Language
home » têxtil » mercado » empresas e personalidades

Empresas e Personalidades

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

A digitalização têxtil é um processo irreversível

A ITMA continua sendo o principal palco de inovações tecnológicas direcionadas ao setor têxtil e de confecção mundial. Sua 18ª edição, ocorrida em junho, em Barcelona (Espanha), reuniu 1.717 expositores de 45 países e recebeu mais de 105 mil visitantes. Realizada a cada quatro anos, desde 1951, em um país integrante do Comitê Europeu de Fabricantes de Máquinas Têxteis (Cematex), organizador do evento, a ITMA apresentou tecnologias inovadoras, consolidou a sustentabilidade no processo têxtil, mostrou que a digitalização da produção é irreversível e apontou a economia circular como principal desafio da cadeia de valor, que vai da fibra ao varejo. 

Ao término da maior e mais importante feira do setor, da qual participaram 364 empresas italianas, Alessandro Zucchi, presidente da Associação dos Fabricantes Italianos de Máquinas Têxteis (Acimit), disse que a quantidade de visitantes e expositores deu “um claro sinal de otimismo para a indústria italiana de máquinas têxteis”. A Acimit representa um setor industrial que produz máquinas no valor total de cerca de 2,5 bilhões de euros, das quais 84% são exportadas. As empresas italianas que expuseram em Barcelona estavam distribuídas entre os setores de fiação e bobinagem (22%), tece- lagem (10%), malharia e meias em tricô (9%), beneficiamento e impressão digital (35%) e outros negócios para área têxtil (24%).

Considerada um divisor de águas em relação às edições passadas, por exibir tecnologias de fabricação 4.0, onde integração digital do design, processamento e logística tornam possível a produção têxtil sustentável sob demanda, a ITMA 2019 não ficou imune a outra realidade: as incertezas do mercado global, que afetam o ambiente de negócios. Apesar de otimista com a visitação da feira, Zucchi admite que a situação econômica do setor de máquinas têxteis não é positiva. “Embora a maioria dos expositores italianos tenha se declarado satisfeita com seus contatos durante a ITMA Barcelona, um efeito positivo nas vendas ainda não foi observado. A causa está na profunda incerteza que caracteriza a economia mundial. As previsões para 2019 são, portanto, negativas, enquanto para 2020 esperamos uma recuperação das exportações e da demanda do mercado interno”, diz. China e Índia continuam liderando as exportações de máquinas têxteis italianas e europeias em geral, mas novos mercados no sudeste asiático, Turquia e nas Américas também despontam como promissores nos próximos anos.

Segundo o presidente da Acimit, a presença italiana na ITMA 2019 foi ressaltada pelo comprometimento dos fabricantes em apresentar máquinas e processos que garantem economia de água, energia e matérias-primas. A sustentabilidade também foi destaque na conferência de imprensa da entidade, quando dois fabricantes associados à Acimit, Loptex e Tonello, receberam o prêmio Italian Green Label Award, da Agência Italiana de Comércio, pelo compromisso de reduzir a pegada de carbono de suas máquinas. Zucchi assumiu a presidência da Acimit em 27 de junho de 2017. Nas- cido na cidade de Bérgamo em 1958, é casado e pai de dois filhos. Com experiência de vários anos no setor de máquinas têxteis, atualmente é diretor administrativo e sócio da Ferraro S.p.A., fabricante especializado em máquinas de acabamento, e diretor administrativo da Interfinish S.r.l., empresa de comissionamento no campo do processamento mecânico de precisão. Desde 2015, Zucchi faz parte da delegação da Acimit no Cematex, e, em 2019, foi nomeado membro do Conselho da Federação Nacional da Associação de Fabricantes de Bens de Capital da Itália. Nesta entrevista, ele conta como foi a participação na ITMA e os desafios da digitalização na produção. Confira: 

Textília: A ITMA Barcelona teve 364 expositores italianos. Essa foi a maior presença italiana em todas as edições da feira? Na sua opi- nião, esta edição pode ser considerada um “divisor de águas” para a indústria de máquinas têxteis?

