Language
home » moda & varejo » moda vestuário » mercado

Mercado

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Retrospectiva 2018: Afinal, o que quer o consumidor?

Três anos depois de descobrir o mercado sul-americano em 2014, quando promoveu em Medellín, Colômbia, sua 30º World Fashion Convention, (Convenção Mundial de Moda), a Federação Internacional do Vestuário (International Apparel Federation - IAF) retornou à América do Sul em 2017 para realizar, em parceria com a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e Confecção (Abit), a primeira edição do evento no Brasil, que aconteceu de 16 a 18 de outubro no Rio de Janeiro, com 350 participantes. Embora a convenção tenha reunido a nata do empresariado têxtil/vestuário/moda, representantes do varejo, especialistas e formadores de opinião, o principal protagonista foi o consumidor, ou melhor, a nova geração de consumidores, identificada nas categorias Y (nascidos após 1980), Z (a partir de 1999) e a mais recente, clean liefers (vida limpa) - que concentram jovens entre 15 e 34 anos.

Este protagonismo foi representado no último painel da convenção, quando cinco consumidores subiram ao palco para falar de suas expectativas em relação à moda. O encontro encerrou a maratona de palestras e debates que buscou respostas para o principal desafio do mercado fashion: como conciliar consumo e sustentabilidade, diante de um consumidor que deixou de ser passivo e cujo comportamento vem causando inquietações às empresas.

Os jovens convidados, Luma Nascimento, Lorenzo Cavichioni, Daniel Kalleb, Juliana Prata e Lara Espinoza foram estimulados pela consultora de estilo Renata Abranchs, que conduziu o debate, a contar como enxergam o mercado da moda. Digital influencers, alguns com centenas ou milhares de seguidores nas redes sociais, eles demonstraram que os blogs e as plataformas de mídia deixaram de ser meros instrumentos de diversão e autopromoção para se tornarem vetores de informações e ideias de pertencimento, diversidade e sustentabilidade no universo da moda.  Se antes os blogueiros faziam o papel de agentes de marketing, recebendo produtos das marcas para divulgar em suas páginas na internet, hoje continuam fazendo isso, porém de uma forma mais ampla e crítica. Por exemplo, se um produto não estiver de acordo com seus valores, mesmo que seja lindo e acessível, poder ser rechaçado por ter utilizado processos e insumos que agridem o meio ambiente; por ter sido produzido em condições degradantes ou por não conter modelos que contemplem pessoas fora do “padrão estético”. Essa patrulha tem se tornado uma pressão para as marcas, pois toda e qualquer queixa (ou elogio) é “viralizado” em questão de segundos na internet.

Público exigente

Lorenzo Cavichioni, que pertence à geração Millennials, revela: “Eu era mais consumista. Hoje penso bem antes de comprar tudo o que quero e estou sempre atento à procedência dos produtos”. A pesquisadora Luma Nascimento, defensora do empoderamento feminino e da cultura negra, com mais de 19 mil seguidores no Instagram, critica a falta de pluralidade na indústria da moda.  “Nossa luta é pela igualdade. Hoje eu não me sinto totalmente representada, mas acredito que as coisas estão melhorando”, já Juliana Prata, engajada nas questões socioambientais, diz que mudou de atitude após ver a série "Sweatshop - Dead Cheap Fashion", que mostra blogueiros noruegueses em uma fábrica de roupas no Camboja, onde as condições de trabalho são insalubres e as costureiras recebem US$ 3 dólares ao dia. “Depois de ver essa série passei a olhar com atenção as etiquetas das peças que compro”. Concordando com a moderadora do debate, Renata Abranchs, para quem “a moda precisa de menos tendência e mais essência”, Lara Espinosa acrescentou que costuma pesquisar a cultura da empresa em relação aos seus funcionários. “Não admiro marcas que só se preocupam com market share”, sentenciou.

