Language
home » moda & varejo » moda vestuário » mercado

Mercado

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Portugal antenado com o século 21

Em 2018, a indústria têxtil e de vestuário portuguesa ultrapassou 5,3 bilhões de euros em exportações, antecipando em grande parte o objetivo estratégico que havia estabelecido para 2020. Do faturamento total do setor, dos 7,6 bilhões de euros, 70% foram para a exportação, confirmando sua globalidade, alcance e garantia de uma balança comercial líquida anual de mais de um bilhão de euros. Este valor, nunca alcançado antes, é uma ilustração clara do perfil atual da indústria têxtil e do vestuário portuguesa, que realizou uma extraordinária reconversão e modernização da sua estrutura industrial. É um verdadeiro case internacional, pois alcançou os melhores resultados de sempre com metade das empresas e de trabalhadores. Os números da indústria têxtil e do vestuário de Portugal são bastante expressivos: 6000 entre grandes e médias empresas; 5600 microempresas; 130000 empregados. Volume de negócios em torno de 7,20 bilhões de euros; exportações na ordem de 5,06 bilhões de euros, mais de 10% do total oriundos de empresas que produzem têxteis técnicos. O sistema português de formação, responsável por esses resultados está estruturado entres as seguintes instituições:

UBI - Universidade da Beira Interior. Essa universidade foi criada em 1986; hoje é uma instituição de ensino público de referência nacional e internacional. A UBI possui uma ampla oferta científica e tecnológica que inclui as áreas de têxteis, aeronáutica, informática, eletromecânica, saúde, matemática, óptica e telecomunicações. UMinho - Universidade do Minho. Fundada em 1973, atualmente é uma das maiores universidades portuguesas, localizada na região do Minho, conhecida pela significativa atividade econômica e pela juventude de sua população. A universidade possui um departamento de engenharia têxtil, cujos objetivos são a criação e a transmissão de conhecimento para a indústria no campo da Ciência Têxtil e Vestuário e da Tecnologia.

CITEVE- Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e de Vestuário de Portugal. É um instituto de pesquisa focado nas indústrias têxtil, de vestuário e de têxteis técnicos, com atividades de investigação e desenvolvimento, testes, certificação, consultoria, inteligência de moda, empreendedorismo e adoção da filosofia da indústria 4.0. Ele é membro ativo de várias redes internacionais, grupos de trabalho técnico nas áreas de pesquisa, teste e certificação de produtos. Além disso, vem garantir um vínculo efetivo com o setor público, tanto em nível nacional quanto europeu, com uma importante contribuição na definição e implementação de políticas públicas relevantes para a indústria têxtil e de vestuário.

CeNTI - Centro de Nanotecnologia e Medidores Inteligentes. Um instituto de pesquisa focado em nanotecnologia e materiais inteligentes com atividades expressivas voltadas para o setor têxtil, principalmente nas áreas de têxteis técnicos. Suas principais competências estão relacionadas com o desenvolvimento de materiais nano estruturados, fibras tri componentes, eletrônicos impressos, materiais impressos de emissão de luz e sistemas inteligentes. O CeNTI é uma parceria entre o CITEVE, a Universidade do Minho, a Universidade do Porto, a Universidade de Aveiro, o CTIC- Centro Tecnológico para a Indústria do Couro e o CEIIA- Centro de Excelência e Inovação para as indústrias automotiva e aeronáutica.

Atualmente, a indústria têxtil e de vestuário portuguesa está organizada em um "cluster" dinâmico, localizado principalmente na região costeira do norte do país. Empresas de todos os setores trabalham de maneira complementar e sinérgica, apoiadas por um sistema científico e tecnológico bem desenvolvido, como o Centro Tecnológico da Indústria Têxtil e de Confecção, o CITEVE e o Centro de Nanotecnologia e Materiais Avançados, CENTI. Hoje, o noroeste de Portugal é a maior região têxtil da Europa.

