Language
home » moda & varejo »

Tecnologia

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

A revolução do 4D chega à moda

Mais de 10 mil empresas de confecção distribuídas por 70 países confiam na tecnologia brasileira da  Audaces para suas criações de moda. Esse resultado  é fruto de um extenso trabalho de pesquisa, desenvolvimento e convencimento da equipe de 150 pessoas liderada pelo executivo Claudio Grando, presidente do grupo, que hoje é global. Diretamente de Florianópolis, o grupo atua com as confecções desde 1997, sendo que o primeiro cliente internacional foi Argentina, seguido pela Espanha. Além da moda, a empresa atende as áreas de aeronáutica, náutica, tecidos especiais, blindagens, calçados e tecidos técnicos.

ITT: O que você considera o diferencial da Audaces?

Claudio Grando: Nossos produtos precisam ser fáceis de utilizar e devem, obrigatoriamente, gerar resultados para o cliente. Há dez anos, começamos a investir em tecnologias 3D, pois sabíamos que esse seria o futuro. Neste momento, já começamos a trabalhar com produtos que serão lançados em 3 a 5 anos. Quando desenvolvemos o primeiro sistema próprio em 3D, notamos que todos os outros no mercado eram similares. Visitamos o mundo, passamos pelas plantas de nossos clientes e vimos que as pessoas tinham dificuldade em utilizar as tecnologias, pois a modelagem, costura e a simulação do tecido eram complexas e exigiam um conhecimento do qual nem todos dispunham.

ITT: Como foi a evolução desse processo até o modelo atual?

Grando: Como vimos que era complexo, pensamos que seria preciso fazer algo diferente do existente. Começamos várias pesquisas em seis linhas, usando o que estava disponível para que fosse possível criar de maneira virtual, mas com qualidade e simplicidade. Dentro da Audaces, temos doutores em física, matemática e especialistas em software, entre outros. Sempre nos especializamos em sistemas com alta complexidade matemática. As linhas de pesquisa foram afuniladas até chegarmos aonde estamos hoje. Fisicamente, o lançamento mundial ocorreu no Brasil, pois somos catarinenses, e escolhemos a Febratex como base. Nosso site 4D Alize está em português, italiano e espanhol, pois a solução precisa ser global.

ITT: Por que mirar o estilista?

Grando: Para mim, a moda é geração de qualidade aliada à identidade. Quem gera isso num primeiro momento é o estilista. Depois, há toda uma cadeia para a concretização daquela ideia e a sequência precisa ser competente até chegar no cliente, mas tudo começa no estilista. Notamos que faltava ferramentas para este criador e sempre valorizamos mui- to o design nos produtos e nos processos. As nossas soluções são para quem produz de- sign. Nosso objetivo é dar poder ao estilista para que crie o que está em sua cabeça. Com isso, há maior liberdade de criação e agora ele consegue idealizar e enxergar a peça 100% em 4D.

ITT: Qualquer pessoa, mesmo sem o conhecimento total do processo de construção da peça, pode criar com o Idea 4D?

Grando: Sim, mesmo sem grande conheci- mento de moda. Qualquer um pode criar uma peça em cinco minutos, mesmo sem ser estilista. A criação, talvez, pode não ficar bonita ou vendável, mas será possível fazê-la. Em resumo, a modelagem é essencial e ela é facilitada com o software. Mesmo um estilista renomado, com alta capacidade criativa para concretizar a peça, precisa fazer modelagem. Ou ele sabe fazer ou contrata quem faça. Esse intermédio via software aproxima criador e criatura.

ITT: Isso afetará o trabalho dos modelistas?

Grando: Isso facilitará a atuação desses profissionais, pois eles receberão uma informação mais precisa sobre o que fazer. É um processo que diminui a dificuldade de produção, facilitando processos. O estilista criará e comunicará com maior clareza ao modelista o que pensou. Os modelistas que testaram adoram o sistema, pois, pelo desenho, cabe sempre uma margem de interpretação. Um desenho 4D não faz isso, não há perda de tempo com a interpretação.

ITT: Quem mais vai absorver esse sistema são as confecções autorais?

