Language
home » eventos »

Últimas notícias

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Salão Inspiramais recebe 40 mil visitas em sua primeira edição digital

Em sua primeira edição 100% on-line, o Inspiramais - Salão de Design de Materiais para Moda - recebeu 40 mil visitas nos 150 estandes virtuais, o que gerou 3 mil agendamentos de negócios com as empresas participantes. O evento, realizado de 25 a 27 de agosto, apresentou tendências de materiais, shapes e cartela de cores 2022. Walter Rodrigues, estilista, pesquisador e responsável pelo Núcleo de Design do Salão, falou ao Portal Texília Net sobre a nova experiência do evento, em meio ao cenário desafiador, provocado pela pandemia de Covid-19, que impactou os hábitos de consumo.

Com foco nas rodadas de negócios entre indústrias da moda e empresas fornecedoras de insumos, o Inspiramais ofereceu aos conectados acesso a diversos projetos como o Conexão Inspiramais, Preview do Couro, Projeto + Estampa, Projeto Comprador, Conexão Criativa e Comercial, além de palestras, showroons e pesquisas de materiais, voltados à indústria de confecção, têxtil, calçadista, moveleiro, automotivo, acessórios e bijuterias. Segundo a organização, em três dias, o Salão teve ao todo 166 mil páginas visitadas, entre projetos, palestras e lançamento de produtos. Ao comemorar o resultado, Ilse Guimarães, superintendente da Assintecal, uma das entidades promotoras do Inspiramais, comentou: 
“Foi um marco para toda a indústria e uma experiência incrível. Entrar virtualmente em um Salão de Design e Inovação e participar de um tour, conhecer as referências mundiais, centenas de lançamentos em inovação, sustentabilidade e design, projetos inovadores, agendar rodadas de negócios nacionais e internacionais, assistir palestras e manter contato com diversas empresas mostrou que não há fronteiras, nem distâncias. O mundo todo passou por aqui”. Walter Rodrigues, acrescenta: “A experiência que tivemos nessa edição não pode ser esquecida na próxima, mesmo que ela seja no formato presencial”.

Em sua palestra de abertura no Conexão Inspiramais 2021-II sob o tema Free Spirit, Walter Rodrigues mostrou referências para os próximos passos da moda mundial e a metodologia baseada na pirâmide de consumo proposta para a indústria do setor. Foram exibidas cartelas de cores, produtos inovadores e soluções em design para as categorias Luxo, Sustentabilidade, Casual, Performance, Artesanal e Tecnológico. A mostra é resultado de um trabalho extenso junto com as indústrias brasileiras dos mais diversos polos do país - universalizando o produto nacional para ampliar a assertividade de vendas.

Entrevista

Textília Net: Em sua palestra, foi apresentada a organização de uma coleção, seguindo a metodologia da pirâmide. Olhando o momento atual da indústria de confecção, que foi bastante afetada pela paralisação do comércio na pandemia, que orientação dá aos produtores para que possam reequilibrar o caixa e, ao mesmo tempo, satisfazer os consumidores?

Walter Rodrigues: A metodologia da pirâmide estabelece uma maneira muito clara de planejamento de produto. Dentro do aspecto e do espectro da pandemia, eu acho que é muito condizente estabelecer um parâmetro onde a gente diz que os 60% é o tempo do agora, ou seja, é o momento que estamos vivendo, enquanto os 30% é o planejamento de médio prazo e os 10%, o longo prazo. Por isso, aconselho as pessoas a fazerem uma análise muito clara do seu agora e principalmente, dos produtos que consideram comerciais e que são reflexos da identidade da marca.  É hora de usarmos os estoques e retrabalharmos esses produtos, fazendo algum tipo de acabamento, tingimento, estamparia, ou seja, customizar esses estoques, sejam calçados ou roupas, e trazê-los para a realidade de desejo e encantamento que o consumidor está vivendo agora. E aí entra a responsabilidade do gestor de entender a importância do on-line, mesmo que seja pelo aplicativo mais simples, o WhatsApp. Hoje temos a possibilidade de comercializar produtos nas redes sociais como Instagram, Facebook e principalmente, o e-commerce, ou marketplace (plataforma onde lojistas se inscrevem e vendem seus produtos on-line). Enfim, há muitas possibilidades nesse universo digital. Eu acho que um dos grandes problemas da indústria de moda do Brasil é sempre ficar na zona de conforto, achando que nada vai mudar. Quando um evento (como a pandemia) acontece, vemos que aquelas empresas que já estavam estabelecidas no universo on-line conseguem trabalhar melhor diante de toda essa ressignificação que estamos vivendo. Enquanto outras, que não estavam preparadas, são pegas de surpresa e, nesse momento difícil, ou desaparecem ou então se adaptam rapidamente à nova realidade. Não há muito tempo para pensar; os 60% são o aqui e agora.

