Language
home » eventos »

Últimas notícias

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

A confecção na fábrica do futuro

A 4ª edição da Texprocess, em Frankfurt, mostrou pela primeira vez ao público uma indústria 4.0. Jovens talentos também desenvolveram trajes tecnológicos com inspiração espacial.

Tecnologia disruptiva, segundo a Wikipédia (dicionário virtual da internet), é um termo que descreve a inovação tecnológica, produto ou serviço que, em vez de ser evolucionário ou revolucionário, derruba o que é existente, ou seja, “as tecnologias evolucionárias provocam melhorias incrementais nos produtos e serviços, as revolucionárias inserem grandes alterações e as disruptivas destroem o que existe - utilizando algo completamente diferente e novo - para atender às mesmas exigências”. Quem percorreu os corredores fervilhantes de novidades da 4ª edição da Texprocess, a maior feira internacional de tecnologia e processamento de materiais flexíveis, teve a impressão de que, num breve futuro, nada será como antes na produção de tecidos e roupas ao redor do mundo.

Realizada de 9 a 12 de maio no Centro de Exposições da Messe Frankfurt, Alemanha, junto com a 17ª Techtextil, tradicional evento dedicado aos têxteis técnicos e nãotecidos, a Texprocess teve como foco a indústria 4.0, que promete viabilizar a produção de artigos de massa customizados para atender os consumidores do século 21, que querem experiência instantânea e realização imediata

É certo que essa realidade, hoje, está distante dos mercados brasileiro e latino-americano. Mesmo nos países desenvolvidos, a indústria Minifábrica digital foi um dos destaques da Texprocess 2017. A 4ª edição da Texprocess, em Frankfurt, mostrou pela primeira vez ao público uma indústria 4.0. Jovens talentos também desenvolveram trajes tecnológicos com inspiração espacial. 4.0 ainda está dando os primeiros passos. Todavia, o surgimento nos laboratórios de materiais e processos inovadores aliados, à pressão, cada vez maior, da sociedade por produtos ecológicos é fator que vai impulsionar constantemente as indústrias a reinventarem seus modelos de produção.

Ideias e Projetos

Além da exposição de produtos e tecnologia, a feira Techtextil Texprocess é recheada de atrações, como simpósios e conferências. Cerca de 40 palestras foram realizadas ao longo dos quatro dias do evento. O Texprocess Forum, dedicado ao setor de confecção, reuniu especialistas e produtores para debater a importância da tecnologia na cadeia de valor, a partir da confecção. Participaram da conferência instituições como Spesa (associação empresarial de fabricantes e fornecedores de equipamentos para costura dos EUA), Instituto Hohenstein (centro internacional de pesquisa, serviços e certificação têxtil da Alemanha) e empresas como Gerber Technology, Grupo Human Solutions, Tukatech e Lectra. Os principais temas dos debates foram: indústria 4.0, sustentabilidade, impressão digital e gestão da qualidade. O Digital Fashionboard, que substitui os convencionais painéis de referências (com fotos e textos), usados pelos designers para organizar suas ideias, foi apresentado pela Human Solutions como ferramenta repleta de recursos 3D, cujas informações podem ser inseridas diretamente no sistema PLM (gerenciamento de ciclo de vida do produto). A empresa também lançou a plataforma Digital Showroom, na qual profissionais em diferentes locais do mundo poderão planejar, visualizar e até revisar a próxima coleção, conforme as tendências de compra do mercado. “Muitas empresas da indústria do vestuário estão se concentrando na digitalização. Mas em que ponto no desenvolvimento do produto faz sentido começar a trabalhar digitalmente? E quando a digitalização for introduzida, qual será o próximo passo?”, questiona Andreas Seidl, CEO do Human Solutions Group, reconhecendo que a travessia é gradual, mas o caminho é sem volta.

Ao apresentar o novo software YuniquePLM, desenvolvido para gerenciamento do ciclo de vida do produto, o vice-presidente sênior da Gerber Technology, Peter Morrissey, disse: “O fluxo de dados digitais pode ajudar a aumentar a velocidade, a agilidade e a inovação na maneira como as roupas serão projetadas, confeccionadas e compradas, além de abrir novas oportunidades para a personalização de massa”. Para Morrissey, reduzir as distâncias entre fabricante e cliente é o objetivo principal da cadeia de valor (têxtil/confecção/varejo).