Alessandro Zucchi: Na ITMA 2015, em Milão, houve mais de 450 expositores italianos. Não sei se esta edição será lembrada como uma das mais importantes da história da ITMA, porém é certo que sustentabilidade, digitalização e indústria 4.0 são tópicos que muitas empresas expositoras desenvolveram e ofertaram na feira de Barcelona.

Textília: Por onde a indústria têxtil deve iniciar seus investimentos para tornar-se uma produção avançada e sustentável? Digitalizar seus dados ou comprar máquinas eficazes para reduzir o consumo e os custos de produção?

Zucchi: Para uma empresa, sustentabilidade significa otimizar o consumo e reduzir os custos de produção, e a digitalização certamente é capaz de atingir esses objetivos. Portanto, a sustentabilidade e a digitalização devem andar de mãos dadas para que a empresa têxtil possa permanecer competitiva no cenário internacional.

Textília: Na ITMA 2019, quais setores da cadeia de produção têxtil apresentaram tecnologia disruptiva? Pode nos dar algum exemplo?

Zucchi: Pudemos constatar progressos de muitos fabricantes na digi- talização de seus produtos. Vimos o compromisso de muitas empresas em tentar facilitar a interação entre operador e máquina através do uso de aplicativos, sensores, dispositivos e várias soluções de software. Também é necessário enfatizar o nível tecnológico alcançado no setor de impressão digital, onde houve inovações tanto nas tintas utilizadas quanto nas soluções de pré e pós-impressão.

Textília: Especialistas dizem que a indústria 4.0 ainda é uma realidade distante para a maioria das fábricas têxteis da América Latina. Na sua opinião, qual é o maior desafio para os fabricantes de máquinas conquistarem esse mercado? Falta de mão de obra qualificada nas indústrias, baixo nível tecnológico, dificuldade de financiamento ou instabilidade econômica nesses países?

Zucchi: Todos os motivos mencionados contribuem para dificultar os investimentos na área. No entanto, a América Latina continua sendo um mercado de grande interesse para os fabricantes de máquinas têxteis. Existem muitas oportunidades que ainda precisam ser aproveitadas por nossas empresas. A Acimit está particularmente atenta aos desenvolvi- mentos nos vários países da região e, recentemente, em conjunto com a Agência Italiana de Comércio, organizou um grupo de empresas italianas na Expotextil Peru (feira realizada de 24 a 27 de outubro, em Santiago de Surco), provendo diversas missões de delegações de empresários têxteis sul-americanos aqui na Itália.

Textília: No atual contexto, é possível uma fiação com máquinas avançadas trabalhar com uma tecelagem com máquinas obsoletas?

Zucchi: A integração entre as diferentes etapas é uma condição indispen- sável para evitar desperdícios e custos desnecessários. Mas essa é uma consideração válida antes mesmo da revolução 4.0.

Textília: As máquinas italianas apresentadas na ITMA ofereciam plataforma de gerenciamento inteligente, sensores incorporados na máquina, manutenção preditiva etc. Para uma fábrica com instalações de 15 ou 20 anos, é possível atualizar os sistemas existentes sob o conceito 4.0 ou é necessário comprar novas máquinas?

Zucchi: É um discurso complexo que não pode ser generalizado. É necessário avaliar o caso individualmente. É claro que novas tecnologias também podem ser instaladas em máquinas mais antigas, porém resta verificar a real eficácia dessas intervenções.

Textília: A produção em larga escala não é mais atraente porque os consumidores estão mudando hábitos, preferindo compartilhar e reutilizar em vez de comprar novos produtos. Como a indústria de máquinas está reagindo a essa tendência?

Zucchi: Estamos na era do conhecimento, do compartilhamento. É uma revolução no modo de escolha da compra, que não se refere apenas ao setor de vestuário. A economia circular também trará mudanças para o setor de máquinas têxteis. São necessárias soluções adequadas para facilitar a reutilização de materiais, tanto em nosso processo de produção quanto no de nossos clientes.

Textília: A mistura de fibras de diversas matérias-primas, o aumento do uso de elastano nas peças e a incorporação de novos elementos, como o grafeno nos tecidos, são desafios para os processos conven- cionais de fiação, tecelagem e acabamento. Como os fabricantes estão desenvolvendo tecnologia híbrida para atender a essas necessidades?

