Language
home » decoração têxtil lar » decor e lar » tendências de materiais

Tendências de Materiais

Tamanho do texto  A A A
Compartilhar

Criatividade emerge das cores

Tendências - Heimtextil 2004

Criatividade emerge das cores

A Heimtextil, maior feira internacional do setor de têxteis-lar e decoração, realizada de 14 a 17 de janeiro, em Frankfurt, Alemanha, celebrou a criatividade destacando quatro cores básicas, cuja inspiração sugere uma combinação entre vários contrastes, buscando sempre um ponto de equilíbrio que simboliza a harmonia. "Para se obter êxito no mercado, é necessário estar atento às tendências gerais e buscar a fantasia e a individualidade", define o pesquisador Gunnar Frank, de Amsterdam, que em agosto de 2003, antecipou as propostas para as coleções de têxteis-lar e decoração, confirmadas na Heimtextil 2004.

Contrastes em evidência

Verde moderno

 

O moderno e o tradicional em flagrante contraste. Inspirações da França, da Inglaterra e da Itália: veludo, flanela, cordões e chenile. Jacquard, adamascados em linho, chamalote e armure (maquinetado). Bordados, estampa digital, padrões florais tradicionais, Heraldica e padronagem Kilim.

 

 

 

 

Vermelho exótico

O exótico e o simples se contrapõem. Inspiração no Japão: cores singelas, efeitos mesclados (fio-a-fio), falsa torção, popeline e cetim. Rasgos, veludo cotelê, otomana (desenho tafetá e aspecto cotelê), sarja, linho e natê. Anarruga, cloqué, façonné, voil, ajour e malha.

 

 

 

 

Amarelo clássico

O clássico e o experimental em
lados opostos. Poliéster, plástico, envernizado, camurçado, falso
couro, imperm eabilizado, injetado, estampado, feltrado e encolhido. Materiais inovadores que
surpreendem pela variedade
de técnicas de revestimento e acabamento sobre tecidos.  

 

Azul de  brocado

Contraste entre o velho e o novo. Inspiração nos anos 50 e 60. Telas de algodão lisas, tecidos tintos, tecidos com ligamentos mistos, popeline, rasgos e cetim. Grandes padrões florais, listras e estamparia digital minimizam as cores.

 

 

 

 

 

Confirmações

• As novas técnicas de revestimento e acabamento têxtil estão sendo incorporadas aos processos tradicionais de produção, seja de tecido plano ou malha, dando aos têxteis para o lar um look chic e vanguardista.
• Formatos grandes para alguns objetos que compõem o ambiente interior. Esta tendência verifica-se no formato dos móveis como as poltronas gigantes que sugerem proteção e conforto. As cores fashion estão em alta nos tecidos de decoração.
• A busca pela individualidade, autenticidade e originalidade valorizam produtos artesanais ou industriais com aparência de "feito à mão".
• Motivos marinhos inspiram, por exemplo, o design de pratos ou adornam objetos de cozinha, realçando a cor azul do mar.
• Os materiais naturais como a madeira, fibras vegetais ou pedra estão se tornando mais populares, porém o vidro, o feltro e o plástico ainda não perderam o posto.
• Destaque para o princípio da multifuncionalidade: um produto deve ser capaz de ser usado para finalidades extremamente diferentes.
• Os padrões florais retornam nos tecidos para casa. Destaque também para as listras de todos os tipos e, neste caso, as cores preferidas são: azul, amarelo, rosa e rosa-laranja que transmitem luminosidade.