Ações e reações

A indústria global da moda movimenta por ano cerca de 2,4 trilhões de dólares. Será que parte destes recursos não podem ser investidos em  produção mais sustentável?  O primeiro painel da Convenção abordou justamente a questão do complience – conformidade com leis, regulamentos e questões éticas envolvidas em cada etapa do negócio da moda – que implica numa maior sinergia e transparência entre produtores e fornecedores da cadeia de valor. Ao participar do painel Cenário Mundial da Indústria e do Varejo de Têxteis e Confeccionados, Saskia Hedrich, senior expert da consultoria americana McKinsey & Company, advertiu: “É preciso pensar fora da caixa. A era da produção em massa está chegando ao fim”. 

A consultora destacou que a tecnologia móvel e acessibilidade cada vez maior da internet desempenham um papel fundamental nesta mudança. Com base em uma pesquisa realizada pela McKinsey em 2016 com mais de 200 executivos da indústria e varejo de moda, Saskia apontou que os players de mercado estão olhando para dentro e remodelando suas operações para integrar a inovação sustentável nos processos de design e fabricação de vestuário.  Segundo ela, 65% dos entrevistados disseram que estão implementando a digitalização dos dados para melhorar a interface com fornecedores e atender melhor o mercado que nos últimos anos têm se tornado menos previsível. “A digitalização será a chave para a eficiência da cadeia de abastecimento, não só para reduzir os custos como também aprimorar as oportunidades de negócios. Além disso, pode  aumentar a agilidade na forma de como as roupas são projetadas e, consequentemente, contribuir na rapidez de resposta aos clientes”.

Embora “incerto” e “desafiador” sejam as palavras mais usadas pelos entrevistados para descrever o estado ânimo do setor, o “otimismo” com o mercado veio em terceiro lugar na avaliação dos executivos e isto é um bom sinal. Também se destacaram entre as respostas dos varejistas, a necessidade de investir na integração das operações das lojas físicas e virtuais, no marketing online e nos programas de fidelização e interatividade. Um dos exemplos citados foi o da marca Adidas, que em seu novo ponto de vendas em Nova York, instalou uma pista para que as pessoas testem os tênis antes de compra-los.

Em sua palestra sobre “Transformação na Indústria da Moda: Fatores Ambientais na Economia Global”, Sebastian Boger, diretor do escritório da Boston Group, em Munique, disse que a produção de vestuário continuará crescendo no mundo. Segundo ele, o volume passará dos atuais 62 milhões de toneladas para 102 milhões de toneladas nos próximos 10 anos. Embora reconheça a relevância do consumidor, Boger discorda que ele vai liderar o processo de sustentabilidade no produto têxtil. “Além da maioria das pessoas ainda seguir tendências de moda, poucos conhecem a complexidade da cadeia de produção e muitos relevam o preço como fator decisivo na hora da compra”, destacou o pesquisador, acrescentando que 80% das empresas de moda têm metas de sustentabilidade, mas somente 30% estão colocando o tema nas decisões estratégicas.

No painel sobre a Influência da Responsabilidade Socioambiental nas Decisões de Compra do Consumidor Final, o moderador Renato Meirelles, presidente do Instituto Locomotiva, insistiu para que as empresas tenham mais empatia com seus consumidores. “Durante anos, as marcas se mantiveram longe da realidade do consumidor. Mas hoje, temos o marketing de causa e o poder de decisão está com as pessoas”.

Afinado com esta ideal, o empresário Rony Weisler, do Grupo Reserva de moda masculina, declarou: “Temos que emocionar e surpreender todos os dias. Por isso fazemos campanhas que dialogam com nossos clientes”, disse, citando uma convenção de vendas realizada no estádio do Maracanã que, segundo ele, foi muito mais assertiva do que publicidade em revistas de moda, que atinge pouco o público masculino.

