Language
home » moda & varejo »

Marketing

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Colombiana tipo exportação

Quem trabalhava com a estagiária María Claudia Lacoutore na Proexport Colômbia em 1996 talvez não pudesse imaginar que estavam ao lado da futura presidente da instituição. Mas a determinação e a competência desta especialista em Finanças e Relações Internacionais foram as qualidades necessárias para seu crescimento meteórico dentro da Entidade, hoje responsável pela promoção internacional de um dos mais vibrantes mercados na área têxtil e de confecção da América Latina. A Colombiatex e a Colombiamoda reúnem as maiores empresas latinoamericanas e globais, entre elas diversas das mais importantes indústrias brasileiras. María Claudia fala com exclusividade à ITT sobre sua carreira e sua vida pessoal, mostrando que por trás de todo grande sucesso existe sempre uma grande mulher.

ITT: Como foi o início de sua carreira na Proexport Colômbia?

María Claudia: Comecei minha carreira profissional como estagiária em 1996 e depois fui analista da área de Inteligência de Mercados. Esta é uma área chave, uma coluna vertebral para as agências de promoção. Também fui assessora de mercado da Proexport e diretora de turismo do escritório dos Estados Unidos. Posteriormente fui gerente da “Marca País”, uma área criada para reverter a percepção negativa que a Colômbia possuía no final do século XX. Em 2010 assumi o desafio de dirigir esta organização. 

ITT: Quais foram suas maiores dificuldades para ingressar na Proexport?

María Cláudia: Esta é uma entidade aberta aos novos profissionais que conta com um excelente programa de estagiários. Muitos estudantes de administração, finanças, assuntos internacionais, comunicação, mercados, direito e outras profissões buscam aqui suas primeiras experiências de trabalho. A única dificuldade é passar pelo primeiro filtro de seleção, porque há muitos concorrentes. Depois tudo depende somente de cada um.

ITT: Como foi sua infância, adolescência e desenvolvimento profissional?

María Claudia: Nasci em Santa Maria, o Caribe colombiano. Esta região é muito mestiça, alegre e unida. Ali os valores são familiares e se apreciam as tradições, sendo que os sentimentos de fraternidade são muito respeitados. Fiz minha carreira profissional em Bogotá e a especialização em Miami. Trabalhei nos Estados Unidos até que fui selecionada para dirigir a estratégia de imagem no País e desde então vivo aqui em Bogotá. Sempre tive laços muito fortes com minha família e mesmo que não seja consciente, muitas decisões têm influências deles. Do ponto-de-vista pessoal meus pais sempre foram compreensivos e solidários com as minhas decisões.

ITT: Que países já visitou e quais destinos mais gosta dentro da Colômbia? Houve algum momento quando se descobriu apaixonada pelo País que possa ter influenciado sua decisão de promovê-lo?

"Nós colombianos já nascemos apaixonados pelo nosso País, talvez pela sua diversidade geográfica e cultural."

Quando viajo pela Colômbia não deixo de me surpreender pelo imenso potencial que temos e, sobretudo, pelo calor amoroso de sua gente. Nós viajantes temos que sempre estar dispostos, atitude aberta para conhecer novas experiências, para desfrutar as particularidades de cada local. Nos últimos anos, por trabalho, quase sempre, tenho percorrido todos os continentes e sempre trago algo de bom de cada lugar.  

ITT: O que mais gosta na Colômbia? Que experiência recomendaria a um viajante que chega ao País pela primeira vez?

María Claudia: A Colômbia é um país onde ocorrem experiências mágicas, e é isso que eu mais gosto. Conhecer um rio de cores, observar baleias enquanto se pratica surfe no meio do paraíso verde que é o Pacífico colombiano, conhecer uma cidade perdida, desfrutar de um mar de sete cores, acordar rodeado de cafezais são ótimos motivos para visitar a Colômbia!

ITT: O que você espera para o futuro do País? Como gostaria que a Colômbia fosse reconhecida em todo o mundo?

María Claudia: Meu maior desejo é que a Colômbia seja próspera, crescendo com igualdade, em paz, com tranquilidade e oportunidades. Ainda temos muito trabalho a fazer e vamos fazê-lo. A Colômbia será conhecida no mundo como o lugar onde “sim, eu posso”!

ITT: Como é sua rotina de trabalho?

María Claudia: Começo muito cedo, tenho uma rotina de exercícios, escuto e leio notícias. Dou atenção a meus filhos até que vão ao colégio e começo a cumprir uma agenda que pode ser muito intensa e instável. Este cargo exige muitas horas de vôo e compromissos variados, mas faço o possível e o impossível para estar em casa em um horário que consiga desfrutar da companhia de meus filhos e ajudá-los com os deveres escolares.

