Language
home » moda & varejo »

Marketing

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Uma família que ama o trabalho na confecção

Ver sua mãe, Terezinha de Souza Pereira, cortar e costurar peças de algodão na garagem de casa para vender na feira da cidade, em Juazeiro do Norte, Ceará, motivou o menino Carlos Pereira a ser empreendedor. “Eu cresci vendo este trabalho que muito me orgulha. Mas a empresa, que hoje é uma das três maiores do País, só aconteceu quando fui para Fortaleza. Lá, com 20 anos, comecei a trabalhar como representante comercial numa fábrica de roupa íntima. Não foi eu que fundei a marca DelRio, ela já existia e o antigo proprietário tinha duas pequenas lojas, cujas peças produzia na oficina nos fundos do estabelecimento”, recorda Carlos Pereira, hoje com 80 anos de idade, e que ao lado do filho Daniel, tocam uma das maiores industrias de lingerie do país, com 20 unidades fabris, 3.500 funcionários diretos e produção de 3,5 milhões de itens por mês, em torno de 45 milhões de peças por ano.

Segundo ele, durante sua atividade como representante comercial, fez contato com vários fabricantes de vestuário que na época, (décadas de 1960 e 1970), instalados em Fortaleza, São Paulo e Rio de Janeiro, produziam vestuário para abastecer o crescente mercado varejista, que começava a tomar forma com os grandes magazines. “Tive acesso ao Sr. José Duarte, um conhecido empreendedor da época, que possuía uma pequena fábrica de roupas em Fortaleza       e duas lojas. Então, adquiri o negócio e vendi as lojas porque não tinha vocação pra varejista, fiquei apenas com a fábrica e mudei o produto para lingerie. Inspirado no modelo que minha mãe criou, decidi produzir as peças, mas o projeto só se concretizou, a partir da aprovação pela Sudene – Superintendência de Desenvolvimento do Norte. A partir de 1963, fomos crescendo e vendendo bem no Ceará. Depois expandimos para o Nordeste e por fim, no Brasil, quando nosso nome chegou a São Paulo”, recorda o empresário.

Sediada no Condomínio Industrial de Maracanaú, Ceará, a Del Rio mantém um complexo produtivo formado por unidades de confecção, três tinturarias (tecidos, elásticos e peças sem costura), moderno laboratório de controle de qualidade e um Centro de Distribuição, com capacidade de faturamento acima de 150 mil peças por dia. Além do mercado brasileiro, a empresa vende lingeries também para diversos países da América do Sul, produzindo cerca de 70% da matéria-prima utilizada na produção. Um dos diferenciais da marca está na criação de estampas exclusivas, e na variedade de artigos que vai desde o infantil ao adulto.

Parceria de  amor

Viúvo há três anos, pai de três filhos (um já falecido), Carlos Pereira fica emotivo quando se lembra da esposa, Elza Maria Laureano Pereira. De beleza marcante e sagacidade para os negócios, Elza, que chegou a conquistar o título de Miss Ceará, conviveu ao lado de Carlos por 52 anos. “Era uma mulher fantástica e parceira de todas as horas. Sempre preocupada com o gosto das consumidoras, Elza me ajudou muito na área de criação de produto. Na verdade foi minha primeira estilista e sua prioridade, além da família, era a empresa. Sinto muito a falta dela até hoje. Resolvi ficar careca em homenagem a ela, que faleceu de câncer no pulmão”.

Impulso no varejo

Carlos Pereira explica que preferiu manter o nome da marca quando adquiriu o empreendimento e considera que foi uma decisão ace tada. Para ele, o importante era manter a qualidade do produto e conquistar lojas de varejo. E isto aconteceu quando o empresário Bernardo Goldfarb, fundador das Lojas Marisa, foi até a fábrica da Del Rio. “Ele viu as peças que produzíamos, gostou tanto que fez o primeiro pedido para uma das lojas em São Paulo. Na época, a Marisa já tinha cerca de 20 filiais. O Sr. Goldfarb comprou a produção de 3 a 4 meses. Até hoje, mantemos relacionamento com a Marisa”. O empresário logo compreendeu que o segmento de lingerie é um ramo internacional e que para encantar as consumidoras, era preciso estar atento às tendências de moda. Na década de 1980 ele começou a viajar para Colômbia, considerado um polo avançado de produção de underwaer e moda íntima na América Latina, e depois foi aos Estados Unidos, para ver como funcionava o mercado e também, divulgar a marca.