Defensor do “Capitalismo Consciente”, o jovem empresário também realizou em 2016 uma ação em que cada peça vendida na loja viabilizava a doação de cinco pratos e comida para a ONG Banco de Alimentos, que combate o desperdício e a fome. Entusiasmado com o retorno da marca no mercado, ele finaliza: “Temos que empreender sim, mas também, é preciso repensar o negócio para atender o novo mercado de consumo”. A IAF, que representa 40 mil empresas ao redor do mundo, realizará sua próxima convenção em outubro de 2018, na cidade de Maestricht, Holanda.

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por: Marcia Mariano
Foto: Guilherme Taboada

Data de publicação: 28/11/2018

Conteúdo relacionado


O novo perfil do Designer de Moda para a Indústria 4.0
A Quarta Revolução Industrial traz mudanças estruturais nos processos de produção das empresas e mexe com o perfil dos profissionais. E o setor têxtil e de vestuário é um dos pioneiros nessa transformação. Para acompanhar essa mudança, inclusive de maquinário, o profissional que cria moda precisa se reinventar, incorporando a tecnologia digital na concepção e fabricação das peças.  2018-12-14 - Tags: quarta revolucao industrial senai brasil fashion senai cetiqt inteligencia artificial designer de moda 4 0

Calvin Klein passa a aceitar bitcoins em lojas físicas selecionadas em São Paulo
A Calvin Klein é a primeira varejista de moda a aceitar pagamentos de compras de qualquer valor em bitcoins. A nova forma de pagamento está disponível através de uma parceria com Foxbit, principal exchange de bitcoins da América Latina, e a Cloudewalk, rede e plataforma de pagamentos plug and play.  2018-12-13 - Tags: calvin klein varejista de moda foxbit qr code aplicativo wallet pvh brazil cloudwalk

Cresce a procura por profissionalização no setor da moda
Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o índice de desemprego no terceiro trimestre de 2018 foi de 11,9%, o que explica a alta na procura por formas alternativas de gerar renda. Um levantamento feito pela Sigbol Fashion, primeira e única rede de escolas de moda e corte e costura do país, revela aumento de cerca de 15% na procura de cursos no primeiro trimestre de 2018, em comparação com o mesmo período do ano passado.  2018-12-07 - Tags: aluizio de freitas sigbol fashion ibge corte e costura moda pet mercado

Trend Session Jeanswear LYCRA® revela dados da última pesquisa realizada pelo Ibope Inteligência
Na manhã da última terça-feira (27), no espaço Vila São Paulo, a marca LYCRA® promoveu o Trend Session Jeanswear, evento proprietário da empresa para esse segmento da moda. Para a ocasião, parceiros, imprensa e formadores de opinião marcaram presença e tiveram acesso à informações, inovações e oportunidades para compreender os hábitos de consumo, necessidades, preferências e desejos os usuários de jeanswear, além de experimentarem os benefícios das tecnologias da marca LYCRA®.  2018-12-03 - Tags: lycra trend session jeanswear america do sul black jeans delucci modas riachuelo lycra beauty coolmax

Retrospectiva 2018: Afinal, o que quer o consumidor?
Três anos depois de descobrir o mercado sul-americano em 2014, quando promoveu em Medellín, Colômbia, sua 30º World Fashion Convention, (Convenção Mundial de Moda), a Federação Internacional do Vestuário (International Apparel Federation - IAF) retornou à América do Sul em 2017.  2018-11-28 - Tags: iaf world fashion convention international apparel federation abit clean liefers varejo digital influencers millennials

Moda sustentável do Brasil atrai compradores internacionais
Três convidados especializados no segmento de moda sustentável participaram da Rodada de Negócios da Brasil Eco Fashion Week - BEFW – semana de moda sustentável. Com o tema Inovação e diversidade, a BEFW atraiu público engajado em causas ambientais e sociais na Unibes Cultural, na capital paulista.  2018-11-26 - Tags: befw brasil eco fashion week fernanda simon pascal gautrand sabine alegria alice beyer schuch hermann hering texbrasil rafael cervone