Moda, design, inovação tecnológica, logística e internacionalização de empresas, bem como a sustentabilidade, são os pilares da nova realidade da indústria têxtil e do vestuário, que, nas últimas duas décadas, mudou seu paradigma de preço para “valor”, a fim de criar uma diferenciação e escapar da concorrência dos países com baixos custos de produção. A proximidade geográfica e cultural com os principais clientes, Espanha, Alemanha e França e, os Estados Unidos para produtos têxteis-lar, dá uma resposta rápida e flexível, permitindo que a indústria têxtil portuguesa ofereça o menor tempo de entrega do mundo, de duas a seis semanas, dependendo do tipo de produto.

A inovação tecnológica impulsionou o crescimento do setor de alta tecnologia têxtil, demonstrado pelas 40 empresas que expuseram seus produtos na Techtextil, em maio de 2019, em Frankfurt. Estima-se que os têxteis técnicos e funcionais, que também estão presentes na indústria mais tradicional de têxteis e confecções, representam cerca de 35% da atividade de todo o setor e que deverão crescer 40% até 2025. Esse é outro objetivo estratégico que a indústria têxtil e vestuário portuguesa está preparada para cumprir.

Por todas essas razões, a Associação Têxtil e Vestuário de Portugal está realizando um programa para reforçar a imagem do têxtil e do vestuário português, denominado "Fashion From Portugal 4.0", hoje, altamente posicionado na cadeia de valor. Nesse programa serão realizadas diversas ações de comunicação, principalmente no âmbito de feiras têxteis e de moda já organizadas pela Associação, em parceria com a Associação Selectiva Moda, criada há 25 anos com vista na valorização da cadeia têxtil portuguesa no cenário internacional.

Durante a Techtextil, o forum “Rumo à sustentabilidade”, realizado no dia 14 de maio, foi presidido por Braz Costa, diretor-geral do CITEVE, e apresentou uma série de contribuições dedicadas exclusivamente às inovações têxteis sustentáveis, como reciclagem têxtil, construção sustentável com lã, revestimentos têxteis sustentáveis, biopolímeros, rastreabilidade de algodão livre de transgênicos e fibras de carbono de base biológica de baixo custo. Na ocasião, empresas portuguesas foram agraciadas com o prêmio Techtextil Innovation Awards 2019, na categoria New Material. Venceu a empresa de processamento de cortiça Sedacor, Cork-a-Tex e Têxteis Penedo, com um novo fio de cortiça. Anteriormente, os têxteis à base de cortiça para vestuário ou têxteis para o lar eram relativamente rígidos. O novo fio de cortiça é um produto flexível, feito de material natural, oferecendo assim oportunidades adicionais de design para a indústria da moda e mobiliário de interiores. A outra inovação premiada foi o projeto E-caption 2.0, um casaco de proteção destinado a técnicos de manutenção das torres de telecomunicação, totalmente produzido em têxteis. A peça desenvolvida é a prova de como o design têxtil ocupa, cada vez mais, lugar na vida contemporânea. O secretário de Estado da Economia, João Correia Neves e o embaixador português em Berlim, João Mira Gomes, participaram do evento "Fashion From Portugal 4.0", realizado no estande da delegação portuguesa na Techtextil e também da premiação das empresas portuguesas. Em seguida participaram de uma visita a todos os expositores portugueses presentes na Techtextil.

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por| Carlos Simões
Fotos| Carlos Simões e Divulgação

Data de publicação: 25/10/2019

Galeria de fotos desta matéria

Conteúdo relacionado


Prefeitura de São Paulo e Fashion Revolution capacitam professores
A Prefeitura de São Paulo, em parceria com o Fashion Revolution Brasil e o British Council, realiza na próxima terça e quarta-feira, 18 e 19 de fevereiro, uma sessão de treinamento para professores na região central da cidade.  2020-02-14 - Tags: prefeitura sao paulo fashion revolution british council coworking brasil

Vestuário teve forte influência na baixa inflação de janeiro
O IPCA de janeiro, de 0,21%, o menor para o mês desde o Plano Real, teve forte influência do vestuário, que apresentou deflação de 0,48%, a maior dentre todos os segmentos. Dado foi divulgado pela Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), que também anuncia redução do déficit da balança comercial e do saldo negativo de postos de trabalho e aumento da produção física.  2020-02-11 - Tags: ipca abit vestuario inflacao balanca comercial producao textil

