundiais. “Nós, designers da Indonésia, precisamos encontrar nossas próprias identidades. Somos influenciados pelas tradições e costumes, e devemos usar isso como suporte para expandir nosso trabalho”, afirma o estilista Stephanus Hamy, diretor do Indonesian Fashion Designer Council (IPMI). Ele mesmo criou peças contemporâneas – misturou influências de Java com tecidos em ikat de Bali e florais.

 

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por: Redação

Data de publicação: 30/09/2008

Conteúdo relacionado


A velocidade da informação e o desenvolvimento de coleções
Criadores e todos os envolvidos no desenvolvimento de produtos devem ficar atentos e se adequarem para que o produto não envelheça, não fique ultrapassado ou inadequado antes do lançamento das coleções.  2016-06-22 - Tags: denim jeanswear itt 102 joao de almeida

Concurso de moda inclusiva é fábrica de talentos
Dando continuidade à reportagem iniciada pela ITT Press 96, apresentamos os talentos selecionados pela Comissão Editorial do grupo MJC Textília como os mais inovadores do Concurso de Moda Inclusiva, realizado pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo. O evento, coordenado por Daniela Auler, é uma das ações que desafia os novos estilistas e designers a superarem desafios, trazendo inovações reais e aplicáveis. Veja quem são esses novos nomes da moda brasileira!  2015-03-24 - Tags: itt 97 moda inclusiva moda

Verão 2013/14: O descontruído e o reconstruído convivem em harmonia
Para a primavera-verão 2104, Nova York reinventou a pop arte de Andy Warhol e permaneceu com o grunge dos anos 1990 como ponto-chave.  2013-06-04 - Tags: itt 89

Inverno 2013 para todos os estilos
Pelos centros de Nova Iorque, Los Angeles, Londres, Paris, Milão, Florença, Dus­seldorf e Colônia desfilam diferentes opções para a próxima estação.  2013-01-28 - Tags: itt 88

Inverno – 2013, divertimento com decadência
Nas passarelas de Nova York, as cores vibrantes, o marinho profundo, tangerina e os tons de roxo se associaram aos combos habituais cinza e preto  2012-10-18 - Tags: stylelens inverno 2013

Denim by Première Vision mostrou inverno 2014
A Turquia, país euro-asiático com localização geoestratégica, dominou com expressiva vantagem os negócios durante os dois dias do evento.  2012-10-18 - Tags: premiere vision paris feira internacional

Quais Caminhos Seguir?
Sabemos que não só os artistas, mas também os criadores e designers se inspiram no passado, nas culturas populares, no status quo e nas artes. Todos os domínios de criação transmitem verdadeiras e genuínas influências criativas para os designers, razão pela qual hoje são inúmeras as possibilidades na escolha de produtos de moda que vão ao encontro dos mais diferentes gostos e lifestyles.  2012-08-30 - Tags: urbanwear yeda amaral

Verão 2013, feminino e retrô
A Primavera/Verão 2012/2013 trouxe uma mulher menina e muito feminina com um certo refi namento retrô que remonta às décadas de 20, 40, 50, pontuando ainda os anos 1960 e 1990.  2012-08-08 - Tags: tendencias verao 2013

Vivemos tempos impossíveis
Desde o início deste século não fomos capazes de respirar ou simplesmente viver. O medo mudou a nossa aparência, o sentimento comum tornou-se perigosamente nacionalista. O resultado é o desconforto e a humilhação.  2012-08-08 - Tags: comportamento

Quando o inverno 2012 chegar...
No Color Jeans, as calças Chino, Cargo e Work, de cores sérias e austeras (khakis, beges e oliva) agora estão acrescidas de cores vivas, alegres e elegantes onde os limites para a criação parecem não existir.  2012-04-12 - Tags: yeda amaral jeans jeansweare

Inverno 2012: Um mix de muita coisa
Todas as coisas retrô ainda são importantes para a moda. Parece-nos que, no final desta década, ainda temos a necessidade de revisitar as décadas passadas – 50s, 60s, os boêmios e cheios de glamour 70s, 80s e, finalmente, os 90s, em busca de mais inspiração.  2012-04-09 - Tags: styleleens tendencias

Cara ou coroa
Depois de perder a marca que construiu ao longo de mais de 30 anos, Renato Kherlakian mostra o outro lado da moeda.  2012-02-09 - Tags: renato kherlakian

Denim: work(s) in progress
Estações se misturam e se completam nas referências detectadas na B&BB.  2012-02-06 - Tags: stylesight

A insustentável leveza dos criadores
No mundo da moda, é preciso encontrar a fórmula ideal de negócio que concilie criação e produto.  2012-02-02 - Tags: fashion rio spfw

Trend Hunters dão as primeiras pistas...
As linhas mestre da primavera verão 2011 se baseiam no equilíbrio entre o futurismo e o tradicional.  2012-02-02 - Tags: stylelens

Aos poucos, o homem se entrega à moda
Foco no consumidor final: desejos, atitudes e influências.  2012-01-30 - Tags: moda masculina premiere vision

Tradição e reinvenção no blue e color jeans
Cada vez mais próxima a consagração dos tecidos elastômeros.  2012-01-26 - Tags: yeda amaral

Uma ópera chamada fashion weeks
Entre abril e junho, uma maratona de 126 desfiles mostrou direções do verão 2011.  2012-01-26 - Tags: spfw fashion rio dragao fashion