Language
home » moda & varejo » moda vestuário » mercado

Mercado

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Internautas buscam informações on-line antes de ir às lojas

Quando se trata de eletrodomésticos, celulares e smartphones e eletrônicos, 97% dos internautas brasileiros buscam informações na internet antes de comprar em lojas físicas, enquanto 84% fazem o caminho inverso, pesquisando em lojas físicas antes de comprar na internet. Neste grupo está a categoria vestuário, com 34%, demonstrando que quando se trata de roupas, as pessoas ainda preferem experimentar o produto antes de compra-lo. A pesquisa, realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), constatou também que metade das compras on-line por impulso é motivada por ofertas e promoções.

Os eletrodomésticos lideram o ranking, tanto entre os que preferem pesquisar primeiro na internet para depois ir à loja física (59%), quanto os que vão à loja conferir o produto primeiro (43%). Os smartphones e eletrônicos ocupam a segunda e terceira posições (57%) e (50%) no grupo dos consumidores que buscam informações na internet antes de comprar; enquanto na categoria dos que preferem experimentar, os smartphones ultrapassam o vestuário com 41%, ficando os eletrônicos com 34%. 

A liderança destes produtos pode ser explicada pela opinião dos consumidores quanto à experiência de compra: metade deles (51%) acredita que as lojas físicas oferecem melhor demonstração do produto. Outras categorias em que as lojas físicas levaram a melhor foram a facilidade para negociação de preços (56%) e para trocas (62%). Por outro lado, os sites e aplicativos de lojas conquistaram o coração dos compradores em 13 das 15 categorias apresentadas, sobretudo por oferecer melhores preços (74%), maior flexibilidade nos horários de compra (72%) e maior comodidade (69%).

Aplicativos sobem e sites descem

Os sites de lojas registram queda na preferência do consumidor, enquanto isso aumentam as aquisições por meio de aplicativos. Segundo a pesquisa, a popularização dos dispositivos móveis no Brasil pode explicar o movimento de transição dos canais de compra no gosto dos brasileiros: seis em cada dez (61%) internautas entrevistados compraram por meio de aplicativos de lojas nos 12 meses anteriores à pesquisa – um aumento de 10 pontos percentuais em relação ao ano anterior. Ao mesmo tempo, os sites de lojas – mantidos na rede - registraram queda de quatro pontos percentuais, mantendo a preferência de 89% dos consumidores, seguidos das lojas de rua, com 48%.

Com os smartphones ganhando cada vez mais espaço na vida dos brasileiros, o levantamento mostra que aplicativos de redes sociais como WhatsApp e Instagram foram utilizados por 18% e 14% do total de consumidores que fizeram aquisições pela internet no último ano, respectivamente. “Ampliar e integrar os múltiplos canais de venda e relacionamento não é apenas um meio de aumentar o faturamento. Os benefícios vão muito além disso. Trata-se de entender que os conceitos de on-line e off-line já se integraram para poder melhor atender às expectativas do consumidor conectado. Essa forma de atuar é que vai gerar aumento de vendas e mais fidelização daqui em diante”, argumenta o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior.
De fato, a maioria dos consumidores aprecia quando suas preferências são consideradas pelas lojas: 66% gostam quando as empresas personalizam as ofertas de produtos e serviços, levando em consideração seus hábitos e interesses; já 64% esperam que os varejistas tenham informações atualizadas sobre como gostam de interagir com eles em todos os canais enquanto 62% preferem receber sugestões de ofertas ao abrir sites ou redes sociais.

Compra por impulso

A customização da oferta, tida por muitos como a chave do bom negócio, no entanto, esconde um perigo para muitos brasileiros, que é a compra por impulso, especialmente quando se trata de aquisições on-line, em que as transações acontecem sem que o consumidor se dê conta. O levantamento mostra que os motivos que mais levaram os brasileiros a comprar por impulso foram promoções e preços baixos (56%), ficar navegando nos sites das lojas (36%) e receber ofertas de produtos e lançamentos (22%). Considerando que 43% nem sempre realizam o planejamento das suas compras on-line e outros 10% admitiram nunca fazer esse planejamento, aumentam também as chances de se comprometerem com uma dívida que não podem pagar. “Saber diferenciar desejo e necessidade é fundamental para resistir às compras impulsivas. Com a customização crescente das ofertas enviadas para os internautas, a situação fica ainda mais favorável para compras sem pensar”, alerta o educador financeiro do SPC Brasil, José Vignoli.