Carlos Pereira reconhece que a mulher brasileira influencia muito mais a moda íntima e a moda praia do que quaisquer outros países por sua silhueta e estética. “A  lingerie se desenvolveu na França e   na Itália, mas foi a mulher brasileira que a consagrou com seu estilo próprio no mundo”. A paixão não só pela companheira, mas pelo universo feminino fez com que Carlos Pereira, além de pautar seu negócio para o segmento de lingerie, mantenha a empresa “empoderada”.  Sendo uma das indústrias de moda íntima que participa do Movimento Mulher 360, criado em 2011 pelo Walmart que visa promover a equidade de gênero e o aumento da participação feminina no ambiente corporativo, nas comunidades e na cadeia de valor, a Del Rio já pratica em casa esta política. “A  diretora comercial   é mulher, a diretora industrial também é mulher e claro toda área operacional. Na empresa nós temos 94% de mulheres e apenas 6% de homens”, diz Pereira.

 

Os próximos 50 anos

Daniel de Souza Pereira, 46 anos, têm a missão de dar continuidade aos próximos 50 anos da DelRio. Formado em administração, depois de ter cursado dois anos de arquitetura, ele foi estudar nos Estados Unidos, ainda jovem, e lá ficou durante 13 anos, se preparando para dividir com o pai Carlos o comando da empresa. “Eu nasci no ramo têxtil. Aliás, quando abri os olhinhos, ainda bebê, já estava dentro da fábrica, contava minha mãe. Me recordo que, quando criança, costumava brincar com meus irmãos entre as máquinas. Aquilo criou um laço muito forte entre empresa e família e, entre os meus irmãos, fui eu que mais se identificou com o trabalho na fábrica”.

Responsável pela estratégia de mercado da DelRio, Daniel Pereira diz que o desafio dos fabricantes de lingerie é decodificar, com antecedência, os desejo da consumidora que hoje se pauta pelas redes sociais e não mais por desfiles de moda. Por isso, uma das estratégias é participar com a equipe de desenvolvimento e produto das feiras e salões de lingerie. “A  maturidade feminina acontece cada  vez mais cedo. Hoje, uma menina a partir dos 9 anos já tem estilo próprio. O físico também mudou. Meninas de 13 a 15 anos já usam manequim 38 e 40. Tem que saber como atingir esse público com nossos produtos, com linguagens diferenciadas”.

E empresário destaca que um dos problemas do mercado de lingerie brasileiro é a falta de padronização. “Enquanto o mundo inteiro já trabalha com copas - sistema mais amplo de medidas, que leva em conta o tamanho do tórax e o tamanho do busto para formatar a lingerie, uma vez que há vários tamanhos de busto feminino -, o Brasil, devido à cultura do lojista, só agora está mudando muito paulatinamente”.

Segundo Daniel, se fosse aplicado este sistema, seria possível substituir na gradação das peças, os tradicionais P,  M, G e GG,  por A, B, C, D e duplicar conforme as medidas, por exemplo AA, DD, etc. Ele reconhece, porém, que uma das dificuldades dos lojistas de lingerie são os estoques. “São peças, especialmente sutiãs, que não podem ser armazenadas de qualquer jeito. O que implica que o lojista teria que lidar com uma variável maior de estoque, mais espaço na loja, gestão, entre outros requisitos que, em se tratando de Brasil, torna-se um custo a mais”.

Entre os planos para a nova fase da DelRio, Daniel Pereira cita o incremento das linhas infantil, teen e até  roupinhas de bebê “Nós já oferecíamos produtos para adolescentes e agora, lançamos uma linha bebê para acompanhar toda a vida da nossa futura consumidora. Queremos que ela tenha identidade com nossa marca, desde cedo”, conclui Daniel Pereira, acrescentando que atualmente, a Del-Rio tem 15.000 clientes no Brasil e 300 no mercado internacional.   E como reconhecimento aos 50 anos da empresa, dentro da qual ele nasceu, Daniel Pereira, faz uma homenagem à família. “Tenho muito orgulho da DelRio. Ao longo da vida vi o trabalho feito pelo seu Carlos e a dona Elza que criaram um negócio fantástico, que sem dúvida, seguirá prosperando”.

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Publicado por ITT Press - International Top Trends - ed. 111

Data de publicação: 05/08/2018

Galeria de fotos desta matéria

Conteúdo relacionado


Serviço inovador de home care fashion chega ao Brasil
A franquia portuguesa Arranjos Express está lançando o serviço Home Care Fashion. Com o propósito de fazer moda com menos consumo, a marca aposta em sustentabilidade, reaproveitamento, customização e reparos de costura em domicílio. “Guarda roupa consciente é a frase da vez.  2019-06-12 - Tags: home care fashion arranjos express reaproveitamento sustentabilidade consumo exacerbado customizacao

Plataforma de colaboração apresenta propostas para transformar a moda nacional
Lançado em janeiro 2017, o Lab Moda Sustentável, uma iniciativa nacional, sistêmica e multissetorial, é formado por cerca de 40 lideranças, entre as quais, estão costureiras, acadêmicos, representantes do varejo e indústria de moda, do setor público, associações setoriais, fundações e institutos, organizações internacionais, sociedade civil e mídia.  2019-06-07 - Tags: lab moda sustentavel organizacao internacional do trabalho abvtex lms instituto cea

