Language
home » moda & varejo » moda vestuário » mercado

Mercado

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Varejo híbrido ganha impulso com as novas tecnologias

Para atender às expectativas e necessidades dos clientes, as marcas estão encontrando novas maneiras de implantar tecnologia na experiência de compra, aumentando também a oferta de serviços nas lojas por meio do engajamento e da conectividade com seus consumidores. Esta é uma das realidades mostradas na NRF Retail's Big Show 2018, maior feira de varejo do mundo que acontece anualmente em Nova York, nos Estados Unidos.

A carioca Fabíola Paes, 34 anos, especialista em varejo e Head Desenvolvimento de Ecossistema de Startups Varejo no OasisLab, nos mostra um exemplo inovador no campo de novos negócios. Co-fundadora da startup Neomode, e estudiosas desta nova forma de comprar e vender, Fabíola é formada em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas e mestre em Desenvolvimento de Tecnologia Omnichannel para o Varejo pela Universidade Federal do Paraná.

O paraíso para startups

As startups deram o grande tom do evento e, num trabalho desenvolvido junto ao OasisLab pudemos destacar as 50 startups globais que, por meio da inovação tecnológica, estão revolucionando a forma de comprar e vender. Estas empresas, focadas na experiência do consumidor com ênfase nas integrações multicanal – on e off-line – estiveram entre os assuntos mais debatidos na feira. A redução do atrito entre canais e sua maior fluidez para um varejo mais híbrido, somado às variadas tecnologias, foi pauta de grande relevância durante os três dias do encontro. No NRF Startup Meetup, realizado durante a feira, por exemplo, 21 startups apresentaram suas ideias com base em temas como inteligência artificial, branding experience e omnichannel.

O que é OasisLab?

Trata-se do primeiro ecossistema de inovação para o varejo que gera transformação e oportunidades de negócios, por meio da conexão de startups, varejistas, empresas globais, investidores, associações e universidades. O objetivo dessa inteligência é melhorar a produtividade, vendas e formação de talentos do setor varejista. Conforme a segunda edição da pesquisa "Loja 4.0: Panorama das startups brasileiras do varejo" desenvolvida pelo OasisLab em conjunto com a Startse e Neomode, o número de startups nacionais focadas no setor subiu de 115 para 193 nos últimos dez meses. O estudo teve o apoio acadêmico do Núcleo de Varejo Retail Lab da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e do Centro de Pesquisa de Varejo da Universidade de São Paulo (CEPEV- USP). Segundo o levantamento, entre as startups mapeadas na primeira edição, apenas sete fecharam as portas. Há atualmente 85 novas empresas se dedicando a criar ferramentas para melhorar o desempenho do varejo.

Elas estão divididas em nove áreas que concentram as grandes tendências do setor: logística, internet das coisas, operação, pagamento, sustentabilidade, realidade virtual, inteligência artificial, e-commerce e engajamento do consumidor. Para fazer parte da mandala de startups, as empresas precisam cumprir alguns requisitos como: ter um produto validado e pelo menos um cliente varejista ativo; ter um crescimento em escala e estarem prontas para receber investimentos. Ou seja, são startups mais maduras.

A inspiração para a pesquisa surgiu de um estudo global apresentado na última edição da NRF Retail's Big Show, em janeiro, nos Estados Unidos. Existem algumas discrepâncias entre o mercado global e o brasileiro. Uma das mais notáveis é que por aqui há poucas empresas atuando nos setores-chave, como sustentabilidade, blockchain, contactless e realidade virtual.

Ainda existe espaço para novas startups que querem atuar nessas áreas. Por isso, o número de empresas com foco no varejo deve continuar crescendo nos próximos anos. Estimo que entre 70% e 80% das startups mapeadas no estudo estão preparadas e interessadas em atender o pequeno varejo. As startups são empresas que buscam crescimento rápido, por isso elas têm que ganhar em volume. Atender aos pequenos é uma necessidade para essas empresas.

Dez macrotendências

Reconhecidas por serem grandes propulsoras de novas tendências no mercado varejista, as startups estão mudando a forma como as empresas se relacionam com seus públicos. Essas modificações são muito rápidas e fazem parte do DNA das startups que focam inovação e tecnologia e tem uma capacidade de adaptação e reinvenção muito mais rápida do que as antigas corporações. O estudo que desenvolvemos abaixo foi organizado em forma de mandala, onde as startups globais que se destacaram em soluções e propostas inovadoras foram classificadas de acordo com as principais macrotendências e eixos de inovação que norteiam suas funcionalidades. Realizado por meio da parcerias, tem por objetivo difundir o conhecimento e ressaltar a importância destas práticas inovadoras para o segmento varejista.