Neste ranking, moda e vestuário lideram a lista de produtos  e serviços mais comprados por impulso, com 35% das respostas – percentual que aumenta para 44% entre as mulheres. A ala feminina também lidera a compra de cosméticos, perfumes e produtos de beleza, com 41%, frente aos 26% que adquirem, sem planejar, itens dessa categoria. Os homens, por sua vez, realizam mais compras não planejadas de eletrônicos e artigos de informática do que as mulheres; somando 33%. Itens para casa (23%) e delivery de bebidas e comidas (21%) também figuram na lista masculina.

A pesquisa também constatou que  a maioria dos vendedores não consegue cobrir preços oferecidos pelas lojas virtuais. É justamente nesse ponto que reside a maior discrepância entre os dois meios de compra. Segundo os entrevistados, 62% dos vendedores de loja física não são capazes de cobrir a oferta das lojas online, sendo que 37% tentaram oferecer outros benefícios e 25% não mudaram a oferta de jeito nenhum. Ainda assim, 23%  dos vendedores cobriram a oferta, sendo que 13% ofereceram o mesmo desconto (um aumento de cinco pontos percentuais em relação ao ano anterior) e 9% um desconto ainda maior. “Do ponto de vista do consumidor, é muito difícil entender as razões de um mesmo produto, de um mesmo varejista, estar à venda no site por um valor mais barato que na loja física. É claro que os custos dos espaços físicos são muito maiores para os lojistas, mas tudo indica que será necessário investir cada vez mais na integração e equiparar os preços para garantir a competividade em qualquer segmento”, finaliza o presidente da CNDL, José César da Costa.
A pesquisa ouviu 904 consumidores em um primeiro levantamento para identificar o percentual de pessoas que compraram pela internet nos últimos 12 meses. Em seguida, continuaram a responder o questionário 800 consumidores que fizeram alguma compra ao longo deste período. A margem de erro é de 3,3 p.p no primeiro caso e 3,5 p.p no segundo, para um intervalo de confiança a 95%. Baixe a íntegra da pesquisa em https://www.spcbrasil.org.br/pesquisas

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Fonte: SPC Brasil e CNDL
Edição: Marcia Mariano

Data de publicação: 26/07/2019

Conteúdo relacionado


Empresas cada vez mais confiam nos certificados e selos da OEKO-TEX diz relatório
A Oeko-Tex®, organização com sede na Suíça, observou resultados positivos nos negócios, apesar dos desafios ocasionados pela pandemia do covid-19. A associação emitiu um total de 24.205 certificados e selos no último ano fiscal (2019-2019) registrando um aumento de 13% na demanda.  2020-09-18 - Tags: oeko tex suica associacao covid 19 selo vrrde made in green pandemia step by oeko-tex

Pernambucanas inaugura sua primeira loja conceito em São Paulo
A Pernambucanas, uma das maiores marcas varejista nacional, acaba de inaugurar sua primeira loja conceito em São Paulo, na região da Consolação, e a terceira no Brasil. Os investimentos da companhia vão na direção da Omnicanalidade, reforçando o conceito Fígital - que une o melhor dos universos físico e digital para aprimorar a jornada de compra dos clientes, e o sólido plano de expansão da empresa, intensificando a capilaridade de produtos e serviços da Pernambucanas por todo o país.  2020-09-16 - Tags: pernambucanas varejo loja conceito omnicanalidade sergio borriello sao paulo

Governo promove Semana do Brasil para estimular a economia
De 3 a 13 de setembro, acontece a 2ª edição Semana do Brasil, campanha promovida pelo governo federal para estimular o comércio varejista, que espera alta de 11% nas vendas. O evento deste ano tem um significado maior, pois visa recuperar a economia, após um semestre prejudicado pela quarentena do covid-19.  2020-09-08 - Tags: semana do brasil economia mercado consumo promocoes comercio varejo governo federal abit fernando pimentel

Roupas e tecidos que inibem o novo coronavírus já estão no mercado
Após lançar sua primeira coleção de camisetas antivirais no site da marca, no final de julho, a Aramis, marca de moda masculina, comemora o sucesso de vendas. Segundo Richard Stad, CEO da Aramis Menswear, foram vendidas 65% das peças em 13 dias.  2020-08-19 - Tags: carlos ferreirinha richard stad aramis menswear andre klein cataguases dalila textil

