Language
home » moda & varejo »

Marketing

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Industria do vestuário investe em inovação

Desfile da estilista Lucia Figueredo na última edição do evento.

Investir no mercado interno é uma das alternativas que o setor têxtil e do vestuário tem adotado para minimizar os efeitos da crise financeira mundial. Dados do Instituto de Estudos e Marketing Industrial (Iemi), de São Paulo, mostram que mais de 95% de toda a produção brasileira do vestuário é comercializada dentro do próprio país. “Seguimos o modelo de produtor/consumidor. A inovação em produtos e serviços, a busca de novos segmentos consumidores e mercados regionais e a ampliação dos canais de distribuição, além de investir no mercado interno, são formas de crescer e conquistar mercados”, afirma Marcelo Prado, sócio-diretor do Iemi.
As indústrias do Paraná já seguem a tendência nacional e procuram agregar valor aos produtos em busca de novos mercados. “O Paraná é um grande produtor de marcas, com produtos de altíssima qualidade. Uma forma de minimizar a concorrência é produzir moda, e não somente roupas. É isso que o empresário paranaense tem feito para minimizar os efeitos da crise”, diz Marcos Tadeu Koslovski, presidente do Sindicato da Indústria do Vestuário do Paraná (Sivepar) e coordenador do Conselho Setorial da Indústria do Vestuário da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), um dos promotores do 3º Paraná Business Collection (PBC), que acontece de 25 a 29 de maio no Cietep, em Curitiba. O evento de moda e negócio, também promovido pelo Sebrae/PR, está em sua terceira edição e reunirá desfiles, showroom de negócios e uma programação paralela que inclui o 6º Prêmio João Turin e o Ciclo de Atualização em Moda, além de exposições, palestras, debates e uma oficina de moda. O principal objetivo é consolidar o Paraná não somente como polo da indústria de vestuário e confecção no Brasil, mas também como referência em moda.
Dados do Departamento Econômico da Fiep mostram a dimensão da indústria têxtil e do vestuário no Estado. As 5.400 indústrias, a maioria micro e pequenas empresas, empregam mais de 89 mil trabalhadores, o que representa 6,8% de todos os empregados do setor no País. No Paraná, o setor é o segundo que mais emprega entre toda a indústria do Estado.
De acordo com diretor do Sinditêxtil (Sindicato das Indústrias de Fiação e Tecelagem), Adilson Filipaki, o Paraná tem muitas marcas diferenciadas, mas que são pouco comentadas no mercado da moda. “Isso é devido à falta de visibilidade”. Segundo ele é necessária uma maior participação das empresas em desfiles e eventos do gênero para que as etiquetas paranaenses possam ser fixadas na mente de lojistas e consumidores finais. “Nossos produtos têm, muitas vezes, maior penetração de mercado do que marcas de São Paulo e Rio de Janeiro, mas não têm tanta visibilidade por não participarem de um número maior de desfiles”, diz.

Costureiras estão entre os 89 mil trabalhadores que a cadeia têxtil paranaense emprega, segundo a FIEP.

A opinião de Filipaki é compartilhada por Edson Campagnolo, vice-presidente da Fiep e industriário na Região Sudoeste. “Cerca de 70% das empresas do Sudoeste são prestadoras de serviço, ou seja, somos fornecedores para grandes marcas. Muitas roupas da TNG, por exemplo, são produzidas na região, mas ninguém fica sabendo, porque na etiqueta está a marca da TNG”, diz, ressaltando que as empresas precisam criar marcas próprias para se consolidarem no mercado.
“A concorrência sempre vai existir, por isso temos que diferenciar nossos produtos. Quem fabrica roupas simples, em grandes quantidades, para distribuição em massa com certeza sofrerá com a concorrência chinesa. Em Maringá, estamos trabalhando com produtos para as classes A e B, que exigem um produto diferenciado, com bom acabamento, costura, design, tecidos diferenciados, que fuja do básico e siga as tendências da moda”, afirma Carlos Roberto Pechek, presidente do Sindicato das Indústrias do Vestuário (Sindivest) de Maringá.