Zucchi: A história das máquinas têxteis, em particular a italiana, está cheia de informações que permitem às nossas empresas fornecer a seus clientes soluções personalizadas para suas demandas específicas. O setor têxtil está evoluindo para o uso de novos materiais e novos processos, e a indústria italiana de máquinas têxteis está pronta para colaborar com seus clientes e oferecer suporte total, mesmo nesse cenário de produção em mutação. 

Textília: Qual a participação do Brasil e da América Latina na compra de máquinas italianas hoje? As vendas para este mercado foram mais virtuosas ou estão estagnadas?

Zucchi: A América Latina absorve cerca de 6% das exportações italianas, representando cerca de 111 milhões de euros (dados de 2018). O Brasil é o principal mercado da região para empresas italianas. Em 2018, exportamos 37 milhões de euros em máquinas têxteis. Os dados mais atualizados, referentes ao período de janeiro a julho de 2019, indicam uma queda nas exportações italianas para a região de 7%.

Textília: Em 2020, a Febratex, maior feira latino-americana de máquinas têxteis, será realizada no Brasil. Qual será a participação italiana neste evento? A Acimit está planejando alguma ação para o mercado brasileiro?

Zucchi: Como sempre, esta importante feira brasileira atrai o interesse de muitas empresas italianas, que participam do evento por meio de seus agentes ou com estande próprio. A Acimit não estará presente, mas for- necerá suporte às empresas associadas. Na região, apoiaremos a Agência Italiana de Comércio a criar um “Punto Italia” na Colombiatex em 2020. Em relação ao Brasil, destaco que, em 2018, recebemos na Itália uma delegação muito qualificada de empresas têxteis brasileiras. Pg09a12

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Publicado em Revista Textília - Edição 114
Por: Marcia Mariano

Data de publicação: 05/12/2019

Galeria de fotos desta matéria

Conteúdo relacionado


Valorizar o capital humano é fundamental na indústria têxtil
Deise Silvano, gerente industrial e comercial da Bil Têxtil, produtora de fios e malhas, com sede em Itajaí (SC), falou de sua “paixão pela indústria e pelas pessoas que nela trabalham”, durante live promovida pela Associação Brasileira de Técnicos Têxteis (ABTT). Autora do livro “Por que se dedicar se a empresa não é nossa”, ela defende a valorização do capital humano dentro das empresas como fundamental para que se alcançar produtividade, inovação e reconhecimento de mercado.  2020-05-18 - Tags: bil textil malharia ramo textil viscose processo textil deise silvano itajai abtt

Rhodia produz e distribui máscaras de uso social com tecido tecnológico
A Rhodia, empresa do Grupo Solvay, produziu em parceira com a Lupo um total de 20 mil máscaras de uso social para proteção contra o Covid-19, que estão sendo distribuídas aos 2.500 funcionários do Grupo e seus familiares. As máscaras foram desenvolvidas a partir do fio de poliamida funcional, Amni Biotech®, que reduz o odor durante o uso da máscara, graças à sua ação antimicrobiana que controla a proliferação das bactérias causadoras do odor indesejado, oferecendo maior sensação de conforto e bem-estar aos usuários.  2020-04-24 - Tags: rhodia grupo solvay lupo mascaras faciais covid19 fio de poliamida amni biotech antimicrobiana seamless voluntarios vinicius morbeck

Setor de vestuário em luto pela morte de Ronald Masijah
Faleceu, na manhã no dia 17 de abril, em São Paulo, o presidente do Sindivestuário, Ronald Moris Masijah, 65 anos. Segundo nota do sindicato, Masijah, que lutava há algum tempo contra um câncer, ocupava seu quarto mandato à frente da entidade que presidia desde 2010.  2020-04-20 - Tags: sindivestuario ronald moris masijah professor pardal abit nota de falecimento

DuPont doa equipamentos de proteção para hospitais e instituições de saúde
A DuPont, empresa especializada em ciência e inovação, anunciou que fará doações de roupas e outros equipamentos de proteção individual a hospitais e entidades médicas no Brasil, atendendo as necessidades de cada entidade, para auxiliar no combate ao novo coronavírus.  2020-04-17 - Tags: dupont equipamentes de protecao hospitais coronavirus tyvek instituicoes santa casa naotecido tecido tecnico

