Language
home » moda & varejo » moda vestuário » moda - restrito

Moda - Restrito

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Inverno 2014 - Nobreza, requinte e glamour

Cores

As cores que predominaram nos desfiles Outono/Inverno 2014 em Londres, Milão, Nova York e Paris foram as 50 tonalidades de cinza, em segundo plano os pretos e off-whites como básicos, acentuando com os vermelhos, a família dos azuis e verdes e, para não esquecer, os tons de bege e marrom para valorizar e acentuar a nobreza do inverno. Todos os estilistas usaram e abusaram dos brilhos dourados e cobreados.

Chic e  Suntuoso

É o mais rico em referências temáticas e opulência extremamente decorativa. Reúne culturas de vários períodos Em síntese, é uma tendência que fala de religião, da arte e da riqueza do mundo Barroco, que é um estilo artístico Os desenhos de tapeçaria, a pintura, a decoração das igrejas e das paredes florais ricamente pintadas podem ser O Renascimento também se inicia na região da Toscana na Itália (séc. XIV –XVI). Just Cavalli misturou Renasci- Dolce & Gabanna inspirou toda sua coleção na riqueza da arte Bizantina, aliás, por 20 anos, eles estão sempre Não podemos nos esquecer dos desenhos de azulejos de Istambul, e que também Portugal herdou desta cultura.

A executiva elegante

Como o título justifica, esta tendência é um básico renovado e atualizado. O coringa não é mais o preto, e sim os 50 tons de cinza, inspirados no livro da escritora inglesa E.L. James, que acabou influenciando o comportamento de várias mulheres. A tendência para as executivas é usar tecidos confortáveis, que deem, ao mesmo tempo, sobriedade e conforto no ambiente de trabalho agitado, sem perder o charme e a elegância. A mesma roupa que essa executiva usar no seu dia a dia de- verá ser adequada a outros compromissos que ela tenha, logo depois do trabalho, como, por exemplo, um happy hour ou jantar com amigos. Por isso, os tecidos deverão ter atributos de inovação nos acabamentos high-tech ou nano (ou seja, acabamentos tecno-lógicos). Tecidos com elastano, dry fi t e até com proteção solar podem ser usados. É o que aconteceu com as coleções de Celine, Jean-Charles De Castelbajac, Proenza Schouler, Carve e Isabel de Marant durante os desfiles de lançamento de inverno 2014 na Europa e nos EUA. Nesse caso, foram utilizados tecidos e modelagens que protegem do frio.

Artesanato como apelo e valorização da moda

Esta tendência foi inspirada na estilista soviética Ulyana Sergeenko, que estreou em 2012 na semana de moda em Paris com seu estilo pessoal e suas raízes. Ulyana quis fazer algo de seu país, inspirando-se em estrelas de fi lmes antigos, a partir de desenhos animados e heróis soviéticos. A cultura do Leste Europeu é muito rica em aspectos folclóricos, os campos, as paisagens, os famosos balés, como o Bolshoi e as Dinastias. Tudo para com- por um vestuário de muita riqueza: bordados artesanais, tapeçarias, estampas, pedrarias e patchwork - o que torna essa moda romântica, requintada e chic. Essas inspirações da cultura russa e do Leste Europeu foram aproveitadas por Valentino, Dries Van Noten e Givenchy. Mais tarde, citaremos os pintores Kandinsky e Malevich (séc. XX), nos quais Clements Ribeiro inspirou-se para criar suas coleções.

Cultura milenar exalta o exotismo

É uma interminável fonte de criatividade, um verdadeiro mix de fontes culturais e sem fronteiras. Inicia-se na África com estampas tradicionais de bichos como leopardos, crocodilos, zebras e cobras. Depois, os estilistas fi zeram uma viagem do Ocidente para o Oriente, misturando os desenhos de peles, passando por China e Japão, onde encontramos toda a padronagem de templos chineses, dragões e quimonos. Todas essas estampas são combinadas com o tie-dye, tornando o visual harmonioso, criativo e exótico. Enfim, uma profusão de criatividade. Os desfiles de prêt-à-porter mais acentuados foram de Jonathan Saunders, Kenzo, Tom Ford e Just Cavalli.