O estudo objetiva destacar startups provedoras de soluções tecnológicas dentro de um cenário global, visando motivar os varejistas a explorarem cada vez mais este ecossistema como ferramenta na busca dos seus objetivos de inovação e resultados. A mandala conta com 10 macrotendências e organiza as startups e seus projetos dentro de um cenário que fala de operação, inteligência artificial, logística, engajamento com consumidor, tecnologia 3D, online, IoT (a internet das coisas), pagamento, realidade aumentada/realidade virtual, e omnichannel. O trabalho relaciona produto, serviço e resultados, indicando fornecedores mundiais. Confira:

Cenário das Startups Globais e Inovações apresentadas na NRF Retail's Big Show 2018

Omnichannel – Um dos principais focos de muitas edições da NRF, esse processo visa a integração entre a oferta de canais de vendas, promoções e relacionamento. Nesse novo cenário o consumidor pode comprar em qualquer lugar e em qualquer momento, rompendo a barreira entre on-line e físico. Na mandala, os dois eixos representativos são: canal de venda e gestão de equipe, totalizando 4 startups.

Operação – com a mudança do comportamento do consumidor os varejistas precisam estar em constante evolução em sua gestão operacional. Todos os processos internos precisam ser previamente planejados e readequados com cada necessidade do mercado. Na mandala, 11 startups foram escolhidas para constituir os eixos: gestão de equipe, inventário, arquitetura tecnológica, checkout e marketing.

Inteligência Artificial – os resultados de IA aplicada ao varejo estão cada vez mais visíveis e indicam grande benefício aos varejistas focados em inovação. Aliado a outras tecnologias como machine learnig, a habilidade de sistemas entenderem o comportamento humano e entregarem soluções tecnológicas como assistentes virtuais, reconhecimento por imagem ou utilizar robótica, facilitam a jornada de compra do início ao fim. Ao todo foram mapeadas 8 startups com foco nos eixos chatbot, recomendação e personalização.

Logística – é notável que muitos varejistas estão reformulando e inovando em sua forma de disponibilizar a entrega de um produto. Hoje, o consumidor está cada vez mais resistente em pagar altas taxas de frete e está mais adepto a métodos exclusivos como a retirada da mercadoria diretamente no ponto de coleta (pick-up-store), sem frete. Os eixos que caracterizam essa macrotendência são: retirada rápida e logística reversa, totalizando 5 startups.

Engajamento com consumidor – o consumidor quer utilizar a tecnologia para comprar e interagir mais profundamente com a marca. O relacionamento B2C trouxe consigo diversos insights para varejistas inovarem na criação cada vez mais personalizada de ofertas. Para refletir esse conceito, foram escolhidas 4 startups organizadas nos eixos conversão e geolocalização.

3D Tech – de olho na customização, empresas que investem em tecnologia tridimensional estão ganhando cada vez mais espaço. De acordo com a pesquisa High-Tech Retail, mais de 50% dos consumidores revelam que as tecnologias são assertivas no momento da compra. As soluções em 3D são amplas e, aliadas a outras vertentes tecnológicas, podem trazer mais visibilidade a hora de personalizar uma oferta. Na mandala 3 startups são responsáveis por representar os eixos display interativo e online experience.

IoT– a internet das coisas representa a dissolução das barreiras tecnológicas tradicionais. Com a otimização de processos operacionais, big data e quantidade massiva de informações, monitorar o comportamento do cliente e analisar os fatores essenciais para a tomada de decisão de compra é uma das soluções encontradas dentro do dinamismo da IoT. É possível monitorar o consumidor em tempo real, explorar seu perfil de comprador, frequência de compras, influência digital, produto preferido entre outros aspectos. Na mandala foram apresentadas 5 startups organizadas nos eixos display interativo, mapa interno da loja e wi-fi.

Online - dentro do ambiente online existem diversas soluções que possibilitam estratégias de varejo cada vez mais persuasivas. A conectividade tem estreitado a relação dos varejistas com seus consumidores, fator esse que, somado ao impacto da inovação, transforma constantemente o segmento varejista. Com ênfase nos eixos canal de vendas, personalização e recomendação, foram apresentadas ao todo 6 startups.