Textlia Net: Qual a importância da digitalização na confecção nesta retomada?

Walter Rodrigues: Realmente hoje no Brasil existe um gap que a gente vai ter que aprender a modificar, seja como veículos de informação ou de conteúdo e negócios como é o Inspiramais, para instigar as pessoas a se prepararem para as mudanças que vão ocorrer, a uma aceleração que a gente não imagina. Por exemplo, a minha grande pergunta nos últimos anos tem sido: como vamos cobrir o gap de uma indústria cujos processos ainda são baseados na Revolução Industrial do Século 19; cujos gestores estão presos no Século 20, em indagações do tipo – vou continuar fazendo desse jeito porque meu avô e meu pai faziam assim; ou – eu aprendi dessa maneira e não vou mudar, logo, não tem capacidade de inovar. Então, para acompanhar e oferecer produtos para um consumidor que tem um smartphone na mão, que escolhe a partir de pesquisas em vários sites que o colocam em contato com produtos do mundo inteiro, facilitando sua escolha. Então, as empresas terão que buscar um caminho de adaptação para o on-line, do contrário, terão uma dificuldade maior dentro do mercado. Eu entendo que alguns processos da construção de uma coleção, como o desenvolvimento de modelagem, ou mesmo o corte, ainda sejam por meio de práticas convencionais, mas a informação, a comunicação de venda é absolutamente necessária no mundo digital. Mas ao mesmo tempo, também acho que as marcas precisam se preparar para o consumidor que vai vir cada vez mais afinado com questões como transparências nos processos e práticas sustentáveis.

Textlia Net: É possível para um designer remodelar toda a coleção que tinha pensado para readequá-la ao novo cenário de mercado tão bruscamente?

Walter Rodrigues: Os estilistas, diante de toda essa demanda, terão de ser inteligentes e criativos para entender quem é o seu público, buscar uma comunicação muito clara e, notadamente, lapidar mais ainda o propósito da marca, fortalecendo-a para ter condições de criar produtos a partir do material e da tecnologia disponíveis. Estes produtos, porém, devem ser encantadores e necessários na vida das pessoas, porque hoje estamos muito mais atentos ao que realmente vale a pena para nossas vidas.

Textilia Net – Você acredita que a moda será mais direcionada a nichos de mercado, de acordo com as novas leituras sociais que estão se impondo; deixando de lado os produtos massificados fast fashion?

Walter Rodrigues. Para mim esse tema é muito caro e interessante até porque eu acredito que todas as empresas de fast fashion já estão repensando seus processos e essa discussão não é de agora e não é consequência da pandemia. A Zara doou US$ 4 milhões para o MIT University para o desenvolvimento de fibras reutilizáveis; a H&M, uma das gigantes do setor de fast fashion, já estabeleceu dentro de suas coleções fios reutilizados e algodões com tratamento orgânico, mostrando que existe uma possibilidade de nichos muito específicos, que mesmo os mercados de fast fashion vão poder atuar. Outros exemplos são a marca Marine Serre, que está retrabalhando os jeans já existentes, e o Alexandre Herchcovitch que também faz o mesmo na La Garçonne; então isso já é uma prática recorrente, embora ainda não esteja no grande mercado, mas logo, eu creio que chegará no consumidor massificado. Outro ponto que acho importante é que nós atingimos, com o fast fashion, a democratização da moda, possibilitando que camadas da sociedade, com menor poder aquisitivo, pudessem ter produtos com sabor de moda, dentro das tendências das cores, das estampas, enfim, o que é muito positivo. Por isso, temos que entender, como fornecedores de matéria-prima e fabricantes de produtos, a onde está a nossa responsabilidade não só para com o planeta, mas também para a inclusão de consumidores na pirâmide de consumo. É extremamente importante trabalhar daqui para frente para que esse planejamento se torne real.

Textília Net: Como vê a atitude do consumidor em relação à economia circular? Qual é o nível de consciência ambiental hoje da indústria da moda brasileira?