Moda e a cultura popular do Estado de São Paulo: contribuições e possibilidades

“Este projeto de pesquisa visa estudar as interfaces entre moda e cultura popular paulista, em especial três manifestações devocionais: Grupos de Moçambique, Congadas e a Festa do Divino. Destas referências, foram criados os desenhos de estamparia e também novos materiais para a indústria têxtil. O que me motivou a fazer este projeto foi o interesse de inúmeros estilistas americanos, japoneses e franceses, que se inspiram em um referencial equivocado de nossa cultura, restringindo-se aos temas turísticos. Suas coleções refletem, assim, esse seu olhar e sentir. Este estudo, porém, é de relevante importância, de forma especial pela associação da produção de conhecimento e criação, bem como quanto ao pioneirismo no olhar vertido sobre as vestimentas dos diferentes Grupos Devocionais Paulistas, sua importância social e a linguagem que carregam em seus vestuários, à análise da utilização das cores e padronagens. “Por fim, este trabalho tem como objetivo produzir produtos para vestuário, decoração e calçados, que possam ser exportados para os países que são apaixonados pelo Brasil.”

Contraponto na tendência

Brasil – Uma fonte inesgotável de tendências

Toda tendência sempre nasce na Europa e por que nos temas sempre há similaridade? Os étnicos sempre se resumem a México, África e Índia? Por que sempre focam em Rússia? Vivemos em um mundo globalizado e por que nós, brasileiros, não lançamos uma tendên­cia abrangendo a cultura popular brasileira? A nossa cultura é um estoque inesgotável de referências riquíssimas, até agora, sem se­rem desenvolvidas ou exploradas. Por que não olhar e criar valor pela Moda Brasil?

Vamos fomentar uma reflexão sobre a importância das raízes culturais do povo, no sentido da afirmação de sua identidade multirracial. Isso pode ser feito através de imagens de fauna, flora, arte, música, enfim, toda a riqueza da nossa cultura popular, construída pela herança de vários povos.

“O nome proveniente da árvore pau-brasil, chamado assim por causa de sua cor verme­lha, que lembrava brasas de fogo. A origem derivada da madeira já era defendida na época colonial, onde cronistas da importância de João de Barros, Frei Vicente do Salvador e Pero de Magalhães Gandavo apresentaram explicações concordantes acerca da origem do nome “Brasil”. De acordo com eles, o nome “Brasil” deriva de “pau-brasil”, a designação de um tipo de madeira empregada na tinturaria de tecidos. Na época dos descobrimentos, era comum aos exploradores guardar cuidadosamente o segredo de tudo quanto achavam ou conquis­tavam, a fim de explorá-lo vantajosamente, mas não tardou em se espalhar na Europa que haviam descoberto certa “ilha Brasil” no meio do Atlântico, de onde extraíam o pau-brasil. Essa teoria é oficial e ensinada nas escolas brasileiras e portuguesas.”

Fonte: Etimologia do Brasil (http://pt.wikipedia.org/wiki/Etimologia_de_Brasil)

A partir dessas considerações, esse tema é atual e relevante, pode levantar reflexões e discussões que podem contribuir para o despertar do brasileiro sobre o interesse da sua própria cultura de comportamento, tornando o cidadão mais consciente da importância de suas origens e raízes.

Como o nosso país é continental, podemos regionalizar essa cultura popular e fazer, as­sim, com que cada pessoa tenha consciência da sua cidade, do seu Estado e depois, todos juntos, do nosso País. Para isso, estou desenvolvendo um projeto de pesquisa para meu dou­torado, onde eu falo sobre isso.

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por | Laura Ayako Yamane e Andressa de Oliveira
Fotos | Stylelens e Laura Ayako Yamane

Data de publicação: 12/07/2013

Galeria de fotos desta matéria

Conteúdo relacionado


A velocidade da informação e o desenvolvimento de coleções
Criadores e todos os envolvidos no desenvolvimento de produtos devem ficar atentos e se adequarem para que o produto não envelheça, não fique ultrapassado ou inadequado antes do lançamento das coleções.  2016-06-22 - Tags: denim jeanswear itt 102 joao de almeida

Concurso de moda inclusiva é fábrica de talentos
Dando continuidade à reportagem iniciada pela ITT Press 96, apresentamos os talentos selecionados pela Comissão Editorial do grupo MJC Textília como os mais inovadores do Concurso de Moda Inclusiva, realizado pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo. O evento, coordenado por Daniela Auler, é uma das ações que desafia os novos estilistas e designers a superarem desafios, trazendo inovações reais e aplicáveis. Veja quem são esses novos nomes da moda brasileira!  2015-03-24 - Tags: itt 97 moda inclusiva moda