Senai Cetiqt inaugura primeiro laboratório para experimentação tecnológica no setor da moda
Imagine um espaço aberto e colaborativo para a realização de experimentos que utilizem tecnologias inovadoras destinadas à indústria da moda. Este é o Fashion Lab, que o SENAI CETIQT lança no dia 18 de dezembro, às 15h, na Unidade Riachuelo, no Rio de Janeiro.  2018-11-23 - Tags: fashion lab senai cetiqt angelica coelho fabrica modelo arena central fabian diniz unidade riachuelo

Brascol inaugura nova loja com foco em agregar experiência de compras aos lojistas
Seguindo os avanços na área de tecnologia e acompanhando as mudanças no hábito de compras dos consumidores, a Brascol, maior atacadista e distribuidor de moda bebê e infantojuvenil do Brasil, inaugurou em 6 de novembro a Brascol.com, um modelo híbrido de loja (on e offline) num espaço físico de 50 m2 dentro do maior shopping atacadista do Brasil, o Mega Polo Moda.  2018-11-12 - Tags: brasco varejo mercado infantojuvenil mega polo moda shopping atacadista

Programa ABVTEX conquista Selo de Direitos Humanos e Diversidade
Em sua 1º edição, o Selo é uma iniciativa do executivo municipal, por intermédio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos. O Programa da Associação Brasileira do Varejo Têxtil (ABVTEX) de boas práticas na cadeia de fornecimento do varejo de moda foi uma das iniciativas agraciadas.  2018-11-07 - Tags: abvtex programa abvtex selo de direitos humanos e diversidade odss edmundo lima estado de sao paulo

Empreendedores conhecem empresas-case da moda nacional
Em continuidade à agenda do Sebrae no 46º São Paulo Fashion Week, parte dos empresários que foram ao evento a convite da instituição participaram de visitas técnicas em empresas-case da moda na capital paulista. Por meio da ação, os empreendedores conheceram novos modelos de negócio, fortaleceram articulações da rede de parceiros, tornando o segmento de alto valor agregado mais acessível para os micro e pequenos negócios.  2018-10-29 - Tags: martha rosinha galpao comas spfw sebrae adriana degreas void cavalera

Sebrae promove desfile Top Five com amplo espaço de negócios para empresários de todo país
A 46º São Paulo Fashion Week inicia um novo ciclo, tendo como base o conceito “Transposição”. A proposta é ir além de suas convicções e certezas e reinventar a direção em relação ao futuro. Compartilhando valores, o Sebrae se firma em mais uma edição da maior semana de moda da América Latina para incluir no grande mercado da moda as pequenas empresas do setor.  2018-10-22 - Tags: sao paulo fashion week transposicao spfw spfwn46 top five projeto estufa lounge sebrae wgsn expert

ABVTEX participa do lançamento da primeira edição do Índice de Transparência da Moda Brasil
Foi lançado, na quinta-feira (11/10), em São Paulo, o relatório “Índice de Transparência da Moda Brasil”, uma realização conjunta das equipes brasileira e global do Movimento Fashion Revolution, para analisar em que medida 20 grandes marcas e varejistas de moda estão comunicando ao público sobre suas cadeias produtivas - e incentivar uma maior prestação de contas em relação aos impactos socioambientais do setor.  2018-10-15 - Tags: fgvces aron belinky abvtex indice de transparencia da moda brasil edmundo lima movimento fashion revolution

O desafio das empresas em encontrar e reter talentos
O que leva um profissional qualificado a dispensar o “emprego dos sonhos” em uma corporação e optar por trabalhar numa startup? O que as empresas devem fazer para atrair e reter talentos? “Dar respostas a estas questões, que envolvem o mundo do trabalho hoje, não é tarefa fácil”, comenta o consultor, Caio Infante, 38 anos, diretor geral para a América Latina da TMP Worldwide.  2018-10-11 - Tags: tmp worldwide nova york caio infante wtc events congresso internacional da abit emprego mercado internet