Walter Rodrigues: Eu acho que o consumidor brasileiro é muito mimado porque em nosso País temos tudo em abundância. Essa característica, por exemplo, de três safras ao ano, de ser verão o ano inteiro em vários lugares do Brasil, gera essa facilidade de bem-estar e de estilo de vida que o brasileiro tem, independentemente da situação da economia. Mas o que me interessa entender no futuro são consumidores que hoje têm entre 10 e 12 anos, nessa faixa pré-adolescente, até mais ou menos 18 e 19 anos, jovens que começam a ter lugar no mercado de trabalho e com poder de compra. Esses consumidores é que vão determinar a grande guinada. A minha geração e a geração que está no comando hoje sabe a importância do consumo consciente, mas o grande público só vai acessar a economia circular por meio de muita informação. Por isso, a importância de fazer essa transversalidade da informação, por exemplo, mostrar o que ocorre com o lixo e estabelecer que o lixo é um erro do design. O designer que  desenvolveu o produto na fábrica, e pensou em todas as suas etapas, estabelecerá um caminho correto a tudo que está relacionado ao descarte do material, inclusive no futuro, quando o cliente não quiser mais esse produto e poderá devolvê-lo para algum lugar, em um sistema de economia reversa. Eu acho que já temos exemplos no mundo suficientes para entendermos que a economia circular é correta, o que falta na realidade são as empresas, tanto produtoras de materiais quanto de produto acabado, se alinharem para fazer campanhas educativas nesse sentido. Veja, no caso dos consumidores infantis, eles já são hoje uma influência importantíssima nas escolhas de seus pais, seja de produtos para a casa, mobiliário, roupas, etc. A partir do momento que forem ganhando consciência de que herdarão um planeta destruído por culpa de um consumo desenfreado e irresponsável, eles começarão a fazer cobranças mais sérias com relação às marcas. Há 18 meses, no tema “Zen” no Inspiramais, já dizíamos que a sustentabilidade era o novo padrão de qualidade que estaria presente no processo de criação, desde o planejamento até o descarte do produto. E isso é obrigação do designer. Um designer não é feito só para fazer rabisco num papel, mas sim, para pensar o processo como um todo, do começo, meio ao fim. O dia que conseguirmos comunicar isso de forma inteligente e encantadora, conseguiremos adesão do nosso consumidor. Nós os brasileiros somos carinhosos com as marcas que consumimos, a gente é fiel à marca. Acho que hoje está faltando mais informação no mercado.

Textília Net: Os tecidos antivirais, lançados por muitas empresas têxteis durante a pandemia, poderão se tornar perenes nas futuras coleções?

Walter Rodrigues: Eu acredito sim que os tecidos antivirais entrarão na linha de produção até porque não sabemos se virá outro vírus perigoso por aí. Esse inimigo invisível fez com que tivéssemos a noção clara de globalização. Naturalmente, a indústria precisa estar preparada com materiais ou acabamentos para ofertar ao mercado. A palavra que mais falamos nos últimos tempos é higienizar, então, essa necessidade do cuidado, de você voltar para casa e pensar o que fazer com a roupa ou calçado que saiu à rua existe. Não precisa gerar uma neurose mas tem que ser um ponto de reflexão no que se refere ao uso de novos materiais. Nesta edição do Inspiramais temos muitos produtos com processos de acabamento voltados à higienização e proteção. Ao mesmo tempo, acho necessária uma ampla comunicação para que as pessoas entendam a importância desses materiais e o lugar adequado para usá-los, quer seja no mobiliário, por exemplo, um sofá ou cadeiras de restaurante; estofados de sala de espera de um consultório, de aeroporto, etc. A gente não tem muita noção do quanto os tecidos, os laminados e os couros estão em contato com a nossa vida cotidiana. Imagine uma sala de aeroporto sem poltronas, sem nenhum tipo de revestimento no lugar onde você senta? Vamos ter que pensar nisso rapidamente de maneira global e que esses produtos sejam realmente certificados.

Texília Net: Que avaliação você faz da primeira edição digital do Inspiramais?