 

Mercado externo
O Brasil, e consequentemente o Paraná, exporta principalmente fios de seda, fios de algodão, tecidos de algodão e sintéticos, que possuem baixo valor agregado. Em 2007, o país ocupava a 7ª posição no ranking dos exportadores de têxteis e a 6ª na exportação de vestuário. Dados do Departamento Econômico da Fiep apontam que no Paraná as exportações do setor têxtil e vestuário tiveram uma variação de -18,51% no primeiro quadrimestre do ano, se comparado com o mesmo período de 2008.
Na avaliação de Ardisson Naim Akel, presidente do Sindivest – Curitiba, a queda nas exportações traduz a realidade brasileira, que trabalha com custos elevados de produção. “No sudeste asiático, Turquia e Leste Europeu a mão-de-obra é muito mais barata, o que aumenta a concorrência”, afirma Akel, que também coordena o Conselho Temático de Comércio Exterior da Fiep. Para Akel, a pouca inserção no mercado externo deve-se, primeiro, à concorrência e, em segundo lugar, à pouca visibilidade das marcas paranaenses no exterior. “Estamos tentando criar o conceito de moda, fashion e estilo. Queremos fazer com que o Paraná seja reconhecido como centro produtor de moda. Visibilidade e conceito se traduzem em mercado, ou seja, melhorando a condição da marca, vamos agregar maior valor ao produto e, consequentemente, aumentaremos a exposição”, destaca, citando marcas paranaenses como Lafort, Lucia Figueredo e Osmoze, que são conhecidas no mercado nacional, mas não no internacional.
O presidente do Sinditextil, Marcelo Surek, ressalta que as empresas precisam, em primeiro lugar, se fortalecer internamente, para então investir na exportação. “Já estamos produzindo produtos diferenciados, que aliam design e estilo. O principal desafio agora é consolidar as marcas paranaenses no mercado interno”, defende.

 

 
 
 
 
 
 
 

Edição: Márcia Mariano
Fonte: FIEP
Fotos: Gilson Abreu e Paraná ONLINE

Data:
25/05/2009

 

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Data de publicação: 26/05/2009

Conteúdo relacionado


Swarovksi promove curso de bordados usando cristais como matéria-prima
O conceito DIY (Do It Yourself), ou “faça você mesmo”, em português, tem crescido cada vez mais. Pensando nisso, a Swarovski Professional promove pela primeira vez no Brasil o programa corporativo da marca chamado Create Your Style (CYS), já com cases de sucesso em países como Estados Unidos, Rússia e Japão.  2017-01-10 - Tags: swarovski cristais curso do it yourself create your style natalia rios bordado

Oriba mostra que loja é muito mais que um destino de compras
Desde seu lançamento, em 2014, a Oriba aposta todas as suas fichas na sustentabilidade e propõe educar seus consumidores para a consciência na hora de comprar. A marca foca seus produtos no que considera básico para o dia a dia do homem, enquadrando-se no que é conhecido como slow fashion, que vai na contramão da produção de roupas massivas e de baixa qualidade, defendendo a criação de peças atemporais e duráveis, e evitando desperdício em grande escala.  2017-01-09 - Tags: varejo oriba slow fashion sustentabilidade consumo sustentavel publico masculino

Varejo de moda tem perspectivas conservadoras para o Natal
Após um ano bastante desafiador, as redes varejistas de moda associadas à ABVTEX (Associação Brasileira do Varejo Têxtil) esperam um desempenho em vendas conservador para este Natal.  2016-12-20 - Tags: ponto de vista abvtex edmundo lima varejo textil iemi

Confecção e indústria têxtil são indissociáveis
Em todo o País, segundo o Ministério do Trabalho, mais de 60 mil postos de trabalho foram fechados no ramo têxtil/confecção nos últimos 12 meses. Este alerta é preocupante.  2016-12-19 - Tags: itt 104 editorial confeccao varejo mercado

Escola de Moda do Fundo Social de Solidariedade realiza bazar no Palácio dos Bandeirantes
Nesta quinta-feira, 15, aconteceu a abertura da sexta edição do Bazar da Escola de Moda do Fundo Social de Solidariedade do Estado (FUSSESP) no Palácio dos Bandeirantes, na zona oeste da capital. A novidade deste ano fica por conta da parceria inédita com a estilista Adriana Barra, que cedeu três toneladas de retalhos para a confecção de roupas e acessórios.  2016-12-16 - Tags: fussesp fundo social de solidariedade do estado bazar da escola de moda natal jrj tecidos

