Language
home » moda & varejo » moda vestuário » mercado

Mercado

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Pesquisa mostra que pequenos negócios não conseguiram ou aguardam empréstimo

A ampliação dos impactos econômicos da crise provocada pelo novo coronavírus tem levado um número maior de donos de pequenas empresas a buscar empréstimo para manter o negócio. Pesquisa realizada pelo Sebrae, com parceria da Fundação Getúlio Vargas, mostra que cresceu em 8 pontos percentuais a proporção de empresários que buscou crédito entre 7 de abril e 5 de maio. Entretanto, 86% dos empreendedores que buscaram tiveram o empréstimo negado ou ainda têm seus pedidos em análise. Desde o início das medidas de isolamento no Brasil, apenas 14% daqueles que solicitaram crédito tiveram sucesso.

A pesquisa, realizada entre 30 de abril e 5 de maio, ouviu 10.384 microempreendedores individuais (MEI) e donos de micro e pequenas empresas de todo o país. Essa é a 3ªedição de uma série iniciada pelo Sebrae no mês de março, pouco depois do anúncio dos primeiros casos da doença no país. O levantamento do Sebrae confirma uma tendência já identificada em outras pesquisas do Sebrae, de que os donos de pequenos negócios têm – historicamente – uma cultura de evitar a busca de empréstimo. Mesmo com a queda acentuada no faturamento, 62% não buscaram crédito desde o começo da crise. Dos que buscaram, 88% o fizeram em instituições bancárias. Já entre os que procuraram em fontes alternativas, parentes e amigos (43%) são a fonte de empréstimo mais citada, seguidos de instituições de microcrédito (23%) e negociação de dívidas com fornecedores (16%).

Para o presidente do Sebrae, Carlos Melles, esse comportamento pode ter diversas razões, entre elas: as elevadas taxas de juros praticadas pelas instituições financeiras, o excesso de burocracia ou a falta de garantias por parte das pequenas empresas. “Por essa razão, o Sebrae está trabalhando para ampliar o volume de instituições parceiras para a operação do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe). Já contamos com 12 organizações, entre bancos públicos e privados, cooperativas de crédito e agências de fomento. Queremos estender esse apoio a um número maior de empresários”. Segundo Melles, em apenas pouco mais de 10 dias de operação do convênio firmado com a Caixa para a concessão de crédito assistido, com recursos do Fampe, foram realizadas 3.104 operações e concedidos R$ 267,9 milhões em crédito para pequenos negócios.

Agentes financeiros

Analisando particularmente a procura de crédito junto aos agentes financeiros, a 3ª Pesquisa do Impacto do Coronavírus nos Pequenos Negócios mostrou que os mais demandados, desde o início da crise, foram os bancos públicos (63%), seguidos dos bancos privados (57%) e cooperativas de crédito (10%). Entretanto, avaliando a taxa de sucesso desses pedidos, o estudo do Sebrae mostrou que as cooperativas de crédito lideram na concessão de empréstimos (31%) e, na sequência, aparecem os bancos privados (12%) e os bancos públicos (9%).

Comportamento dos pequenos negócios

A pesquisa revelou que as medidas de isolamento recomendadas pelas autoridades de saúde atingiram a quase totalidade dos pequenos negócios. 44% interromperam a operação do negócio, pois dependem do funcionamento presencial. Outros 32% mantêm funcionamento com auxílio de ferramentas digitais e 12% mantêm funcionamento, apesar de não contar com estrutura de tecnologia digital. Apenas 11% conseguiram manter a operação sem alterações, por outras razões, entre segmentos listados como serviços essenciais.

Com relação ao faturamento do negócio, a maioria dos donos de pequenas empresas (89%) apontou uma queda na receita mensal. 4% não perceberam alteração de faturamento, apenas 2% conseguiram registrar aumento de receita no período e 5% não quiseram responder. Na média, o faturamento dos pequenos negócios foi 60% menor do que no período pré-crise. Apesar de preocupante, esse resultado é melhor do que o identificado nas duas pesquisas anteriores. Em março, a queda havia sido de 64%. No 2º levantamento, no início de abril, a perda média de receita havia sido ainda maior (69%).

Para tentar superar esse momento, as empresas estão lançando mão de diferentes recursos. Para 29% delas, a alternativa foi passar a realizar vendas online, com o uso das redes sociais. 12% disseram ter começado a gerenciar as contas da empresa por meio de aplicativos e 8% passaram a realizar vendas online por aplicativos de entrega.

