Language
home » moda & varejo » moda vestuário » mercado

Mercado

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Varejistas defendem moda com responsabilidade social e ambiental no Latam 2019

latam retail show

Durante o Latam Retail Show 2019, maior evento dedicado ao varejo da América Latina, realizado de 27 a 29 de agosto no Expor Center Norte, em São Paulo, a Abvtex (Associação Brasileira do Varejo Têxtil) debateu a responsabilidade social e ambiental na moda com dois grandes varejistas do setor, Pernambucanas e Riachuelo. No painel, cujo tema foi "A importância da atuação ética, responsável e transparente para engajar os consumidores de moda", Ariel Claudio Tolchinsky, gerente executivo de Global Sourcing da Pernambucanas; e Marcella Kanner, gerente de Marketing de Cultura e Imagem da Riachuelo, apresentaram ao público as ações realizadas em suas empresas dentro desta ótica. A 5 º edição do Latam contou com a presença de 180 marcas expositoras que mostraram as recentes tecnologias e soluções da área para o mercado brasileiro e sul-americano.

Moda certificada

Fundada pelo empresário sueco Herman Lundgren em 1908, no Recife (PE), a Casas Pernambucanas atendia prioritariamente o mercado atacadista. Hoje é uma das principais cadeias de varejo brasileira, com cerca de 350 lojas em todo o país, e atuação também no e-commerce. A empresa, que passou por reestruturação administrativa, deixou de vender eletrodomésticos da linha branca e outros produtos em outubro de 2016, concentrando-se na venda de vestuário, calçados e acessórios; artigos de cama, mesa e banho, itens de decoração e smartphones. Em maio de 2019, inaugurou sua primeira loja conceito, em Porto Alegre. Com investimentos de R$ 5 milhões, a megastore que ocupa uma área de 1,5 mil metros quadrados, abriga os departamentos de vestuário, produtos para o lar e eletroeletrônicos portáteis.

O gerente executivo da Pernambucanas, Ariel Tolchinsky, conta que a empresa criou o programa de classificação de fornecedores (PRF) em 2015 que, abrange as áreas: comercial, logística, qualidade, compliance, financeira e ambiental. "Nós classificamos nossos fornecedores para garantir que toda a cadeia esteja uníssona no mesmo propósito". Segundo ele, a Pernambucanas realiza workshops periódicos para maior engajamento às práticas sustentáveis e melhor desempenho de seus parceiros comerciais. O executivo citou entre as ações promovidas, o lançamento, em 2018, da coleção capsula de jeans, composta com tecidos reciclados; e o concurso Talentos da Moda Sustentável, em parceria com fornecedores de tecidos, que incentiva estudantes de moda a desenvolverem uma coleção com apelo ecológico para a marca.

No âmbito corporativo, as unidades da Pernambucanas contam com gestão de resíduos sólidos, coleta seletiva e apoio às cooperativas de recicladores de embalagens. "Além de divulgarmos para a sociedade nossas ações sustentáveis, na relação B2B, a fidelidade e o compromisso dos nossos fornecedores com esta pauta também passa por um relacionamento transparente. Para os nossos consumidores, é muito importante saber por quem e onde são fabricadas as roupas e produtos que eles compram em nossas lojas". O executivo destacou que desde 2011, a Pernambucanas faz parte do programa de Certificação de Fornecedores da Abvtex, que audita a adesão às normas legais e questões socioambientais na cadeia produtiva de vestuário no Brasil.

Engajamento institucional

"O questionamento do consumidor sobre a procedência dos produtos impôs às empresas maior transparência no que se refere não só à questão ambiental, mas também às condições decentes de trabalho, à diversidade, enfim, a todo um conjunto de exigências da sociedade hoje ", diz Marcella Kanner, gerente de Marketing de Cultura e Imagem da Riachuelo. Fundada em 1947 como loja de tecidos de rua, a Riachuelo passou a fazer parte do Grupo Guararapes, considerado o maior em confecção de vestuário da América Latina. Com sede em Natal, Rio Grande do Norte, a Riachuelo reposicionou sua marca em 2014 para oferecer moda conceitual ao seu público. Hoje, a marca RCHLO está entre as três mais valiosas do Brasil no segmento de roupas, com uma rede de quase 300 lojas em todo o país e 8 mil funcionários.