Indústria do denim investe cada vez mais na sustentabilidade
O denim sustentável foi a categoria de produto de consumo mais procurada em 2019. Foi o que revelou a edição de dezembro da Denim Première Vision, realizada em Londres que, ao contrário de edições anteriores, foi comercializada como “o evento de moda responsável do denim”, mostrando que o setor fez uma grande incursão na sustentabilidade.  2020-02-05 - Tags: denim pv londres textiles intelligence denim premiere vision londres pv21

Milano Unica unida para fortalecer 'Made in Italy'
A cerimônia tradicional de inauguração da trigésima edição da Milano Unica para a primavera-verão 2021, contou com a presença de autoridades que exaltaram a importância do setor têxtil e moda para a Itália, enaltecendo que o pais transforma materiais em “coisas” que as pessoas no mundo aspiram. Aproveitou para reforçar que o comércio internacional é uma das ferramenta da paz mundial.  2020-02-05 - Tags: ercole botto poala milano unica michelangelo pistoletto made in italy agencia ice

Varejo de moda avança no combate ao trabalho análogo ao escravo
Na semana em que se comemora o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, em 28 de janeiro, a Associação Brasileira do Varejo Têxtil (ABVTEX) chama atenção para a valorização dos trabalhadores e respeito à dignidade humana no mundo da moda.  2020-01-30 - Tags: varejo textil abvtex moda trabalhadores vestuario

Maioria dos brasileiros ainda preferem lojas físicas
De acordo com um estudo realizado pela Lett em parceria com a Opinion Box, cerca de 64% das pessoas preferem comprar em lojas físicas. Já 28,5% dos entrevistados sempre pesquisam os preços online - mesmo quando estão em uma loja física - e 35,2%, que realizam compras em varejo físico, buscam por informações do produto na internet.  2020-01-30 - Tags: lett opinion box lojas online marketplaces dassi boutique

Prazo para regularização do Simples Nacional termina 31 de janeiro
Os pequenos negócios, que foram excluídos do Simples Nacional em 2019, têm até 31 de janeiro para regularizarem as pendências e fazerem uma nova adesão ao regime, desde que não haja débito com a Receita Federal ou a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional.  2020-01-23 - Tags: simples nacional receita federal procuradoria geral fazenda nacional prazo regularizaçao

Brechós utilizam redes sociais para expandir negócio
O mercado de Brechós é um dos segmentos que mais cresceu no Brasil nos últimos anos. A oferta de peças de vestuário de qualidade a preços mais acessíveis, aliada ao conceito de sustentabilidade, fez com que o público consumidor desse tipo de negócio crescesse expressivamente, atraindo a atenção de mais empreendedores.  2020-01-20 - Tags: brechos redes sociais michelle marketing vendas brasil

Mega Moda recebeu 10,7 milhões de pessoas em 2019
O Mega Moda, formado pelos shoppings atacadistas Mega Moda Shopping, Mega Moda Park e Mini Moda, recebeu mais de 10,7 milhões de pessoas no ano de 2019. Só no mês de dezembro, foram mais de 1,5 milhão de clientes, batendo a meta traçada.  2020-01-14 - Tags: mega moda metas clientes sebrae

Sebrae e Caixa assinam convênio para apoiar empreendedorismo no país
Com o objetivo de aproximar e facilitar o acesso dos donos de micro e pequenas empresas a soluções e serviços bancários, o Sebrae firmou, no dia 10 de dezembro, um acordo de cooperação técnica com a Caixa. A ideia é criar um ambiente favorável para a inclusão bancária e a educação financeira de empreendedores que ainda não se sentem seguros em buscar auxílio do sistema financeiro para desenvolver seus negócios.  2019-12-19 - Tags: pedro guimaraes caixa sebrae abcred caixa economica federal

Renner chega à Argentina e amplia atuação no Uruguai
A Renner faz sua estreia na Argentina com a abertura de quatro lojas entre os dias 12 e 18 de dezembro, em Córdoba e em Buenos Aires. As inaugurações são responsáveis por gerar 250 empregos diretos no país e marcam a continuidade da trajetória da rede varejista no exterior, iniciada em 2017, quando abriu suas primeiras lojas no Uruguai.  2019-12-17 - Tags: renner uruguai expansao piel canela peseo del jockey inauguraçao