Quanto à gestão dos recursos humanos das empresas, 12% dos entrevistados revelaram que tiveram de demitir funcionários nos últimos 30 dias, em razão da crise. 29% das empresas com empregados suspenderam o contrato de funcionários; outros 23% deram férias coletivas; 18% reduziram a jornada de trabalho com redução de salários; e 8% reduziram salários com complemento do seguro-desemprego; alternativa permitida pela MP 936.

Análise dos Segmentos

A pesquisa avaliou a perda média de faturamento semanal dos microempreendedores individuais, micro e pequenas empresas, de acordo com o segmento de atuação. Embora todos os setores tenham registrado perdas, elas foram mais sensíveis na atividade da Economia Criativa (eventos, produções etc) (-77%), Turismo (-75%) e Academias de Ginástica (-72%).  Já os segmentos com menor perda de faturamento, de acordo com o estudo, foram Pet Shops e Serviços Veterinárias (-35%), Agronegócio (-43%) e Oficinas e Peças Automotivas (-48%). Confira o Infografico da pesquisa neste link. 

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Sebrae
Fotos: Divulgação

Data de publicação: 22/05/2020

Conteúdo relacionado


Varejo de vestuário mostra sinais recuperação
As vendas de tecidos e vestuário lideraram o crescimento do varejo brasileiro em abril, com aumento de 300,7% ante o mesmo mês de 2020, 13,8% frente a março de 2021 e 3,6% no acumulado do ano. A análise dos números deve considerar que a base de comparação era bastante negativa, no contexto da eclosão da Covid-19. De todo modo, o segmento sinaliza recuperação após queda de 15% em 12 meses.  2021-06-24 - Tags: abit varejo recuperacao tecidos vestuario pimentel 2021

Flexibilização de pagamento ajuda varejistas durante a pandemia
A tecnologia e soluções automatizadas contribuem para o processo de gestão de vendas, sobretudo com a flexibilização das condições de pagamento praticadas entre a indústria e varejo, alinhados com os prazos de entregas, rotas, logística e políticas comerciais de cada negócio. A pandemia do covid-19 tem mostrado como o coronavírus influenciou a maneira como os consumidores e empresas passaram a atuar no mundo digital, e uma delas foi o crescimento de 41% no consumo de produtos e serviços via loja virtual.  2021-06-18 - Tags: tecnologia flexibilizacao pagamento varejo pandemia digital resight abranet

Sebrae e Correios lançam selos postais para divulgar as rendas brasileiras
Com a finalidade de valorizar o artesanato brasileiro, o Sebrae e os Correios apresentam novos selos postais, no dia 07/07. O público poderá conferir as novas estampilhas que entrarão em circulação nesta data, com imagens de rendas feitas em vários estados brasileiros. Agora, elas estão em processo de fabricação na Casa da Moeda do Brasil (CMB). A apresentação será feita em uma live, que será transmitida no canal do YouTube do Sebrae.  2021-06-15 - Tags: sebrae correios artesanato brasileiro casa da moeda valeria barros diversidade

Marcos De Marchi chega à Vicunha para liderar o crescimento da empresa
O engenheiro mecânico têxtil, Marcos De Marchi, é o novo CEO da Vicunha, multinacional brasileira referência em soluções jeanswear com mais de 50 anos de história. Com exitosas passagens em outras grandes empresas dos setores têxtil e químico, De Marchi assume a posição principal da companhia com o objetivo de trazer know-how e excelência em gestão e para ajudar a elevar os negócios da Vicunha a um novo patamar, tanto no Brasil quanto no exterior.  2021-06-11 - Tags: vicunha textil ceo marcos de marchi multinacional novo vicunha mercado

Têxteis antivirais e antibacterianos deverão se expandir para os segmentos athleisure e moda
A gama de oportunidades de mercado para têxteis antimicrobianos - incluindo têxteis antivirais e antibacterianos - continuará a se expandir além de roupas esportivas e aplicações médicas para incluir o athleisure (peças de estilo atlético) e roupas de moda, indica relatório da edição 71 de Performance Apparel Markets da empresa de informação global Textiles Intelligence. Além disso, essa expansão continuará mesmo após os piores efeitos da pandemia Covid-19 terem diminuído.  2021-06-10 - Tags: nanoparticulas prata texteis antimicrobianos antiviral covid 19 virus