A Lectra, uma das pioneiras no desenvolvimento de softwares de criação, desenvolvimento e integração da sala de corte automatizada na indústria de vestuário, trabalha para que a tecnologia continue avançando neste segmento. A ideia é implantar soluções colaborativas que reduzam o tempo de desenvolvimento dos produtos, tendo as informações compartilhadas em tempo real com todos os atores envolvidos na produção e distribuição. “Linhas de produção e serviços estão no coração da indústria 4.0. A Lectra está em uma posição formidável para ajudar os clientes a entrar nessa nova era”, diz Chris Nicolares, diretor da Lectra CEER (Central & Eastern Europe, Russia), cuja palestra “Novos alvos, novas tecnologias, novos modelos” foi apresentada no fórum.

A lógica da pronta-entrega

Para os analistas de consumo, quem deu start para a indústria 4.0 foi o fast fashion (moda rápida), fenômeno que surgiu no final dos anos 1990, impondo coleções com grande variedade de looks em pequenos lotes para atender a demanda ávida por novidades. Agora, o novo modelo de indústria, compacta e conectada, vai requerer também agilidade, personalização e capacidade de atender o comércio on-line, condições indispensáveis para satisfazer os Millennials, geração de consumidores criada no mundo digital, exigente com padrão de qualidade, diferenciação e respeito ao meio ambiente. Do ponto de vista prático da indústria, também já não é mais concebível uma peça de roupa levar até seis meses para chegar às vitrines. Com o uso das informações digitais, garantem os desenvolvedores de software, este ciclo se reduzirá drasticamente, podendo chegar a dias ou horas! Porém, antes de o empreendedor decidir investir em qualquer tecnologia, deve-se fazer a si mesmo uma pergunta básica: qual é o meu modelo de negócio?

Para além do admirável mundo novo prometido pela tecnologia, há críticas à indústria global do vestuário que, em busca do baixo preço e da competividade, se utiliza de mão de obra barata e fábricas insalubres, instaladas em países pobres, visando atender à demanda das grandes marcas do varejo. Além disso, a busca por produtos individualizados exige tornar todo o processo de produção mais fl exível, algo ainda irrealizável na indústria têxtil, ou seja, fi ação, tecelagem/ malharia e tinturaria.

É importante ressaltar que o acesso à internet de alta velocidade deixa a desejar em muitas regiões do mundo, inclusive no Brasil, que, para aumentar a oferta, precisa investir em fi bra ótica e internet de alta velocidade. No Brasil, o acesso é feito através de redes 3G e, mais recentemente, 4G, enquanto que os países desenvolvidos já estão usando 5G.

Para os palestrantes do Texprocess Forum, as difi culdades de infraestrutura terão de ser superadas pelos países para que a digitalização se expanda na indústria. Os especialistas concluem que, neste milênio, não há outra solução a não ser avançar na tecnologia, com empresas conectadas em rede, robótica e automação, integrando todo o processo, da criação à cadeia de suprimentos, tornando a produção mais próxima do consumo, com fábricas compactas e linhas de produção autônomas.

Moda high-tech

Outra atração da Texprocess é o Innovative Awards, que premia, a cada dois anos na feira, alunos de escolas de moda da Europa, que são instigados a desenvolver looks a partir de materiais cuidadosamente estudados e apresentá-los em passarela. Quatro faculdades internacionais de moda e design participaram este ano: a Esmod de Paris, França; a Esad (Escola Superior de Artes e Design de Matosinhos), Portugal; a Accademia Italiana (de moda, design e fotografia, em Florença), Itália, e a Hochschule Trier, escola especializada em design de moda da Alemanha.

Julia Gross-Müller, da Hochschule Trier, ganhou o primeiro prêmio, com o vestuário inovador intitulado ‘World Folklore’. Seu modelo foi escolhido como favorito dos visitantes no Innovative Apparel Show por votação. O segundo lugar foi para Mariana Almeida, de Portugal, e o terceiro ficou com a italiana Eleonara Beni. Os vencedores receberam prêmios em dinheiro no valor total de € 3.000.

Além dos desfiles, também impressionou a exposição do projeto “Couture in Orbit” (Alta-Costura em Órbita), organizada pela ESA (Agencia Espacial Europeia) e pelo Museu de Ciências de Londres. O desafio era criar roupas que, além de proteger o usuário em ambientes extremos, deveriam ter outros atributos como regular sua temperatura corporal, monitorar funções vitais, drenar a umidade, ser durável e confortável e de fácil limpeza e manutenção.