Walter Rodrigues: Numa avaliação geral do evento, eu acho que foi um sucesso. A noção que nós tivemos muito clara da quebra de barreiras, com a possibilidade de interagir com cidades e regiões longínquas do Brasil e do exterior. Na parte internacional, o Projeto Compradores foi muito positivo. Tivemos também o acesso de designers, pesquisadores, jornalistas de toda América Latina, facilitando a nossa comunicação e a troca de informação foi muito rica e importante.  O ponto forte dessa edição foi estabelecer novas maneiras de contato com o público, mantendo a qualidade das nossas propostas de conteúdo. A grade de palestras trouxe temas muito relevantes para esse momento e a curadoria da Carol Garcia acertou em cheio em todos os assuntos abordados. Tivemos facilidade de trazer palestrantes de fora, justamente por estarmos num ambiente digital, oferecendo uma certa dose de carinho, pois cada um apresentou seu conteúdo de casa, ou seja, valorizou o aspecto humano. Para mim foi importantíssimo como coordenador do núcleo, desde o desafio proposto pela Ilse Guimarães, que construíssemos, a partir da plataforma on-line, uma comunicação com os nossos visitantes da forma mais humana possível. Nas salas de atendimento, os consultores tiraram dúvidas, houve interatividade com os visitantes, enfim, nos dispusemos a estar on-line das 10 horas da manhã às 20h da noite, justamente para que não se perdessem aquele impacto que tínhamos nos corredores do Inspiramais presencial, com uma energia criativa, a troca de informação e de carinho muito grande. Nós conseguimos transmitir essa sensação também na plataforma digital. Eu me senti muito feliz, pois consegui me reunir com amigos queridos; enfim foi uma experiência extremamente agradável e um aprendizado gigante.

Textília Net: Acredita que as feiras virtuais se tornarão uma realidade no Brasil, independente do pós-pandemia?

Walter Rodrigues: Sim. Como a Ilse Guimarães diz e eu acompanho esse pensamento - não haverá ou, mas, e - ou seja, no futuro teremos no mesmo padrão e na mesma data, eventos presenciais e ao mesmo tempo, digitais. A experiência nessa edição não pode ser esquecida. A possibilidade de no mesmo dia, acessar 10 mil a 15 mil pessoas é um número muito fascinante para a gente voltar atrás. Eu acredito na convivência pacífica do formato digital com o presencial e nós já falávamos disso na edição de janeiro do Inspiramais, quando alertávamos que era importante entender que existiria o B2B, o B2C e principalmente, o Human to Human. E é isso que estamos fazendo. Eu respondi suas perguntas pelo aplicativo e você se conectou ao Inspiramais que, por sua vez, recebeu milhares de visitantes on-line. Em suma, não se deixou de fazer negócios e nem de estimular a criatividade, inspirando as pessoas. Esse é o papel do Salão Inspiramais.

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Por: Marcia Mariano
Fotos: Divulgação/Inspiramais

Data de publicação: 28/08/2020

Galeria de fotos desta matéria

Conteúdo relacionado


Reserva promove evento com nomes do empreendedorismo para discutir o futuro do varejo
"O que o futuro (do varejo) nos Reserva?" É a pergunta que o CEO da Reserva, Rony Meisler e os maiores fundadores do consumo brasileiro responderão durante o festival 100% online e gratuito que acontecerá entre os dias 26 e 30 de outubro. O evento tem por objetivo transmitir e provocar discussões sobre comportamento de consumo e o futuro pós pandemia.  2020-10-22 - Tags: reserva rony meisler luiza trajano guilherme benchimol marketing phygital pedro superti

Focus Fashion Summit apresenta novos tecidos de sua linha Focus Green
A linha Focus Green, lançada em 2019 pela Focus Têxtil, ganha uma nova coleção totalmente sustentável que será apresentada ao mercado durante a 2ª edição do Focus Fashion Summit 2020 – que será realizado de forma gratuita e 100% online, nos dias 28 e 29 de outubro.  2020-10-21 - Tags: focus fashion summit focus fashion summit 2020 focus textil book focus green focus green

Senai Cetiqt promove o evento Africanidades: Moda, Cultura e Representatividade
O Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil – Senai Cetiqt, realizará no dia 23 de outubro o evento virtual "Africanidades: Moda, Cultura e Representatividade", com o objetivo de promover, valorizar e enaltecer a cultura afro, por meio da realização de palestras, oficinas e rodas de conversa.  2020-10-20 - Tags: senai cetiqt africanidades evento youtube exposicao bernardo queiroz

Sebrae Minas e AMMI realizam a primeira Feira de Moda Íntima de Monte Belo 100% on-line
Entre os dias 28 e 31 de outubro, a Associação Montebelense de Moda Íntima (AMMI) e o Sebrae Minas realizam a primeira Feira de Moda e Lingerie de Monte Belo (Feammi), totalmente on-line. De acordo com a AMMI, cerca de 15 empresas já confirmaram suas participações na Feammi.  2020-10-20 - Tags: feammi feira moda intima belo monte sebrae minas adaiby maria franco goncalves

