Language
home » moda & varejo » moda vestuário » mercado

Mercado

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

O salto sustentável da nova covolan têxtil

“Por que não podemos ter no Brasil uma empresa têxtil de altíssima qualidade, com organização e custos reduzidos de operação?” A pergunta foi feita por Frederico Maziero, diretor adjunto da Covolan Têxtil. A resposta não poderia ser mais simples e tornou-se um objetivo da companhia: isso é possível!

A partir daí, o caminho da empresa para atingir esse alto padrão passou por planejamento estratégico, organização, foco, seriedade e disciplina. “Aqui somos todos responsáveis pelo que nos cerca: da limpeza à eficiência de atuação. Não há distinções ou privilégios para nenhum cargo ou setor. O comprometimento é de todos os nossos colaboradores”, afirma.

Essa visão de mercado colocou a Covolan Têxtil no topo das certificações globais, especialmente com a conquista do STeP (Sustainable Textile Production, ou Produção Têxtil Sustentável), um selo concedido pela OEKO-TEX® somente para as empresas de excelência, em nível mundial, no que se refere aos processos de produção, qualidade, meio ambiente e sustentabilidade, assim como responsabilidade social. A indústria é a única empresa brasileira - entre a reduzida lista de pouco mais de 35 nomes do segmento têxtil em todo o mundo - que conseguiu atender a todas as exigências internacionais e nacionais de sustentabilidade dessa certificação.

As ações da empresa não passaram despercebidas, e a companhia foi a primeira homenageada do Prêmio Fiesp de Conservação e Reuso de Água. Hoje, a companhia conta com certificações na área ambiental (ISO 14001:2004), de segurança química (OEKO-TEX® Standard e Ecofidence), de qualidade (ISO 9001:2008) e, finalmente, o STeP, que abrange as áreas ambiental, de segurança química, responsabilidade social, qualidade e sustentabilidade.

Passo a passo

As conquistas são resultado de uma união de esforços iniciada em 2009, quando a empresa implantou o programa 5S (sensos de triagem, arrumação, limpeza, normalização e disciplina). Esses processos permitiram um maior conhecimento sobre o funcionamento interno da Covolan Têxtil, bem como a identificação e correção dos pontos fracos. “Para se alcançar a excelência, é necessário saber controlar o que você produz, quais os insumos que precisa e quem irá fornecê-los, quais os requisitos dos seus clientes, as necessidades de seus colaboradores e sociedade, para que a integração dos processos seja uma realidade. Por isso, descrevemos detalhadamente cada etapa, para dar clareza total de nossos processos e de nossa organização”, diz James Nadin, diretor da Sirius Consulting, responsável pela implantação dos processos de certificações na Covolan.

Esse detalhamento gerou indicadores de desempenho, o que fez com que toda a empresa remasse no mesmo sentido em busca de um denim de alta qualidade, sem substâncias tóxicas e nocivas à saúde humana. Os benefícios se estenderam aos colaboradores: com os investimentos em melhorias, surgiram os novos talentos, que ganharam voz na Covolan Têxtil. Além deles, funcionários de 40 anos se reciclaram, mostrando outros potenciais até então ocultos.

OEKO-TEX® STeP

Nas palavras do próprio Maziero, o calhamaço com 134 páginas de exigências do OEKO-TEX® STeP, em seis módulos, chegou antes do Natal, assustando a equipe. “Precisamos nos debruçar sobre as várias cláusulas, em muita correria, porque os prazos eram curtos. Descobrimos que sempre há o que melhorar, mesmo tendo já o 5S, o OEKO-TEX® e o ISO 14001, além de outras certificações”, lembra.

A certificação STeP é creditada pela Associação Internacional OEKO-TEX®, do Instituto Hohenstein, Textile Testing Institute GmbH & Co. KG, organismo representado em mais de 60 países com centros de pesquisa responsáveis pelos ensaios e verificação dos meios de produção e produtos das empresas têxteis. Ele é aplicável aos processos e a todas as instalações produtivas das fases do processamento têxtil, garantindo que a empresa atenda às exigências nacionais e internacionais de sustentabilidade.