Grando: Sempre que criamos um produto, pensamos em gerar valor para o cliente. As confecções que trabalham de maneira industrial ganharão uma capacidade criativa gigante. O que queremos reduzir é o tempo da ideia até a chegada da roupa na banca. Várias pesquisas mostram que o tempo da concepção do produto até a chegada na loja corresponde a 25% do total e 75% são desenvolvimento do produto (a criação do estilista, a modelagem, a peça-piloto, a escolha de tecidos, cores, peças, aviamentos...). O design e  o custo de produção que a marca têm como objetivos, geralmente, são diferentes por causa desse tempo.

ITT: Como funciona o software?

Grando: Você pode ver no computador o modelo em diversos formatos e ângulos ou imprimir o material numa impressora 3D caseira. As caseiras são monocolor, mas as industriais são coloridas. Assim, o estilista toca na peça, você o vê no ambiente, fazendo com que a sensação do toque esteja presente. Visualizar as posições, os caimentos, as cores e o toque antes de mandar ao modelista é algo fenomenal.

ITT: Como você enxerga a moda global?

 Grando: Para podermos acompanhar como a moda se desenvolve na Ásia, Europa e Estados Unidos, precisamos monitorar diariamente. Mas posso dizer que a moda do Brasil não se cria em lugar nenhum do mundo, assim como a francesa, a inglesa etc. Aqui, temos um poder criativo fantástico e nossa mistura de pessoas, climas, natureza e cores possibilita uma quantidade gigante de referências de criação. O brasileiro é criativo e deveríamos ter posição de protagonismo no mundo da moda. As pessoas querem consumir moda brasileira, mas, agora, precisamos ocupar esse espaço. Vejo os Estados Unidos mudando a forma de fazer moda. Ninguém está ocupando esse espaço, deveríamos  fazê-lo. O Japão, por exemplo, tem personalização fantástica.

Matérias relacionadas:

Audaces lança Idea 4D para criadores de moda

Impressoras 3D ganham força no mercado

Audaces lança nova geração de produtos na Febratex

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por | Gabriel Rajão
Fotos | Divulgação
Matéria publicada na revista ITT Press Trends, edição 104

Data de publicação: 19/12/2016

Galeria de fotos desta matéria

Conteúdo relacionado


Brandili melhora a segurança e o controle do negócio com solução especifica para o setor
A Infor anunciou que a Brandili, empresa do setor têxtil, conseguiu ótimos resultados na segurança e melhor controle do negócio com o ERP da Infor. O processo de escolha do ERP para a Brandili começou com a definição de uma série de requisitos para atendimento às necessidades atuais e futuras da empresa.  2017-11-16 - Tags: infor brandili software erp textil industria planejamento

Em Curitiba, fundador e CEO da TOTVS fala sobre transformação digital
Uma eterna startup. Por incrível que pareça é assim que Laércio Cosentino, fundador e CEO da maior empresa de soluções, plataforma e consultoria da America Latina, define o seu negócio. Fundada em 1983, a TOTVS está passando por sua própria transformação digital.  2017-10-16 - Tags: totvs mercado smb marketing softwares de gestao tecnologia

Morena Rosa aumenta eficiência de suas operações de venda em franquias com ERP Cigam
A Morena Rosa, uma das referências do varejo de moda do Brasil, otimizou suas rotinas nos Pontos de Venda (PDV) franqueados com a solução da Rede Cigam, fornecedora de software de gestão empresarial (ERP, CRM, RH, PDV, BPM, Mobile e BI).  2017-09-26 - Tags: cigam software gestao erp do brasil pgqpm erp cigam morena rosa varejo

Tecnologia movida pela paixão ao têxtil e à confecção
A paixão pelo trabalho está estampada no sorriso de Adriana Papavero, que comanda a Lectra América do Sul e se prepara para uma mudança importante de equipe, com a transferência de Daniella Ambrogi da empresa brasileira para o cargo de VP de Marketing da América do Norte.  2016-12-21 - Tags: itt 104 negocios tecnologia software adriana papavero lectra america do sul daniella ambrogi patricia costa