Segundo Marcella Kanner, o engajamento nas questões socioambientais na moda começa dentro da fábrica. "97% dos nossos colaboradores participam das campanhas internas de conscientização e têm orgulho em dizer 'eu fiz a sua roupa' com responsabilidade social". Segundo ela, todo o vestuário da Riachuelo é produzido com linhas, aviamentos e tecidos do Grupo Guararapes. A executiva também enfatiza que a empresa oferece assistência aos seus funcionários, desde financeira a jurídica, e também contribui para o desenvolvimento econômico das comunidades vizinhas, com a implantação de oficinas de costura localizadas na região do Seridó (RN). "90% das carteiras de trabalho das pessoas que vivem naquela localidade foram assinadas pela primeira vez, graças ao projeto Pró-Sertão, apoiado pela Riachuelo". Marcella Kanner cita ainda o projeto Jeans + Transparente, implantado na fábrica da Riachuelo em Fortaleza (Ceará), que produz peças com impacto mínimo ao meio ambiente. "Utilizamos 85% menos de insumos e produtos químicos e com tecnologia, conseguimos economizar de 30% a 90% o consumo de água em nossos processos, cujos efluentes são 100% tratados. Além disso, estamos apostando em tecnologias como o Projeto Smart, que contempla a redução drástica de água pois trocamos o fluxo contínuo e o esgotamento por nebulização, que confere o mesmo efeito de envelhecimento do jeans. O resultado foi a redução de 70 litros para apenas 3 litros de água por peça".

Caixas de vidro

Para os executivos de duas das maiores redes varejistas de moda do país, as empresas hoje se transformaram em "caixas de vidro", ou seja, tudo que elas produzem está sendo fiscalizado externamente pelos consumidores e portanto, sustentabilidade já não é mais uma vantagem competitiva mas, uma obrigação institucional em prol da transparência e da ética na produção de manufaturados. "Cada vez mais, os consumidores têm o poder de transformar as empresas. E esta exigência impõe o setor a buscar novas soluções para seus processos produtivos", salienta o diretor executivo da Abvtex, Edmundo Lima.

latam retail show

Segundo ele, 4.700 empresas varejistas já foram aprovadas no Programa Abvtex de moda sustentável, que preconiza a responsabilidade social "Desde que foi criado em 2010, o programa já realizou mais de 35 mil auditorias em fábricas para certificar as operações, a origem dos produtos e a responsabilidade nos quesitos social e ambiental". Indagado sobre a possibilidade que se abre para a indústria têxtil e de vestuário, a partir da entrada em vigor do Acordo Mercosul União Europeia, Lima avalia como positiva para o setor. "É uma grande oportunidade que se abre para os produtos brasileiros no mercado internacional, para mostrarmos que os têxteis feitos no Brasil seguem padrões mundiais de qualidade".

Ele reconhece que a exportação de vestuário ainda é pequena, mas espera que com a incrementação do acordo nos próximos anos, as cadeias de varejo brasileiras devem se inserir mais na internacionalização. "Hoje, já há varejista nacional atuando em países como Uruguai e Argentina. Importante salientar que para ser um player na cadeia de valor global é necessário obter certificações internacionais de sustentabilidade. O selo da Abvtex é interno porque a vocação da nossa indústria é o mercado doméstico, mas eu creio que competição vai estimular as empresas a expandir seus horizontes em breve".