Pagamento – a flexibilidade e automatização de pagamentos ampliam ainda mais parâmetro de vendas do varejista, seja na loja física ou online. A diversidade de opções na forma de pagamento faz com que os clientes se sintam mais seguros quanto à possibilidade de continuar comprando, inclusive quando essas inovações evitam fatores externos como enfrentar grandes filas para pagamento. Como exemplo, citamos 1 startup dentro do eixo compra.

Realidade Aumentada/ Realidade Virtual – a tecnologia imersiva e interativa de novas interfaces de serviço está reinventando a experiência que os consumidores têm com a marca ou produto, tanto para a jornada de compra dos clientes, como para aplicação do lojista dentro da sua gestão. A capacidade de mesclar mundo virtual com a realidade ajudam a despertar o interesse, impactar sentimentos e gerar mais engajamento. Na mandala foram escolhidas 3 startups para representar essa macrotendência global.

Para visualizar o quadro com a mandala, seus nove eixos e os desenvolvedores de tecnologia basta acessar o link https://oasislab.com.br/panorama-das-startups-brasileiras-que-estao-transformando-o-varejo-loja-4-0-2a-edicao-2018/

Confira entrevista com Fabíola Paes, publicada na edição 111 da revista ITT Press – International Top Trends

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por: Fabiola Paes/OasisLab
Foto: Divulgação

Data de publicação: 06/09/2018

Conteúdo relacionado


Pesquisa mostra que pequenos negócios não conseguiram ou aguardam empréstimo
A ampliação dos impactos econômicos da crise provocada pelo novo coronavírus tem levado um número maior de donos de pequenas empresas a buscar empréstimo para manter o negócio. Pesquisa realizada pelo Sebrae, com parceria da Fundação Getúlio Vargas, mostra que cresceu em 8 pontos percentuais a proporção de empresários que buscou crédito entre 7 de abril e 5 de maio.  2020-05-22 - Tags: credito pandemia covid19 sebrae pequenos negocios pequenos empresarios meis emprestimo

Mesa redonda virtual discute retomada dos negócios na indústria do denim
Que caminho as tecelagens de denim devem seguir para retomar suas atividades, após a pandemia do covid-19? Embora não se arrisque um palpite de quanto tempo vamos viver em isolamento social e quais serão os impactos da crise na economia, o fato é que o consumo de vestuário, ainda que sofrerá queda, não deixará de existir e as empresas, que estavam com coleções prontas para a temporada do primeiro semestre, já se preparam para o “novo mercado” que surgirá depois da quarentena.  2020-05-22 - Tags: denim tecelagem industria do denim webinar guia jeanswear pandemia santista vicunha cedro textil santanense jolitex covolan santana textiles capricornio

Pesquisa mostra rotina do consumidor durante a quarentena
A pesquisa Monitoramento da Nova Rotina - consumo, marcas e opinião, encomenda pela The Lycra Company ao Ibope Inteligência, colhida entre os dias 20 de março e 20 de abril, acompanhou o comportamento dos consumidores em pleno isolamento social, devido à pandemia de covid-19.  2020-05-18 - Tags: the lycra company silvana eva lojas riachuelo ibope inteligencia pandemia consumo isolamento social loja virtual ecommerce vendas on line adriana morasco marcella kanner

Abicalçados atualiza números do impacto do novo coronavírus no setor
A Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) vem atualizando semanalmente os dados do impacto da pandemia do novo coronavírus no setor. O mais recente levantamento aponta que, do final de março até o último dia 12 de maio, o setor perdeu 30,9 mil postos de trabalho, 11,5% da força de trabalho da atividade (270 mil postos diretos, em dezembro de 2019).  2020-05-15 - Tags: abicalcados associacao brasileira das industrias de calcados mercado calcados pandemia covid19 haroldo ferreira

Amaro abre sua plataforma para marcas de moda venderem online durante pandemia
A Amaro, fashiontech brasileira, lançou no dia 04/05, a Amaro Collective, iniciativa que consiste em abrir sua plataforma de e-commerce para outras marcas de moda. O projeto tem a finalidade de utilizar o alcance e expertise de vendas online da empresa para apoiar outros empreendedores durante o covid-19, além de oferecer uma experiência de compra ainda melhor para as clientes.  2020-05-12 - Tags: amaro collective amaro fashiontec varejo de moda online pandemia pantys framed allmost vintage clemence zerezes linus

