Language
home » moda & varejo » moda vestuário » mercado

Mercado

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Indústria da moda se prepara para retomada e jeanswear pode ser o carro-chefe

Pesquisa realizada pelo IEMI Inteligência de Mercado sobre comportamento do consumidor nas próximas semanas, indicam que 67% não pretendem comparar nada, independente da crise gerada pela pandemia de covid-19. Porém, 14% responderam que sim, vão continuar comprando artigos de moda; 13% apontaram roupas e calçados e 6% apenas calçados (tênis em grande maioria). Os dados foram apresentados durante a videoconferência “O mercado de moda no Brasil: impactos do covid 19 no consumo, perspectivas e ações para retomada”. Participaram do webinar, o diretor de negócios da Santista Jeanswear, Newton Coelho; o economista e diretor do IEMI, Marcelo Prado, e Sueli Pereira, gerente de comunicação e moda da Santista Jeanswear, que coordenou a apresentação.

Marcelo Prado reconheceu o incremento do e-commerce durante a pandemia, mas afirma que as vendas online no Brasil não compensaram a queda do varejo físico, que está paralisado há quase três meses, por conta da quarentena. Segundo ele, ao questionar se os entrevistados estariam dispostos a retomar as compras após o fim do bloqueio, 29% disseram que pretendem comprar roupas e calçados, “mas de maneira mais comedida, buscando economizar ao máximo”; 19% informaram que passarão a comprar mais pela internet e 40% responderam que “farão as compras da forma que sempre fizeram”, por meio de canais de vendas tradicionais.

Um ponto interessante da pesquisa apresentado pelo IEMI foi a motivação para as compras durante a pandemia. Dos que responderam favoravelmente ao consumo, 37% disseram que foram atraídos por descontos nos preços dos produtos; 26% pelo frete grátis, 13% pelo prazo de entrega e 12% por cupons de desconto das lojas, entre outras opções. Os canais utilizados para as compras online foram o Whatsapp com 38% e Instagram, 37%, além dos sites das lojas.

Fazendo um recorte na pesquisa de consumo de vestuário no Brasil, o IEMI mostra que 51% do consumo com roupas vêm das classes A e B contra 49% das classes mais populares, que representam 76% da população brasileira. Ente os itens mais consumidos, o jeanswaer se destaca, representando 11% das vendas do varejo de moda nacional.

Projeções para 2020

Mas, a pesquisa do IEMI, embora traga respostas alentadoras no que se refere ao comportamento de compra do brasileiro, também aponta um forte freio no consumo e na produção de vestuário em 2020, por causa da pandemia. Segundo Marcelo Prado, ao analisar as projeções da produção de vestuário no Brasil, partindo do mesmo cenário do varejo, a curva de desempenho mostra evolução no formato “U”, com recuperação lenta que irá perdurar ao longo de todo ano, mesmo após o fim da quarentena. “No acumulado de 2020, o cenário mais provável é de queda de 21,1% no volume de peças, com variação de -18% a -22,6%, considerando o melhor e o pior cenário”, explica o economista Marcelo Prado, acrescentando: “embora o cenário seja incerto em relação ao fim das restrições ao varejo de moda e seu impacto no mercado em 2020, com base nos dados apurados até março e tendo como premissa os meses de abril e maio – praticamente inteiros com lojas físicas fechadas em grandes centros consumidores –, haverá perdas de -16,1% nas vendas em volume em 2020, frente ao ano anterior, no cenário mais provável, oscilando entre -13,7% e – 18,4%”.

Com relação aos desafios do setor de vestuário para a reabertura das lojas físicas, Prado sugere uma série de medidas (veja slide na galeria), entre as quais a oferta qualificada e diversificada de produtos para a estação (no caso, o inverno brasileiro que vai de 21 de junho a 23 de setembro). Ele também aconselha fabricantes e gestores de marcas a reverem sua relação com o varejo, especialmente, as multimarcas, criando estratégias de fomento das vendas online.

De fato, a pesquisa apontou que as empresas que se saíram melhor no e-commerce foram justamente as marcas já consolidadas neste canal, bem como as grandes cadeias de moda. Já para as lojas físicas, a lição que fica desta paralisação do comércio é que elas precisam se engajar mais nas plataformas digitais. “ Sofrendo perdas significativas por conta da crise, os lojistas de multimarcas, cuja maioria (99%) ainda é analógica, precisará investir no digital para se integrar e se aproximar mais do seu cliente. O e-commerce está no Brasil há mais de 10 anos, entretanto, dos R$ 231 bilhões movimentados pelo varejo de vestuário em 2019, ele representou apenas 1,7%, aproximadamente, R$ 4 bilhões”, diz Marcelo Prado.