A indústria têxtil e de confecção brasileira registrou, em 2003, faturamento na ordem de US$ 23 bilhões, com exportações acima de US$ 1,6 bilhão e um superávit comercial da ordem de US$ 595 milhões, o maior nos últimos 11 anos. Estes resultados representam um crescimento de 40% nas vendas externas do setor, em comparação aos números do ano passado. No mesmo período, as exportações brasileiras cresceram 20%. Entre os produtos líderes da pauta de exportação estão os artigos para o lar como toalhas, roupões, lençóis e tecidos para decoração. Segundo dados da Abit - Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção, do total exportado pela indústria têxtil em 2003, o segmento de têxteis-lar participou com US$ 301,8 milhões. A maior parte das indústrias produtoras está localizada nas regiões Sul e Sudeste do país e tem grande experiência e tradição em exportação. Os principais mercados destes produtos são os Estados Unidos, Alemanha e Argentina. Mas o Brasil tem procurado ampliar seus horizontes, buscando novos compradores na Europa, Ásia e países da África e Oriente Médio. Para isso, além das ações individuais desenvolvidas por cada empresa no seu segmento, a Abit tem promovido a participação da indústria brasileira em feiras internacionais do setor como a Heimtextil que este ano contou com a presença de 11 expositores, alguns já com vários anos de participação no evento, como as tecelagens Döhler, Nella, Buettner, Karsten S.A., Toalhas São Carlos e Teka. Outras como a Buddemeyer e o Linifício Leslie retornaram à feira depois de uma reformulação nas suas estratégias para o mercado externo. Há também estreantes como as confecções Andrezza Enxovais, Laura Masri e a tecelagem Fiama, especializada em tecidos de decoração, que já são exportadoras, mas querem ampliar seus negócios no mercado externo. "Muitas empresas brasileiras expositoras na Heimtextil 2004 integram o programa Texbrasil, lançado há três anos pela Abit, e que tem como objetivo divulgar o design, a qualidade e a criatividade dos nossos produtos têxteis no exterior. O grupo conta com o apoio da Apex (agência de promoção ao comércio exterior do governo) que oferece suporte às operações para empresas que querem conquistar compradores fora do país", explica Cláudia Manzini, coordenadora da Abit para o setor de cama, mesa, banho e decoração.

Brasileiros na Heimtextil 2004

Realizada na cidade alemã de Frankfurt, a Heimtextil ocupou um espaço de 154 mil metros quadrados, distribuídos entre 3.130 expositores de 72 países. O Brasil foi representado por 11 empresas e está entre os maiores produtores e exportadores mundiais de têxteis-lar, cuja lista inclui a Índia, Alemanha, China, Turquia, Paquistão, Itália, França, Espanha, Inglaterra e Portugal.

Heimtextil

A Buddemeyer, empresa fundada há 52 anos em São Bento do Sul, Santa Catarina, deixou de participar da Heimtextil durante 5 anos, mas nesta edição retornou com a expectativa de ampliar os negócios internacionais. Especializada na produção de toalhas, roupões e tapetes para banheiro, utiliza fios nobres como o algodão Pima ou o fio egípcio. Para se diferenciar no competitivo mercado global, utiliza a grife "In Vogue", marca de seus produtos comercializados na Europa. As exportações vão principalmente para os Estados Unidos, Alemanha, Áustria, Suíça, Holanda e França. A empresa exporta 50% de sua produção de cerca de 8 milhões de toalhas por ano. Segundo o diretor comercial Rolf Buddemeyer, na Alemanha, seus produtos podem ser encontrados nas lojas Breuninger, na elegante Betten Rit de Munique, e também na John Louis, na Inglaterra. "Sou favorável à valorização do euro porque favorece as nossas vendas para Europa, se bem que nesse momento, a situação não é boa nem para os europeus. Apenas os mercados da Inglaterra e Espanha estão comprando", avaliou o executivo durante a feira, acrescentando que a meta da empresa para 2004 é expandir as operações na Europa e investir em outros segmentos como a linha para cama.

 

Buettner

Atuando no segmento de banho, cama e mesa desde 1898, a Buettner é uma das mais tradicionais empresas do setor no Brasil. Localizada na cidade de Brusque, Santa Catarina, tem capacidade para produzir 600 toneladas/mês, sendo que 45% deste volume é destinado ao mercado externo. A Buettner exporta para 44 países e seus produtos são distribuídos nos principais centros consumidores, tanto no Brasil quanto no exterior, através de lojas de departamento e lojas especializadas.