Oerlikon Barmag apresenta processo POY com maior eficiência energética
Após vários anos de desenvolvimento com seu colaborador Siemens, a Oerlikon Barmag, líder de mercado em sistemas de fiação de fibra sintética e máquinas de texturização, alcançou uma produção em série de sua nova unidade de acionamento para sistemas POY no começo deste ano. O novo componente atende acima de tudo a eficiência energética.  2020-04-16 - Tags: oerlikon barmag sistemas poy componentes arnulf sauer oerlikon

Uster anuncia novo Chefe do Departamento de Tecnologia Têxtil
A Uster Technologies anunciou, em abril, que Oswald Baldischwieler assumiu como Chefe do Departamento de Tecnologia Têxtil e membro do Comitê Executivo da companhia. Baldischwieler é um experiente tecnólogo têxtil e administrador. Sua carreira inteira foi dedicada ao desenvolvimento e promoção da indústria têxtil, em vários cargos importantes.  2020-04-13 - Tags: uster uster technologies oswald baldischwieler tecnologia textil mercado tecnico textil tecnologia textil

Dalila Têxtil confirma presença na Febratex 2020
A Dalia Têxtil participará do Febratex Conecta, espaço novo e diferenciado com a Mostra de Produtos Têxteis Sustentáveis e Tecnológicos. A empresa, que atua há 27 anos no mercado têxtil e tem expertise em malharia circular, desde o tecimento do fio até o beneficiamento e tinturaria.  2020-04-02 - Tags: dalila textil febratex 2020 mercado textil febratex conecta malharia circular malharia produtos texteis

Indústrias dos EUA se unem em cadeia de suprimentos para produzir itens médicos
Uma coalizão de empresas americanas têxteis e de vestuário atendeu o apelo da Casa Branca para aumentar a produção de itens que possam ajudar hospitais, serviços de saúde e cidadãos que estão lutando contra a propagação do COVID-19. Uma delas é Parkdale Mills Inc. que está se preparando para fornecer suprimentos para fabricação de 10 milhões de máscaras faciais por semana.  2020-03-30 - Tags: itens hospitalares uniformes saude covid19 suprimentos mascaras faciais equipamentos de protecao equipe medica parkdale mills

ABNT dá posse à nova diretoria em solenidade na Fiesp
Mario William Esper tomou posse na presidência do Conselho Deliberativo da ABNT, no dia 9 de março. A solenidade aconteceu na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e teve como anfitrião o presidente Paulo Skaf. Após assinar o termo de posse, Mario William fez seu discurso lembrando da trajetória de desafios, lutas e conquistas que a ABNT passou ao longo dos seus 80 anos.  2020-03-19 - Tags: abnt mario william esper fiesp nova diretoria posse abnt

Itema anuncia Ugo Ghilardi como novo diretor executivo
A Itema, integrante do grupo multinacional Radici, conhecida por oferecer soluções avançadas de tecelagem, incluindo teares, peças de reposição e serviços integrados, anunciou que seu Conselho de Administração nomeou Ugo Ghilardi, no dia 2 de março, como CEO.  2020-03-11 - Tags: angelo radici ugo ghilardi itema tecelagem teares gianni radici

Nilit altera matriz energética em sua maior planta de poliamida em Israel
A Nilit, líder mundial da produção de poliamida 6.6 premium, terá emissão de CO² reduzida em 40% e de outros gases – como dióxido de enxofre para zero, em sua principal instalação, localizada na cidade de Migdal HaEmek, Israel. A empresa, que possui plantas também nos EUA, Brasil e China, anunciou a conversão de sua matriz para energia limpa a partir de uma nova central de cogeração que utiliza gás natural.  2020-03-06 - Tags: sensil breeze sensil aquarius sensil innergy sensil bodyfresh sensil heat nilit sensil ecocare