Jeanswear

A segunda parte da apresentação do IEMI, dedicada ao mercado de jeanswear brasileiro, trouxe dados compilados em 2019, mostrando que este segmento reúne 5,6 unidades produtoras, gera 301 mil empregos diretos, com receita anual de R$ 14,4 bilhões. Foram produzidas 341 milhões de peças (entre calças, jaquetas, etc.) sendo 578 mil destinadas à exportação, ou seja, apenas 0,2% do total da produção. “Entre 2014 e 2019, a produção de jeanswear sofreu queda de 6% em número de peças e alta de 31% em valores”, constata a pesquisa, revelando que o setor tem apostado mais em artigos valor agregado do que em volumes.  Ainda segundo o IEMI, Pernambuco é hoje o maior produtor nacional com 17% do total de peças confeccionadas em jeans no Brasil.

Milton Coelho, diretor da Santista, empresa brasileira criada em 1929, e uma das principais produtoras do autêntico denim e tecidos para roupas profissionais, disse que a companhia está na fase de revisão dos planos para o pós-pandemia. “Tomamos todos os cuidados com o pessoal e seguimos rigorosamente os protocolos dentro da fábrica. Fornecemos kits de tecidos para a produção de máscaras para as famílias dos nossos funcionários, bem como ajudamos entidades assistenciais com doações. Incrementamos também nossas ferramentas digitais e com a retomada, vejo oportunidades para o produto feito no Brasil e para especialidades. A Santista tem oferta de tecidos funcionais que deverão ter boa procura no mercado profissional. Além disso, temos um denim de primeira qualidade e nossa missão será engajar o consumidor nessa valorização do produto nacional para manutenção das nossas empesas e dos empregos”. Sueli Pereira, gerente de comunicação e moda, acrescenta: “Nesse momento estamos focados nas vendas. Trocamos muitas informações com o mercado e isso tem nos ajudado a direcionar as estratégias. Vamos continuar trabalhando com o Denim City, um projeto que visa incrementar o setor de jeanswear no país, e apoiar as pequenas confecções e o pequeno varejo, compartilhando conhecimento. Acho muito importante, a partir desse momento, o trabalho colaborativo para o bem-estar das empresas brasileiras”.

Marcelo Prado, do IEMI, por sua vez, comenta: “Com a queda do consumo mundial, vai sobrar estoques de tecidos e de vestuário nos próximos meses. Porém, no Brasil, com a elevação do dólar, as importações deverão cair 50%. Serão 500 milhões de peças que deixarão de concorrer no mercado interno, dando espaço para a produção nacional. No momento, o comércio já começa a reabrir em regiões como Centro-Oeste, Sul e em Minas Gerais, onde o impacto da pandemia foi menor. Aconselho os produtores, que focavam majoritariamente nos mercados de Rio e São Paulo, onde a situação continua crítica e as lojas permanecem fechadas, a olharem oportunidades fora desses centros. Temos que lembrar que a tempestade é para todos, mas o barco não é igual para todo mundo”.

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por: Marcia Mariano
Fotos: Divulgação

Data de publicação: 03/06/2020

Galeria de fotos desta matéria

Conteúdo relacionado


Quarentena impulsiona varejo digital no primeiro semestre
A chegada do novo coronavírus trouxe crescimento recorde para o e-commerce brasileiro, de acordo com relatório apresentado pela Neotrust/Compre&Confie, empresa de inteligência de mercado focada em e-commerce. No primeiro semestre deste ano, foram realizadas 132,6 milhões de compras online, aumento nominal de 73,4% em relação ao mesmo período de 2019.  2020-08-04 - Tags: coronavirus ecommerce compras online ambiente digital neotrust andre dias

Profissionalização acelerada pela pandemia é realidade no Brás
O bairro que há mais de 200 anos é sinônimo de venda no atacado e boas compras no varejo, com mais de 5000 pontos comerciais, sendo responsável pela movimentação de aproximadamente 14 bilhões de reais por ano na comercialização de roupas ainda não tinha grande afinidade com a modernização tecnológica.  2020-08-04 - Tags: bras modernizacao tecnologica marketplaces tecnologia whatsapp sistemas modernizacao

Serasa Experian revela que quase 200 mil empresas foram criadas em abril
O Indicador de Nascimento de Empresas da Serasa Experian revela que, em abril deste ano, 194.882 novas empresas foram criadas no Brasil. Destas, 84,7% fazem parte da categoria de microempreendedores individuais (MEIs), maior resultado desde fevereiro de 2019. Ainda segundo o levantamento, o setor de Serviços continua representando a maior parte das empresas recém criadas, com 68,9%.  2020-07-31 - Tags: indicador de nascimento de empresas da serasa experian serasa experian meis comercio servicos