Première Vision mobiliza a indústria da moda para feira conjunta em setembro
À luz da crise de saúde e econômica que o mundo vem passado nas últimas semanas, a Première Vision Paris assumiu compromisso estratégico com a indústria da moda, que foi severamente impactada pela paralisação dos negócios, por conta da pandemia de Covid-19. A edição dedicada às coleções outono/inverno 2021-22, que contecerá no Parc des Expositions de Paris Nord Villepinte, de 15 a 17 de setembro, será um evento conjunto.  2020-05-11 - Tags: premiere vision gilles lasbordes premere vision sport made in france premiere vision blossom premiere vision feiras internacionais

Mercado de moda e o impacto do coronavírus na demanda dos brasileiros
Pesquisa realizada pelo IEMI – Inteligência de Mercado, especializado nos segmentos têxtil/vestuário/calçados e varejo de moda, aponta que 67% dos entrevistados não pretendem comprar roupas e calçados durante a pandemia do coronavírus. Por outro lado, dos consumidores que planejam gastar neste período, 76% o farão pela internet, 16% informaram que irão aguardar as lojas físicas reabrirem e 8% pretendem adiar a compra e esperar o que irá acontecer com o país por conta da pandemia.  2020-05-08 - Tags: consumo pandemia pesquisa consumo online calcados isolamento social quarentena economia varejo de moda

Compras online serão tendências de presentes para o Dia das Mães
Com grande representatividade no setor de consumo varejista, o período do Dia das Mães traz boas perspectivas para os pequenos negócios, mesmo diante da pandemia do Coronavírus. 85% dos filhos pretendem presentear suas mães no domingo, dia 10 de maio, de acordo com pesquisa recente Behup/Globo 2020.  2020-05-05 - Tags: dia das maes varejo ecommerce vendas online pequenas empresas presentes isolamento social

Polos regionais mostram efeitos da crise do coronavírus no setor têxtil e confecção
A produção de máscaras e aventais hospitalares, que tem sido a salvação de centenas de indústrias, durante a crise provocada pela pandemia de coronavírus, já começa a dar sinais de saturação. Isso porque em quase todos os estados brasileiros, a atividade tem sido estimulada pelos governadores, gerando grande concorrência entre os fabricantes.  2020-05-04 - Tags: mascaras hospitalares coronavirus pandemia abit hari hartmann rogerio mascarenhas sidimar remussi sindivest sinteticos

Sem comércio a indústria têxtil e vestuário não resistirá por muito tempo
Abertura do comércio para escoar a produção e irrigar o caixa das empresas, crédito para viabilizar as operações, manutenção dos empregos para gerar consumo e valorização do produto nacional, após a retomada dos negócios, foram os principais pontos abordados em mais uma rodada de debates virtual, promovida pela Abit, desta vez com sindicatos patronais de São Paulo e Rio Grande do Sul.  2020-04-23 - Tags: comercio mercado industria textil confeccao setor textil moda varejo abit webinar

Senai Cetiqt anuncia apoio para a produção de EPIs têxteis
O Senai Cetiqt informa que está apoiando a indústria nacional, em diferentes frentes, para ampliar a oferta de EPIs têxteis no país, em atendimento à emergência provocada pela pandemia do novo coronavírus. Entre os serviços oferecidos estão a pesquisa de materiais alternativos (novos nãotecidos que atendam às exigências das normas) e/ou processos de beneficiamento, como a funcionalização para produção de tecidos antivirais e de vestimentas hospitalares, com matéria-prima existente no país.  2020-04-16 - Tags: centro de tecnologia da industria quimica e textil faculdade senai cetiqt instituto senai de tecnologia epis texteis coronavirus pandemia

Impacto das vendas se estenderá por meses para marcas de luxo
Quatro em cada dez executivos de marcas globais de luxo esperam atingir metas de receita pré-crise coronavírus apenas em 2021; para 30%, a recuperação só acontecerá em 2022. A constatação é do Boston Consulting Group (BCG), que ouviu CEOs e CFOs do segmento para analisar os impactos provocados pela abrupta mudança de comportamento do consumidor desde o início da pandemia do novo coronavírus Covid-19.  2020-04-15 - Tags: marcas de luxo luxo marcas globais coronavirus pandemia ecommerce comercio eletronico covid19 boston consulting group