TexPrima LOF inaugura segunda unidade no Bom Retiro
No dia 11 de junho, a marca TexPrima inaugura mais uma unidade da LOF – TexPrima Loja Oficina – um espaço que vai além de uma loja de tecidos: um local de criação, colaboração e inspiração para empreendedores da indústria da moda e toda a comunidade criativa.  2019-06-06 - Tags: texprima lof texprima loja oficina bom retiro biblioteca de modelagens tecidos

Belas Artes é única brasileira selecionada pelo The Best Fashions Schools in the World 2019
“Com sua dedicação histórica à transformativa Economia Criativa, a Instituição prepara empreendedores de moda em ascensão”, é assim que o The Business of Fashion descreve a atuação da Belas Artes e inclui o Curso de graduação Mídias Sociais Digitais da Instituição na lista dos 10 melhores do mundo na área de Fashion Art Direction and Communications em 2019.  2019-06-05 - Tags: fashion art direction and communications the business of fashion belas artes the best fashions schools in the world 2019 patricia cardim central saint martin

Projeto Estou Refugiado promove ação em evento de moda em São Paulo
O Projeto Estou Refugiado, que promove a inserção de imigrantes refugiados no mercado de trabalho, participa da 6ª edição paulista do Coletivo Carandaí 25, bazar de grandes marcas que começa nesta quinta-feira, 6, e vai até domingo 9, em São Paulo.  2019-06-05 - Tags: projeto estou refugiado coletivo carandai 25 luciana capobianco estou refugiado casa miracolli

Vicunha e Ecoera apresentam resultado do projeto 'Pegada Hídrica Vicunha'
A Vicunha Têxtil em parceria com o Movimento ECOERA, precursor em integrar a sustentabilidade na indústria da moda, design e beleza no Brasil, apresentam com exclusividade ao mercado os resultados do projeto pioneiro "Pegada Hídrica Vicunha", que utiliza métricas próprias para mapear o consumo de água no ciclo de vida de uma calça jeans no país – desde o plantio do algodão, até o consumidor final.  2019-06-03 - Tags: vicunha textil movimento ecoera pegada hidrica vicunha pegada azul claudio bicudo pegada cinza meio ambiente

Guarda roupa 'Pague pelo uso' é tendência para consumo consciente
Desde o início da década de 2000, o debate sobre consumo consciente, comprar menos e viver com pouco vem ganhando força no mundo. As pessoas, de modo geral, vêm buscando alternativas e maneiras mais sustentáveis e criativas para viver.  2019-06-03 - Tags: closet dasdu consumo consciente grifes renomadas dasdu paula durazzo

MOB reabre showroom próprio em São Paulo
A MOB, marca de moda feminina, reinaugura seu showroom próprio, localizado na Rua do Consorcio, 198, no bairro do Itaim Bibi, em São Paulo. Com 33 anos de sucesso, a marca aposta na reabertura do espaço para ser um ponto de encontro e troca de informações com os lojistas.  2019-05-30 - Tags: showroom mob moda feminina showroom marcelo dib

Grife lança campanha com modelo virtual
A NotEqual, marca do estilista mineiro Fabio Costa que faz parte do line up da Casa de Criadores, foi a primeira grife da America Latina a lançar campanha com modelo virtual. Tudo por conta do Asteri Studio, a primeira agência de modelos virtuais da América latina, com sede em BH.  2019-05-30 - Tags: notequal fabio costa casa de criadores modelos virtuais america latina

Moda, tecnologia e o consumidor moderno
Saímos dos anos 2000 e já estamos definitivamente há quase duas décadas na era da internet. Tecnologias que mudam nossa forma de viver e consumir aparecem a todo momento. Plataformas que nos permitem realizar todo tipo de compra com o conforto de não sair de casa, ferramentas que nos ajudam a encontrar médicos, restaurantes, ou os melhores caminhos para um destino estão à disposição e não param de pipocar por aí.  2019-05-24 - Tags: screenshop novas plataformas varejo digital consumidor geracao z millenials ponto de vista julia d amo

Líder com 'sentimento de dono' é buscado pelas grandes empresas
Sabe quem é o melhor líder? Aquele que possui o que chamamos de “sentimento de dono”. Você sabe o que isto significa na prática? É o executivo que cuida da empresa na qual trabalha como se fosse dele, compartilhando do mesmo sentimento e objetivos que o dono daquela organização, ou a alta administração, tem. Zela pelo dinheiro da empresa como se fosse dele, tratando tudo com muita responsabilidade.  2019-05-24 - Tags: ponto de vista marketing marcelo tertuliano sentimento de dono sustentabilidade

