Language
home » eventos »

Colombiatex 2012

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Vitrine têxtil da América Latina se encerra com êxito

Com expectativa de gerar negócios da ordem de US$ 120,5 milhões, a Colombiatex 2012, maior feira de insumos, tecidos, aviamentos, máquinas e serviços para a indústria da confecção se encerrou em Medellín, mais uma vez, com saldo positivo. O evento atraiu compradores de 46 países, entre eles o Brasil, que também participou com 20 empresas expositoras. O ponto alto desta 24º edição foi o fortalecimento  do TLC (Tratado de Livre Comércio) entre a Colômbia e os Estados Unidos, visando incrementar os negócios têxteis entre os dois países. A economia norte-americana, que vive uma crise sem precedentes, tenta se recuperar incentivando o mercado interno de bens de consumo, no qual se destacam têxteis e vestuário. A Colômiba, por sua vez, tenta estruturar sua indústria de confecção, através do Sistema de Moda, que visa a integração de todos que atuam no setor – estilistas e empresários especialmente – para construir uma imagem de moda no País assim como fazem a França, Itália, Inglaterra e até mesmo o Brasil.

Segundo Carlos Eduardo Botero Hoyos, presidente executivo do Inexmoda – responsável pela organização da feira, nesta edição estiveram presentes 1.529 compradores internacionais, que vieram ao País com apoio da Proexport – agência colombiana de fomento à exportação. “Tivemos delegações da Alemanha, Arabia Saudita, Áustria, Bélgica, Brasil, Canadá, Chile, China, Corea do Sul, Costa Rica, Curaçao, Equador, Emirados Árabes Unidos, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, França, Holanda, Honduras, Índia, Inglaterra, Itália, Jamaica, Japão, Líbano, México, Noruega, Nova Zelândia, Paquistão, Portugal, Porto Rico, República Checa, Republica Dominicana, Russia, Singapura, Suiça, Tailândia, Taiwan, Turquia, Uruguai, Venezuela, entre ostros”, listou o executivo.

O presidente colombiano, Juan Manuel Santos Calderón, fez questão de destacar a importância da feira para promover os negócios do Sistema Moda, além de expandir contatos comerciais com o exterior e incentivar a capacitação constante dos empresários e designers, de forma a tornar o setor têxtil/vestuário da Colômbia uma “vitrine de moda mundial”. O  diretor Botero Hoyos acrescentou que este ano, a feira superou o número de visitantes, registrando um total de 15.477 pessoas, ou seja, 9% a mais que em 2011. De acordo com ele, foram registrados 9.247 visitantes nacionais e 1.529 compradores internacionais.

Brasileiros
Pela 11ª vez, o Brasil se fez presente na Colombiatex. Com apoio do Texbrasil, 20 empresas nacionais apresentaram suas coleções em tecidos planos, malhas, denim, fibras para moda íntima, moda praia, componentes e aviamentos. “A Colômbia tornou-se um mercado de referência para a indústria brasileira. Nossas economias desenvolvem um comércio bilateral extremamente positivo, o que permite que os empresários brasileiros possam negociar com os colombianos vantagens respaldadas por acordos comerciais”, afirma Rafael Cervone, diretor executivo do Programa Texbrasil.
De acordo com ele, as exportações de têxteis do Brasil para a Colômbia ultrapassaram US$ 54,2 milhões entre janeiro e outubro 2011, sendo que os insumos têxteis representam 53% do comércio bilateral, que aumentou suas exportações em 153% entre 2010 e 2011. Participaram da feira, segundo a Texbrasil, as seguintes empresas têxteis: Audaces, Canatiba, Cataguases, Cedro, Farbe, Hudtelfa, Linhas Setta, Multitherm, Neotextil, Nova Dublagem, Renaux View, Rhodia, Rosset, Sancris, Santanense, Savyon, Tavex, TDB. Vicunha e Zanotti. Expuseram também na feira as empresas Lectra, Santana Textiles pela Argentina e Invista/Lycra® (Colômbia).

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Edição: Marcia Mariano
Fotos: Divulgação
Fonte: Inexmoda e Texbrasil

Data de publicação: 31/01/2012

Galeria de fotos desta matéria

Conteúdo relacionado


Vitrine têxtil da América Latina se encerra com êxito
Com expectativa de gerar negócios da ordem de US$ 120,5 milhões, a Colombiatex 2012, maior feira de tecidos, máquinas, matérias-primas e serviços para a indústria da confecção, se encerrou em Medellín, mais uma vez, com saldo positivo. O evento atraiu compradores de 46 países, entre eles o Brasil, que também participou com 20 empresas expositoras.  2012-01-31 - Tags: colombiatex medellin

Colombiatex 2012 aproveita livre comércio para fechar negócios
Compradores internacionais do Brasil e de mais 14 países, convidados pela Proexport Colômbia, participam da Colombiatex 2012, que acontece de 24 a 26 de janeiro, em Medellín. O setor têxtil/confecção é um dos pilares da economia local. De acordo com informação do Ministério de Comércio, Indústria e Turismo da País, em 2010 as exportações de têxteis alcançaram US$ 311,7 milhões.  2012-01-27 - Tags: madelin proexport

Química têxtil estará presente na Colombiatex 2012
Importantes desenvolvimentos da indústria química, que atua nas áreas de beneficiamento e acabamento textil serão apresentados na maior feira latino-americana do setor. O objetivo é mostrar aos visitantes o quanto este segmento é importante para a criação de artigos diferenciados bem como de soluções ecológicas, como por exemplo, na lavanderia de índigo. A feira acontece, de 24 a 26 de janeiro, em Plaza Mayor, Medellín.  2012-01-13 - Tags: medellin inexmoda

Denim será um dos destaques da Colombiatex 2012
Onze fabricantes de denim, entre eles as brasileiras, Canatiba e Vicunha Têxtil, estarão participando do fórum Denim Review, que acontecerá no Pabellón del Conocimiento Inexmoda, durante a Colombiatex. O evento, que se realizará entre 24 e 26 de janeiro, em Medellín, abordará novas estruturas, fibras, gramaturas e cores, entre outras tendências para a peça de vestuário mais democrática do mundo: o jeanswear.  2012-01-04 - Tags: canatiba vicunha inexmoda