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por: Marcia Mariano
Fotos: Divulgação

Data de publicação: 06/09/2019

Conteúdo relacionado


Costureira: uma profissão sempre na moda
Uma profissão antiga, clássica e sempre requisitada. Ao longo de séculos a costura passou por mudanças e adaptações, mas segue sendo necessária para as pessoas e tem até uma data própria. No dia 25 de maio é celebrado o Dia da Costureira. De acordo com a Associação Brasileira do Vestuário (Abravest), existem 1,3 milhão de profissionais costureiros no país, sendo que 87% são mulheres.  2020-05-26 - Tags: dia da costureira abravest nelia finotti costura costureira profissao

Pesquisa mostra que pequenos negócios não conseguiram ou aguardam empréstimo
A ampliação dos impactos econômicos da crise provocada pelo novo coronavírus tem levado um número maior de donos de pequenas empresas a buscar empréstimo para manter o negócio. Pesquisa realizada pelo Sebrae, com parceria da Fundação Getúlio Vargas, mostra que cresceu em 8 pontos percentuais a proporção de empresários que buscou crédito entre 7 de abril e 5 de maio.  2020-05-22 - Tags: credito pandemia covid19 sebrae pequenos negocios pequenos empresarios meis emprestimo

Mesa redonda virtual discute retomada dos negócios na indústria do denim
Que caminho as tecelagens de denim devem seguir para retomar suas atividades, após a pandemia do covid-19? Embora não se arrisque um palpite de quanto tempo vamos viver em isolamento social e quais serão os impactos da crise na economia, o fato é que o consumo de vestuário, ainda que sofrerá queda, não deixará de existir e as empresas, que estavam com coleções prontas para a temporada do primeiro semestre, já se preparam para o “novo mercado” que surgirá depois da quarentena.  2020-05-22 - Tags: denim tecelagem industria do denim webinar guia jeanswear pandemia santista vicunha cedro textil santanense jolitex covolan santana textiles capricornio

Pesquisa mostra rotina do consumidor durante a quarentena
A pesquisa Monitoramento da Nova Rotina - consumo, marcas e opinião, encomenda pela The Lycra Company ao Ibope Inteligência, colhida entre os dias 20 de março e 20 de abril, acompanhou o comportamento dos consumidores em pleno isolamento social, devido à pandemia de covid-19.  2020-05-18 - Tags: the lycra company silvana eva lojas riachuelo ibope inteligencia pandemia consumo isolamento social loja virtual ecommerce vendas on line adriana morasco marcella kanner

Abicalçados atualiza números do impacto do novo coronavírus no setor
A Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) vem atualizando semanalmente os dados do impacto da pandemia do novo coronavírus no setor. O mais recente levantamento aponta que, do final de março até o último dia 12 de maio, o setor perdeu 30,9 mil postos de trabalho, 11,5% da força de trabalho da atividade (270 mil postos diretos, em dezembro de 2019).  2020-05-15 - Tags: abicalcados associacao brasileira das industrias de calcados mercado calcados pandemia covid19 haroldo ferreira

Amaro abre sua plataforma para marcas de moda venderem online durante pandemia
A Amaro, fashiontech brasileira, lançou no dia 04/05, a Amaro Collective, iniciativa que consiste em abrir sua plataforma de e-commerce para outras marcas de moda. O projeto tem a finalidade de utilizar o alcance e expertise de vendas online da empresa para apoiar outros empreendedores durante o covid-19, além de oferecer uma experiência de compra ainda melhor para as clientes.  2020-05-12 - Tags: amaro collective amaro fashiontec varejo de moda online pandemia pantys framed allmost vintage clemence zerezes linus

Première Vision mobiliza a indústria da moda para feira conjunta em setembro
À luz da crise de saúde e econômica que o mundo vem passado nas últimas semanas, a Première Vision Paris assumiu compromisso estratégico com a indústria da moda, que foi severamente impactada pela paralisação dos negócios, por conta da pandemia de Covid-19. A edição dedicada às coleções outono/inverno 2021-22, que contecerá no Parc des Expositions de Paris Nord Villepinte, de 15 a 17 de setembro, será um evento conjunto.  2020-05-11 - Tags: premiere vision gilles lasbordes premere vision sport made in france premiere vision blossom premiere vision feiras internacionais