Verão 2013/14: O descontruído e o reconstruído convivem em harmonia
Para a primavera-verão 2104, Nova York reinventou a pop arte de Andy Warhol e permaneceu com o grunge dos anos 1990 como ponto-chave.  2013-06-04 - Tags: itt 89

Inverno 2013 para todos os estilos
Pelos centros de Nova Iorque, Los Angeles, Londres, Paris, Milão, Florença, Dus­seldorf e Colônia desfilam diferentes opções para a próxima estação.  2013-01-28 - Tags: itt 88

Inverno – 2013, divertimento com decadência
Nas passarelas de Nova York, as cores vibrantes, o marinho profundo, tangerina e os tons de roxo se associaram aos combos habituais cinza e preto  2012-10-18 - Tags: stylelens inverno 2013

Denim by Première Vision mostrou inverno 2014
A Turquia, país euro-asiático com localização geoestratégica, dominou com expressiva vantagem os negócios durante os dois dias do evento.  2012-10-18 - Tags: premiere vision paris feira internacional

Quais Caminhos Seguir?
Sabemos que não só os artistas, mas também os criadores e designers se inspiram no passado, nas culturas populares, no status quo e nas artes. Todos os domínios de criação transmitem verdadeiras e genuínas influências criativas para os designers, razão pela qual hoje são inúmeras as possibilidades na escolha de produtos de moda que vão ao encontro dos mais diferentes gostos e lifestyles.  2012-08-30 - Tags: urbanwear yeda amaral

Verão 2013, feminino e retrô
A Primavera/Verão 2012/2013 trouxe uma mulher menina e muito feminina com um certo refi namento retrô que remonta às décadas de 20, 40, 50, pontuando ainda os anos 1960 e 1990.  2012-08-08 - Tags: tendencias verao 2013

Vivemos tempos impossíveis
Desde o início deste século não fomos capazes de respirar ou simplesmente viver. O medo mudou a nossa aparência, o sentimento comum tornou-se perigosamente nacionalista. O resultado é o desconforto e a humilhação.  2012-08-08 - Tags: comportamento

Quando o inverno 2012 chegar...
No Color Jeans, as calças Chino, Cargo e Work, de cores sérias e austeras (khakis, beges e oliva) agora estão acrescidas de cores vivas, alegres e elegantes onde os limites para a criação parecem não existir.  2012-04-12 - Tags: yeda amaral jeans jeansweare

Inverno 2012: Um mix de muita coisa
Todas as coisas retrô ainda são importantes para a moda. Parece-nos que, no final desta década, ainda temos a necessidade de revisitar as décadas passadas – 50s, 60s, os boêmios e cheios de glamour 70s, 80s e, finalmente, os 90s, em busca de mais inspiração.  2012-04-09 - Tags: styleleens tendencias

Cara ou coroa
Depois de perder a marca que construiu ao longo de mais de 30 anos, Renato Kherlakian mostra o outro lado da moeda.  2012-02-09 - Tags: renato kherlakian

Denim: work(s) in progress
Estações se misturam e se completam nas referências detectadas na B&BB.  2012-02-06 - Tags: stylesight

A insustentável leveza dos criadores
No mundo da moda, é preciso encontrar a fórmula ideal de negócio que concilie criação e produto.  2012-02-02 - Tags: fashion rio spfw

Trend Hunters dão as primeiras pistas...
As linhas mestre da primavera verão 2011 se baseiam no equilíbrio entre o futurismo e o tradicional.  2012-02-02 - Tags: stylelens

Aos poucos, o homem se entrega à moda
Foco no consumidor final: desejos, atitudes e influências.  2012-01-30 - Tags: moda masculina premiere vision

Tradição e reinvenção no blue e color jeans
Cada vez mais próxima a consagração dos tecidos elastômeros.  2012-01-26 - Tags: yeda amaral

Uma ópera chamada fashion weeks
Entre abril e junho, uma maratona de 126 desfiles mostrou direções do verão 2011.  2012-01-26 - Tags: spfw fashion rio dragao fashion