Chegada do frio aquece as vendas do varejo de moda
A chegada da frente fria é capaz de motivar compras de artigos de inverno, tais como jaquetas, casacos, botas, acessórios e roupas de cama (cobertores, mantas e edredons). Se somada ao fato de que há uma demanda represada, por conta do fechamento do comércio em função da pandemia, a expectativa é positiva entre as empresas do varejo de moda associadas à Abvtex - Associação Brasileira do Varejo Têxtil.  2021-05-28 - Tags: abvtex frente fria inverno mercado edmundo lima iemi outono vestuario colecoes

Reinvenção das multimarcas de moda é tema do Denim City SP
No primeiro dia do Denim City SP, evento híbrido que acontece de 24 a 27 de maio, com a Semana de Lançamento das marcas de jeanswear no espaço físico no Brás, e também com transmissão ao vivo no Youtube, o empresário Hugo Olivo, CEO La Moda, destacou que o varejo multimarcas no Brasil está entrando na era digital.  2021-05-25 - Tags: denim city sp jeanswear hugo olivo la moda varejo multimarcas webinar maria jose orione

Como aproveitar a alta do dólar e faturar com vendas cross-border
Se antes da pandemia as compras em sites internacionais já estavam em alta no mundo inteiro, o isolamento social acelerou ainda mais essa tendência global. De acordo com a pesquisa “Seizing the Cross-Border Opportunity” realizada pela Forrester, 82% dos consumidores de todo o mundo já compraram em sites de outros países. O mercado de moda, calçados e acessórios é uma das principais categorias de produtos comprados via cross-border.  2021-05-24 - Tags: cross border forrester compradores comercio exterior america latina pandemia varejo anymarket

Comprar roupas traz sensação de felicidade aos consumidores
Pesquisa inédita publicada pelo O Globo em sua plataforma Gente, no dia 12 de maio, revela as principais perspectivas dos consumidores para uma retomada após a pandemia. Depois de um 2020 difícil, o setor da indústria da moda pode já começar a comemorar as previsões para este ano: +22,7%, contra -22,7% em 2020 e +0,1% em 2019.  2021-05-18 - Tags: consumo consumidor felicidade compras vestuario o globo pesquisa

Enquete da ABVTEX aponta desempenho positivo do varejo de moda
Em enquete realizada mensalmente pela Associação Brasileira do Varejo Têxtil (ABVTEX), que representa cerca de 100 grandes marcas do varejo brasileiro, 80% das associadas reportaram resultados de vendas melhores neste Dia das Mães em relação ao mesmo período de 2019, sendo que 20% consideraram o resultado igual ou pior no comparativo.  2021-05-17 - Tags: abvtex varejo brasileiro vendas ecommerce edmundo lima vestuario mercado

Mercado de moda e luxo sofre mudanças na pandemia
Comprar roupas e acessórios sofreu uma mudança significativa durante esse ano de pandemia. Quando as lojas estavam recebendo clientes, não era possível experimentar e, em boa parte do tempo, as lojas e comércios ficaram fechadas. Pensando nessa mudança de comportamento, a Semrush, uma plataforma SaaS de gerenciamento de visibilidade online e marketing de conteúdo, fez um levantamento com dados analisando o crescimento de buscas por marcas de roupa, tanto populares quanto de luxo, de janeiro de 2019 até janeiro de 2021.  2021-05-07 - Tags: mercado consumidor varejo marcas luxo netshoes renner balenciaga chanel

Varejo vive novos tempos com fusões, marketplaces e consolidação digital
Fusões, crescimento dos marketplaces e consolidação da tecnologia omnichannel são algumas das tendências que revolucionarão o varejo no Brasil e no mundo. A última grande notícia nesse sentido foi a compra, por 5,1 bilhões de reais, da centenária Hering pelo Grupo Soma, dona de marcas premium como Animale e Farm.  2021-05-05 - Tags: varejo fusao marketplaces hering grupo soma animale farm magalu espm