Loepfer mostra alta tecnologia em sensores na ITME Africa
A Loepfer estará presente no Pavilhão Suíço da ITME África, que acontecerá pela primeira vez na Etiópia, de 14 a 16 de fevereiro, na capital Adis-Abeba. A África tem apresentado crescimento nos últimos anos e a indústria têxtil tem sido um dos motores deste desenvolvimento, especialmente a Etiópia, não só pelo cultivo do algodão, mas também pelo investimento em toda a cadeia de valor têxtil.  2020-01-27 - Tags: loepfe brothers itme africa etiopia adis abeba yarn cleaner falcon-i

Mahlo colabora com universidades em Bangladesh da área têxtil
Trazendo especialistas em têxteis do futuro, a empresa alemã de engenharia mecânica Mahlo GmbH + Co. KG, realizou palestras na Universidade de Bangladesh de Têxteis (BUTEX) e na Universidade do Norte de Bangladesh, apresentando aos alunos os requisitos e soluções da moderna produção têxtil.  2020-01-24 - Tags: butex industria 4 0 msmart mahlo maquinas texteis

Fiação chinesa eleva produtividade com sistema de dados Uster®
Oferecer alta qualidade e produtividade aos seus clientes, por meio da análise e transparência de dados de classe mundial, é o resultado obtido pela empresa chinesa Esquel ao implantar o sistema Uster® Quality Expert na sua produção de fios.  2020-01-23 - Tags: uster quality expert li guanghai esquel produçao fios

Novos talentos para uma indústria tecnologicamente forte
Peter D. Dornier, presidente da Fundação Walter Reiners-Stiftung da VDMA (Associação dos Fabricantes de Máquinas Têxteis da Alemanha), entregou prêmios a seis jovens engenheiros em Dresden, durante cerimônia de premiação na Conferência Têxtil Internacional de Aachen-Dresden-Denkendorf.  2019-12-18 - Tags: itm peter d dornier vdma maquinas texteis ita aachen

Basf oferece formulação de produtos para lavagem de roupas
Detergente líquido ou em pó, amaciantes e outros produtos voltados à lavagem de roupas demandam equilíbrio entre o bom desempenho do produto e o cuidado em não causar riscos à saúde do consumidor.  2019-12-17 - Tags: basf lavergy fibras tecidos sokalan

Sinditec homenageia Santista Têxtil pelos seus 90 anos de fundação
O Sinditec, que representa as indústrias têxteis de Americana e Região, prestou homenagem à Santista Têxtil pelos seus 90 anos de fundação. O presidente da entidade, Dilézio Ciamarro, entregou a “Lançadeira de Prata” ao presidente da empresa, Gilberto Stocche, em reunião da diretoria, realizada no final do mês de novembro.  2019-12-17 - Tags: sinditec americana industrias texteis santista textil dilezio ciamarro gilberto stocche

Industriais catarinenses participam de evento com presidente da República
No dia 11 de dezembro, empresários catarinenses participaram da cerimônia de entrega do Grande Colar da Ordem do Mérito Industrial ao presidente Jair Bolsonaro, promovida em Brasília pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).  2019-12-16 - Tags: sintex fiesc cni fiaçao industria conservacao homenagem

Karsten é eleita a 11° melhor empresa para trabalhar em Santa Catarina
A Karsten, empresa têxtil de Blumenau que completou 137 anos de história, foi eleita a 11ª melhor empresa para trabalhar em Santa Catarina. O prêmio foi entregue na última quarta-feira (4), em Florianópolis, pelo Instituto Great Place to Work (GPTW), que desde a década de 1980 seleciona as empresas com melhores ambientes de trabalho nas categorias grande, médio e pequeno porte.  2019-12-10 - Tags: karsten gptw empresa santa catarina trabalhar

Abit entrega Medalha do Mérito 2019 em confraternização anual do setor
Como faz todos os anos, a Abit – Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção realizou a solenidade de entrega da Medalha do Mérito, que antecedeu o coquetel de confraternização de fim de ano da entidade, reunindo empresários, executivos, profissionais de moda e imprensa em sua sede na capital paulista.  2019-12-06 - Tags: abit 2019 confraternizacao premio sinditextil grupo lunelli grupo malwee camisas polo salvador steinbruch vicunha