Vários trajes, alguns muito estilosos, foram expostos em manequins, demonstrando a preocupação dos estilistas não apenas com o design, mas com o conteúdo das criações. Entre as roupas mais criativas estava a peça desenhada por Rachel Kowalski (Universidade de Pforzheim, Alemanha), que contém uma série de eletrodos que estimulam grupos de músculos importantes quando o usuário está sob gravidade zero. Katharina Göstrand, da Esmod Berlim, criou uma roupa de trabalho para operação em campo vulcânico e outros sítios geológicos, enquanto a designer Jiamin Yu, também da Esmod, se preocupou com a sobrevivência, ao criar uma roupa com tecnologia incorporada para detectar, examinar e analisar o corpo e as condições ambientais, cujos dados podem ser transmitidos aos socorristas, via celular.

Também chamou atenção o saco de dormir, que serviu de inspiração para a dupla Leyla Yalcin e Sena Isikal (AMD Düsseldorf), que criou uma roupa para os astronautas usarem dentro da cápsula espacial, feita com têxteis revestidos de prata, que podem ser utilizados para proteger o usuário de radiação eletromagnética. Para quem quiser vivenciar novas experiências com os têxteis, anotem: a próxima edição da Techtextil e Texprocess acontecerá simultaneamente, em Frankfurt, de 14 a 17 de maio de 2019.

Indústria 4.0 in loco

O principal destaque que agitou o Pavilhão 6.0 na Texprocess foi a minifábrica digital, que apresentou, de forma compacta e integrada, todas as fases de uma indústria de vestuário, desde a elaboração do desenho e escolha do material até a confecção e entrega da peça, dentro do conceito 4.0. Centenas de pessoas, entre profissionais, empresários e estudantes, participaram das visitas guiadas, durante três dias da feira, e conferiram o funcionamento da cadeia de produção, totalmente conectada em rede.

Passo a passo

• A primeira etapa na minifábrica começa na área de criação, onde, além do estilo, são definidos o tipo de material, cores, estampas e medidas. Com auxílio do design assistido por computador (CAD) e do software de simulação 3D, os projetos são implementados em uma realidade virtual e/ou adaptados pelo designer, que nesta fase pode fazer inúmeras provas. Os resultados são imediatamente combinados com dados dos processos que se seguem.

• A próxima etapa (impressão) é elaborada por uma máquina a jato de tinta de grande formato, que realiza a impressão por sublimação no tecido de poliéster e pigmento no caso de algodão ou fibras mistas. As tarefas podem ser combinadas de forma flexível, de modo a realizar uma impressão com cores reprodutíveis.

• A terceira etapa é o corte. Nesta fase do processo, as ordens individuais precisam, primeiramente, ser identificadas. A identificação é possível ao carregar automaticamente os arquivos de dados para este processo. Um sistema de alimentação do cortador garante que o material (tecido ou malha) seja transportado suavemente. Câmeras reconhecem os pontos de marcação, orientando precisamente a execução do corte automático do tecido.

• A montagem é a quarta seção do processo. Essa área parte da identificação das ordens individuais (encaixe) e na sequência, para a costura da peça. Além disso, abriga também sistema de soldagem ultrassônica, que pode substituir a costura convencional em alguns casos.

• A tecnologia de vapor foi utilizada para dar acabamento às peças. Apesar do incremento da automação, as etapas de costura e acabamento mantêm processos manuais.

• O último passo é a rotulagem das peças, que são fornecidas com logotipos e detalhes gráficos, para seguirem para a embalagem.

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Edição por: Marcia Mariano
Fotos: Divulgação
Publicado por ITT Press - International Top Trends - ed.107

Data de publicação: 05/09/2017

Galeria de fotos desta matéria

Conteúdo relacionado


Expo Riva Schuh e Gardabags terá edição on-line em 2021
A Expo Riva Schuh e Gardabags, o mais importante salão internacional dedicado o setor de calçados e realizado na Itália, estará de volta de 16 a 19 de janeiro de 2021 com uma edição especial, que sinaliza uma nova vida para o setor, graças a novas dinâmicas e novas possibilidades digitais, visto que, devido à pandemia, é impossível organizar eventos presenciais.  2020-12-04 - Tags: gardabags expo riva schuh roberto pellegrini calcados

Who´s Next é adiado de janeiro para março de 2021 junto com Premiere Classe
O Grupo WSN Developpement decidiu transferir o evento que seria realizado em janeiro para em março de 2021, ou seja, os salões Who´s Next e Premiere Classe seguirão as edições de outono inverno 21/22 em março de 05 a 07, durante a Paris Fashion, no prestigioso Jardin des Tuileries. A organização considerou ser mais prudente, mesmo observando a normalização da pandemia na Europa.  2020-12-01 - Tags: wsn developpement premiere classe jardin des tuileries saloes paris fashion week