Abvtex tem expectativa positiva sobre a Semana Brasil
A maioria das varejistas associadas à Associação Brasileira do Varejo Têxtil (Abvtex), que representa mais de 100 grandes marcas do varejo de moda brasileiro, observou um impacto positivo da primeira Semana Brasil, realizada em setembro de 2019. Segundo levantamento da Ebit/Nielsen, o aumento em transações online durante o evento no ano passado foi de 41%.  2020-08-17 - Tags: abvtex semana do brasil varejo semana brasil varejo nacional

Varejo digital cresce 95,4% com Dia dos Pais e fatura R$ 5,4 bilhões
O varejo digital mais uma vez provou ser a opção favorita dos brasileiros durante a pandemia. A data movimentou R$ 5,4 bilhões, crescimento nominal de 95,4% em relação ao mesmo período do ano passado. As categorias mais compradas em volume durante o período foram: moda e acessórios; beleza e perfumaria; esporte e lazer.  2020-08-14 - Tags: varejo digital dia dos pais pandemia internet compra digital ecommerce

Semana Digital Print debate mercado têxtil com avanço do e-commerce
“As perspectivas e as oportunidades para o mercado têxtil pós-pandemia”, foi um dos temas apresentados durante a Semana Digital FuturePrint 30 Anos, que apresentou em sua plataforma on-line uma série de conteúdos voltados para atualização profissional e negócio.  2020-08-13 - Tags: roberto vilela digital futureprint 30 anos henri kanji brand textil fernando guglielmetti industria textil americana

'Emprestômetro' registra mais de 30 bilhões liberados para micro e pequenas empresas
A plataforma de monitoramento do Ministério da Economia conhecida como ‘Emprestômetro’ atingiu a marca de R$ 33,73 bilhões em empréstimos concedidos aos pequenos negócios, com 380 mil contratos efetuados por meio de programas públicos de acesso ao crédito.  2020-08-12 - Tags: pronampe emprestimo credito micro pequenas empresas instituicoes financeiras emprestometro

Sebrae elabora protocolo de retomada para pequenos negócios do Varejo da Moda
Diante da reabertura gradual de algumas atividades econômicas no país, o Sebrae elaborou um conjunto de protocolos de retomada para 14 macrossetores, que englobam os segmentos mais atingidos pela crise provocada pela pandemia. São setores que, juntos, representam 73% do universo de pequenos negócios brasileiros.  2020-08-11 - Tags: reabertura gradual sebrae varejo de moda protocolo de retomada vestuario calcados

Quarentena impulsiona varejo digital no primeiro semestre
A chegada do novo coronavírus trouxe crescimento recorde para o e-commerce brasileiro, de acordo com relatório apresentado pela Neotrust/Compre&Confie, empresa de inteligência de mercado focada em e-commerce. No primeiro semestre deste ano, foram realizadas 132,6 milhões de compras online, aumento nominal de 73,4% em relação ao mesmo período de 2019.  2020-08-04 - Tags: coronavirus ecommerce compras online ambiente digital neotrust andre dias

Profissionalização acelerada pela pandemia é realidade no Brás
O bairro que há mais de 200 anos é sinônimo de venda no atacado e boas compras no varejo, com mais de 5000 pontos comerciais, sendo responsável pela movimentação de aproximadamente 14 bilhões de reais por ano na comercialização de roupas ainda não tinha grande afinidade com a modernização tecnológica.  2020-08-04 - Tags: bras modernizacao tecnologica marketplaces tecnologia whatsapp sistemas modernizacao

Serasa Experian revela que quase 200 mil empresas foram criadas em abril
O Indicador de Nascimento de Empresas da Serasa Experian revela que, em abril deste ano, 194.882 novas empresas foram criadas no Brasil. Destas, 84,7% fazem parte da categoria de microempreendedores individuais (MEIs), maior resultado desde fevereiro de 2019. Ainda segundo o levantamento, o setor de Serviços continua representando a maior parte das empresas recém criadas, com 68,9%.  2020-07-31 - Tags: indicador de nascimento de empresas da serasa experian serasa experian meis comercio servicos