Brasil Botões completa 15 anos e apresenta nova identidade
Importantes marcas do mercado têxtil brasileiro compõem seus produtos com itens que saem de Jaraguá do Sul. É o caso dos botões produzidos na cidade pela única fabricante voltada à camisaria no Estado. Completando 15 anos, esse mês, a Brasil Botões é, hoje, além de fornecedora de grandes negócios Brasil afora, um case de tecnologia e sustentabilidade aplicada ao universo da moda.  2019-05-24 - Tags: brasil botoes dudalina hering marisol grupo lunelli kyly c&a guilherme selhorst aviamentos

Blockchain: rumo à transparência na moda
Você provavelmente já ouviu falar sobre Blockchain, tecnologia que permite a criação de uma base de registros e dados imutáveis, armazenados de forma distribuída e visível a todos, como medida de segurança. Mas você sabia que esse sistema já está sendo usado no setor da moda no Brasil?  2019-05-22 - Tags: blockchain instituto c&a alinha tag alinha codigo de rastreamento do produto c a foundation

Nem só de passarela vive um evento de moda
“Relaxar” e “Off-line” são duas palavras que você nunca usaria em uma mesma frase junto com São Paulo Fashion Week. Contudo, foi exatamente isso que a 47ª edição do mais importante evento de moda da América Latina queria que você fizesse. O tema deste ano da SPFW foi uma pergunta: “Qual é a sua utopia?” cujo intuito é causar uma reflexão sobre o futuro e como o mundo pode se tornar um lugar melhor.  2019-05-13 - Tags: spfw n47 amir slama handred joao pimenta cavalera ronaldo fraga sao paulo fashion week liberdade autenticidade aventura paixao

Nova coleção da Eberle aposta no misticismo, minimalismo e ludicidade
Apresentamos a nova coleção EMANA, que reflete referências de moda e comportamentos através do misticismo, simplicidade e personalidade. Uma coleção que emana sentimentos e as transformações do ser humano e da sociedade, através de três diferentes tendências atualizadas com o cenário da temporada.  2019-05-10 - Tags: colecao emana aviamentos toques artesanais lancamento minimalismo ludicidade misticismo

Movimento Ecoera apresenta plataforma para conscientização sobre o consumo de água
Idealizado pelo Movimento ECOERA, a plataforma “A Moda pela Água” foi criada como um espaço de inovação, conhecimento, e transparência, onde as empresas e consumidores se encontram e compartilham suas iniciativas referentes ao consumo consciente de água.  2019-05-09 - Tags: movimento ecoera chiara gadaleta a moda pela agua ecoera marketing

Marca que utiliza apenas tecidos recuperados de estoques chega em São Paulo
No mês de comemoração de seus dois anos, a AHLMA, chega em São Paulo trazendo todo seu astral, projetos e desejo de descobrir e criar novas experiências e conexões. Para reforçar este importante momento de expansão, a marca carioca inaugura sua terceira loja (no dia 7 de maio), na rua da Consolação.  2019-05-07 - Tags: ahlma vegana pequenos produtores sustentabilidade veganismo andre carvalhal tecidos recuperados

Brechó aposta na moda circular para crescer no Brasil
O impacto ambiental gerado pelo consumo desenfreado é tema recorrente de discussões no universo da moda. Estima-se que a cada segundo um caminhão de lixo com produtos têxteis é queimado ou despejado em aterros sanitários. Pensando nisso, empresas e consumidores começam a apostar na economia circular, um movimento que pretende acabar com o desperdício de material têxtil.  2019-05-03 - Tags: siomara leite danielle kono brecho agora e meu materiais renovaveis residuos texteis

MM Alfaiataria inaugura ateliê focado na experiência do cliente
A MM Alfaiataria, dos sócios Márcio Costa, Fred Ribeiro e Márcio Azevedo, inaugura com soft opening a partir do dia 30 de Abril, um espaço dedicado ao universo masculino e à experiência personalizada do cliente. O ateliê que fica localizado na Vila Nova Conceição, abre as portas com o intuito de resgatar o trabalho feito a mão e dedicado do alfaiate.  2019-04-29 - Tags: mm alfaiataria soft opening alfaiataria sob medida ermenegildo zegna

Alunos são finalistas no Desafio Sou de Algodão
Alunos do curso de Moda da Faculdade Santa Marcelina foram classificados para a final do “Desafio Sou de Algodão + Casa de Criadores”. A etapa final do concurso, que premiará três vencedores em 1º, 2º e 3º lugares, ocorrerá na 45ª edição da Casa de Criadores, no primeiro semestre de 2019.  2019-04-29 - Tags: faculdade santa marcelina casa de criadores desafio sou de algodao andre hidalgo marcio ito