Mercado de moda e o impacto do coronavírus na demanda dos brasileiros
Pesquisa realizada pelo IEMI – Inteligência de Mercado, especializado nos segmentos têxtil/vestuário/calçados e varejo de moda, aponta que 67% dos entrevistados não pretendem comprar roupas e calçados durante a pandemia do coronavírus. Por outro lado, dos consumidores que planejam gastar neste período, 76% o farão pela internet, 16% informaram que irão aguardar as lojas físicas reabrirem e 8% pretendem adiar a compra e esperar o que irá acontecer com o país por conta da pandemia.  2020-05-08 - Tags: consumo pandemia pesquisa consumo online calcados isolamento social quarentena economia varejo de moda

Compras online serão tendências de presentes para o Dia das Mães
Com grande representatividade no setor de consumo varejista, o período do Dia das Mães traz boas perspectivas para os pequenos negócios, mesmo diante da pandemia do Coronavírus. 85% dos filhos pretendem presentear suas mães no domingo, dia 10 de maio, de acordo com pesquisa recente Behup/Globo 2020.  2020-05-05 - Tags: dia das maes varejo ecommerce vendas online pequenas empresas presentes isolamento social

Polos regionais mostram efeitos da crise do coronavírus no setor têxtil e confecção
A produção de máscaras e aventais hospitalares, que tem sido a salvação de centenas de indústrias, durante a crise provocada pela pandemia de coronavírus, já começa a dar sinais de saturação. Isso porque em quase todos os estados brasileiros, a atividade tem sido estimulada pelos governadores, gerando grande concorrência entre os fabricantes.  2020-05-04 - Tags: mascaras hospitalares coronavirus pandemia abit hari hartmann rogerio mascarenhas sidimar remussi sindivest sinteticos

Sem comércio a indústria têxtil e vestuário não resistirá por muito tempo
Abertura do comércio para escoar a produção e irrigar o caixa das empresas, crédito para viabilizar as operações, manutenção dos empregos para gerar consumo e valorização do produto nacional, após a retomada dos negócios, foram os principais pontos abordados em mais uma rodada de debates virtual, promovida pela Abit, desta vez com sindicatos patronais de São Paulo e Rio Grande do Sul.  2020-04-23 - Tags: comercio mercado industria textil confeccao setor textil moda varejo abit webinar

Senai Cetiqt anuncia apoio para a produção de EPIs têxteis
O Senai Cetiqt informa que está apoiando a indústria nacional, em diferentes frentes, para ampliar a oferta de EPIs têxteis no país, em atendimento à emergência provocada pela pandemia do novo coronavírus. Entre os serviços oferecidos estão a pesquisa de materiais alternativos (novos nãotecidos que atendam às exigências das normas) e/ou processos de beneficiamento, como a funcionalização para produção de tecidos antivirais e de vestimentas hospitalares, com matéria-prima existente no país.  2020-04-16 - Tags: centro de tecnologia da industria quimica e textil faculdade senai cetiqt instituto senai de tecnologia epis texteis coronavirus pandemia

Impacto das vendas se estenderá por meses para marcas de luxo
Quatro em cada dez executivos de marcas globais de luxo esperam atingir metas de receita pré-crise coronavírus apenas em 2021; para 30%, a recuperação só acontecerá em 2022. A constatação é do Boston Consulting Group (BCG), que ouviu CEOs e CFOs do segmento para analisar os impactos provocados pela abrupta mudança de comportamento do consumidor desde o início da pandemia do novo coronavírus Covid-19.  2020-04-15 - Tags: marcas de luxo luxo marcas globais coronavirus pandemia ecommerce comercio eletronico covid19 boston consulting group