 

 

 

 

 

 

Döhler

Fundada em 1881, com sede em Joinville - Santa Catarina, a Döhler S.A. opera em dois segmentos: artigos de cama, mesa, banho e decoração para o consumidor final, e produtos para indústria de móveis, calçados e persianas, além da "linha profissional" de lençóis e tecidos para hotéis e hospitais. A empresa exporta desde o início dos anos 70 para cerca de 40 países. No último ano, ampliou para 40% a parcela de sua produção destinada às vendas externas. Mesmo com toda esta tradição, o presidente da empresa Udo Döhler reconhece as dificuldades para manter-se entre os mais competitivos exportadores mundiais. "Os nossos preços estão defasados. Estamos mantendo o patamar de 2002/2003, pois não conseguimos repassar para o produto final custos como o aumento da matéria-prima em razão da estagnação do mercado". A Döhler se destaca também pelas ações de marketing e os investimentos em pesquisa de tendências. "Reforçamos a nossa linha profissional, e este ano, pela primeira vez, levamos nossos produtos de decoração para a Heimtextil", enfatiza o industrial, acrescentando que em 2002, a empresa lançou no Brasil um clube de relacionamento com arquitetos, decoradores e designers que fazem a ponte entre a indústria e o consumidor final, mantendo-a sempre atualizada sobre as expectativas e exigências do mercado. A principal estratégia para 2004 é intensificar a presença no mercado norte-americano. No final de 2003, a empresa constituiu subsidiária nos Estados Unidos, denominada Döhler USA Inc. com showroom em Nova York.

Fiama

Especializada na produção de tecidos para decoração a Fiama atua no mercado há 42 anos, mantendo uma unidade fabril no Parque Industrial de Campinas (em São Paulo), que inclui as áreas de tecelagem, tinturaria, estamparia e acabamento. Sua capacidade de produção gira em torno de 200.000 metros de tecidos/mês, tendo aproximadamente 10% de sua venda destinada à exportação. "Os tecidos da Fiama buscam atender a um padrão de elegância e sofisticação com produtos de qualidade superior para decoração de ambientes interno e externo", define Ricardo Bigarani, do departamento de marketing da empresa. No mercado externo, a Fiama conta com diversos distribuidores em países como os Estados Unidos, Panamá, Nicarágua, Guatemala, Trinidad y Tobago, Paraguai, Chile, Argentina, Bolívia e Peru. Nos próximos anos, a Fiama planeja expandir seus mercados, passando a atuar também na Europa e na Ásia.

 

 

Karsten

Desde 1971 a Karsten atua no mercado internacional. Fundada há mais de 120 anos pela família Karsten, na cidade de Blumenau (SC), a empresa é hoje uma das maiores indústrias têxteis brasileiras no setor de cama, mesa, banho e decoração e participa pela 30ª vez da Heimtextil. "A nossa presença constante nesta feira contribui para ampliar nossos negócios internacionais em mercados competitivos como Europa e Estados Unidos", diz o vice-presidente João Karsten Neto. Nos últimos anos, em média, 50% das vendas da Karsten são resultados de exportação, cujos produtos são comercializados em cerca de 40 países, principalmente na Europa, Estados Unidos e América Latina.

 

 

 

 

Linifício Leslie

Único fabricante de tecidos de linho no Brasil, o Linifício Leslie, fundado em 1951 e com sede no Rio de Janeiro, produz 2,5 milhões de metros/ano em tecidos para os segmentos de moda e decoração. A empresa fez sua estréia na Heimtextil apresentando como novidades o chenile em linho e um tecido pesado (650 gramas) para estofados. A fibra de linho é importada da Bélgica e da França. Em 1967, a Leslie começou a exportar e hoje seus produtos, segundo Elizabeth Schamma Lellis, responsável pela área de desenvolvimento da empresa, são encontrados em grandes magazines como Kaufmann, Bru Textiles e Prestigious Textiles. "Nossa linha de tecidos é bastante competitiva. Temos também a Coleção Leslie que é comercializada em lojas como Kravet, Robert Allen, S Harris, Colefax & Fowler, Andrew Martin, além de mais de 60 pontos-de-venda espalhados pela Europa, Estados Unidos, Ásia, Oceania e América do Sul", revela.

 

Nella

Situada na região de Americana, onde se concentra o maior pólo têxtil do Estado de São Paulo, a Nella Indústria Têxtil atua no setor de tecidos para decoração desde 1944. Atualmente produz aproximadamente 2,7 milhões de metros/ano, destinando deste total 12% para a exportação. "Nosso objetivo em participar da Heimtextil é ampliar a atuação no mercado internacional", diz Mariana Tanno Cover, do Departamento de Exportação da empresa. A Nella produz uma considerável gama de produtos para a casa
que vão desde cortinas, colchas e toalhas de
mesa e tecidos para decoração.