Consultoria latino-americana incentiva mercado jeanswear de forma inovadora
Dos 2,4 bilhões de peças jeans (88% são calças) consumidos no mundo, a América Latina responde por 425 milhões, enquanto a Ásia consome 600 milhões. Os quatro países produtores de jeans da América Latina: Brasil, México, Colômbia e Argentina somam 450 milhões de peças, que são consumidas, em sua maioria, no mercado interno. Este foi um dos dados apresentados por Ana Paula Alves de Oliveira, líder da consultoria Be Disobedient, durante o Trippin'Blue, primeiro evento virtual latino-americano focado exclusivamente no segmento denim.  2021-04-30 - Tags: ana paula alves de oliveira be disobedient trippin blue evento virtual denim

Carência do Pronampe pode ser negociada com bancos
Empreendedores que recorreram ao Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), em 2020, podem negociar com as suas instituições financeiras a prorrogação do prazo de carência de oito para 11 meses. Essa ampliação está autorizada desde março, quando houve uma decisão da Assembleia de Cotistas do Fundo de Garantia de Operações (FGO), que é o programa de garantia destinado às instituições financeiras que operam com crédito no âmbito do Pronampe.  2021-04-27 - Tags: pronampe carencia fgo instituicoes financeiras fundo de garantia caixa economica federal

Transformação digital é chave para vencer os desafios gerados pela pandemia
O último dia do Tripping Blue, evento virtual latino-americano focado no segmento denim, realizado de 19 a 22 de abril, abordou a transformação digital e a adaptação à nova realidade de mercado. Claudio Drescher, presidente da Câmara Industrial Argentina de Vestuário, e CEO da Jazmin Chebar desde 2002, uma das principais marcas de moda do país, cujas operações on-line representam cerca de 12 a 13% do faturamento, falou sobre o tema do encontro promovido pela consultoria Be Desobedient.  2021-04-27 - Tags: tripping blue claudio drescher jazmin chebar be desobedient eventos ana paula alves

Pequenos negócios se beneficiam com mudanças na LDO
As micro e pequenas empresas se beneficiarão da aprovação do PLN 2/21, do Poder Executivo, realizada, nesta segunda-feira (19), pelo Congresso Nacional. A proposta faz mudanças na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e permite a abertura de crédito extraordinário destinado a programas emergenciais.  2021-04-23 - Tags: lei de diretrizes orçamentarias congresso nacional ldo sebrae credito

Lojistas estão mais preparados para comércio online
O isolamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus mudou os hábitos de consumo dos brasileiros no último ano. De acordo com dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), entre abril e setembro (segundo e terceiro trimestres) de 2020, 11,5 milhões de pessoas fizeram sua primeira compra virtual. A associação também registrou mais de 150 mil novas lojas online no período.  2021-04-20 - Tags: isolamento social consumo e commerce loja online comercio varejo

Agilidade na criação de coleções para focar na experiência do consumidor
Oferecer um bom produto já não é o único ponto importante em uma venda. Com a expansão dos novos negócios o consumidor ganha cada vez mais opções na hora do consumo, impulsionando a competitividade do mercado. No varejo da moda, essa realidade chegou de forma intensa preocupando os shoppings e os varejistas que tiveram que se adaptar durante os períodos de isolamento social com uma dose extra de agilidade. Frente a esta realidade existem também oportunidades.  2021-04-19 - Tags: global quimica e moda gqm impressao digital varejo epson digital estampa

Projeto orienta gratuitamente empresas a como exportar
Segundo o Banco Central do Brasil, o saldo da balança comercial em 2020 superou em US$ 2,9 bilhões o resultado de 2019, com diminuição mais intensa nas importações do que nas exportações, diante do enfraquecimento das demandas doméstica e externa impactadas pela pandemia e pela depreciação do câmbio. Nesse cenário, empresas brasileiras que tenham produtos competitivos para exportação podem sair ganhando.  2021-04-13 - Tags: fecap fundaca escola de comercio alvares penteado peiex fecap apex brasil

Cia. Hering anuncia rebranding e apresenta nova marca corporativa
Com 140 anos de história, Cia. Hering é referência para o mercado da moda nacional. E, para marcar a evolução do negócio, a companhia anuncia o novo momento e apresenta uma marca ainda mais conectada com a experiência do consumidor. Assinado pela FutureBrand São Paulo, o rebranding reconhece o legado da Cia. Hering para o Brasil e a prepara para o futuro ao torná-la uma plataforma de marcas que conecta moda a pessoas.  2021-04-07 - Tags: futurebrand sao paulo rebranding cia hering hering identidade visual thiago hering