Varejo de moda registra crescimento em vendas
O final do ano é a época mais aguardada pelo varejo de moda, pois traz consigo a perspectiva de um aumento nas vendas de vestuário. “Nesta data as roupas sempre estão na lista de itens mais procurados, seguidas de calçados e acessórios, como bolsas, bijuterias e joias”, afirma Edmundo Lima, diretor executivo da Abvtex (Associação Brasileira do Varejo Têxtil).  2019-12-16 - Tags: abvtex eduardo lima iemi black friday fim de ano

Alexandre Vale comanda uma das maiores marcas de moda masculina do Nordeste
Tendo como base uma família do ramo de vestuário, Alexandre Vale sempre acreditou nos fios e nos tecidos como sua vocação. Com R$ 100 que conseguiu do pagamento de uma dívida, resolveu comprar 13 camisas e vender.  2019-11-25 - Tags: alexandra vale dlt nordeste lojas ceo branding varejo

Vicunha apresenta novo posicionamento de mercado
Com mais de 50 anos de mercado e sensível a um mundo em constante transformação, a Vicunha, referência global em soluções jeanswear, apresenta ao mercado o modelo de negócios one stop shop, com a proposta de oferecer soluções integradas em jeanswear, do fornecedor ao consumidor final.  2019-11-22 - Tags: vicunha posicionamento mercado disep jeansidentity cultura vicunha

E-commerce registra alta de 30% em outubro e fatura R$ 6,2 bilhões
Os brasileiros estão cada vez mais confiantes nas plataformas digitais como ambiente para compras. De acordo com o Compre & Confie, empresa de inteligência de mercado focada em e-commerce, as vendas geraram R$ 6,2 bilhões, crescimento nominal de 30% em relação ao mesmo período do ano passado.  2019-11-21 - Tags: plataforma digital compre confie e commerce faturamento inteligencia de mercado

Exportações de calçados sentem impacto da guerra comercial
Influenciadas pela guerra comercial instalada entre as duas maiores potências mundiais, Estados Unidos e China, as exportações brasileiras de calçados caíram no mês de outubro.  2019-11-13 - Tags: guerra comercial calçados mercado compras vendas estados unidos china exportaçao abicalçados

Grupo Reserva está com 600 vagas em aberto para o fim de ano
O Grupo Reserva, detentor das marcas Reserva, Reserva Mini, Oficina, Ahlma e Eva, está com 600 vagas abertas pelo Brasil para os cargos de vendedor, auxiliar de vendas, auxiliar de caixa, auxiliar de estoque e fiscal.  2019-11-12 - Tags: reserva vaga trabalho fim de ano vendedor auxiliar de vendas auxiliar de caixa estoque fiscal

Varejo de moda vê com otimismo a abertura de mercado
O varejo de moda nacional representado pela Associação Brasileira do Varejo Têxtil (ABVTEX), que reúne mais de 100 grandes marcas com atuação em todo País, vê com bons olhos o plano do governo de promover a abertura de mercado e a redução das alíquotas de imposto de importação para vestuário e calçados - de 35% para 12% e de 35% para 15%, respectivamente, até 2022.  2019-11-08 - Tags: abvtex edmundo lima 2022 varejo aumento vestuario calçados

Vagas temporárias podem crescer 7% até o fim do ano
Com a chegada do fim do ano, a busca por vagas temporárias pode ser uma ótima oportunidade para quem busca uma renda extra, recolocação no mercado de trabalho ou a chance de arrumar o primeiro emprego. A FCDLESP (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo) aponta que o setor de vestuário tende a contratar mais até o final do ano.  2019-11-01 - Tags: fcdlesp black friday natal fgts

Prefeitura divulga raio X da indústria da moda na cidade de São Paulo
A Prefeitura de São Paulo divulgou, em outubro, um estudo realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, que mostra que a indústria da moda no município teve um aumento de 4,9% na geração de empregos de 2012 a 2017.  2019-10-31 - Tags: prefeitura raio x moda aumento empregos mei spfw paulo borges aline cardoso