Milano Única traz o tema 'Retocar' para Primavera Verão 2022
RE-TOUCH! é o tema do book de tendências Primavera-Verão 2022 da feira italiana Milano Única, lançado em formato digital, no dia 19 de novembro. Esta ferramenta explora os assuntos mais importantes da manufatura industrial contemporânea, como reutilização, reciclagem, reprocessamento e redigitalização, priorizando as necessidades dos fabricantes de têxteis e acessórios de moda, ao mesmo tempo em que confirma o valor intrínseco da sustentabilidade.  2020-11-27 - Tags: tendencia milano unica verao 2022 retouch manfatura retocar

Senai Cetiqt une moda e inclusão em evento online
O Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil – Senai Cetiqt, realizará, no dia 30 de novembro, evento que tem o objetivo dividir práticas de inclusão realizadas pelos alunos da Graduação em Design de Moda.  2020-11-26 - Tags: inclusao mastectomia senai cetiqt

Expotextil Peru 2020 se realiza com êxito em sua primeira versão digital
Com a participação de 85 expositores nacionais e internacionais e a presença de cerca de 5.500 participantes, foi realizada pela primeira vez no Peru a versão totalmente digital da Feira Expotextil Peru 2020 – evento regional mais importante do setor têxtil e de vestuário.  2020-11-23 - Tags: feira expotextil peru 2020 luisa mesones expotextil peru 2020 peruvian sustainable fashion association

Santista Jeanswear fará desfile na Casa de Criadores como patrocinadora do evento
A Santista Jeanswear, uma das maiores fabricantes de denim do Brasil, participa pela primeira vez como patrocinadora da Casa de Criadores, evento que acontecerá de 23 a 27 de novembro, em formato 100% digital. A marca sempre esteve envolvida com o evento apoiando os estilistas e esse ano deu um passo a mais e integra o time de patrocinadores.  2020-11-20 - Tags: santista jeanswear casa de criadores denim dudu bertholini

Brasil Eco Fashion Week começa com programação online e destaques internacionais
Evento de moda, inovação e sustentabilidade terá 10 dias de programação gratuita com 33 painéis de conversa, 13 workshops e 18 desfiles. Com o tema "Conectar para regenerar: Moda e Planeta", a 4ª edição do Brasil Eco Fashion Week acontecerá no formato online, mantendo o propósito do evento em criar um ambiente para gerar negócios, oferecer conteúdo especializado, e fomentar boas práticas de responsabilidade social, ambiental e cultural na indústria da moda.  2020-11-19 - Tags: brasil fashion week sustainable fashion kate fletcher sustentabilidade biomateriais natural fiber welding

Senai Cetiqt participa da 12ª edição do Mundo Senai
O Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil – Senai Cetiqt, participará da 12ª edição do Mundo Senai. O evento acontecerá no dia 27 de novembro e será transmitido no canal do YouTube da organização a partir das 10h. O Mundo Senai é um momento em que a instituição abre suas portas para receber os alunos de escolas do Rio de Janeiro.  2020-11-18 - Tags: senai cetiqt centro de tecnologia da indústria quimica e textil mundo senai youtube

Denim Première Vision realiza Digital Denim Week
A Denim Première Vision apresenta um novo formato de evento: a Digital Denim Week, de 30 de novembro a 4 de dezembro, para apresentar as novas coleções de seus expositores e desenvolvimentos mais recentes da temporada primavera-verão 2022. Essa feira 100% digital irá substituir a edição física da feira, inicialmente agendada para 24 e 25 de novembro em Berlim.  2020-11-17 - Tags: denim premiere vision digital denim week premiere vision marketplace tecelagens denim

Feira sustentável fortalece empreendedorismo e diversidade autoral
A Feira SAL – Sustentável, Autoral e Livre retoma o formato presencial em suas 6ª e 7ª edições, que acontecem no Shopping Parque da Cidade, de 16 a 22 de novembro. Dedicada à diversidade autoral e ao fortalecimento de empreendedores negros, a feira apresenta um mix variado de produtos fabricados manualmente, entre roupas, acessórios, bijuterias, peças de arte e cosméticos.  2020-11-16 - Tags: feira sal shopping parque da cidade debora dubois

Messe Frankfurt France apresenta alternativa para eventos em Paris
Diante das incertezas ligadas à crise da covid-19, a Messe Frankfurt France propõe uma solução inovadora para a indústria da moda, após o cancelamento de suas feiras de Paris como Apparel Sourcing, Avantex, Leatherworld, Shawls&Scarves, Texworld e Texworld Denim, em fevereiro de 2021.  2020-11-13 - Tags: apparel sourcing avantex leatherworld shawls&scarves texworld texworld denim messe frankfurt france pandemia janeiro 2021