O seu objetivo é a implementação permanente de processos de produção que respeitem o meio ambiente, oferecendo condições de trabalho seguras, saudáveis e socialmente aceitáveis. Além disso, o desenvolvimento dinâmico da norma STeP e os seus benchmarks permitem que as empresas certificadas melhorem continuamente os seus resultados em termos de proteção ambiental e a sua responsabilidade social, bem como a sua eficiência.

A certificação aconteceu em fevereiro de 2014, e o documento em si foi apresentado em maio. Um dos pontos que mais chama a atenção é a qualidade dos produtos químicos, tema tão em alta na cadeia têxtil. A empresa precisou trabalhar seus fornecedores de produtos químicos e corantes, para que estes se adequassem às exigências do STeP, eliminando de seus componentes produtos contendo substâncias perigosas à saúde humana (entre eles clorofenóis, clorobenzenos, metais pesados, alquifenóis e corantes azoicos). “Foi tudo muito difícil, mas o resultado é que nossos fornecedores aderiram às exigências e requisitos dessa certificação”, afirma Nadin. “Até mesmo os nossos produtores de algodão agora têm que ter o BCI (Better Cotton International), que comprova o uso de menos pesticida e a baixa ou nula aplicação de produtos tóxicos”, celebra Frederico.

O trabalho foi tão bem realizado que a Associação Internacional da OEKO-TEX®, na Suíça, escolheu a Covolan Têxtil como empresa de destaque no mês de setembro deste ano, pela atuação na área de sustentabilidade. “A certificação STeP é tão abrangente e completa que as certificações ISO não contemplam as suas exigências e seus requisitos”, diz James Nadin. “Com esse certificado, nos enquadramos às exigências dos grandes magazines, nacionais e internacionais, creditando à Covolan a condição de fornecedora”, finaliza Frederico. 

Antecipando tendências

Para a diretoria da Covolan Têxtil, a iniciativa da empresa está adiantando uma tendência clara: a de que os grandes compradores já estão exigindo a qualificação das companhias, ficando mais conscientes de seu papel na cadeia têxtil e de confecção. “A primeira ideia era somente melhorar a fábrica, trabalhar em um local mais organizado, mais eficiente e atendendo melhor nossos clientes. Mas descobrimos que antecipamos o longo caminho que em breve será obrigatório para todas as empresas. Ou elas se enquadram às legislações exigidas ou deixarão de fornecer”, complementa Frederico Maziero.

Os investimentos acompanham o momento da Covolan Têxtil®, que já é intimamente chamada de “Nova Covolan”. Uma das ações confirmadas é a participação na próxima Colombiatex de las Américas, em Medellín. Além disso, a companhia organizou sua comunicação fortemente em torno da inovação em denim, com novos tags e a futura reformulação da logomarca, bem como ações com magazines como Riachuelo, Renner, Malwee e C&A.

Para o futuro, a Covolan Têxtil quer ainda mais tecnologia e certificações, entre eles a cobiçada OSHAS 18001. Na produção já está instalada a sexta máquina de índigo, a maior do País em relação a número de DIPS (DipDye Denim): ao todo, são 17 DIPS, que permitem o tingimento em tons de azul muito mais vibrantes. A máquina Índigo Multiflow® multicaixas da Master deve ampliar a produção da fábrica para 5,6 milhões de metros de denim acabado (atualmente são quase 5 milhões). 

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por |Gabriel Rajão
Fotos | Covolan/Divulgação

*Matéria publicada na revista ITT Press - edição 96

Data de publicação: 14/11/2014

Galeria de fotos desta matéria

Conteúdo relacionado


Prazo para regularização do Simples Nacional termina 31 de janeiro
Os pequenos negócios, que foram excluídos do Simples Nacional em 2019, têm até 31 de janeiro para regularizarem as pendências e fazerem uma nova adesão ao regime, desde que não haja débito com a Receita Federal ou a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional.  2020-01-23 - Tags: simples nacional receita federal procuradoria geral fazenda nacional prazo regularizaçao

Brechós utilizam redes sociais para expandir negócio
O mercado de Brechós é um dos segmentos que mais cresceu no Brasil nos últimos anos. A oferta de peças de vestuário de qualidade a preços mais acessíveis, aliada ao conceito de sustentabilidade, fez com que o público consumidor desse tipo de negócio crescesse expressivamente, atraindo a atenção de mais empreendedores.  2020-01-20 - Tags: brechos redes sociais michelle marketing vendas brasil