Tecelagem São Carlos

A Tecelagem São Carlos S.A., situada na cidade de São Carlos, interior de São Paulo, pretende abrir novos mercados no exterior com a participação na Heimtextil. Com 57 anos de existência, é uma das maiores fabricantes de toalhas de banho do país. Na Heimtextil, feira da qual participa há 7 anos, a empresa, que trouxe como principal novidade as toalhas em jacquard 100% algodão, garantiu ter negociado 90 dias de produção durante o evento.

Teka

A Teka - Tecelagem Kuehnrich S.A. participou da Heimtextil com sua coleção de produtos desenvolvida exclusivamente para atender ao mercado internacional. A meta da empresa é aumentar em pelo menos 30% o volume de pedidos de exportação em 2004. A Teka é um dos maiores fabricantes de artigos de cama, mesa e banho da América Latina e líder de vendas deste segmento no mercado brasileiro. Com quatro unidades industriais, duas em Santa Catarina, onde fica a matriz da empresa, e duas em São Paulo, a Teka, fundada em 1926 como fabricante de acolchoados, hoje produz aproximadamente 30 mil toneladas/ano de produtos e exporta 30% deste volume. A empresa também mantém escritórios comerciais na Argentina, Alemanha e Estados Unidos e seus produtos são vendidos em cerca de 40 países no mundo.

 

 

Confecções mostram enxovais

Laura Masri

Trabalhando no segmento de enxovais há 23 anos, a designer Laura Masri se empolgou com a sua primeira participação na maior feira mundial do setor. Com duas fábricas em São Paulo, Laura assina a coleção e coordena a confecção com capacidade para 10 mil jogos/mês (cerca de 40 mil peças incluindo lençóis, colchas e fronhas) que são comercializadas no mercado interno. A empresa também exporta cerca de 15 mil peças/mês para a Suécia, Dinamarca, Uruguai e Caribe. "Nossos produtos são confeccionados em malha e tecido percal 100% algodão com detalhes em linho que trazem texturas, volumes e toques muito especiais. São peças que transmitem o estilo brasileiro de viver e aproveitar a casa", explica Carla Masri, filha da designer e responsável pela pesquisa de tendências.
Laura e Carla desenvolveram uma novidade para o mercado internacional lançada na Heimtextil: almofadas feitas à mão, com matéria-prima reciclada 100% algodão que complementam os enxovais. Estes produtos são confeccionados por mães de crianças e adolescentes de baixa renda, freqüentadoras da ONG Casa do Zezinho, em São Paulo.

 

Andreza Enxovais

A Andreza Enxovais é uma confecção especializada na produção de jogos coordenados para cama e banho. Localizada em Ibitinga, São Paulo, cidade conhecida no Brasil pela concentração de indústrias de bordados, também participou pela primeira vez da Heimtextil. "Queremos ampliar nossa atuação no mercado externo e esta feira é a principal vitrine mundial do setor", diz Andreza de Oliveira Lopes, gerente de desenvolvimento de produtos. Segundo ela, a empresa, que está no mercado há 26 anos, exporta atualmente 5% da produção mensal de 450 mil peças para os países do Mercosul.

O Portal Textília.net não autoriza a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo aqui publicado, sem prévia e expressa autorização. Infrações sujeitas a sanções.

Redação

Data de publicação: 01/05/2004

Conteúdo relacionado


Indústria de colchões aposta no conforto personalizado para melhorar o sono dos consumidores
O sono é essencial para uma vida saudável. Um colchão velho ou de má qualidade pode acarretar inúmeros problemas físicos e desconfortos na hora de dormir. Atenta às necessidades individuais, a indústria colchoeira tem investido em produção e materiais tecnológicos para promover um conforto cada vez mais personalizado. O Grupo CBP, grande fabricante de espumas industriais para produção de colchões, utiliza tecnologia Basf para oferecer o melhor produto ao mercado.  2022-01-14 - Tags: colchão grupo cbp basf tecnologia guilherme koury poliol

Previsão de tendências têxteis para design de interiores 2022
O novo Trendbook Forecast 22|23, que traz a previsão de tendências 2022|23, consiste em mais de 200 páginas de inspirações em 4 macrotendências e 12 microtendências. No livro, é possível encontrar combinações de cores, propostas têxteis e de materiais, além de uma seleção de projetos de design de interiores.  2021-05-17 - Tags: trendbook forecast 22 design de interiores tendencias textil lar revestimento