ITT: Quais são suas metas pessoais e profissionais para os próximos 10 anos?

María Claudia: Certamente tenho uma vocação de serviços para o País, mas nenhuma ambição pessoal. Trabalho com convicção, honestidade e compromisso todos os dias e será sempre desta maneira aqui, lá ou onde quer que creia que possa – e goste - de fazê-lo.

ITT: Qual o segredo para equilibrar a vida familiar e profissional?

María Claudia: É uma grande responsabilidade. Devo saber distribuir meu tempo entre a família e o trabalho. Mas está cheio de satisfações. O mais importante é contar com o apoio da minha família e isso eu tenho.

ITT: Que diferenças há entre a María Claudia de 1996 e a María Claudia presidente da Proexport hoje?

María Claudia: Aprende-se muito a cada momento. Desde o negócio, as pessoas, a vida. Ganha-se em conhecimento, maturidade, prudência, paciência. É um caminho produtivo que requer um verdadeiro compromisso, uma grande responsabilidade social e, sobretudo, uma extraordinária disposição de conhecimentos e mudanças.

ITT: Que conselhos daria à nova geração de empresários que buscam um lugar no mercado de trabalho?

María Claudia: Preparem-se e estejam dispostos a aprender algo novo a cada dia. A exigência, a disciplina e a constância são chaves para atingir estas metas.

ITT: Atualmente há uma participação feminina importante na política e na economia da América Latina, região sempre vista como um pouco sexista nestas questões. Você acredita que houve uma evolução e uma diminuição dos preconceitos? A América Latina está preparada para igualdade de gêneros?

"São as mulheres que por sua liderança, constância e trabalho chegaram tão longe. Para mim as vantagens ou desvantagens estão na capacidade que temos, como seres humanos, de resolver problemas, fixarmos metas e cumprirmos nossos objetivos, e não no gênero."

ITT: Como está a relação entre os países da América Latina? O Brasil é, geralmente, visto como uma nação que fica à parte dos seus irmãos latinoamericanos. Isso se reflete nos negócios? Talvez até mesmo pela diferença de idioma?

María Claudia: Minha percepção é que os latinoamericanos somos muito parecidos. Desde os Estados Unidos ou desde a Europa eles vêem em nós poucas diferenças. Desde a Ásia ou África, praticamente nenhuma. O idioma não é um problema. Eu acredito que brasileiros e colombianos são muito parecidos em costumes, em suas maneiras, em sua alegria e em seus pensamentos. Já aqui dentro da região as coisas dependem mais de política, das pessoas e das circunstâncias, mesmo que haja um desejo permanente – ou às vezes intermitente na prática – de integração.

ITT: Qual é o feito que a deixa mais orgulhosa em seu trabalho na Proexport?

María Claudia: Foram tantos e tão bons resultados que seria muita extensa a lista. Todos os dias há sucessos. Uma nova exportação, um novo turista ou um novo investimento são sucessos que nos deixam muito orgulhosos. É um trabalho em equipe, com excelente atitude pessoal e espírito coletivo.

ITT: Há algum arrependimento ou algo que faria de outra maneira na Proexport?

María Claudia: Há uma margem pequena para erros porque as estratégias são construídas em equipe, surgindo de rigorosos exercícios de planejamento e são aprovados por uma junta de assessoramento com nível muito alto. Há projetos que saem melhores do que outros, certamente, mas todos são produtos da convicção e do impacto, além de inspirados nas boas práticas comerciais.

ITT: Como está hoje o mercado têxtil colombiano? Qual a força competitiva deste segmento?

María Claudia: A indústria viveu um processo de transformação. Há 25 anos os compradores internacionais consideravam a Colômbia somente uma opção para maquiagens e agora o país é visto como um provedor completo em todas as categorias, marcas e novos modelos de negócios, como franquias e acordos de investimento conjuntos.

ITT: Há uma expectativa de crescimento, um plano a longo prazo?

María Claudia: A Colômbia conta com 13 tratados de acordo de Livre Comércio, o que permite um acesso preferencial a mais de 1,5 milhão de consumidores. O setor têxtil e de confecção é um dos que mais se beneficia destes acordos. O compromisso de toda a cadeia de fios, têxteis e de confecção para gerar valor agregado em seus produtos foi fundamental para que estivéssemos de acordo com as tendências e necessidades do consumidor internacional. Como o País não compete no mercado massivo e de volume é reconhecido porque há uma agilidade de resposta no desenvolvimento do produto, bem como a flexibilidade de produção, aspectos que estão formatando o futuro da indústria colombiana.