Mega Moda recebeu 10,7 milhões de pessoas em 2019
O Mega Moda, formado pelos shoppings atacadistas Mega Moda Shopping, Mega Moda Park e Mini Moda, recebeu mais de 10,7 milhões de pessoas no ano de 2019. Só no mês de dezembro, foram mais de 1,5 milhão de clientes, batendo a meta traçada.  2020-01-14 - Tags: mega moda metas clientes sebrae

Sebrae e Caixa assinam convênio para apoiar empreendedorismo no país
Com o objetivo de aproximar e facilitar o acesso dos donos de micro e pequenas empresas a soluções e serviços bancários, o Sebrae firmou, no dia 10 de dezembro, um acordo de cooperação técnica com a Caixa. A ideia é criar um ambiente favorável para a inclusão bancária e a educação financeira de empreendedores que ainda não se sentem seguros em buscar auxílio do sistema financeiro para desenvolver seus negócios.  2019-12-19 - Tags: pedro guimaraes caixa sebrae abcred caixa economica federal

Renner chega à Argentina e amplia atuação no Uruguai
A Renner faz sua estreia na Argentina com a abertura de quatro lojas entre os dias 12 e 18 de dezembro, em Córdoba e em Buenos Aires. As inaugurações são responsáveis por gerar 250 empregos diretos no país e marcam a continuidade da trajetória da rede varejista no exterior, iniciada em 2017, quando abriu suas primeiras lojas no Uruguai.  2019-12-17 - Tags: renner uruguai expansao piel canela peseo del jockey inauguraçao

Varejo de moda registra crescimento em vendas
O final do ano é a época mais aguardada pelo varejo de moda, pois traz consigo a perspectiva de um aumento nas vendas de vestuário. “Nesta data as roupas sempre estão na lista de itens mais procurados, seguidas de calçados e acessórios, como bolsas, bijuterias e joias”, afirma Edmundo Lima, diretor executivo da Abvtex (Associação Brasileira do Varejo Têxtil).  2019-12-16 - Tags: abvtex eduardo lima iemi black friday fim de ano

Alexandre Vale comanda uma das maiores marcas de moda masculina do Nordeste
Tendo como base uma família do ramo de vestuário, Alexandre Vale sempre acreditou nos fios e nos tecidos como sua vocação. Com R$ 100 que conseguiu do pagamento de uma dívida, resolveu comprar 13 camisas e vender.  2019-11-25 - Tags: alexandra vale dlt nordeste lojas ceo branding varejo

Vicunha apresenta novo posicionamento de mercado
Com mais de 50 anos de mercado e sensível a um mundo em constante transformação, a Vicunha, referência global em soluções jeanswear, apresenta ao mercado o modelo de negócios one stop shop, com a proposta de oferecer soluções integradas em jeanswear, do fornecedor ao consumidor final.  2019-11-22 - Tags: vicunha posicionamento mercado disep jeansidentity cultura vicunha

E-commerce registra alta de 30% em outubro e fatura R$ 6,2 bilhões
Os brasileiros estão cada vez mais confiantes nas plataformas digitais como ambiente para compras. De acordo com o Compre & Confie, empresa de inteligência de mercado focada em e-commerce, as vendas geraram R$ 6,2 bilhões, crescimento nominal de 30% em relação ao mesmo período do ano passado.  2019-11-21 - Tags: plataforma digital compre confie e commerce faturamento inteligencia de mercado

Exportações de calçados sentem impacto da guerra comercial
Influenciadas pela guerra comercial instalada entre as duas maiores potências mundiais, Estados Unidos e China, as exportações brasileiras de calçados caíram no mês de outubro.  2019-11-13 - Tags: guerra comercial calçados mercado compras vendas estados unidos china exportaçao abicalçados

Grupo Reserva está com 600 vagas em aberto para o fim de ano
O Grupo Reserva, detentor das marcas Reserva, Reserva Mini, Oficina, Ahlma e Eva, está com 600 vagas abertas pelo Brasil para os cargos de vendedor, auxiliar de vendas, auxiliar de caixa, auxiliar de estoque e fiscal.  2019-11-12 - Tags: reserva vaga trabalho fim de ano vendedor auxiliar de vendas auxiliar de caixa estoque fiscal