Com todas as medidas de segurança implantadas Mega Moda reabre suas portas
O Mega Moda, localizado em um dos maiores polos de moda do Brasil, na Região da 44 em Goiânia, reabriu suas portas para os clientes no dia 14 de julho, respeitando as novas determinações do Governo estadual e municipal. Para essa nova fase, complexo formado pelo Mega Moda Shopping e o Mega Moda Park funcionarão das 9h às 17h, seguindo à risca todos os protocolos de segurança para preservar a saúde de colaboradores, clientes e lojistas, e a capacidade de ocupação definida pelo decreto.  2020-07-20 - Tags: mega moda goiania mega moda park coronavirus pandemia precaucao mega moda shopping meha moda park

Pesquisa da Abvtex identifica dificuldade de acesso ao crédito pela cadeia produtiva
Desde o início da pandemia no País, a Abvtex (Associação Brasileira do Varejo Têxtil), entidade que reúne mais de 100 das principais marcas do varejo de moda brasileiro, tem concentrado esforços em identificar as demandas junto à cadeia produtiva de seus associados, participantes do Programa Abvtex, com o objetivo de levar ao governo propostas que visam à redução dos impactos econômicos e sociais neste setor.  2020-07-20 - Tags: varejo de moda brasileiro programa abvtex pronampe micro empresas linha de credito

Pandemia muda hábito de consumo no mercado de luxo
Em pesquisa inédita com consumidores de produtos de luxo no Brasil, a Hibou, empresa de pesquisa e monitoramento de mercado e consumo, levantou dados que mostram a mudança de hábito desse público. 27% dos compradores dizem que ainda querem manter a rotina de comprar fisicamente nas lojas, porém precisam sentir que estão seguros.  2020-07-17 - Tags: mercado de luxo produtos de luxo consumidores monitoramento de mercado e consumo mudanca de habito semanas de moda pandemia ligia mello

Desemprego e falta de crédito preocupam setor têxtil e confecções
O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, retirou da pauta de votação a MP 927/2020, que flexibilizava as leis trabalhistas durante o período da pandemia. O texto, segundo a Agência Senado, irá caducar, já que o prazo de vigência da Medida Provisória, editada pelo Governo Federal em março e aprovada pela Câmara em junho, expira no próximo dia 19 de julho.  2020-07-17 - Tags: leis trabalhistas pandemia medida provisoria governo federal acordos coletivos fgts inss folhas de pagamento seguro desemprego

Linhas de crédito para os pequenos negócios já passam de 170 nas instituições financeiras
Subiu para 177 o total de linhas de crédito identificadas pelo Sebrae e voltadas especificamente para beneficiar os pequenos negócios em meio à crise causada pelo novo coronavírus. É o que aponta o 13º levantamento feito pela instituição que, desde março, vem observando as ofertas de empréstimos para o segmento, por meio de informações e ações das corporações financeiras em todo o país.  2020-07-03 - Tags: sebrae linhas de credito instituicao financeira fintechs

Inspiramais realizará edição totalmente online em agosto
Um evento 100% digital, que visa proporcionar aos expositores e visitantes, a experiência de um ambiente real, onde a interação entre pessoas e produtos será possível por meio de ferramentas tecnológicas. Assim foi definida a próxima edição do Inspiramais, maior Salão de Design e Inovação de Materiais da América Latina, que acontecerá entre os dias 25 a 27 de agosto próximo.  2020-06-30 - Tags: inspiramais digital walter rodrigues rafael weber ilse guimaraes fernando pimental tecnologia editech

Tecnologia pode ajudar o consumo em tempos de isolamento social
O isolamento social, por conta da pandemia de covid-19, acelerou o uso das ferramentas digitais por parte das empresas. E isso se deu principalmente pela necessidade dos consumidores que, com o fechamento das lojas físicas, tiveram que fazer compras pela internet.  2020-06-29 - Tags: tecnologia pandemia consumo ferramentas digitais isolamento social ecommerce internet

Bordados de Caicó conquistam selo de Indicação Geográfica
Toda vez que a bordadeira Iracema Nogueira Batista vender uma de suas peças confeccionadas cuidadosamente na máquina, fio a fio, o cliente de qualquer parte do país agora terá a certeza de que o trabalho foi de fato produzido numa das regiões mais ricas culturalmente do Rio Grande do Norte.  2020-06-26 - Tags: rio grande do norte instituto nacional de propriedade industrial caico bordado serido otiguar bordadeiras sebrae

Sebrae Day discute oportunidades de negócios brasileiros na Colômbia
As oportunidades de negócios brasileiros na Colômbia foram o tema do Sebrae Day, encontrou virtual realizado no dia 15 de junho, em parceria com o Inovabra Habitat, espaço de coinovação do Bradesco. A live contou com a participação de Gabriel Walmory e Marco Franke, sócios da Broggini Partners, consultoria referência em internacionalização de negócios, que possui seis escritórios em diferentes países, sendo o maior deles atualmente em Bogotá, capital da Colômbia.  2020-06-24 - Tags: sebrae day colombia marco franke gabriel walmory bogota sebrae oportunidades negocios webinar internacionalizacao