Proposte mostra inovação para mercado de interiores
A 26ª edição da maior feira internacional de tecidos para decoração e cortinas aconteceu de 02 a 03 de maio na Villa Erba, Cernobio, na Itália.  2018-08-05 - Tags: proposte fair tendencias design materiais inovaçao textil

Heimtextil: a maior plataforma do têxtil-lar
A Heimtextil, feira líder na moda têxtil-lar apresentou as tendências para 2016/17, entre os dias 12 e 15 de janeiro, em Frankfurt. Com considerável aumento no número de expositores, no total de 2.866, a grande maioria de europeus, países como Itália, Países Baixos e Bélgica foram superados pela Turquia. A tradeshow refletiu a atmosfera positiva que reina atualmente no setor. Mereceu destaque as presenças do Brasil (oito expositores em 2016 contra cinco de 2015) e dos Estados Unidos. “A elevada procura para expor na feira ratifica a posição de sermos o mais importante ponto de encontro do setor”, afirma Detlef Braun, gerente da Messe Frankfurt.  2016-05-01 - Tags: itt 102 carlos simoes heimtextil frankfurt textil lar decoracao

Cuidado na limpeza de tapetes
Dos fios de seda ao sintético, dos modelos orientais aos mais modernos. Os tapetes proporcionam beleza e aconchego aos ambientes, além de serem poderosos isolantes térmicos. A diversidade de cores e formas das peças que vestem o piso também as torna grandes aliadas na decoração.  2015-10-07 - Tags: tapetes lavagem lavasecco cores

Revestimentos que lembram tecidos são tendência décor
A Pavão Revestimentos e a Naru trazem peças protagonizadas por fios e texturas.  2015-07-23 - Tags: pavao revestimentos decor naru decoracao padronagens carine canavesi design arquiteto arquitetura moda kit jeans tendencias

Sob o efeito do arco-íris
Heimtextil 2013 aponta a cor como elemento-chave da próxima temporada.  2012-04-04 - Tags: heimtextil

Mix cultural, um retorno às raízes
Tradições e valores inspiram os temas da próxima edição da Heimtextil 2011, em Frankfurt.  2012-01-24 - Tags: heimtextil frankfurt

Tecno Eco são apostas nacionais
Tecidos naturais, com neon e ecologicamente corretos se destacam na ForMóbile 2010.  2011-10-11 - Tags: paranatex jacquard

Made in Europa coleção 2010/11
Proposte apresentou tecidos para decoração com destaque para jacquard, orgânicos e efeitos tecnológicos.  2011-10-07 - Tags: italia

O Renascimento dos têxteis
O MoOD – Meet only Originals Design – salão de tendências para ambientes, realizado de 14 a 17 de setembro, em Bruxelas, resgata o valor dos têxteis na decoração.  2011-10-07 - Tags: seda tefeta

O mundo contemporâneo nas direções da Heimtêxtil 2009
O mundo contemporâneo nas direções da Heimtêxtil 2009  2009-05-31 - Tags: alemanha

Decosit 2006/07 - Coleção de tecidos
A Decosit, realizada em Bruxelas, mostrou as coleções de 350 expositores para estofamento e decoração.  2007-01-31 - Tags: .

Contracts Trends - Ambientes Corporativos
Contracts Trends  2007-01-31 - Tags: .

Heimtextil - Cores e Materiais para 2007/08
Feira mundial do setor de têxteis-lar e decoração apresenta direções para a próxima temporada.  2007-01-31 - Tags: tendencias

Inovação e luxo na Proposte
Opulentos e ricos é a melhor descrição para os tecidos apresentados na 13ª edição de Proposte...  2007-01-12 - Tags: proposte contract village decosit

Temas e tendências - Texturas e estampas 2007
Tendências de tecidos.  2006-09-30

Roset diz não ao convencional
A Roset Hotels & Contracts parte do Grupo Roset...  2006-09-22 - Tags: grupo roset martine poulet

Temas e tendências - Proposte
O bronze resiste fortemente invadindo as coleções tanto em estampas clássicas...  2006-09-22 - Tags: proposte

Temas e tendências - Mostra Brasil
A decoração contemporânea experimenta a mesma democratização já vista na moda...  2006-09-22 - Tags: frantex tramare tapecol