"Isso permitiu que os empresários colombianos aproveitassem diferentes nichos de mercado, como o da indústria médica, militar e de biofibras, têxteis ópticos e o setor de uniformes e roupas esportivas."

ITT: Vale à pena trabalhar com o setor têxtil na Colômbia?

María Claudia: Claro que sim. O setor têxtil na Colômbia conta com uma produção flexível, orientada às exigências dos clientes e, além disso, tem uma indústria integrada desde a produção de insumos até o produto acabado. Os clientes encontram na Colômbia uma indústria versátil, com valor agregado, qualidade e design.

ITT: Qual a importância dos eventos Colombiamoda e Colombiatex para a América Latina? Como aconteceu a evolução destas feiras?

María Claudia: São muito importantes. Para a Colômbia, por exemplo, estes espaços são as vitrines apropriadas para mostrar ao mundo a qualidade e a oferta do setor têxtil. Por exemplo, a edição 2014 da Colombiatex teve expectativas de negócios de USD106 milhões. Tivemos 694 compradores visitantes de 24 países e 396 empresas expositoras.

ITT: O setor têxtil e de confecção é importante para o desenvolvimento da imagem da Colômbia no exterior? Como se dá essa contribuição?

María Claudia: O potencial que essa indústria possui na Colômbia é a referência para outros países, o que permite abrir as portas para novos mercados. Exportamos confeccionados para a Tanzânia, Lituânia, Guianas, Iraque e Afeganistão; têxteis para o Camboja e Letônia; manufaturados de couro para o Qatar, calçados para Seicheles; moda praia para o Egito e Luxemburgo e jeans para o Paquistão. A Colômbia tem potencial em moda praia, uniformes, moda íntima e fraldas, camisaria, jeans, roupas casuais, roupas esportivas, infantis assim como os calçados e manufaturas de couro, entre outros.

ITT: Quais são os principais desafios das exportações colombianas de hoje para a indústria têxtil?

María Claudia: A chave está na informação, conhecer a fundo os mercados ou nichos que demandem seus produtos e estar em dia com as tendências de consumo e as certificações internacionais. 

 

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por: Gabriel Rajão
Fotos: Divulgação

*Publicado na revista ITT Press - edição 94

Data de publicação: 10/07/2014

Galeria de fotos desta matéria

Conteúdo relacionado


Fashiontv estreia programa sobre a história da moda e tendências atemporais
A história da moda narrada por meio de suas criações mais icônicas é tema da série Linhas do Tempo: Moda e Tendências Que Não Passam, que estreia com exclusividade no canal FashionTV em 11 de junho. No programa, grandes nomes do mercado fashion brasileiro irão fazer releituras de looks clássicos que, além de representar os estilos adotados desde o século passado até os dias atuais, também expressam a evolução do comportamento da sociedade, principalmente em relação às mulheres, cujas características refletem na aparência.  2020-06-05 - Tags: linhas do tempo moda e tendencias que nao passam fashiontv programa de televisao historia da moda moda brasileira fashion tv comportamente

Grupo Elian lança selo comemorativo ao Dia Mundial do Meio Ambiente
Para marcar de forma positiva o mês em que celebramos o Dia Mundial do Meio Ambiente, o Grupo Elian, indústria têxtil de Jaraguá do Sul (SC), está promovendo ações de conscientização, entre elas, o lançamento do selo “Elian Preserva”. A iniciativa abrange todas as atividades de sustentabilidade ambiental e de responsabilidade social e econômica que a empresa promove e as que já estão no planejamento para os próximos meses.  2020-06-04 - Tags: grupo elian semana do meio ambiente industria textil elian preserva abvtex zdhc zero discharge of hazardous chemicals descarte zero fernando scaburri

Sebrae e Lojas Renner se unem para fortalecer pequenas empresas
Diante do cenário desafiador vivenciado pelo segmento da moda, o Sebrae e a Lojas Renner se uniram para apoiar micro e pequenas empresas que fazem parte da cadeia produtiva da varejista. A nova parceria vai proporcionar, de maneira gratuita, um conjunto de consultorias para gerenciamento de crise e gestão financeira em 220 pequenos negócios de seis estados brasileiros (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais).  2020-06-01 - Tags: sebrae renner pequenas empresas auxilio pandemia covid 19