ColorForward®2018 reflete uma atmosfera sombria
A Clariant anuncia o lançamento do ColorForward® 2018, a 12a edição do guia anual de previsão de cores para a indústria. Como todo ano, a equipe internacional da ColorForward realizou, em setembro, um estudo sobre as preferências do consumidor, suas atitudes e desejos.  2016-12-16 - Tags: colorforward 2018 clariant heimtextil stockholm design week newmorrow longitudelatitudeattitude

Coleção especial para o final de ano
A Iódice desenvolve coleção especial para as festas de fim de ano  2016-12-15 - Tags: iodice especial fi de ano lojas pecas ecommerce

Promoção de final de ano em moda kids
Tip Top oferece promoções em comemoração as festas de final de ano  2016-12-14 - Tags: tip top final de ano kids infantil promocao desconto festas

Bazar traz oportunidades de renovar o guarda-roupas
A Amapô marca de moda brasileira, queridinha das passarelas do SPFW vai realizar um mega Bazar em São Paulo.  2016-12-14 - Tags: amapo moda brasileira bazar venda calcas shorts modelos

Wearables ganham força em festival WeAr
Um cartão de credito e débito em forma de um adesivo levou o primeiro lugar no Hackathon WeAr + C&A  2016-12-13 - Tags: wearables wear festival cea alexandra farah adesivo cartao credito debito

Estudantes de moda apresentam trabalhos de final de ano
IED São Paulo promoveu na noite desta quarta-feira, 07, o APRITI - evento anual que apresenta os trabalhos de conclusão do curso de graduação em Design de Moda. Com um desfile especial, dez alunos puderam mostrar aos convidados um novo olhar da moda brasileira.  2016-12-09 - Tags: ied são paulo apriti evento anual conclusao de curso design de moda

Pantone revela a cor do ano 2017: Greenery
A Pantone anunciou hoje a cor de 2017:o verde Greenery ( PANTONE 15-0343). Um tom verde amarelado que evoca os primeiros dias da primavera em que os verdes da natureza revivem, restauram e renovam.  2016-12-08 - Tags: pantone cor do ano 2017 greenery kenzo renovacao

Edital para incubação de novas marcas
C&A e Malha abrem edital para incubação de novas marcas: projeto incentiva novas formas de organizar, produzir e consumir moda  2016-12-08 - Tags: incubacao novas marcas malha cea andre carvalhal

Nellie Partow, nova embaixadora da Première Vision New York
A estilista americana Nellie Partow foi selecionada para representar a Première Vision Nova York como embaixadora para a edição de janeiro de 2017. Nellie segue os passos de Peter Trainor e Anne-Marie Maniego, a dupla criativa por trás da marca Max'N Chester (julho de 2016) e David Hart (janeiro de 2016).  2016-12-05 - Tags: premiare vision new york nellie partow premiere vision council of fashion designers of america

FAAP Moda premia jovens criadores
Evento anual dedicado a incentivar e premiar estudantes do curso de moda da Fundação aconteceu dia 28 de Novembro no Teatro FAAP Aconteceu ontem à noite o 13 Faap Moda. A vencedora do voto do público foi Otilia e a vencedora do júri foi Elisa Sonnervig.  2016-11-30 - Tags: faap moda teatro otilia elisa sonnervig estudantes curso novembro novos estilistas

Workshop sobre Wedding
Fashion Meeting Experience e Grupo Casar organizam workshop sobre Wedding: Beleza, Moda, Universo Masculino e Negócio estão entre os temas que serão abordados no evento  2016-11-25 - Tags: fashion meeting experience grupo casar wedding beleza moda universo masculino negocios

Ronaldo Fraga e ADUS lançam campanha Re-Existência
No dia 06 de dezembro, o Adus – Instituto de Reintegração do Refugiado, promove, junto ao estilista Ronaldo Fraga, um evento para divulgação da campanha Re-Existência, que tem o intuito de sensibilizar as pessoas em relação à causa do refúgio.  2016-11-25 - Tags: ronaldo fraga adus reexistencia campanha refugiados

Empresa valoriza consumo consciente de roupas
Autêntica e inovadora, Oriba nasceu com propósito de gerar impacto social positivo na sociedade, com foco no consumo responsável e na educação de base  2016-11-25 - Tags: oriba consumo roupas consciente inovadora autentica ongs ootani