Senai Cetiqt oferece especialização Indústria Avançada: Confecção 4.0
A Faculdade Senai Cetiqt, pertencente ao Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil - está com matrículas abertas para o Master In Business Innovation (MBI) em Indústria Avançada: Confecção 4.0. As inscrições podem ser feitas até o dia 6 de maio através do site www.senaicetiqt.com. O curso é voltado para profissionais com graduação que atuam em empresas das áreas confecção, vestuário, têxtil ou áreas afins.  2020-04-15 - Tags: senai cetiqt curso industria avancada quimica textil industria 40 abit big data iot inteligencia artificial

Nascem pequenos negócios rentáveis em tempo de crise do Covid-19
Enquanto alguns se paralisam com medo e a tensão gerada pela crise do Covid-19 e o impacto negativo que a pandemia exerce na economia, outros se movem a favor da adaptação necessária para proteção de todos. É o caso do casal Lucilene de Souza Sanchez e Dario de Matos Sanchez. Ela é funcionária pública, atua como Oficial Administrativa. Ele é representante comercial do ramo de instrumentos musicais.  2020-04-14

O comportamento do setor de moda nas redes sociais em meio ao Covid-19
Estudo feito pela Socialbakers, plataforma global em soluções para otimização de performance corporativa na internet, mostra o desempenho de algumas marcas do setor de moda no Brasil, em meio à pandemia do Covid-19. Os dados foram coletados até o dia 1º de abril.  2020-04-14 - Tags: socialbakers desempenho varejo consumo redes sociais setor de moda vestuario facebook instagram twitter youtube marcas de varejo

Grupo Lunelli lança campanha de estímulo ao comércio e à indústria brasileira
O Grupo Lunelli, que emprega mais de 4,6 mil pessoas nos estados de Santa Catarina, São Paulo e Ceará, e está presente em todo o Brasil com suas lojas, acaba de lançar uma campanha com este objetivo. Intitulada 'Produção Brasileira', ela destaca a necessidade de estimular o consumo nacional e consciente tendo como objetivo, principalmente, unir forças para enfrentar a crise econômica provocada pelo avanço da Covid-19.  2020-04-14 - Tags: grupo lunelli lunender lez a lez hangar 33 alakazoo lunelli malharia consumo nacional pandemia covid19 industria textil

O Bom Retiro se prepara para a volta (sem Corona Vírus)
O Bom Retiro, cujas ruas vivem repletas de lojistas que se abastecem nas cerca de 1.500 marcas de roupas instaladas na região, vem mudando sua maneira de vender, comprar e levar seus estoques para lojas de todo o Brasil. É o E-Moda ao Vivo, que criou grupos de whatsapp para os lojistas, por meio dos quais se assistem desfiles, são tiradas dúvidas e fechadas compras .  2020-04-07 - Tags: bom retiro confeccao moda vestuario industria textil covid19 coronavirus recuperacao

Certidões negativas de débito têm prazo prorrogado por 90 dias
Os donos de pequenos negócios preocupados com a validade das Certidões Negativas de Débito (CDN) das empresas podem ficar tranquilos. Em decorrência da pandemia relacionada ao Coronavírus (COVID-19), a Receita Federal e a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional autorizaram a prorrogação do prazo de validade do documento por 90 dias.  2020-04-06 - Tags: desburocratizacao sebrae certidoes negativas mercado negocios giovana tonello pandemia coronavirus

Medidas adotadas pela Santista em relação ao Covid-19
A Santista, diante do cenário atual relacionado ao COVID-19, está seguindo todas as determinações governamentais para assegurar a saúde de seus funcionários, colaboradores e clientes, e se esforçando para atender setores prioritários durante todo período de quarentena.  2020-04-06 - Tags: santista covid 19 quarentena corona virus americana tatui

Como as sacoleiras do Brás estão mantendo seus negócios
Com todas as apostas voltadas a um período difícil de recuperação pós-coronavirus, as sacoleiras, arrimos de família, vão ter que manter seus negócios ativos para manter seus filhos, pais e muitas vezes, amigas e vizinhas. Como comprar a mercadoria e manter ativas as suas páginas nas redes sociais e não perder o contato diário com as clientes?  2020-04-03 - Tags: e commerce sacoleiras bras comercio online black jeans colbie darlook dinhos eruption fact jeans