Casa de Criadores acontece em formato digital e conta com programação diária de lives
A Casa de Criadores se prepara para apresentar sua 47º edição, que neste ano, devido à pandemia, acontecerá de forma virtual na nova plataforma da CdC, um ambiente de criação de conteúdo que será um espaço livre de desenvolvimento e exposição de moda e arte com diversos formatos e linguagens.  2020-11-12 - Tags: casa de criadores cdc plataforma plataforma notequal dendezeiro sou de algodao

Evento reúne referências em empreendedorismo, marketing digital e privacidade de dados
O mercado de trabalho tem se transformado com rapidez desde o surgimento das plataformas digitais. Visando permitir que empreendedores, desenvolvedores e outros profissionais do ecossistema de inovação acompanhem essa evolução e conheçam os benefícios e os impactos do mundo digital, o Sebrae promoverá, entre os dias 12 e 14 de novembro, o Sebrae Inova Digital.  2020-11-11 - Tags: sebrae inova digital sebrae evento digital

Focus Fashion Summit 2020 aponta mudanças positivas e transformadoras
Realizada nos dias 28 e 29 de outubro, em ambiente digital, 2ª edição do Focus Fashion Summit superou a expectativa dos visitantes, que acompanharam mais de 45 horas de programação, 90 apresentações on-line, entre palestras, talks e mentorias com importantes players da cadeia têxtil e da moda, que refletiram sobre mudanças e tendências para o setor.  2020-11-10 - Tags: focus fashion summit focus fashion summit 2020 apresentacoes online focus textil

Senac Moda Informação 2020 on-line contará com palestrantes internacionais
Alinhada à evolução e ao cenário atual, a programação do Senac Moda Informação 2020, que acontece entre os dias 9 e 13 de novembro, está repleta de palestrantes relevantes, com muito a contar sobre suas experiências. Logo na abertura, a designer Farah Liz, de marcas como Dolce&Gabbana e Osklen, aborda a retomada da moda italiana depois da primeira fase de isolamento social.  2020-11-09 - Tags: senac moda informação 2020 farah liz osklen london fashon week eventos

Fórum amec 2020 reúne a indústria internacional para abordar o propósito das empresas
O Fórum amec 2020 em 10 de novembro tratará sob o título “Proposito e Empresa”, sobre a dimensão ética das empresas e a criação de valor a longo prazo a todo o conjunto de atores e seu entorno.  2020-11-09

A tecnologia na produção de denim sustentável
O próximo encontro web de tecnologia da VDMA está marcado para 12 de novembro 2020 (14 - 16 horas). O tópico será "Produção de denim Sustentável: últimas tecnologias de acabamento".  2020-11-09

Semana Sustentável na Moda vai debater futuro do setor
O uso consciente dos recursos naturais e o bem-estar do planeta são temas que são debatidos em todos os lugares. Para reforçar a importância da questão, o Sebrae Rio e o Senac RJ promovem a primeira edição da Semana da Sustentabilidade na Moda. O evento será totalmente gratuito e digital, com início na próxima segunda-feira (9).  2020-11-06 - Tags: semana da sustentabilidade na moda senac rj sebrae rio consumo consciente economia circular compra sustentaveis

Conferência internacional da Abit debate indústria da moda e consumo
O IntegrAbit, evento 100% digital, realizado pela Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit), reuniu especialistas brasileiros e estrangeiros para apresentar um panorama do consumo e tendências globais do setor. Com o tema "Moda e consumo: onde estamos, para onde vamos", a sustentabilidade dominou o primeiro dia de debates, com relatos sobre os danos ao meio ambiente provocados pela produção massiva de têxteis e plásticos, soluções inovadoras e materiais ecológicos e tendências de consumo.  2020-11-05 - Tags: integrabit abit associacao brasileira da industria textil senai cetiqt international textile manufacturers federation international apparel federation

Farol Santander recebe desfile e projeção mapeada nos 25 anos do São Paulo Fashion Week
O Farol Santander será palco das comemorações dos 25 anos do SPFW com desfile em seu hall de entrada e projeções de fotos e vídeos em sua recém-restaurada fachada. A celebração 100% digital, que ocorrerá entre 4 e 8 de novembro, prevê mais de 500 conteúdos nos canais oficiais do SPFW, com projeções mapeadas em agências do Santander Brasil, que apresenta o evento.  2020-11-04 - Tags: sao paulo fashion week spfw 25 anos farol santander desfiles virtuais alexandre herchcovitch