FuturePrint Xperience vai conectar tecnologia e pessoas em versão digital
A mais completa feira para geração de negócios e conhecimento para os mercados de serigrafia, sign e impressão têxtil, será apresentada no modelo FuturePrint Xperience, de 03 a 05 de novembro.  2020-10-19 - Tags: futureprint xperience serigrafia feira encontro digital plataforma

Paris realiza eventos de moda com participação presencial e plataforma virtual
Durante a Paris Fahion Week, aconteceu na capital francesa, mais uma edição dos salões Who´s Next, Premiere Classe, Impact e Riviera, realizado de 1 a 4 de outubro, no Jardin des Tuileries, que marcou a apresentação de cerca de 232 coleções Primavera/Verão 2021. Nesta edição, os participantes puderam visitar o evento físico e também acessaram o atendimento digital pela plataforma Vimeet.  2020-10-19 - Tags: paris fahion week who s next premiere classe impact riviera feirasm vimeet wsn developpement

Fabricantes de máquinas italianas participam da feira virtual Innovate Textile & Apparel 2020
Empresas italianas, fabricantes de máquinas e equipamentos têxteis, estarão presentes no Italian Digital Pavilion, participando do Innovate Textile & Apparel 2020, uma feira virtual organizada pela WTiN - World Textile Information Network, que acontece de 15 a 30 de outubro, reunindo fabricantes e fornecedores para a cadeia têxtil.  2020-10-16

Raul Fangueiro fala da funcionalização das fibras para a prevenção do novo coronavírus
Novos materiais e as potencialidades de inovação para a indústria” é a pauta do primeiro painel do IntegrAbit, evento 100% digital que acontecerá nos dias 4 e 5 de novembro e está com inscrições abertas. Adriano Passos, coordenador de inovação em fibras do Senai Cetiqt; Raul Fangueiro, professor e pesquisador da Universidade do Minho, de Portugal, e Beto Bina, co-fundador da FarFarm são os nomes já confirmados para o debate.  2020-10-14 - Tags: integrabit adriano passos universidade do minho raul frangueiro congresso online

Focus Fashion Summit abre inscrições para edição digital
O Focus Fashion Summit 2020 - maior evento gratuito do setor têxtil no Brasil, idealizado pela Focus Têxtil e pelo Instituto Focus Têxtil – anuncia a abertura das inscrições gratuitas para a segunda edição totalmente online, que acontece nos dias 28 e 29 de outubro, das 10h às 19 horas.  2020-10-13 - Tags: focus fashion summit evento digital focus textil workshops outubro

Colombiatex 2021 adota omnichannel para reativar o sistema de moda do país
A Inexmoda confirmou a realização do Colombiatex de las Américas 2021 sob o conceito omnichannel, que faz parte de seu plano de reativação econômica do Sistema de Moda no próximo ano. O evento, que será realizado fisicamente na cidade de Medellín de 25 a 28 de janeiro de 2021, contará com o suporte de plataformas virtuais de negócios e com rígidos protocolos de biossegurança, amparados pela resolução 1.681 do Ministério da Saúde e Proteção Social da Colômbia, que autorizou a realização de feiras de negócios.  2020-10-09 - Tags: inexmoda colombiatex de las americas 2021 conceito omnichannel sistema de moda prefeitura de medellin

Brasil Eco Fashion Week vai apresentar a moda sustentável de todas as regiões do Brasil
A semana de moda Brasil Eco Fashion Week (BEFW) realizará a sua quarta edição no formato online, de 18 a 22 de novembro, com a exibição de desfiles de 17 marcas, vindas de todas as regiões do Brasil. O evento também anuncia que a exibição de produtos do Mercado Eco - espaço de venda para vestuário e acessórios com atributos de sustentabilidade - será feita por meio de um aplicativo, conectando marcas e consumidores em uma ferramenta exclusiva do evento.  2020-10-07 - Tags: brasil eco fashion week semana de moda befw rafael morais slow fashion tikuna arte indigena​ upcycling