Alberto Hiar é o novo presidente da Associação Brasileira de Estilistas
A Abest (Associação Brasileira de Estilistas) divulga o novo presidente da entidade: o empresário Alberto Hiar, da empresa Cavalera. Hiar substitui Paulo Lourenço Bartholomei, da marca Cecilia Prado, que agora ocupa o cargo de vice-presidente.  2020-05-29 - Tags: fasion label brasil alberto hiar turco loco cavalera abest estilistas apex associacao

Loungerie cria 'Movimento Estima' e presenteia profissionais da saúde
A Loungerie, em preocupação com o momento atual, acaba de lançar uma ação com o Movimento Estima, que cuida da autoestima dos profissionais da saúde. A marca presenteou funcionários do Hospital Paulistano e Santa Casa de São Paulo e, a cada calcinha do modelo Pop Colors vendida no site da Loungerie, uma calcinha do mesmo modelo será destinada a uma profissional da saúde que esteja na linha de frente do combate ao covid-19.  2020-05-28 - Tags: loungerie covid 19 movimento estima profissionais da saude santa casa sao paulo mascaras protecao lingerie

Estilista Fernanda Ávila cria coleção com renda 100% revertida para Laramara
Unir forças para passar pela crise. Essa foi a ideia da estilista Fernanda Ávila quando criou o projeto [Re]Começar, uma coleção cápsula com quatro opções de belíssimos kaftans, que terá todo seu lucro revertido para a Laramara – Associação Brasileira de Assistência à Pessoa com Deficiência Visual.  2020-05-28 - Tags: fernanda avila laramara deficientes visuais kaftans soliedariedade instituicao

Lacoste nomeia novos diretores para América Latina e América do Norte
Robert Aldrich e Pedro Zannoni foram nomeados, respectivamente, Diretor Presidente da Região América do Norte e Diretor Presidente da Região América Latina pela Lacoste. Eles se juntarão à equipe de Jean-Louis Delamarre, vice-presidente executivo de mercados e distribuição global.  2020-05-28 - Tags: pedro zannoni robert aldrich jean louis delamarre lacoste diretoria

Dudu Bertholini estreia novos episódios de programa no FashionTV
Um dos maiores ícones da indústria da moda no Brasil, Dudu Bertholini apresenta a segunda temporada de “Nós, Os Fashionistas” no FashionTV, que estreia no dia 5 de junho a partir das 21 horas. Sucesso de audiência, a primeira etapa do programa acompanhou a rotina de talentosos profissionais do universo fashion em seus processos de criação e ofício.  2020-05-27 - Tags: fashiontv programa de tv andre hidalgo alexandra farah portal ecoera chiara gadaleta paulo borges ronaldo fraga dudu bertholini

Cedro Têxtil usa a internet para dar suporte emocional e comercial aos seus representantes
Toda crise, se bem aproveitada, traz valiosas lições. E é com este pensamento que a Cedro Têxtil, apesar de sua história de quase um século e meio, está aproveitando a tecnologia das videoconferências para estreitar o contato com seus representantes comerciais em todo o país.  2020-05-27 - Tags: cedro textil denim jeanswear pandemia colaboradores encontros online tecnologia videoconferencias representantes comerciais

Cia. Hering amplia auxílio a Blumenau e doa 50 mil máscaras à comunidade
Ciente de sua responsabilidade social junto à comunidade, especialmente em momentos tão sensíveis como o atual, em razão da pandemia do covid-19, a Cia. Hering está mobilizando parte de sua produção para a confecção de 50 mil máscaras a serem doadas à população de Blumenau.  2020-05-26 - Tags: cia hering blumenau mascaras covid 19 pandemia infantaria doacoes santa catarina

Campanha da Singer presenteia consumidores até 6 de junho
A Singer do Brasil, líder mundial na fabricação de máquinas e acessórios de costura domésticos e industriais, lança campanha que dá R$ 100,00 em agulhas na compra de uma máquina de costura doméstica. A promoção "Sua Singer vale agulhas" é válida até 6 de junho para quem adquirir máquinas pela loja online da fabricante.  2020-05-19 - Tags: singer promocao maquinas de costura maquinas domesticas agulhas lojas online

Abvtex lança recomendações de boas práticas à retomada do varejo de moda
Prevendo o período de reabertura das lojas a partir da liberação gradativa pelo poder público estadual e municipal, com especial atenção à saúde e segurança das pessoas, é que as principais redes de varejo de moda do País representadas pela Abvtex - Associação Brasileira do Varejo Têxtil estão se preparando para a retomada.  2020-05-19 - Tags: abvtex covid 19 pandemia retomada varejo de moda pandemia edmundo lima economia textil varejo