Varejo de moda vê com otimismo a abertura de mercado
O varejo de moda nacional representado pela Associação Brasileira do Varejo Têxtil (ABVTEX), que reúne mais de 100 grandes marcas com atuação em todo País, vê com bons olhos o plano do governo de promover a abertura de mercado e a redução das alíquotas de imposto de importação para vestuário e calçados - de 35% para 12% e de 35% para 15%, respectivamente, até 2022.  2019-11-08 - Tags: abvtex edmundo lima 2022 varejo aumento vestuario calçados

Vagas temporárias podem crescer 7% até o fim do ano
Com a chegada do fim do ano, a busca por vagas temporárias pode ser uma ótima oportunidade para quem busca uma renda extra, recolocação no mercado de trabalho ou a chance de arrumar o primeiro emprego. A FCDLESP (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo) aponta que o setor de vestuário tende a contratar mais até o final do ano.  2019-11-01 - Tags: fcdlesp black friday natal fgts

Prefeitura divulga raio X da indústria da moda na cidade de São Paulo
A Prefeitura de São Paulo divulgou, em outubro, um estudo realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, que mostra que a indústria da moda no município teve um aumento de 4,9% na geração de empregos de 2012 a 2017.  2019-10-31 - Tags: prefeitura raio x moda aumento empregos mei spfw paulo borges aline cardoso

Sensil® apresenta sustentabilidade em feiras de tecidos europeias
Os consumidores esperam que suas roupas sejam de alta qualidade, multifuncionais, confortáveis ​​e atraentes. Mas agora a sustentabilidade está rapidamente se tornando um requisito igualmente importante. Durante a MarediModa, que acontece de 5 a 7 de novembro em Cannes, na França, a Nilit apresentará novas iniciativas de sustentabilidade.  2019-10-28 - Tags: maredimoda sensil nylon nilit cannes ecocare breeze recycled

Portugal antenado com o século 21
Em 2018, a indústria têxtil e de vestuário portuguesa ultrapassou 5,3 bilhões de euros em exportações, antecipando em grande parte o objetivo estratégico que havia estabelecido para 2020. Do faturamento total do setor, dos 7,6 bilhões de euros, 70% foram para a exportação, confirmando sua globalidade, alcance e garantia de uma balança comercial líquida anual de mais de um bilhão de euros.  2019-10-25 - Tags: techtextil sustentabilidade joao mira gomes industria textil vestuario portugal

Coleção capsula do Tencel Sustainable Denim realiza primeiro desfile na Holanda
Os consumidores estão exigindo mais transparência por trás das roupas que compram, e a cadeia de suprimentos têxtil/moda está se unindo para atender esta demanda. Intitulada “Broadband”, a mais nova coleção cápsulas do programa Sustainable Denim Wardrobe da fabricante austríaca de fibras Lenzing, reúne uma linha internacional para mostrar ideias de design e técnicas centradas na produção sustentável do jeanswear.  2019-10-15 - Tags: lenzing sustainable denim wardrobe tencel lyocell refibra grupo lenzing kingpins amsterdam

Calçados de couro e sustentáveis ganham preferência entre os brasileiros
Os calçados de couro estão cada vez mais presentes na decisão de compra dos consumidores. Estudo lançado pelo IEMI - Inteligência de Mercado demonstra que 25% dos brasileiros adquiriram o item em sua última compra e destes, 55% (ou 14% do total) afirmam que o fato de o calçado ser de couro teve um peso relevante na escolha.  2019-10-11 - Tags: calcado de couro iemi inteligencia de mercado marcelo prado jorge bitencourt

Nova vice-presidente assume a The Lycra Company na América do Sul
Adriana Saliba Morasco é a nova vice-presidente da The Lycra Company na América do Sul e assume o papel de Denise Sakuma na liderança da empresa e da marca Lycra® na região.  2019-10-09 - Tags: adriana saliba morasco the lycra company engenharia textil sao paulo vice presidente

Segmento de moda infantil cresce na China
O CHIC International Fashion Fair Shanghai, o mais importante salão de moda da China, com 62 mil metros quadrados, encerrou com sucesso sua edição de setembro de 2019. Nos três dias da feira, 698 expositores com 718 marcas e oriundos de 10 países apresentaram suas coleções para os 54.202 visitantes.  2019-10-08 - Tags: chic international fashion fair beijing fashion expo china world exhibitions chen dapeng