A revolução do 4D chega à moda
Claudio Grando, presidente da Audaces, apresenta a nova revolução produtiva para a indústria de confecção com os modelos em quatro dimensões (a impressão 3D garante sensibilidade ao toque), permitidos pelo software Audaces Idea 4D.  2016-12-19 - Tags: itt 104 audaces modelistas claudio grando audaces idea 4d software

Inovações para o varejo
A Stefanini, uma das mais importantes provedoras globais de soluções de negócios baseadas em tecnologia, juntamente com a Saque e Pague, rede de autoatendimento multisserviços, disponibilizam ofertas inovadoras para o setor varejista. O novo leque de ofertas abrange desde compensação e custódia de cheques, sistemas de conciliação até soluções de gestão de cartões private label e pré-pagos, aplicativos mobile, programas de fidelização e outros voltados para melhorar a experiência do cliente, envolvendo também a Inspiring e a Orbitall, ambas do Grupo Stefanini.  2015-09-29 - Tags: stefanini soluções de negócios tecnologia saque e pague rede de autoatendimento multisserviços inspiring orbitall

Mudanças trazidas pela tecnologia mobile
Apontando a tecnologia mobile como a veia motora das mudanças no processo de produção, distribuição e modelo de consumo de conteúdos, Aconteceu o debate sobre as transformações na comunicação, frutos das contínuas inovações e a reinvenção dos espectadores das mídias. Para os especialistas, os usuários passaram a ter papel fundamental sobre a definição de tudo aquilo que é difundido e consumido em diferentes plataformas e dispositivos, sem restrição de tempo ou espaço.  2015-08-26 - Tags: tecnologia mobile fórum rnp 2015 mobilidade brasilia educacao tecnologia celular mobile

Alemanha discute sustentabilidade em Ecostyle 2015
Ecostyle 2015, evento da Messe Frankfurt que acontece de 29 de Agosto a 1º de setembro no Frankfurt Trade Fair, na Alemanha, busca ser reconhecido como a plataforma global para o consumo de bens ecologicamente corretos nas áreas de design de interiores; moda e acessórios; casa e jardim; puericultura; esportes e lazer; artigos para escritórios e beleza com cuidados pessoais.  2015-07-31 - Tags: ecostyle 2015 messe frankfurt alemanha premio ecodesign

APP que auxilia na compra de tecidos
CALCTEX o primeiro APP desenvolvido pra auxiliar a compra e venda de tecido plano, malha e renda. A Calctex, facilita o calculo de largura, gramatura, rendimento e preço por metro e metro 2 e ainda possibilita a escolha da moeda principal entre Reais R$ ou Dólar US$. O aplicativo esta disponível gratuitamente para Android na Google Play Store.  2015-06-24 - Tags: calctex belli marciobelli belliconsultores têxtil tecnologia app googlestore calculo compra venda calculadoratextil

eCommerce em crescimento na América Latina
Nos próximos três anos, latino-americanos de maior poder aquisitivo* amadurecerão enquanto consumidores digitais e devem superar, inclusive, a média de gastos online do mercado dos EUA. O comércio eletrônico na América Latina demonstra um crescimento acelerado; estima-se que, em 2018, sejam superados US$ 100 bilhões, o que representará um aumento de 177% com relação a 2014.  2015-06-11 - Tags: comercio eletronico internet compras online ecommerce idc paypal

Alcatel-Lucent Enterprise traz ao Brasil o Dynamic Tour 2015
No próximo dia 16 de junho chega ao Brasil o evento Dynamic Tour 2015, promovido pela Alcatel-Lucent Enterprise com o objetivo de apresentar a parceiros de negócios e clientes como alcançar resultados cada vez mais satisfatórios adotando uma nova geração de redes inteligentes e aplicações. “O Dynamic Tour é um evento pensado para as companhias que precisam otimizar o desempenho e os resultados a partir de uma aprimorada experiência de usuário, que inclui acesso fácil a conteúdo e aplicativos a partir de qualquer dispositivo e em qualquer lugar”, afirma Nuno Ribas, country manager da Alcatel-Lucent Enterprise Brasil.  2015-06-09 - Tags: dynamic tour alcatel-lucent enterprise brasil