Pequenos negócios têm crédito facilitado com Programa Cadeias Produtivas
As micro e pequenas empresas que fazem parte da cadeia produtiva de grandes setores da economia terão acesso a crédito facilitado pelo Programa Crédito Cadeias Produtivas do BNDES. A iniciativa faz parte de uma estratégia de atuação do Sebrae, alinhada ao Governo Federal por meio do Ministério da Economia, para fazer com que o crédito chegue aos pequenos negócios com melhores condições de juros e prazos de carência e pagamento.  2020-06-22 - Tags: programa credito cadeias produtivas bndes cesar rissete agencia sebrae de noticias ministerio da economia

Exportações de calçados recuaram 66% em maio
Os efeitos da pandemia do novo coronavírus seguem impactando os resultados das exportações brasileiras de calçados. Dados elaborados pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) apontam que, em maio, foram embarcados 2,7 milhões de pares, que geraram US$ 23,9 milhões, quedas tanto em volume (-64,7%) quanto em receita (-66%) em relação ao mês correspondente de 2019.  2020-06-16 - Tags: exportacoes pandemia coronavirus abicalcados queda calcados haroldo ferreira

Sebrae apresenta protocolos de orientação para retomada das atividades
O Sebrae vai orientar as micro e pequenas empresas na retomada das atividades no país com a disponibilização de um conjunto de protocolos com orientações práticas e relevantes, alinhadas com as recomendações das autoridades de saúde. A ideia é fornecer aos empresários suporte com conteúdos em diversos formatos, como cartilhas, vídeos, áudios, entre outros materiais, para ajudar na adaptação dos negócios assim que forem liberados gradualmente para o funcionamento.  2020-06-15 - Tags: sebrae retomada das atividades protocolos orientacoes recomendacos segmentos setoriais portal sebrae

Varejo discute perspectivas com a reabertura dos shoppings centers
A prefeitura de Campinas oficializou a reabertura do comércio e outras atividades, a partir de segunda-feira, dia 08 de junho. Assim como a cidade paulista, vários outros municípios brasileiros já começaram a permitir o funcionamento de lojas e shopping centers, que deverão seguir critérios pré-estabelecidos pelos governos locais.  2020-06-08 - Tags: varejo reabertura shopping center retomada pandemia covid 19 vestuario abit

Indústria calçadista registra 35 mil demissões durante a pandemia
A indústria calçadista brasileira, desde o agravamento da pandemia do novo coronavírus, já perdeu mais de 35 mil postos de trabalho, o que corresponde a 13% da força de trabalho do setor (de 269 mil postos registrados em dezembro de 2019). A triste estatística está em levantamento realizado semanalmente pela Abicalçados com empresas e sindicatos industriais dos principais polos calçadistas do País.  2020-06-05 - Tags: abicalcados industria calcadista exportacao desemprego pandemia covid19 demissoes varejo mercado calcados

Indústria da moda se prepara para retomada e jeanswear pode ser o carro-chefe
Pesquisa realizada pelo IEMI Inteligência de Mercado sobre comportamento do consumidor nas próximas semanas, indicam que 67% não pretendem comparar nada, independente da crise gerada pela pandemia de covid-19. Porém, 14% responderam que sim, vão continuar comprando artigos de moda; 13% apontaram roupas e calçados e 6% apenas calçados (tênis em grande maioria).  2020-06-03 - Tags: iemi marcelo prado sueli pereira santista jeanswear newton coelho jeanswear denim moda varejo de moda ecommerce projecoes 2020 consumo

Abest elabora protocolo para a retomada do varejo de moda na cidade de São Paulo
Diante da crise mundial causada pelo covid-19, a Associação Brasileira de Estilistas preparou uma proposta de protocolo para orientação e adaptação das marcas de moda no período de retomada das atividades e circulação social. O protocolo foi enviado à Prefeitura de São Paulo que irá analisar a proposta juntamente com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho e Secretaria da Saúde.  2020-06-02 - Tags: abest covid 19 pandemia varejo de moda orientacao retomada das atividades circulacao social protocolo prefeitura de sao paulo

Mercado global de luxo deve cair entre 20% e 35% em 2020
Diante do colapso global causado pelos lockdowns e pela paralisação do turismo em todos os principais mercados, a indústria do luxo enfrenta um desafio sem paralelo na história. Depois de cair em cerca de 25% no primeiro trimestre de 2020, a desaceleração deve aumentar no segundo trimestre e pode levar a uma contração estimada entre 20% a 35% ao longo do ano.  2020-06-01 - Tags: mercado luxo asia bain & company covid 19 pandemia mercado lockdowns luxo online ecommerce