Summit Êxito de Empreendedorismo vai debater mundo pós-pandemia
A segunda edição do Summit Êxito de Empreendedorismo, que será realizada entre os dias 24 e 29 de novembro, em formato completamente online e gratuito, reserva ao público mais de 60 horas de transmissão ao vivo com mais de 25 painéis e mais de 40 palestras realizados por mais de 130 grandes nomes do empreendedorismo.  2020-10-06 - Tags: summit exito de empreendedorismo empreendedorismo seminario palestranstes

Messe Frankfurt reorganiza calendário de feiras 2021 em função da pandemia
A situação atual em relação à pandemia de coronavírus e as restrições de viagens internacionais associadas a este cenário, fizeram com que a Messe Frankfurt GmbH reorganizasse seu calendário de feiras comerciais, focando em novas sinergias e plataformas digitais.  2020-10-02 - Tags: heimtextil colombia messe frankfurt gmbh heimtextil 2021 christmasworld

Maratona Focus Fashion Summit debate curadoria de novos criadores
Para fechar a programação do mês de setembro, que antecede o Focus Fashion Summit 2020 - confirmada para os dias 28 e 29 de outubro; será realizado no próximo dia 29/09, às 11h, no canal de YouTube da Focus Têxtil, o encontro com o tema “Curadoria de novos criadores”.  2020-09-25 - Tags: focus fashion summit 2020 web talks edicao digital cadeia textil focus textil youtube

Senai Cetiqt apresenta o 3º Fórum da Indústria da Moda
Nos dias 6 e 7 de outubro, o Senai Cetiqt apresentará o 3º Fórum da Indústria da Moda, em formato digital e com o tema “Novos Ritmos”. O Fórum tem por objetivo promover reflexões quanto às ações de retomada da cadeia Têxtil, de moda e de confecção no pós-pandemia  2020-09-22 - Tags: senai cetiqt faculdade senai cetiqt instituto senai de inovação em biossinteticos e fibras forum da industria da moda youtube

Marcas brasileiras participam de feira francesa especializada em moda praia
Em circunstância do covid-19, os eventos internacionais passaram a ser realizados por meio digital. Seguindo os passos de outras feiras do setor, a Splash Paris também lança a edição virtual em parceria com a JOOR, plataforma digital americana que permite a interação entre marcas e grandes butiques varejistas.  2020-09-16 - Tags: fashion label brasil abest apex brasil abit adriana degreas lenny niemeyer splash paris

Maratona de lives e webinars continua na Focus Fashion Summit
O Focus Fashion Summit 2020 - maior evento gratuito do setor têxtil no Brasil, idealizado pela Focus Têxtil e pelo Instituto Focus Têxtil – terá sua segunda edição totalmente online nos dias 28 e 29 de outubro. A programação de setembro, que antecede o evento, continua. Nos dias, 15 e 16, às 20h, acontece no instagram da Focus Têxtil uma live com a especialista Claudia Manhães, estilista, Cool Hunter, mentora e CEO da plataforma de pesquisa Fashion2B.  2020-09-15 - Tags: focus fashion summit 2020 focus textil instituto focus textil claudia manhaes coolhunter webinars

Tendências e sustentabilidade convergem na Milano Única
A Milano Unica liderou o caminho, como protagonista do primeiro evento de portas abertas do setor têxtil na Itália. A 31ª edição, de 8 e 9 de setembro, apresentou as propostas dos expositores inspiradas nas Tendências A / W 2021-2022 no centro de exposições Rho Fieramilano, relacionadas com o projeto Sustentabilidade.  2020-09-11 - Tags: milano unica alessandro barberis canonico feira internacional milao feiras italia

Dia Mundial do Crochê é celebrado em live com artesãos
O Dia Mundial do Crochê, celebrado em 12 de setembro, é uma data muito comemorada pela Círculo S/A, que normalmente reúne crocheteiros para trocar experiências e conhecimento. Neste ano, devido à situação atual, a celebração será de forma virtual, mas igualmente repleta de afeto e novos aprendizados.  2020-09-11 - Tags: dia mundial do croche artesanato croche circulo osni de oliveira junior crocheteiros trabalhos manuais

Expotextil Peru se reinventa com edição totalmente digital
A XIV edição da feira Expotêxtil Peru 2020, a mais importante feira fornecedora do setor têxtil de confecção do país, está se reinventando e este ano será 100% digital. Para isso, foi criada uma moderna plataforma virtual para que todas as empresas possam expor e comercializar seus produtos e serviços de forma digital.  2020-09-10 - Tags: expotextil peri digital 2020 expotextil peru industria textil promperu expotextil peru 2020