Com todas as medidas de segurança implantadas Mega Moda reabre suas portas
O Mega Moda, localizado em um dos maiores polos de moda do Brasil, na Região da 44 em Goiânia, reabriu suas portas para os clientes no dia 14 de julho, respeitando as novas determinações do Governo estadual e municipal. Para essa nova fase, complexo formado pelo Mega Moda Shopping e o Mega Moda Park funcionarão das 9h às 17h, seguindo à risca todos os protocolos de segurança para preservar a saúde de colaboradores, clientes e lojistas, e a capacidade de ocupação definida pelo decreto.  2020-07-20 - Tags: mega moda goiania mega moda park coronavirus pandemia precaucao mega moda shopping meha moda park

Pesquisa da Abvtex identifica dificuldade de acesso ao crédito pela cadeia produtiva
Desde o início da pandemia no País, a Abvtex (Associação Brasileira do Varejo Têxtil), entidade que reúne mais de 100 das principais marcas do varejo de moda brasileiro, tem concentrado esforços em identificar as demandas junto à cadeia produtiva de seus associados, participantes do Programa Abvtex, com o objetivo de levar ao governo propostas que visam à redução dos impactos econômicos e sociais neste setor.  2020-07-20 - Tags: varejo de moda brasileiro programa abvtex pronampe micro empresas linha de credito

Pandemia muda hábito de consumo no mercado de luxo
Em pesquisa inédita com consumidores de produtos de luxo no Brasil, a Hibou, empresa de pesquisa e monitoramento de mercado e consumo, levantou dados que mostram a mudança de hábito desse público. 27% dos compradores dizem que ainda querem manter a rotina de comprar fisicamente nas lojas, porém precisam sentir que estão seguros.  2020-07-17 - Tags: mercado de luxo produtos de luxo consumidores monitoramento de mercado e consumo mudanca de habito semanas de moda pandemia ligia mello

Desemprego e falta de crédito preocupam setor têxtil e confecções
O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, retirou da pauta de votação a MP 927/2020, que flexibilizava as leis trabalhistas durante o período da pandemia. O texto, segundo a Agência Senado, irá caducar, já que o prazo de vigência da Medida Provisória, editada pelo Governo Federal em março e aprovada pela Câmara em junho, expira no próximo dia 19 de julho.  2020-07-17 - Tags: leis trabalhistas pandemia medida provisoria governo federal acordos coletivos fgts inss folhas de pagamento seguro desemprego

Linhas de crédito para os pequenos negócios já passam de 170 nas instituições financeiras
Subiu para 177 o total de linhas de crédito identificadas pelo Sebrae e voltadas especificamente para beneficiar os pequenos negócios em meio à crise causada pelo novo coronavírus. É o que aponta o 13º levantamento feito pela instituição que, desde março, vem observando as ofertas de empréstimos para o segmento, por meio de informações e ações das corporações financeiras em todo o país.  2020-07-03 - Tags: sebrae linhas de credito instituicao financeira fintechs

Inspiramais realizará edição totalmente online em agosto
Um evento 100% digital, que visa proporcionar aos expositores e visitantes, a experiência de um ambiente real, onde a interação entre pessoas e produtos será possível por meio de ferramentas tecnológicas. Assim foi definida a próxima edição do Inspiramais, maior Salão de Design e Inovação de Materiais da América Latina, que acontecerá entre os dias 25 a 27 de agosto próximo.  2020-06-30 - Tags: inspiramais digital walter rodrigues rafael weber ilse guimaraes fernando pimental tecnologia editech

Tecnologia pode ajudar o consumo em tempos de isolamento social
O isolamento social, por conta da pandemia de covid-19, acelerou o uso das ferramentas digitais por parte das empresas. E isso se deu principalmente pela necessidade dos consumidores que, com o fechamento das lojas físicas, tiveram que fazer compras pela internet.  2020-06-29 - Tags: tecnologia pandemia consumo ferramentas digitais isolamento social ecommerce internet

Bordados de Caicó conquistam selo de Indicação Geográfica
Toda vez que a bordadeira Iracema Nogueira Batista vender uma de suas peças confeccionadas cuidadosamente na máquina, fio a fio, o cliente de qualquer parte do país agora terá a certeza de que o trabalho foi de fato produzido numa das regiões mais ricas culturalmente do Rio Grande do Norte.  2020-06-26 - Tags: rio grande do norte instituto nacional de propriedade industrial caico bordado serido otiguar bordadeiras sebrae