Senai Cetiqt oferece especialização Indústria Avançada: Confecção 4.0
A Faculdade Senai Cetiqt, pertencente ao Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil - está com matrículas abertas para o Master In Business Innovation (MBI) em Indústria Avançada: Confecção 4.0. As inscrições podem ser feitas até o dia 6 de maio através do site www.senaicetiqt.com. O curso é voltado para profissionais com graduação que atuam em empresas das áreas confecção, vestuário, têxtil ou áreas afins.  2020-04-15 - Tags: senai cetiqt curso industria avancada quimica textil industria 40 abit big data iot inteligencia artificial

Nascem pequenos negócios rentáveis em tempo de crise do Covid-19
Enquanto alguns se paralisam com medo e a tensão gerada pela crise do Covid-19 e o impacto negativo que a pandemia exerce na economia, outros se movem a favor da adaptação necessária para proteção de todos. É o caso do casal Lucilene de Souza Sanchez e Dario de Matos Sanchez. Ela é funcionária pública, atua como Oficial Administrativa. Ele é representante comercial do ramo de instrumentos musicais.  2020-04-14

O comportamento do setor de moda nas redes sociais em meio ao Covid-19
Estudo feito pela Socialbakers, plataforma global em soluções para otimização de performance corporativa na internet, mostra o desempenho de algumas marcas do setor de moda no Brasil, em meio à pandemia do Covid-19. Os dados foram coletados até o dia 1º de abril.  2020-04-14 - Tags: socialbakers desempenho varejo consumo redes sociais setor de moda vestuario facebook instagram twitter youtube marcas de varejo

Grupo Lunelli lança campanha de estímulo ao comércio e à indústria brasileira
O Grupo Lunelli, que emprega mais de 4,6 mil pessoas nos estados de Santa Catarina, São Paulo e Ceará, e está presente em todo o Brasil com suas lojas, acaba de lançar uma campanha com este objetivo. Intitulada 'Produção Brasileira', ela destaca a necessidade de estimular o consumo nacional e consciente tendo como objetivo, principalmente, unir forças para enfrentar a crise econômica provocada pelo avanço da Covid-19.  2020-04-14 - Tags: grupo lunelli lunender lez a lez hangar 33 alakazoo lunelli malharia consumo nacional pandemia covid19 industria textil

O Bom Retiro se prepara para a volta (sem Corona Vírus)
O Bom Retiro, cujas ruas vivem repletas de lojistas que se abastecem nas cerca de 1.500 marcas de roupas instaladas na região, vem mudando sua maneira de vender, comprar e levar seus estoques para lojas de todo o Brasil. É o E-Moda ao Vivo, que criou grupos de whatsapp para os lojistas, por meio dos quais se assistem desfiles, são tiradas dúvidas e fechadas compras .  2020-04-07 - Tags: bom retiro confeccao moda vestuario industria textil covid19 coronavirus recuperacao

Certidões negativas de débito têm prazo prorrogado por 90 dias
Os donos de pequenos negócios preocupados com a validade das Certidões Negativas de Débito (CDN) das empresas podem ficar tranquilos. Em decorrência da pandemia relacionada ao Coronavírus (COVID-19), a Receita Federal e a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional autorizaram a prorrogação do prazo de validade do documento por 90 dias.  2020-04-06 - Tags: desburocratizacao sebrae certidoes negativas mercado negocios giovana tonello pandemia coronavirus

Medidas adotadas pela Santista em relação ao Covid-19
A Santista, diante do cenário atual relacionado ao COVID-19, está seguindo todas as determinações governamentais para assegurar a saúde de seus funcionários, colaboradores e clientes, e se esforçando para atender setores prioritários durante todo período de quarentena.  2020-04-06 - Tags: santista covid 19 quarentena corona virus americana tatui