Senai Cetiqt e Laudes Foundation lançam projeto de Moda Circular
No último dia 15 de maio, o Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil (Senai Cetiqt) em parceria com a Laudes Foundation, promoveram a live de lançamento do Projeto Moda Circular - o início de um novo ciclo para a Indústria da Moda. Diante de um cenário complexo, com o avanço da pandemia afetando diretamente a indústria da moda, somado a discussão sobre impactos socioambientais, vem acelerando o movimento de transformação do atual sistema linear baseado em extrair, produzir e descartar para um modelo mais justo e sustentável.  2020-05-18 - Tags: senai cetiqt laudes foundation projeto moda circular industria da moda socioambiental economia circular inova moda digital

Nilit concentra esforços em pilares de proteção, colaboração e produção de EPI
Frente à pandemia de covid-19, a Nilit, líder mundial de poliamida 6.6 premium, se reorganizou com diretrizes pensadas para a proteção dos funcionários e clientes, fundamentada na solidariedade pelo momento que estamos vivendo, com ações para produção e doação de máscaras e álcool em gel, e na ampliação da produção de fibras especiais para Equipamentos de Proteção Individual (EPI).  2020-05-18 - Tags: nilit epi poliamida covid19 equipamentos de protecao individual pandemia casa hope materia prima unesp

Plataforma permite comprar máscaras de proteção diretamente das costureiras
A pandemia da Covid-19 trouxe ao cenário das ruas e estabelecimentos comerciais do país um novo artefato, que são as máscaras faciais de proteção. O uso das máscaras tornou-se uma necessidade a quem deseja se proteger da contaminação do novo coronavírus e obrigatório em alguns estados e cidades brasileiros.  2020-05-15 - Tags: rede asta mascaras de tecido plataforma tecnologia geolocalizador artesas pandemia covid 19 empreendedorismo

Thirty Seven Trend é a primeira startup brasileira voltada para slow fashion
Em uma sociedade onde “mais é mais”, que nos dita uma rotina desenfreada e que muitas vezes não nos deixa nem mesmo refletir sobre o impacto de nossas ações, é necessário desacelerar e olhar com mais cuidado e respeito para o mundo sobre o nosso consumo.  2020-05-14 - Tags: thirty seven trend slow fashion nathalie serafin marketplace plataforma filosofia slow fashion impacto ambiental

Dona Santa lança plataforma digital para venda de peças de segunda mão
Dona Santa, multimarcas comandada por Juliana Santos, lançou mais um projeto, que reflete a sua reinvenção e conexão com as novas tendências de consumo. A plataforma digital Circular (@ajudeacircular) nasceu da necessidade de fazer peças de moda terem vida mais longa, levarem suas histórias adiante, e de trazer um novo rumo para elas, através da venda second hand.  2020-05-13 - Tags: dona santa plataforma digital second hand segunda mao circular juliana santos

Brother doa 10 máquinas de costura para o Hospital Filantrópico Santa Marcelina
Como parte dos esforços para ajudar na luta contra a pandemia do novo Coronavírus, a Brother, multinacional japonesa que acompanha os avanços do mercado máquinas de costura e bordado, mercado de impressão, digitalização e organização, doou mais 10 máquinas de costura para o Hospital Filantrópico Santa Marcelina, que fica em Itaquera, na Zona Leste de São Paulo.  2020-05-12 - Tags: brother maquinas de costura hospital filantropico santa marcelina doacao pandemia mascaras jalecos comvida joao yazaki

ESPM Porto Alegre doa máscaras para instituições de idosos
As ONGs Lar Don Guanella e Lar Gustavo Lordlund, duas instituições que assistem idosos e que são parceiras das ações desenvolvidas pela ESPM Social de Porto Alegre, receberão, a partir desta semana, doações de máscaras de tecido, confeccionadas voluntariamente por alunos dos cursos de Comunicação Visual e de Moda da ESPM Porto Alegre.  2020-05-12 - Tags: espm porto alegre espm isolamento social doacao covid 19 pandemia mascaras de tecido

Balmain lança o projeto online com o intuito de unir e inspirar seus seguidores
Durante esse período de distanciamento, paradoxalmente, nossa humanidade compartilhada parece estar cada dia mais evidente. Nossa nova rotina de "trabalhar em casa" tem sido repleta de lives, bate-papos digitais e os dias terminam com uma alta carga emocional, em que entendemos e valorizamos nossos heróis da linha de frente.  2020-05-11 - Tags: balmain balmainensemble distanciamento social olivier rousteing