Renner convoca startups para ampliar atuação em sustentabilidade
Buscando ampliar investimentos para reforçar seu compromisso com a moda responsável, a Lojas Renner vai se conectar com startups. A ideia é unir esforços para contribuir com os objetivos da varejista na área da sustentabilidade, que incluem a inovação no desenvolvimento de matérias-primas e processos menos impactantes ao meio ambiente, bem como a entrega de linhas de produtos e serviços mais sustentáveis, com engajamento dos colaboradores, da comunidade e dos clientes.  2018-10-01 - Tags: lojas renner startups sustentabilidade wow andre ghignatti wow aceleradora renner innovation day

Indústria têxtil e de confecção espera datas comemorativas para melhorar resultados
A Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) observa que o setor segue cauteloso à espera dos resultados das próximas datas comemorativas para retomar o ritmo de crescimento, em um cenário de crise persistente. O sentimento justifica-se após o desempenho do varejo de vestuário recuar 3,5% até junho deste ano (dados IBGE), resultado que influenciou diretamente os níveis de produção, em queda tanto em têxtil (-0,9%), quanto em vestuário (-3,8%).  2018-09-24 - Tags: abit ibge renato jardim datas comemorativas radar abit cnc vestuario

Instituto Lojas Renner leva programa de capacitação de mulheres refugiadas a RJ e BH
Após dois anos oferecendo cursos de capacitação profissional a mulheres refugiadas na capital paulista, o Instituto Lojas Renner, braço social da maior varejista de moda do Brasil, ampliou o programa Empoderando Refugiadas e chegou a outras duas cidades: Rio de Janeiro e Belo Horizonte. O objetivo é promover a qualificação destas mulheres no setor têxtil e, desta forma, contribuir para a entrada delas no mercado de trabalho.  2018-09-19 - Tags: instituto lojas renner belo horizonte venezuela colombia angola republica democratica do congo renner camicado youcom empoderando refugiadas

Arco Componentes Metálicos passa a atender a indústria têxtil
Com uma trajetória de 25 anos no mercado nacional fornecendo componentes metálicos para o mercado calçadista em todo o território nacional, a gaúcha Arco inicia atuação no setor têxtil. Para este novo momento, a marca convidou o arquiteto e designer Roque Frizzo para desenhar uma coleção exclusiva de peças para uso na produção de itens de vestuário.  2018-09-18 - Tags: grendene nike coke converse dakota alpargatas roque frizzo patricia mattana cotidiano urbano

Varejo híbrido ganha impulso com as novas tecnologias
Para atender às expectativas e necessidades dos clientes, as marcas estão encontrando novas maneiras de implantar tecnologia na experiência de compra, aumentando também a oferta de serviços nas lojas por meio do engajamento e da conectividade com seus consumidores.  2018-09-06 - Tags: nrf retail s big show 2018 oasislab nrf startup meetup fabiola paes startups ecommerces omnichannel inteligencia artificial machine learnig

Sustentabilidade é desafio de longo prazo para indústria da moda
Designers, formadores de opinião e até mesmo uma parcela significativa dos consumidores, especialmente das gerações Y (Millenials) e Z (hipercognitivos), já sabem que a moda tem um papel importante para a construção de uma indústria ética e sustentável. Porém, devido à complexidade da produção têxtil, que envolve processos interligados em uma longa cadeia que vai da fibra ao vestuário, a conscientização socioambiental no setor deverá acontecer de forma lenta e gradativa.  2018-08-31 - Tags: abvetex latam retail show laboratorio de moda sustentavel edmundo lima oit giuliana ortega andre carvalhal

ABVTEX firma parceria para evolução do programa de monitoramento da cadeia produtiva
A ABVTEX (Associação Brasileira do Varejo Têxtil), entidade que representa as principais redes de varejo de moda do País, acaba de firmar parceria com a Social Accountability Accreditation Services (SAAS), o único organismo de acreditação global cuja missão é apoiar a implementação de padrões sociais e trabalhistas, por meio da avaliação da competência dos sistemas de auditoria e auditores individuais.  2018-08-14 - Tags: abvtex social accountability accreditation services programa abvtex abnt bureau veritas dnv gl intertek sgs